Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft confirmou que código do Windows 10 foi roubado

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. iSad says:

    Tenho agora muitas duvidas acerca da segurança da MS especialmente do OneDrive por exemplo.

  2. Ricardo says:

    mas alguém tem duvidas quanto a segurança de espaços de armazenamento grátis ?? Só quem não imagina os custos da disponibilização desses espaços é que pode acreditar na segurança dos mesmos.
    Eu não acredito na segurança nem dos pagos quanto mais dos grátis.
    Mas isso sou eu.

    • Joao ptt says:

      Pode utilizar programas que cifrem a informação ANTES de irem para as pastas monitorizadas pelos serviços de armazenamento remoto.
      Existem vários, um deles é o gratuito e com o código fonte disponível: https://cryptomator.org (este apenas cifra e envia para a pasta, outros fazem tudo: cifram e enviam para os servidores remotos se os mesmos permitirem que ferramentas de terceiros acedam aos seus servidores).

  3. Belmiro says:

    Os chineses ou russos devem estar a gostar do código …

    • censo says:

      Não leste a notícia, pois não?

    • Joao ptt says:

      Os Chineses devem ter tido acesso ao código fonte todo, apesar da Microsoft não o referir, já que o governo chinês está extremamente preocupado que andem a vigiá-los (coisa que eles próprios fazem aos outros! Nomeadamente a toda a sua população)… e tem até uma versão especial baseada no Windows 10 Enterprise para eles, feita por uma empresa chinesa em colaboração com a Microsoft.
      Digo que devem ter tido acesso ao código fonte todo e até criado as “iso’s” a partir do mesmo, porque do contrário não acredito que o governo chinês aceitasse o sistema operativo, já que eles até estavam a forçar o seu próprio sistema operativo baseado numa derivação do ubuntu ao qual eles tinham total acesso ao código fonte… e uma vez que o governo chinês tem literalmente acesso aos melhores dos melhores analistas em segurança (dentro da população chinesa) eles certamente podem certificar-se de que qualquer coisa é mesmo segura se realmente o quiserem e tiverem tempo (e dois anos parece ser tempo suficiente).
      Quanto aos Russos não sei, mas duvido que não tenham o código todo, já que os seus serviços secretos não me parece que andem a dormir… mas aparentemente existe uma banição total de tudo quanto for sistemas operativos da Microsoft em computadores governamentais (pelo menos em teoria… na prática duvido que fosse possível, mas na maior parte certamente que sim, podem substituir por outros sistemas derivados do Linux ou similar).

  4. nop says:

    os chineses ja tem acesso ao codigo a algum tempo… eles fizerem uma revisao do codigo para criar a versao chinesa… so os idiotas confiam na ms

    • Goncalo says:

      E em todas as outras empresas. O mundo da tecnologia é assim mesmo, tal como todo o resto na vida. Nada é, nem está 100% seguro, e quem não tiver a capacidade para entender e aceitar isso deveria ficar longe da tecnologia e voltar a viver na era dos Afonsinhos.

  5. khidreal says:

    Parece que para a microsoft e quem usa os seus produtos é muito critico não revelar o codigo dos produtos… claro, não é bom que o codigo do Windows se torne publico, pois assim as pessoas depois sabem o que o windows faz em background e o pessoal poderia começar a desenvolver uma versão alterada do windows…
    prefiro opensource, uso e recomendo, não há aqui nada a enviar ou receber dados em background… Uma vez contactei a MS no forum para saber porque o windows 10 está constantemente a enviar e receber dados, em tamanhos de 2 a 3 KB… 3KB de codigo é muita informação LOL… disseram-me: “ah e tal, é para verificar se a internet está a funcionar”… grande treta…

  6. Anónimo says:

    Imaginem as potencialidades deste roubo nas mãos erradas (ainda que esteja em parte já nas mãos erradas).

  7. sakura says:

    Pensava que esse código era partilhado pelos OEM.s
    https://www.microsoft.com/en-us/sharedsource/

    e não sei se faz sentido ter esse código fechado…..
    já “”o kernel do futuro Windows 10 ARM”” esse sim pode fazer estragos, mas como ng usa WindowsM……..

  8. Alvega says:

    Acho que vou voltar ao XP, pois é obvio que vamos ter ataques em força….brevemente.
    Porque somente “desconfiam” dos Chinos e Russos ?
    Entao se eu fosse da NSA ou da CIA, e me tivesem privado da ferramentas de “ataque”, ao tornarem estas publicas, eu ia ter que arranjar alternativas…certo ?
    Alguem pode ter feito o “trabalhinho” por encomenda, e se houve uma discrepancia de verbas ou metodos de pagamento…como retaliaçao…divulga-se parte do codigo ao publico.
    Segurança, informatica…somente com o pc DESLIGADO e nao deixar ninguem chegar a menos de 1,5 metros do mesmo, ainda assim, pois os Israelitas já faz tempo que até assim conseguem roubar dados do mesmo.
    Tudo o mais sao …TRETAS, para encher o olho e fazer negocio.

  9. nome proprio says:

    então ‘acham’ que por ser Microsofre ou Applebicho ou outra coisa qualquer estão seguros e até é por iso que fazem ‘seguros’ e muitas vezes o ‘seguro’ de nada ou quase nada serviu?
    Está correcto os que ‘vos dá’ segurança não são os Sistemas operativos ou interfacde de utilizador mas SIM as metedologias que usam, (as formas de pensar e agir), cada caso deve ter o tratamneto adquado a si mesmo, criptar dados pessoais de quase qq genero com a forla necessária para não se tornar supeito e apetitoso e guardar essa informação de tal forma dispersa que só com ‘tokens’ possa ser agregada, já era assim no passdo é assim no presente e será assim no futuro.

  10. Marco Ribeiro says:

    Nem com o Windows 10 impediu o roubo do código, este é das noticias que mais me lembrei quando vi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.