Microsoft regista patente de ecrã sensível à pressão e caneta

Por Eduardo Mota para Pplware.com

Destaques PPLWARE

17 Respostas

  1. Bruno says:

    O protótipo Lumia McLaren não tinha tecnologia sensível a pressão, tinha era o mesmo nome, 3D Touch. A tecnologia que tinha era para detectar a proximidade do dedo

    • AiOGajo says:

      O force touch que a Huawei usou primeiro e a apple the deu novo nome?

    • Eduardo says:

      Exatamente, é o que está no artigo. Esta nova tecnologia da Microsoft é muito idêntica à da Apple mas também marcava presença no Lumia McLaren uma tecnologia 3D Touch, apesar de o conceito ser bastante diferente.

  2. Punt says:

    O Lumia McLaren com o 3D Touch, com o mesmo nome que a Apple aplicou nos iPhone, tinha o propósito de detectar o dedo no ecrã sem tocar nele, tal como aconteceu com o Galaxy S4, onde colocávamos o dedo a pairar sobre um albúm de fotografias, e ele apresentava uma prévia das fotos, por exemplo, mas isso só funcionava em um número muito limitado de aplicações…

    • Eduardo says:

      No Lumia McLaren funcionava apenas na aplicação Telefone e no Internet Explorer. A Nokia e Microsoft acabaram por desistir do conceito e por isso nunca foi completamente desenvolvido.

  3. AiOGajo says:

    Se sair um Surface Phone eu quero um… e a minha esposa também deve querer.

    Sai dois surface phone para aqui sff!

  4. DB says:

    Os próprios vendedores das lojas de SmartPhones diziam mal do Windows Mobile, desta forma não há Marketing que resista.

  5. Mro says:

    Já tive um Microsoft lumina 535. Um lixo não aconselho ninguém comprar um desses….

  6. carlitos says:

    o conceito de smartphone está em extinção. As funções de telefone tenderão para os smartwatches e outros wearables. Por isso não penso que venha a existir um surfacephone. Acredito mais num pocketsurface, um conceito diferente mais próximo de um pc de bolso com windows.

  7. carlitos says:

    … pensado para o segmento professional e educacional, não deverá ser lançado tão cedo, pois deverá conter que ainda não estão no mercado como: comunicações 5G para melhores ligações a clouds; nova geração de baterias de alta perfomance(em estado sólido); écrans maiores mas dobráveis; processadores ARM que suportem i86. Isto pelo menos…

  8. JJ says:

    Acho que era melhor trocarem a imagem sobre a patente… a apresentada pertence a Apple…

    • Eduardo Mota says:

      Nada disso. 😛
      A patente pertence à Microsoft e refere-se ao que está descrito no artigo.
      O que está a causar confusão é o facto de ter lá “Patently Apple”, mas isso é um site que costuma desvendar algumas patentes, especialmente da Apple. Neste caso a patente desvendada é da Microsoft. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.