Quantcast
PplWare Mobile

Prove que MS-DOS usou código roubado e receba 200 mil dólares

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Arkan says:

    Ohhhh saudade dos trs-80 rs diskete de 5 1/4” rs….

  2. Mário S.M says:

    Eu acho que não há dúvida nenhuma que o DOS se inspirou muito no CP/M, é praticamente uma cópia, já copiar código, não seria a primeira vez que a MS seria apanhada, já foi apanhada a copiar código da Apple, o QuickTime, e foi por isso que Bill Gates decidiu “apoiar” Steve Jobs na Apple em fins de 90s.

    • JJ says:

      Quem copiou o código não foi a Microsoft… Foi um departamento da Intel, que tinha trabalhado no código do QuickTime para melhoramentos, que depois ao abrigo de uma parceria Intel-Microsoft, utilizaram esse parte do código do QuickTime para o programa da Microsoft.

      A Microsoft acabou por ser acusada de utilizar código do QuickTime, pois aceitou usar o programa fornecido pela Intel, sabendo que tinha código do QuickTime. Agora, directamente a Microsoft não roubou código.

      Pode-se dizer, então a Microsoft não podia ter tentado livrar-se dessa acusação por acusar a Intel? Como é típico neste tipo de industria, lá no fundo estas empresas precisam todas umas das outras, principalmente da Intel. Passar a bola para o lado da Intel, podia causar uma quebra na parceira com muitos anos, parceria essa que é muito importante.

      Por isso, valia mais pagar algo a Apple, porque ajudava a Apple que estava quase na falência e por outro lado dava jeito para passar a poder utilizar alguma tecnologia Apple.

    • Carlos says:

      A principal razão porque a Microsoft apoiou a Apple foi para poder dizer ao Departamento de Justiça lá da terra deles que há sim concorrência e eles não tinham monopólio nenhum, dando como exemplo dum concorrente precisamente a Apple.

      E ignorando o facto pouco importante de que já houve quem tenha comparado o código do CP/M e do MS-DOS e não encontrou nenhum vestígio de código copiado, e ignorando ainda o facto que o código de ambos ser público e qualquer pessoa, tu incluído, os poder comparar, acho que tens a tua cronologia trocada, o CP/M e o MS-DOS são *muito* anteriores ao QuickTime. Tipo quase 30 anos anteriores.

      • João RS says:

        Não, não foi

        http://thisdayintechhistory.com/12/06/apple-sues-over-quicktime/

        “Apple sues the San Francisco Canyon Company alleging they helped Intel and Microsoft steal code developed under contract for QuickTime for Windows.”

        A Microsoft e a Intel roubaram da Apple.

        • JJ says:

          A Canyon Company, trabalhava para a Apple nos melhoramentos do QuickTime. Mais tarde a Intel, também contratou os serviços da Canyon, para construir um programa multimédia para a Microsoft. Foi a Canyon Company que utilizou partes do condigo do QuickTime, para criar esse software. Portanto quem realmente copiou o código foi a Canyon Company.

          O problema foi que tanto a Intel como a Microsoft, tiveram conhecimento dessa copia de código, e mesmo assim aceitaram o trabalho feito pela Canyon Company.

          A Apple estava com problemas financeiros, por isso lançou processos em todas as frentes, Canyon Company e Microsoft (só não fez contra a Intel, porque estrategicamente não era bom). E depois acabaram por chegar a um acordo, porque era útil para ambas as empresas.

    • me and me says:

      a MS comprou o codigo base do DOS a um tipo por 20mil dolares, nao copiaram nada.
      de seguida comprou um GUI muito primitivo a xerox que por sua vez tentaram adaptar à imagem do que a apple tinha estado a desenvolver e que o bill viu de relance na sede da apple.
      a combinaçao CTRL+ALT+DEL vem desse tempo da xerox…

      o bill até confessou que sempre odiou essa combinaçao de teclas…

    • lmx1 says:

      E já roubou a Sun, no Java, e no Yellowpages, ao Linux, descuberto em 2010 cerca de 10k linhas de código, ao BSD, no Stack network do XP, man…se formos por ai teremos que inverter a pergunta e perguntar antes, o que é que a MS não roubou 😀

      • João RS says:

        No BSD, não roubou, é simplesmente assim, quem quiser, que pegue nele à vontade, não é GPL.

        • Zéi says:

          O Código é opensource só quando interessa, quando não interessa estão a “roubar” código. Basta ver como funciona a partilha de Código entre o OpenOffice e o LibreOffice, um é opensource mas não se pode utilizar utilizar o código fonte, mas utilizar do outro já no deles já

  3. Serato says:

    O prémio até pode ser de 100 milhões….
    Boa sorte !!!

  4. pedro says:

    Então, Se eles compraram o qdos e o alteraram, como vao provar que foi a ms ou que foi a loja de seattle a copiar o cp/m?? Para alem disto, também tem de procurar punir a apple por ter copiado o SO da Xerox o Parc, ou o truque era empregar o tessler na equipa do lisa? Hum…

  5. Francisco Santos says:

    🙂 comecei com o IBM-DOS 2.1 , quando mudei para o MS-DOS não notei diferença, nunca brinquei com o CP/M mas ouvi falar.

  6. JJ says:

    Mas simplesmente não se pode acreditar que eles fizeram o MS-DOS sem copiar/roubar código?

    É uma mania que se tem de catalogar a Microsoft como uma empresa que só teve sucesso porque roubo algo de alguém. Coisa que não é verdade, mas enfim…

    • me and me says:

      de facto eles compraram a base do DOS a um tipo por 20 mil dolares..

    • Xinuo says:

      O Jobs disse que tudo que o Bill Gates fez, foi com roubo. Eu acredito no Jobs. O Bill Gates é tão mal caráter que tentou um golpe contra o outro sócio fundador da Microsoft, o Paul Allen.

      • JJ says:

        Tentou dar o golpe!? Tiveram desentendimentos, como qualquer um tem com um amigo…

        Dizes isso só porque ele tentou comprar as acções de Paul, mas Paul não as vendeu porque pediu mais dinheiro. Gates não quis dar mais dinheiro, Paul não as vendeu… simples… Chama-se a isto, negociar… não é dar o golpe.

  7. Daniel says:

    200 mil?
    Se sabem que não vão conseguir provar, porque não mil milhões ou mais?

  8. João Silva says:

    Fui só eu que fiquei com os olhos naquela t-shirt?

  9. diogo says:

    Vai haver uns quantos cromos e hackers a estudarem isso. pois vale a pena.

  10. Nonnus says:

    Quem quiser saber a verdade sobre a Microsoft, Apple, Facebook esta passar no tvcine 2 um programa que fala sobre estas empresas, de como começaram, até aos dias de hoje. Basta andar sete dias para trás e acham os documentários.

    A verdade é que Biil Gates comprou o q-dos por 50 mil dolares e apresentaram-no a IBM como MS-DOS.

    O resto é verem os documentários.

    • Nuno Lopes says:

      É este: STEVE JOBS: COMO ELE MUDOU O MUNDO?

      • Nonnus says:

        Esse é sobre o Steve Jobs, existem mais dois documentários, um sobre o Bill Gates e outro sobre o Facebook. Nem de propósito ainda ontem a tarde passou o documentário sobre o Bill Gates.

        O do Steve jobs também é engraçado de ver, especialmente para os fan boys da Apple ficarem a saber que o Steve Jobs a Imagem do Bill Gates também não inventou nada. Ambos foram visionários e souberam aproveitar o trabalho de terceiros e dar a conhecer as massas.

        No caso do Steve Jobs não era nada sem o seu amigo Stephen Gary Wozniak, este sim inventou aquilo que nós todos conhecemos como PC. Steve Jobs olhou para o trabalho do amigo e viu uma oportunidade, assim como Bill Gates olhou para o SO da Apple e viu uma oportunidade. Ambos foram visionários, mas com o trabalho de outra pessoa Stephen Gary Wozniak que não tinha essa visão, que apenas inventava coisas porque gostava de o fazer, sem pensar no lucro.

  11. Ricardo says:

    Boas PPLWARE

    Aonde posso fazer o download do codigo fonte de ambos os sistemas??

    Estou interessado em provar isso

    Ricardo Lopes

  12. David says:

    Facil, um americano judeu pagou a um chinês semi judeu para fazer o DOS, o chinês tinha um orçamento limitado e prazo reduzido para concluir o projecto sendo obrigado a roubar código noutro sitio, agora são ambos bilionários que financiam outros projectos semelhantes, onde a semelhança passa por roubar ideias as outros.

  13. minutogeek says:

    Quem copia quem isso é irrelevante na era atual. Todos sabemos que o DirtyDos servia para testar umas placas lá nos confins da terra do tio SAM. Mas o que é certo é que essa comparação é impossível de provar (so far). No ISEP há anos que se analisa a relação entre os os dois. Considera-se agora relevante pois o DOS deu aquele salto quântico quando na versão 2 passou a integrar muitas coisas do UNIX, tornando-se único. Bastou um GUI para o tornar “people proof”. O resto é bla bla

  14. Marco says:

    Quem não roubou ou copiou nada disso, sei eu quem foi 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.