PplWare Mobile

30,8 milhões de euros em multas de trânsito? Sim é verdade…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Já paguei algumas mais por ter o carro mal estacionado do que por outro motivo qualquer.Tenho que ter mais atenção daqui para a frente. (Off-topic,e desculpe-me Pedro Pinto,só queria dizer o seguinte.Já há um novo browser/navegador no mercado.É da empresa de antivírus,a Norton{https://jp.norton.com/products/norton-secure-browser}.Se já havia um da Avast,um da AVG e até outro da CCleaner agora temos outro novo.Até as empresas de antivírus querem agora investir neste ramo.Kkk… 🙂 )

    • SANDOKAN 1513 says:

      Se não estou em erro é a mesma empresa informática que está na criação e na manutenção de todos estes 4 browsers/navegadores.Eles são igualzinhos em tudo.Em tudo.

    • SANDOKAN 1513 says:

      Estive agora a ver na internet e até o Avira tem o seu próprio browser/navegador-(https://www.avira.com/en/avira-secure-browser). Incrível !! Sabem porquê ?? Correm todos sob o motor de renderização do Chromium e é a mesma empresa informática(como já tinha dito noutro comentário anterior),que os cria e mantêm.Mas porquê ter 5 browsers/navegadores igualzinhos uns aos outros e cada um pertencer a uma empresa de antivírus ?? Qual o objetivo em comum ?? Será o sacar dados a torto e a direito ?? Eu não percebo. 😐

  2. mikado says:

    Querem mais dinheiro então metam os policias a trabalhar. Só nas cidades do Ribatejo ganham mais de 272 milhões de euros em multas.

  3. Joao says:

    Ora aqui está uma verdadeira prevenção!!!!!!!!

    • Hélio says:

      o povo fica sem guito pro gasoil e por consequencia, nao anda tanto na estrada e, claro, menos acidentes

    • Realista says:

      É prevenção…

      Xiu, não estragues o negócio aos tipos escondidos no mato com o radar.

      • Jorge says:

        Quando eles não estão escondidos no mato, sentes-te no direito de andar acima do limite de velocidade?

        • Realista says:

          Porque, tiraste o curso de policia com um vale nos cereais e agora consegues atestar a minha velocidade?

          • Jorge says:

            Calma Picachu! Se tens medo dos tipos escondidos do mato, porque é? Se não é por ires em excesso de velocidade, é porque levas droga? ou levas alguém na mala do carro?

          • Realista says:

            Temos PIDE agora?

          • Realista says:

            Sem motivos não há justificação para andarem a inspecionar.

            Era o que faltava num estado de direito a policia funcionar dessa forma. Eu sei que alguns devem ter fetishes em serem dominados pela policia, mas lamento pois o resto da população não.

            Guarda esses fetishes com a policia no mato a te ordenarem para levantares a traseira só para ti sff…

            Hahahahaha

  4. Ze says:

    Quando a app bombar, vai pros 200 milhoes/ano. Ter carro ta a ficar carissimo.

    • Joaquim Afonso says:

      as pessoas não fazem este tipo de associação porque lhes parece uma teoria da conspiração mas o que se está a passar é que há vontade para se instalar o comunismo 2.0, em que a população cada vez mais empobrecida ficará dependente do estado, até chegar ao ponto de que não irá ter nada em sua posse; o estado proverá o essencial que, e em contrapartida, terá as pessoas completamente controladas pelo sistema de vigilância digital, o que inclui sobretudo o novo dinheiro que está a chegar.
      É um passinho de cada vez em direção à nova 0rdem mundial.
      Isto já vem sendo planeado há muito tempo mas agora (particularmente começando com a pandemia, guerra e crise financeira) querem acelerar as coisas.

  5. Joao Ptt says:

    Multas = tribunal
    Coimas = polícia

  6. PoPeY says:

    Eu tenho vindo a notar que as autoridades estão a colocar numa posição muito fragil e muito pouco favoravel em relação à população de bem.

    No algarve (por exemplo), existem problemas graves todos os dias (provenientes dos mesmos de sempre aka minorias étnicas) que afetam severamente a população de bem, em que a autoridade pouco ou nada faz. Dizem que é por falta de efetivos e meios. No entanto, essa mesma autoridade toma uma postura demasiado autoritária e pouco benevolente por pequenas circunstancias provenientes da população de bem.

    Em suma, de um lado começamos a ter uma população de bem saturada da “perseguição” das autoridades e do outro lado, temos os trafulhas com sensação de impunidade. Acredito que este cocktail a medio prazo não vá dar bom resultado.

    Exemplo:
    https://barlavento.sapo.pt/destaque/falta-de-seguranca-em-carvoeiro-junta-comerciantes-e-residentes-em-peticao

    https://cnnportugal.iol.pt/videos/algarve-droga-vendida-nas-ruas-do-carvoeiro-a-vista-de-todos/62cc256e0cf2ea4f0a53726d

    Podemos replicar isto para Albufeira, Quarteira, Portimão etc…
    (no resto do país não sei)

    • Aí aí ai says:

      Olha la, para quem cresceu em Quarteira – bairro dos pescadores e tenho a certeza que sabes o que foi para falares de Quarteira – ninguém das ‘minorias éticas’ pensa que é impune a polícia ou lei. Deves ser do tipo português racista se calhar.

      Crescendo nos bairros – e olha que hoje estou muito bem na vida e nunca fiz mal a ninguém – tanto há africano como há brancos que fazem porcaria. Tens sim mais africanos claro, por culpa da história, não quero dizer que o que fazem, fazem com razão, mas depois tens os brancos no poder e a esconderam-se em Cascais com o que roubam ao povo.

      Problema da polícia e que pensam que são a lei é que estão acima de tudo e todos. Podem fazer o que quiserem quase sem serem impunes. Já vi muito polícia a passar multas em Loulé e a porno dinheiro no bolso

      • PoPeY says:

        Ai Ai, na minha opinião pessoal estás muito revoltado para alguém que está muito bem na vida. Tal como considero o teu vocabulário muito agressivo para alguém que nunca fez mal a ninguém.

        Repara, cresceres em rabo de peixe ou na quinta do lago não te define enquanto pessoa ou quanto a ambições e projetos de vida. De onde tu vens não te define, as tuas atitudes sim.

        Mas já que cresceste em Quarteira, vou te dar um exemplo do que já presenciei por essas bandas. Mais que um vez, aconteceu ver miúdos com carros e motas, estacionados a conviver quer no parque da Bliss ou na BP junto ao Saraiva. Em que a GNR chegou com uma arrogância extrema, tratando os miúdos como marginais. Houve denuncia pelo barulho e que estavam a fazer corridas diziam eles. Repara, em ambos os casos os miúdos estavam estacionados a conviver… Posso estar errado, mas pela admiração dos miúdos não tinham feito asneira antes de chegarem ali. Qualquer das maneiras, Na minha opinião pessoal houve uma força estupidamente exagerada.

        No entanto quando aparecem “os mesmos dos costume”, (eu sei quem são e tu de certeza que também sabes) a provocar desacatos, a ameaçar funcionários e quem está na fila para pagar. É chamada a GNR e eles não aparecem em tempo útil.

        Queres ir para Almancil? Bora… GNR vê um carros de 4 piscas o mais encostado à direita possível a descarregar mercadoria, passa, tira foto e faz o auto no posto e manda para casa. No entanto, quando “os mesmos do costume” andam a furtar arvores de fruto na região, é chamada a GNR e mais uma vez não aparece em tempo útil.

        Acrescento que devias ter clicado nos 2 links que coloquei em anexo a fundamentar o que escrevi.

        Sobre o ultimo paragrafo, dás-me razão sobre o que escrevi. A uns demonstram uma brutalidade exagerada enquanto deixam outros andar demasiado à vontade. (exemplos dos 2 links de noticia que coloquei a cima).

    • B@rão Vermelho says:

      @Popey, já viste alguma reportagem na Tv, quando a policia multa alguém ou tem uma abordagem mais musculada a alguém que não seja das minorias?
      Ai tens a tua resposta, o policia também têm família para alimentar, ainda hoje de manha nas tv estava a passar uma reportagem de uma abordagem policial a um grupo étnico em que se falava de brutalidade da policia, mas o mesmo grupo estava a agredir jovens e adultos numas festas populares, mas a notícia era a abordagem policial, não há ninguém que diga que só houve abordagem policial porque os indevidos estavam a agredir outras pessoas.

  7. Joaocesar says:

    TEMOS QUE OPRIMIR E CASTIGAR O POVO ! TEMOS DE O MANTER POBRE.

  8. Costa says:

    E uma forma LEGAL de estorquir dinheiro dos condutores e que aproveitam as brechas de muitas leis antiquadas que nao sao adaptadas a realidade atual. Mas nao esqueçam (eles) que essa “perseguição”, como disse o PoPey, também vira-se contra eles, em que a população torna-se mais exigente e intolerável aos deslizes cometidos por eles.

  9. Realista 5 says:

    “30,8 milhões de euros em multas de trânsito…” Bolas, não contribuí, cumpri com a legislação de trânsito.

    • B@rão Vermelho says:

      Claro está que as multas são culpa dos policias, não é por causa dos condutores que continuam a estacionar em cima dos passeios e passadeiras, em 2ª fila, em frente a portões em excesso de velocidade, estacionar em contra mão que malandros são os policias. 🙂
      Ainda há dias fui ao ginásio ao final do dia, e alguém deixou o carro mal estacionado embora houvesse lugares nos parques mais distantes aquela alma iluminada não quis andar e deixou o carro a estorvar, expliquem qual a logica de ires para o ginásio e deixares o carro mal estacionado para não andares mais uns metros.

      • Realista 5 says:

        Ou estacionares em segunda fila quando tens 5 ou 6 lugares em “espinha” livres. isto aconteceu comigo. Fiquei a olhar para a pessoa e a fazer sinais (“quero estacionar aí”).

  10. PoPeY says:

    Claramente que existem multas e intervenções bem aplicas, isso não se discute. No entanto, é evidente que alguém está a direcionar excessivamente as autoridades para esse propósito. Como se esse fosse o único e o grande problema do país. É isso que considero errado. Estão pressionar demasiado os cidadãos de bem, enquanto, por outro lado, deixam os trafulhas demasiado “folgados”.

    Não culpo totalmente os agentes/Militares, culpo-os apenas por compactuarem com toda esta situação, ficando eles próprios numa posição muito frágil.

    Porque se formos a factos, a criminalidade esta a aumentar paralelamente ao valor arrecadado pelo estado em multas. Isto é preocupante.

  11. compro essa também says:

    Os infratores estão novamente de parabéns !

    Pelo que se vê de norte a sul do Pais cheguei a pensar que já nem codigo de estrada existia, aliás, será que alguém reparou que existe estacionamento pago junto de passadeiras ?

    Caso para perguntar :

    Onde pára a ANSR ?

    Onde pára o M.Público?

    Onde pára o jornalismo?

    Onde pára a policia?

    Parece que os infratores agora são chamados de etnia …

    😉 curioso …

    Com um jeitinho ainda dizem que quem lava dinheiro nos offshores também será de etnia …

    😉

    E até que o próprio Hitler era de etnia …

    😉

    Contudo parece que deturpar é o que esta a dar … então tá bem !

    Isto é que vai uma crise!

    Pra gente …

    😉

  12. Vitolas says:

    Ainda no principio do ano dei o dizimo ao estado no valor de 300€ e ainda lhes emprestei a minha carta durante 1 mês, custa pois custa mas é a consequência de ter sido retardado e ter feito asneira. As ações tem consequências e a malta só tem é de se portar bem e cumprir, não é fazer asneira e andar a chorar que é caça a multa e achar sempre que a culpa é dos outros. Vivendo e aprendendo.

  13. Há cada gajo says:

    Dizem que é pela prevenção e segurança…. Ah santa ingenuidade !

  14. pdsermqq says:

    O zé povinho que trabalha que nem um desgraçado todos os dias que pague a crise.

  15. Zézé says:

    Os defensores desta extorsão, vejam por favor onde estão colocados os radares e pensem bem se não estariam melhor em localizações e troços muito mais perigosos que seguramente todos conhecemos pelo país, pelo menos uma.
    Concordo obviamente com a fiscalização e comprimento da regras de transito. mas verificando as localizações apenas são colocados onde serão mais rentáveis. a isso não se chama prevenção…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.