PplWare Mobile

Toyota: 700 mil carros chamados à oficina devido a problemas na bomba de combustível


Autor: Marisa Pinto


  1. radamel says:

    Incrivel marca. Não se importam com os recalls quando reconhecem uma falha.

    • Courela says:

      Foi essa a razão que me levou a comprar um. Problema, os concessionários em Portugal não seguem a mesma política, a não ser que sejam forçados.
      O meu carro tem um problema que está detalhado num boletim técnico da Toyota. Antes de acabar o período de garantia disse que ouvia uns barulhos estranhos em determinadas condições que ainda não conseguia reproduzir. Quando finalmente consegui ter a certeza de quando acontecia a garantia já tinha acabado, e portanto queriam-me cobrar pelo arranjo, apesar de ter encontrado o tal boletim técnico, e de ter encontrado inúmeros comentários (estrangeiros) em fóruns em que o problema foi corrigido sem qualquer custo para o dono.

  2. Nuno says:

    Só para avisar que têm escrito marca chinesa em vez de marca japonesa

  3. Tiago Oliveira says:

    marca chinesa???

  4. Tuga says:

    Pelo menos admitem um problema de design e não brincam com a segurança dos seus clientes.
    Neste aspecto os alemães têm muito para aprender.

  5. Tiago Oliveira says:

    Código de honra japonês… todos os europeus têm muito a aprender com eles…

  6. Pedro Bela Ferreira says:

    Marisa Pinto, é e sempre foi uma marca Japonesa….

  7. Miguel says:

    BMW tem problemas que obrigavam a recall mas a marca ignora os problemas cronicos e só resolvem se arrebentar em garantia quando o cliente aparece na marca.

  8. Patrick S. says:

    Honda e Toyota são empresas onde a honestidade está acima de tudo. Trabalhei 6 anos numa e 6 noutra. Sempre com patrões japoneses.

  9. Tvlio Detritvs says:

    Tenho um Toyota Corolla, comprado novo, já lá vão mais de 10 anos.
    Problemas que me apareceram? Zero, zero, absolutamente nenhum.
    É só fazer as revisões normais, eu faço-as antes do tempo, com óleo do melhor, meter combustível e andar.
    Em termos de fiabilidade, nunca tive nada assim.
    É carro para a vida… Se comprar outro, será Toyota certamente.
    Não têm problemas em fazer recalls sempre que acharem que é a medida mais acertada.
    Cliente sempre em primeiro lugar.
    BMW com as correntes de distribuição partidas que mandam motores com os porcos, dizem aos donos que é má manutenção, isto apesar do carro sernovo e ir sempre á marca…
    Mercedes, outra bosta, pegam fogo parecem fósforos. Resultado para a marca? A culpa é do cliente…
    Kia e Hyundai são também excelentes escolhas. Grande qualidade de produto, alta fiabilidade.
    Mas o pessoal quer é VW, BMW… depois passam o tempo na oficina, pois é, chatice…

  10. ToFerreira says:

    As alemãs de luxo são uma porcaria… Mas os preços são muito superiores e mesmo assim vendem muito, será que são assim tão más?

    • gajo says:

      culpa do “status” nas cabeças dos artolas!

      • ToFerreira says:

        Será que o status justifica tudo? Os estudos de fiabilidade que vão sendo feitos não comprovam a tal discrepância que se apregoa. Por outro lado, a fiabilidade num carro não é tudo. O design da Toyota, por exemplo, está 10 anos atrasado. Tecnologia idem (o que também explica menos avarias), eficiência dos motores também fica a perder. Nem 8 nem 80…

        • David says:

          Pois é e TOYOTA está 10 anos atrasada, mas conta já com um híbrido ou apenas só eléctrico há muitos anos! E com sucesso de vendas… Esteticamente não é bonito? Gostos vs fiabilidade vs custo de manutenção vs consumo diário!

  11. PAULO SILVA says:

    «Este problema afeta modelos de carros nos Estados Unidos da América» – não me parece que esta seja uma noticia que importa la muito uma vez que não é para o mercado europeu, apenas mostra a preocupação de uma marca com os seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.