Google volta a revelar falha do Windows antes da Microsoft tratar


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Altair says:

    90 dias e tempo mais que suficiente para sanar essa vulnerabilidade, se fosse em sistema de código aberto em poucas horas já estaria corrigido o problema.

    • Vitor says:

      Conversa da “treta” e de quem não tem qualquer noção do assunto…enfim,siga para bingo!!

      • Altair says:

        E mesmo, você de ver um bom entendedor do assunto né, dirty cow e shellshock assim q foram descobertas poucas horas depois já saiu as atualizações das mesmas, disse horas e não dias, logo não tem o q com testar sobre isso viva o Opensource e sua transparência, já não posso dizer o mesmo dos softwares proprietários.

        • xuxas says:

          tretas! código aberto qualquer um mete lá o que quiser, bom ou mau!

          • um gajo na net says:

            não, se puseres coisas mas, elas são retiradas antes mesmo de uma nova release…

            não fales do que não sabes.

          • Altair says:

            Falta de conhecimento sobre o assunto, dá pra ver que você não entende de software livre e que você é um Win user, de uma estudada sobre opensource e verá do que se trata realmente, não há transparência em software proprietário, vc não terá controle sobre as vulnerabilidades do sistema é irá depender de um grupo fechado de pessoas para solucionar esses problemas, no mundo opensource possui uma comunidade gigantesca a analisar o código do sistema é tratar dá segurança do mesmo, pessoas ao redor do mundo todo, qualquer um pode analisar o código e fechar as brechas de segurança, já em.software proprietário você nunca terá acesso ao código do sistema, logo vai ter q depender de equipe restrita que tem acesso, e aí eles fazem o que bem entenderem sem que você possa saber, se quiserem e muitas vezes acontece isso aí de não sanarem as vulnerabilidades, logo não há o que contestar sobre o que é mais seguro.

    • Luiz Carlos Querido says:

      O problema é o estrago causado antes da solução A Google deveria se preocupar com as centenas de portas e virus abertas no seu Travóide. POr falar em travóide, já desabilitaram a escuta do microfone que detecta o que você está falando? Já?

    • Marcio Carneiro says:

      OpenBSD.org

    • Cortano says:

      Por isso é que Linux tem problemas há anos?!

  2. KingDi says:

    Vou começar a revelar os “podres” do SO da google a ver se eles corrigem pelo menos um… Enfim, parece o Bruno de Carvalho a mandar areia para os olhos dos seus utilizadores, neste caso, apontando os problemas do SO dos outros…!

  3. Diogo says:

    Onde é que a Google expõe este tipo de coisas?

  4. opr says:

    se fosse a Microsoft a revelar as falhas da Google, tinha uma lista enorme.

  5. sakura says:

    So faz com que o Windows seja um melhor s.o. LOL.

  6. um gajo na net says:

    Há demasiada gente com opiniões sem conhecimento de caso.

    Há demasiada gente que pensa que é técnico so porque sabe instalar o windows + alguns programas.

    Há demasiada gente sem o mínimo de conhecimento sobre cyber segurança ou de como o ciclo de desenvolvimento de software funciona.

  7. Muniz says:

    Sabe o que eu acho?……
    Eu acho é graça. Kkkkk

  8. Miguel says:

    Se ao menos a Google fosse tão boa a corrigir os erros do seu Android… que é open-source e nem sequer actualizações tem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.