Quantcast
PplWare Mobile

Chegou o novo Microsoft Edge baseado no Chromium

                                    
                                

Imagem: ComputerWorld

Autor: Pedro Pinto


  1. eu says:

    Onde raio está o botão de download para windows !

  2. Rui Martins says:

    Finalmente! Bom browser

  3. Fernando says:

    Deixa lá perceber.. Para finalmente fazerem um bom browser foi preciso ir buscar o núcleo do Chrome.. Ok. Portanto, o futuro será irem buscar o núcleo do linux para fazerem finalmente um bom SO?

    • Gustavo says:

      Falta mesmo o linux ser um bom SO…
      Sou user linux, mas windows como uso pessoal. E em relação a estabilidade e baixa vulnerabilidades o windows é superior.

      • Figas says:

        O que falta ao Linux para ter mais aderentes é a Microsoft fazer o Office para o Linux de forma nativa e oficial. Mas não o fazem porque se não adeus Windows. Estabilidade e vulnerabilidade, a tua visão é mesmo só a tua visão. Linux é muito mais seguro e estável. Depende sempre do que instalas e onde…

        • Justino, o Justo says:

          A percepção de segurança é distorcida pelo market share do Linux, assim como a estabilidade.

          • Sujeito says:

            Isso é um argumento falacioso. Não tens qualquer indício que sustente isso.

          • ze says:

            Sujeito, tens o mesmo indicio que ditava isso para MacOS.
            Office no linux não ia alterar rigorosamente nada, até porque isso pode vir a ser uma alternativa no futuro, até mesmo podem vir a existir alterações de base no kernel para um kernel unix, não quer dizer que deixe de ser windows.

        • Woot! says:

          Vocês sonham muito. Podia ter Office e tudo e um par de botas. Não ia pegar tal como não pegou até agora.

          • Nobre Luso says:

            PEGOU e muito!
            Finalmente chegou, para vencer a guerra dos Browsers, o fantástico EDGE!
            Mas parece que ainda há quem troque pão de ló por feno seco…

    • AJ says:

      Caro Fernando, não é o “núcleo do Chrome” mas sim baseado no Chromium, tal como a Google com o browser Google Chrome.
      “The Chromium projects include Chromium and Chromium OS, the open-source projects behind the Google Chrome browser and Google Chrome OS, respectively.”

    • Barta says:

      Núcleo do Chrome????????? Querias dizer Chromium??? É que o Chromium é open-source caso não saibas.
      Já agora, sabes o que é o project Chromium?

  4. JJ says:

    Esperar calmamente para que apareça no Windows Update.

    Nunca foi o browser da minha eleição.

  5. Redin says:

    Dizem eles que o IE se vai manter por questões de compatibilidade.
    Qual? Nas falhas de segurança? Ou fizeram panelinha com o governo português para continuarem a obrigar os escritórios a usarem?

    • Pensamento Positivo says:

      …Caro: É por causa do sector Corporate a nível mundial!… É o que não falta por aí é empresas de todas as dimensões a usarem licenças de coisas que já vêm de há anos!… É que mudar toda um infraestrutura funcional com certos parâmetros bem definidos e altamente personalizados dessas apps para as novas, para além de caro, é por vezes muito moroso! Há implementações que podem levar 2 ou mais anos a migrar!… Não duvido que o IE vai acabar um dia. Mas, nunca antes de 2025, pelo menos! Tenha uma boa noite!

    • Felipe Cardoso says:

      Está na Disney?

    • Cortano says:

      Qual?!
      P.ex., só consigo carregar o passe em casa através do IE – não posso usar Edge, nem Chrome, nem Firefox, etc.

      Portanto, tu achas que a MS deixa o IE no windows porque o governo português pediu?!?!
      AHAHAHAH. Esta foi boa.

    • ze says:

      Ainda tens aplicações do DoD e afins a correr em IE6.. lol

    • Joao Ptt says:

      Sim, existem imensos programas e dispositivos que foram feitos e depois as empresas não querem mais saber deles… imagine lá o que é capaz de aceder a muitos deles ainda hoje em dia… o Internet Explorer.
      Comprar novo em muitos casos não é uma opção sequer, ou funciona, ou não têm mais tal funcionalidade/ opção que pode significar fechar portas ou deixar de ter tal sem alternativas… um pouco como o sistema de vídeo-vigilância dos paióis de Tancos… se deixarem de funcionar deixam de ter a funcionalidade como se verificou… com as consequências desastrosas que se viu… claro que isto foi um exemplo extremo para mostrar que a falta de funcionalidades/ opções pode ter leves a graves consequências, e nem sempre se deve à falta de dinheiro, pode ser só falta de competência, ou inexistência de alternativa que pode ou não ser criada e que pode ou não demorar anos a estar pronta para utilização efectiva. No caso de Tancos deveriam ter mudado imediatamente os planos de protecção ou melhor ainda terem nos planos as mudanças imediatas necessárias caso o sistema ficasse parcial ou totalmente incapacitado para garantir os níveis de vigilância e segurança adequados para as áreas que ficaram sem cobertura de vídeo-vigilância… na informática por vezes as coisas são bem mais complicadas que simplesmente destacar uns militares para vigiar essas áreas.

  6. António says:

    Ainda nao recebi atualização nenhuma

  7. Luis says:

    Descarreguei há pouco, no entanto estou demasiado habituado ao Google Chrome ao seu minimalismo.
    Percebo pouco de informática…..alguém que possa apontar algumas vantagens de utilizar um em detrimento de outro?
    Apenas naveguei um pouco e dá para ver que está melhor do que a antiga versão do Edge…mas mesmo assim voltei ao Chrome….velhos hábitos.

  8. OS says:

    So uma pergunta este browser tem 600mb?
    Não sera também um comedor de recursos e espaço?
    Obrigado

  9. Carlos Costa says:

    LOl mas porquê.
    Se quero privacidade uso o Firefox
    Se quero o chrome uso o chrome

    • Vitor says:

      Claro que se quiseres usar o Chrome…tens de usar o Chrome! Se quiseres usar um browser baseado no CHROMIUM…tens muitos e entre eles o Chrome e o Edge!

  10. José Gaspar says:

    Já o tinha experimentado e gostei. Bem mais fixe que o velho Edge que vem no Windows.
    Agora formatei o PC e vou instalar pois como disse acima “Gostei “

  11. mauro says:

    Memória RAM foi feita pra ser usada!

  12. SANDOKAN 1513 says:

    Eis o link para fazerem o download—»(https://www.microsoft.com/en-us/edge?form=MO12GB&OCID=MO12GB&ranMID=24542&ranEAID=tv2R4u9rImY&ranSiteID=tv2R4u9rImY-S1lNQ3ZVnlyyUYT4TfCNHw&epi=tv2R4u9rImY-S1lNQ3ZVnlyyUYT4TfCNHw&irgwc=1&OCID=AID2000142_aff_7593_1243925&tduid=%28ir__ds1phfprfgkftmaokk0sohz3x32xlhm6qz0cre3m00%29%287593%29%281243925%29%28tv2R4u9rImY-S1lNQ3ZVnlyyUYT4TfCNHw%29%28%29&irclickid=_ds1phfprfgkftmaokk0sohz3x32xlhm6qz0cre3m00).Pessoalmente não vou fazer o update,prefiro o Microsoft Edge Legacy(Spartan).Fiz como aqui indicaram num anterior artigo e executei o Block Script para evitar o update do browser pelo Windows Update.Se mais tarde me apetecer é só modificar a chave do registo e já está. 🙂

  13. João Dias says:

    Eis uma vantagem para o utilizador em usar o Edge baseado no Chromium: Imediatamente o Edge ganhou uma série de pontos no html5test.com por causa do suporte a features que antes não tinha ainda implementadas. Ou seja, os utilizadores do Edge ganham mais funcionalidades, ganha a Web.

    Uma vantagem para a Microsoft: Pode contribuir activamente (e mais rapidamente) para o desenvolvimento de funcionalidades e standards para a web. O projecto Chromium é open-source, não é detido pela Google. Portanto é uma maneira da Microsoft ganhar peso nas decisões do que o Chromium lança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.