PplWare Mobile

Experimente já novo Edge que é baseado no poderoso Chromium


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Carlos Mariano says:

    “Todas as funcionalidades” (Está cheio de limitações…..)
    “Estará para muito em breve o lançamento do novo browser da Microsoft para o Windows 10” Falso, a Beta será disponibilizada lá para o verão, logo nunca pode estar para ser lançado em breve…..

  2. Rui says:

    Peguem no “poderoso Chromium” e arranjem um quarto!

  3. eu says:

    O próximo passo é vir com o Google como motor de pesquisa padrão.
    Mais algum tempo e chegam lá.

  4. Pedro Fernandes says:

    Após instalar não está nada mau, até ver pareceu rápido dos quatro testes realizados. Vai começar a ser o Preferencial, o Edge anterior não deixava fazer certas operações este já permite, basta ver por onde é que eles se basearam.

  5. JS says:

    Aquela versão anteriormente lançada instalei e gostei mas passado alguns dias tirei e antes disso vi que a respectiva instalação ocupava 500 e tal MB no disco é muito espaço ocupado para isso á melhores opções
    Obrigado

  6. Ze says:

    Eu uso o Edge e quando isto for lançado vou largar e passar para outro browser.

    • Vitor says:

      Eu também uso o Edge “original” cp,mo browser pré-defenido…mas estou com a versão Beta deste “novo” Edge e posso dizer que,para já,estou agradávelmente surpreendido! Ainda não tem todas as funcionalidades (é uam versão Beta) mas está a funcionar sem bugs e com uma boa velçocidade e estabilidade…vale a pena testar!

      • Blue Beast says:

        “Vitor”,com a versão Beta não está a trabalhar pois ela não está disponível neste momento para ninguém e só será lançada mais tarde,provavelmente aquando da nova actualização de Abril/Maio do Windows 10.Neste momento só tem acesso a ela quem trabalha internamente.O que nós temos disponíveis são as versões de Desenvolvimento (Developer),e a Alfa(Canary).Está feita a correcção. 🙂

        • Vitor says:

          Blue Beat…tem razão! Estou com a versão DEV…peço desculpa pelo erro! Hábito de baixar os “Betas”…mas está a funcionar muito bem! Embora ainda incompleta,claro…

  7. Carlos Costa says:

    Incentivar o uso do Edge neste momento é criminoso. Todos usam o motor blink!

    Chrome – Blink
    Chromium – Blink
    Safari – Webkit (pai do blink)
    Brave – Blink
    Vivaldi – Blink

    Sobra um unico guerreiro a combanter a monocultura web:

    Firefox – Gecko.

    É nossa responsabilidade, do pessoal que até gosta de informática, de usar e promover o firefox acima a qualquer outro. Há zero razoes para não o fazer-

    • Vitor says:

      Chromium…existe algum browser com esse nome? Ou essa é a “base” de todos os que nomeou…inclusive do Firefox?

      • Eu Mesmo says:

        Existe!

        No Ubuntu, por exemplo, usas o Chromium e não o Chrome 😉

      • João says:

        O Chromium é a base de todos aqueles browsers que o Carlos referiu (esqueceu-se do Opera e do Falkon 😉

        Todos eles tem origem no KHTML ao qual foi feito um fork para criar o WebKit que por sua vez foi feito um fork para criar o Blink (que também já tem um fork que é o QtWebEngine). Mas no fundo, no fundo e para simplificar as coisas pode-se dizer que é tudo Chromium (Google)

        O único que NÃO tem como base o Chromium é mesmo o Firefox.

    • so2isec says:

      de vez em quando aparece um comentário de jeito…

    • Alex says:

      Também era, do teu ponto de vista, o pessoal que até gosta de informática usar e promover o Edge “original”, sabe aquele que usa como motor o EDGEHTML, mas viu-se no que deu. Agora quem não quer utilizar o Firefox não tem mais nenhuma opção sem ser utilizar Chromium.

    • Eu Mesmo says:

      Em relação aos outros não sei, mas o Chrome é originalmente baseado no Chromium se não me engano

    • Filipe Coelho says:

      Eu pergunto qual é o problema do Blink e a grande diferença entre ele e o Gecko? São ambos open source, qualquer um é melhor que o EDGEHTML ou MSHTML que era closed source.

      • Alex says:

        O problema do Blink é o facto de a maior parte dos browsers utilizar o Blink, basicamente a Google tem o monopólio dos browsers.

        • Filipe Coelho says:

          Continuo sem porque é que isso é mau. Quantos mais browsers usarem o mesmo motor, menos incompatibilidades há, e o blink é o motor mais avançado atualmente. Se por algum motivo a Google quiser tirar proveito do seu motor Open Source estar na maior parte dos browsers e começar a fazer coisas manhosas, irá aparecer outro fork para continuar com a mesma ideologia. Se o motor fosse proprietário, poderia ser problematico, agora não sendo menos mal.

          • João says:

            Ja todos sabemos onde foi parar o monopólio do Internet Explorer. A Microsoft comandava a evolução e a direção da internet.

            Foi a muito custo que se equilibrou um pouco esse monopólio, mas apenas para o dar de novo a Google…

            “Ah mas o IE era closed source e com este podemos sempre fazer um fork”… Pois… Mas e ja houve algum fork que tenha tido sucesso?

            Nem a microsoft com os seus bolsos fundos conseguiu fazer frente ao Chrome…

            Mas vamos a exemplos mais praticos de onde podera estar o problema de ser tudo Chromium-based:

            . a google faz os seus sites funcionarem mal noutros browsers
            . Faz uso de uma serie de “truques” de forma a que o seu browser pareca mais rapido do que realmente é (a custa do consumo de dados desnecessarios e do uso abusivo de recursos do computador)
            . Tendo o monopolio eles podem implementar tecnologias no chrome que favoreçam os seus negocios, se a concorrencia nao seguir os seus passos sera vista como atrasada
            . Actualmente e a google q controla o desenvolvimento do projecto. Sao eles que aceitam ou rejeitam funcoes.
            . O chrome faz dinheiro com os dados pessoais do utilizador
            . E ja agora: o Chrome NAO É OPENSOURCE (so o chromium e que e)

            E muitas outras coisas

    • Daniel says:

      As pessoas neste website tem preconceito deveras com Firefox.
      Uso-o e não tenho a que reclamar. Funciona perfeitamente.
      O problema é que geral está presa ao Google e Google faz de tudo pra deixar seus serviços mais lentos em browsers não-blink como Firefox, pra forçar as pessoas a usarem o Chrome.
      Esse monopólio do blink está preocupante. Tudo parece derivar do Chromium.
      Do Firefox pouco se fala e muito se critica, sem sequer conhecer.
      Não me dou a luxo de ler tanta bobagem sobre o mesmo.

  8. Júlio Samorinha says:

    Tentei instalar, mas dá-me esta mensagem: “Can’t install on this device because it doesn’t meet the minimum hardware requirements for Microsoft Edge Dev.

  9. PeFerreira98 says:

    Aquele espaço em branco encima das tabs e aquele espaço em branco debaixo do (min,max,close)… Horrivel.

    • Alex says:

      estou a comentar com o DEV Edge e aquele espaço em branco comigo não existe

      • PeFerreira98 says:

        Ja instalei o edge dev e está exactamente como nas imagens. Se reparares, o edge normal usa a barra de cima na sua totalidade (botões e tabs ocupam a totalidade do espaço) neste e em todos os browsers com base chromium , existe sempre aquela minuscula diferenca estetica horrivel. Aliás, abre o normal e o dev e mete lado a lado. Verificas que a barra de tabs + search ocupam um tamanho ligeiramente maior na versão dev. Isso a meu ver é muito mau.
        Só espero mesmo que transfiram a carta trunfo do edge. As sessions.

  10. GM says:

    Na minha opinião, que não sou da área da informática, apenas é uma ferramenta para a minha actividade, aplica-se na integra os provérbios portugueses à Microsoft: “a galinha da minha vizinha é bem melhor que a minha”, ou “fazer filhos em mulher alheia”! Já o fez com a área mobile (uso e continuarei a usar o meu L950XL), abdicando do SO em vez de investir e o promover junto dos programadores, agora é com o MS EDGE. Possivelmente não faltará muito para abandonar o MS OFFICE e o WINDOWS, adoptando outros da concorrência com a imagem MS.

    • Alex says:

      Não desrespeitando a sua opinião, utilizei W10M e melhor sistema operativo que aquele é complicado, incompleto mas adorava o SO, infelizmente a falta de interesse dos desenvolvedores no sistema acabou por o levar aonde ele está, a Microsoft bem que tentou cativar os desenvolvedores mas não os pode obrigar. A situação com o Microsoft Edge é exatamente a mesma, um grande browser com vista no futuro mas a falta de interesse dos desenvolvedores levou a que a Microsoft para não ficar sem browser o adaptasse para as entranhas da concorrência. o que a Microsoft tenta fazer é não morrer no mercado, infelizmente coisas incríveis são abandonadas.

  11. AndreNS says:

    Por mim já matavam de vez era o Java…

  12. aster says:

    Este ….dev, ocupa pouquinho….700 e picos Mb

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.