PplWare Mobile

Windows 10 vs Linux Mint: Afinal qual é o sistema operativo mais rápido?


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. goolo says:

    eu para mim estes testes não fazem muito sentido, no entanto dado que uso ambas as plataformas, já sabia à priori que o Linux ia sempre levar a vantagem sobre o windows nos testes executados, pelo simples facto que o linux trabalha sem metade da tralha que o windows 10 tem por debaixo do capô, logo faz com que leve muito menos tempo a executar uma tarefa ao contrario do windows que tem de n processos logo para por ambos no mesmo patamar tinha-se de meter uma maquina muito mais avantajada para que o windows tivesse em ponto de igualdade ou mesmo superasse o Mint…

    seja como for cada macaco no seu galho, são dois bons sistemas operativos, mas lá está temos de usar em função das necessidades dado à quantidade de softwares dedicados que uso só existirem para windows, continuo-o a usar o windows como SO primário e Linux neste caso ubuntu como sistema secundário para fazer algumas programações…

    de facto o linux continua evoluir muito bem com o passar dos anos, mas o grande problema é ninguém se preocupa em desenvolver softwares e respectivas drivers para certos equipamentos específicos para esta plataforma, é tudo windows…

  2. Fulano says:

    Outro facto que podemos apurar é que o Windows é superior ao Linux…

  3. Xx says:

    Pedro Simões, qual é a novidade? Alguma vez viu alguma das distribuições mais usadas, serem mais lentas que o Windows? Distribuições mais “pesadas” como Ubuntu e Fedora são mais rápidas que Windows, portanto, distribuições mais leves, não há comparação possível, é apenas confirmar o óbvio.

  4. Mateus Pinto says:

    Estão a falar de um PC com specs muito baixas e se o próprio SO é muito leve e pequeno, então claro que é mais rápido em boot e, ao ocupar pouca RAM não precisa de usar a swap file (coisa que no Windows sim). Significa que o W10 é pior?

    Significa que o W10 é um SO sem compromissos e que necessita o seu espaço, o Mint é um SO muito leve, com compromissos mas melhor para PC antigos. Num PC minimamente moderno o W10 é muito rápido e a “metade do tempo” são muitas vezes frações de segundo… ainda bem que o Mint existe e é uma boa alternativa em PC muito limitados.

    Hoje em dia as pessoas têm no telemóvel um “PC” mais potente que muitos PC que têm em casa. Eu quando meto o DeX no meu S9 a funcionar, esqueço-me de que é um telemovel… Um S10 em modo DeX deve ser mais potente que a maioria dos PC domésticos “não gamer” em portugal.

    • Rosiel says:

      Esquece que o s9 é um telemóvel? Kkk. Essa é boa. Ru já tentei usar o meu s9 como pc mas não dá! Os apps do dex são muito limitados! São apps mobile cheio de dificuldades para usar em modo pc. Até o Ubuntu para dex é incompleto.

    • LuisaTerminal says:

      Memória RAM de um Smartphone é diferente do PC.
      Processadores idem.
      Não dá pra comprar.
      DeX ainda é algo beta e não feito pra se jogar e fazer coisas que exijam da máquina, ou seria do smartphone? Pois é.

    • Mkaiser says:

      Ainda se vão muitos anos até os processadores estarem com uma efetividade térmica suficiente para sistemas de resfriamento passivos como dos Smartphones. Quando este dia chegar será possível fazer o mesmo que nos desktops.

      • paulo g. says:

        O novo Raspberry 4 já é equivalente a um pc de baixa gama, como é um processador arm, o ruimwindows não funciona e pior ainda o directx ainda seria mais difícil.

  5. Lucas says:

    Mas é claro que o Mint vai ganhar do Windows 10. Mesmo num computador lixoso.
    Pois o Mint não tem tanto bloat, não tem um monte de serviços de telemetria drenando a cpu, não tem aquele monte de lixo e o que tem (pode ser removido facilmente).
    O Linux Mint é direito no ponto e tem variações de interfaces gráficas para todos os gostos e para todas as máquinas.

  6. Daniel says:

    O Linux costuma ser mais veloz, nada espantoso… Não é a toa que é recomendado demasiadamente para máquinas antigas.

  7. Cortano says:

    Fico à espera do teste numa máquina mais potente.

    • Xx says:

      Num computador mais potente o Linux fica envergonhado e tropeça. É aí que o Windows ganha a sua vantagem.
      Ele há cada uma…
      Se num computador básico o Linux já é mais rápido, num computador topo de gama imagina lá qual vai ser o resultado!?!?!

      • Samuel says:

        O Linux funciona melhor que o Windows em todos os computadores qualquer que sejam as especificações.

      • LuisaTerminal says:

        Num computador mais potente o Linux ia passar a frente e só perderia no boot porque a Microsoft usa o fast boot que aparenta ser rápido mas na realidade não é.
        Linux com SSD roda muito mais rápido.

      • Cortano says:

        Não percebes muito da coisa, pois não?
        P.ex., o meu boot Win10 demora 7 segundos.
        Todas aquelas tarefas lentas que são apresentadas nesta análise não correspondem minimamente aos valores que obtenho no meu Win10, no meu PC.

        Quer dizer que numa máquina mais potente estas diferenças apresentadas no comparativo não existem – até porque existe um limite minimo de velocidade, ou seja, o Mint será mais rápido também, mas a diferença não se notória.

        Portanto, o resultado será: Não existem diferenças em 99% dos casos.

        Se não conseguiste perceber isto antes do teu comentário ridículo… epá…

        • Xx says:

          Portanto, eu não percebo, tu sim percebeste que com o mesmo hardware mais velho, algo que é mais lento do que a concorrência, magicamente fica mais rápido com um hardware recente, e a mesma concorrência, magicamente fica mais lenta com hardware mais recente.
          Portanto, tu envergonhas os teus/tuas antigos/as professores/as de matemática.
          Não digas destrambelhos.

          • Cortano says:

            outro burro.

            Hardware mais recente os tempos igualam ou ficam muito idênticos.

            Isso é tão óbvio! Vocês são mesmo burros

          • Xx says:

            Portanto, tens um programa que depende intensivamente do CPU (quer em Linux quer em Windows). Metes um cpu 2x mais rápido e não alteras nada no programa (nas duas versões), no Linux fica um bocadinho mais rápido, no Windows magicamente fica rapidíssimo. Lol
            Não mudes nunca tu.

          • Cortano says:

            Tu precisas de um desenho.

      • Daniel says:

        Fanboys do Windows não conseguem aceitar que o Linux é mais rápido, normal. Defendem aquilo que gostam, eu prefiro a razão que me prender a uma porcaria de sistema operacional.

      • gilson says:

        tenho win 10 e Deepin instaladosem dualboot em um ryzen 2700x, e vou te falar o deepin mesmo tendo um kernel mais desatualizado em relação a outras distros ainda da um baile em velocidade em relação ao w10.

  8. Manuel says:

    Uso Linux e Windows, não troco o Linux por nada, mas…. O Windows 2minutos a arrancar? Há muitos anos que o Windows nos meus computadores não demora mais que 15/20 segundos. 32 segundos a abrir um browser??? Estes testes são piada, certo?

    • RPG says:

      Sendo que o teste rodou num disco HDD de 2.5″ (5400rpm) e num dual core, diria que é normal. Correndo num SSD o tempo de boot já seria reduzido para metade provavelmente.

      • José says:

        Mais de metade, o pc da minha esposa tinha um HDD normal e levava menos tempo perto de um minuto e 20 segundos! Com SSD leva uns trinta segundos para abrir. É ainda um dual core com perto de 10 anos. Para levar esse tempo não está devidamente configurado e deixa “entrar” muita “palha”. Limpem lá os serviços não essenciais para o arranque do Windows e verifiquem novamente a ver o resultado?

    • Filipe says:

      Piada não digo. Mas que são plantados para dar alegrias (e fazer as vontades) a alguns, isso sim.

      Uma distro linux (principalmente as que usam nestes testes encomendados) será sempre mais rápido a arrancar pois não traz praticamente NADA instalado de raíz. O ponto fulcral está aí.

    • José says:

      Completamente de acordo! Também sempre defendi uma abordagem múltipla nos meus computadores, onde tento sempre obter o melhor dos dois mundos. Usei o Ubuntu durante muito tempo, agora ando pelos “campos” do Mint, um excelente S.O.. Mas ver um pc “levar” dois minutos para abrir o Windows é coisa que já bem me lembro! O meu leva no máximo uns 20 segundos tenho três discos externos ligados nele -sem eles é ainda mais rápido pois também contam nestas coisas, convém ter isso em conta para quem tem discos externos ligados. Para aceder ao “browser” é sempre em fracções de segundo – não de segundos! Ainda há pouco o constatei quando o abri para ler esta notícia. Por que esse computador do teste deve ser mesmo muito básico, pois tenho um tablet hibrido o TA100 da Asus, portanto com uns anitos razoáveis – não dá para se realizar uma actualização dos seus componentes e nem ele leva tanto tempo! Se levar mais de 30 segundos a abrir já fico a pensar no que está por ali a acontecer. Abrir um navegador como o “Edge” é mesmo um ou dois segundos, no máximo. Note-se que este hibrido tem mesmo alguns anos em cima, mas consegue correr sem problemas a mais recente versão do windows10, e é o aparelho que uso desde sempre na Faculdade, quer na minha última licenciatura, quer no meu mestrado e, agora no doutoramento. Nunca me deixou ficar mal, a bateria dura-me o dia todo, portanto até nisso o windows melhorou e muito a sua gestão de recursos. Mais o portátil de minha esposa com praticamente 10 anos e, onde coloquei um SSD e leva também perto de 30 segundos a abrir, só começa a “engasgar” um pouco quando tem demasiados programas abertos, de resto, se se mantiver apenas um ou dois funciona rapidamente e fluído! Apesar de Mint ser mais “limpo” de recursos, há nesse teste algo que não está bem na comparação, pois o Windows melhorou mesmo bastante. É esta a minha experiência do meu dia-a-dia.

    • Fernando says:

      Não são piada, usam um HDD mas isso não é importante, o Linux executaria sempre estas tarefas mais rápido noutro processador e com um bom ssd.

      • Cortano says:

        Tens a noção que existe um tempo mínimo? OU seja, se o tempo minimo for 1 segundo para abrir uma app, se o windows demorar 1 segundo a abrir essa app também, quer dizer que, afinal, ninguém ganha 😉

        P.ex., testado agora assim ao calhas (Win 10 Enterprise cheio de tralha de segurança e serviços empresariais)
        PC: CPU i7 – 16 GB RAM

        Browser: 2 segundos (com outro browser aberto a trabalhar)
        Feed LinkedIn: 5 segundos

        Num Surface Go (que é muito mais fraco que o PC de cima):
        – Browser: menos de 1 segundo
        – LinkedIn: 10 segundos (estou ligado via wifi a uma ligação lenta)

        Portanto, resumindo:
        Não abres o browser mais rapido no Mint que no Windows – no Surface foi praticamente instantâneo, portanto, mais 0,0001 menos 0,0001 é indiferente.

        • Xx says:

          O que se aprende neste fórum. Onde é que aprendeste isso do tempo mínimo?
          Até nas novas oportunidades feitas á noite ou por correspondência tu conseguias tirar negativa.
          Então quer dizer que há um valor mínimo em que um programa atinge, independentemente do hardware… Brutal.
          E isso vem onde? É o tipo que escreveu o código que define isso num ficheiro de configuração?
          É uma lei qualquer física que só tu é que sabes mas ainda não tiveste tempo de a publicar?
          Nunca mudes, assim sim é tabaco… Ou melhor, muda, mas para serra ainda mais… Disto que já es.

          • Cortano says:

            Sim!! Obviamente e é tão básico que não sei como não percebes!! Tudo tem um tempo minimo de execução. Ou consegues fazer tempo -1 segundo?

            Vai estudar física

          • Xx says:

            Não percebo que quem é idiota haver um tempo mínimo estipulado pelo programador? Pois, nem eu nem ninguém entende, só tu mesmo.
            A malta que trabalha em serviços pesados sabe esta “regra” há anos: a forma mais barata de tornar um serviço mais rápido, é meter mais hardware em cima.
            Traduzindo para totós, meter mais CPU power ou mais RAM é a coisa mais barata que se pode fazer para melhorar o desempenho.
            Mas tu sabes lá disso. Tu achas que de forma mágica um programa no Windows demora 5 segundos a processar algo, no Linux o programa similar (não é o mesmo obviamente, portanto tem o mesmo nome, produz o mesmo resultado mas não é o mesmo) demora 2 segundos.
            E na tua ideia lunática, mudas o CPU, a board, a ram e no Windows fica a demorar 2 segundos, e no Linux, fica a demorar 1,999 segundos. Lololol estás lá jovem

          • Cortano says:

            Acho que não percebeste o que quis dizer….
            Fica para próxima.

  9. Fulano says:

    Se o Linux fosse bom e fácil de utilizar não teria uma cota de utilização inferior a 1%.
    Depois estes “testes” servem para mostrar que o Office continua a ser melhor, que o Windows dificilmente demora 2 minutos para arrancar (17 segundos aqui) ou para abrir um browser (2 segundos aqui).
    Depois existe aquele “pequeno pormenor” de 90% das aplicações para Windows não existirem em Linux. Aplicações profissionais de audio e vídeo no Linux é para rir, e duvido muito que a maioria das pessoas queiram um SO que para fazer simples funções seja basicamente necessário conhecimentos avançados em programação.
    Linux: Bom para servidores e ciência avançada, mau para o utilizador comum.
    Windows: Bom para jogos, utilizador comum e empresas.

    • Lucas says:

      Mas isso é pergunta que se faça?!?Linux limpa o windows mas com a maior das facilidades… Giro giro era comparar Windows a correr com 8Gb de ram contra 4Gb de ram em Linux xubuntu com xfce de DE…. E o Linux limpava mais uma vez. Fica a ideia…

    • Ernesto says:

      Concordo com seu comentário, o Linux é excelente para profissionais, como a NASA, Hollywood, edições de vídeos profissionais, etc.para usuário comum o Rwindows realmente e melhor.

    • Victor says:

      Lol não percebes patavina tanto de Linux como de Windows. Os profissionais de áudio e vídeo na sua grande maioria usam Mac Os. Mas o Linux também tem distros otimizada para multimedia, pesquisa sobre Ubuntu Studio,

    • Victor says:

      Lol não percebes patavina tanto de Linux como de Windows. Os profissionais de áudio e vídeo na sua grande maioria usam Mac Os. Mas o Linux também tem distros otimizada para multimedia, pesquisa sobre Ubuntu Studio,

  10. José Rodrigues says:

    Ainda não chegaram a conclusão que os gostos não se discutem. Cada utilizador usa o que acha melhor para si. Este tipo de testes já não inspira confiança a ninguém. E desculpem a minha expressão, mas andar a medir pilas é coisa para miúdos. Estou com o Windows 10 1903 e estou bastante satisfeito e com a sua performance com SSD Crucial 500GB.

  11. Nuno José Almeida says:

    Uso os dois faz 11 anos. O W10 foi sem dúvida uma lufada de ar fresco na M$. Faz-me sentir menos falta do linux.

  12. osvander says:

    Uso o Mint numa máquina antiga e é veloz, só para ligar que demora um pouco. Agora se fosse o windows 10 nem instalaria. Para desligar em 4 segundos desliga. Outra máquina melhorzinha um desktop positivo celerum 2.41 Ghz 4 gib de ram, uso o fantástico Deepin, uma interface linda muito mais bonita do que o win10. Outra máquina i 5 de última geração com win 10. Ai sim o windows é rápido, pois precisa de uma super máquina para ser instalada e executado.

    • José says:

      Nem tanto. Leia o que disse sobre a minha experiência com computadores mais “humildes”, e verá por que não concordo em que diga que o windows no ponto em que se encontra precise de “grandes” máquinas.

    • LuisaTerminal says:

      É verdade, tanto que os fanboys do Windows adoram falar que pro Windows ficar bom tem que ter mais de 4 GB de RAM, um i5 de (sexta geração) no mínimo e SSD. Sem isso ele não funciona perfeitamente.
      Enquanto isso o Linux consegue rodar num Celeron mais rápido que num i5. O Linux já tem uma excelente performance usando HDDs comuns ou SSHDs, imagine então se utilizar um SSD? Não vai ter Windows que aguente.

    • Lucas says:

      usuários de windows estão tão acostumado com a lentidão que acham que o que é rápido pra eles é rápido pra quem usa linux… meu amigo dizia que o windows 10 era uma bala quando compro ssd, ai fui olhar e vi que meu amado linux com hdd era muito mais veloz….. vai entender, rsrsrs

  13. Alexander Fossá says:

    Sou adepto de ambos SO porém estes teste só farão sentido quando ambos puderem rodar os mesmos aplicativos. Enquanto tivermos aplicativos que só rodam em windows não resolve saber que o linux é mais rápido. Outro fato é que utilizar equipamentos com baixo desempenho também não faz sentido, hoje todos nós buscamos desempenho então teríamos que executar testes com processadores i5, xeon ou superiores, hd ssd etc.
    Abraços

    • Tiago Marques says:

      “Enquanto tivermos aplicativos que só rodam em windows não resolve saber que o linux é mais rápido”
      O teste foi usado programas compativeis com os dois sistemas operativos… O windows tem programas que nao “funcionam” no Linux e o Linux tem programas que nao funcionam no Windows.
      “Outro fato é que utilizar equipamentos com baixo desempenho também não faz sentido”
      Quando estas a testar algo, tu testas nas “piores” condições possiveis. Se o hardware fosse melhor a diferença só aumentava. Porque é que nao ves nenhum supercomputador com o Windows??

      “Sou adepto de ambos SO” Adepto do WSL?? Nunca vi ninguem que use o Linux defender o Windows…

  14. Tektip says:

    Linux em servidores, pcs uso pessoal w10. Sem dúvida!

    • Ricardo says:

      Windows 10 piada sistema cheio de bloatwares ..pc modesto digo maioria dos usuários aqui do Brasil ..fica lento igual uma carroça

      • Mateus Pinto says:

        A maioria dos utilizadores na Europa tem pelo menos um dual core i5 de 3a ou 4a gerações e mínimo de 4 GB RAM (mais habitual 8 GB) onde o W10 corre 5 estrelas. E muitos já estão a trocar o HDD antigo por um SSD SATA e aí os PC antigos voam.

        Sem dúvida Linux em PC muitos antigos e gama baixa.

        • Lucas says:

          só se for vc, porque portugal é o esgoto da europa, só vai lixo pra ai… n tem muita diferença do brasil, já vi computadores vendidos com athlom, celerom, 2 gb e 4 gb de ram a preço de ouro, é pra rir-se mesmo kakakaka

          • SE says:

            Ena, complexos de inferioridade em 2019… Bravo! Pelos vistos o que não abunda aí no Brasil é boa educação para saber discutir temas sem recorrer a insultos básicos e xenófobos.

          • Lucas says:

            brasil é um lixo igual portugal…. flws

          • ElectroescadaS says:

            Se Portugal é o “esgoto da Europa” (segundo palavras tuas) explica-me porque razão é que “vocês” se querem mudar para cá…

  15. Thiago says:

    Se Linux tivesse os apps profissionais de áudio e drivers para os equipamentos eu o usaria.
    Comparar Windows com Linux é a mesma coisa de comparar um carro cheio com outro vazio, sempre o vazio vai ter melhor performance, porém não tem todos os recursos do outro. Acho uma comparação difícil de fazer pois não temos Windows mais simplificado igual o Linux. Linux tem suas vantagens e Windows as suas, depende muito do perfil do usuário pra definir qual é o SO melhor pra ele.

    • Lucas says:

      Existem muitos programas profissionais pra Linux, o problema é que o povo tá tão acostumado com o lixo do Windows que não se preza em aprender a utilizar algo superior.
      Exemplo disso são o que se prendem a utilizar programas da Adobe quando existem: DaVinci Resolve, Natron, NUKE, Blackmagic Fusion, Blender, DraftSight, Gravit Designer, GIMP, Inkscape…

      • Thiago says:

        Linux tem que se adaptar ao mercado e não o mercado se adaptar ao linux. Todos sabemos que é um ótimo S.O mas o profissional que usa Photoshop, Premiere que é são programas que todos usam pra usar outro que só roda em linux ou poucos profissionais usam.
        Eu sei que tem alguns programas de áudio pra linux, mas eu como produtor musical não vou deixar de usar Pro tools, Cubase, Melodyne porque sei que se eu for num Studio no japão eles vão ter esses programas pra eu trabalhar. Pra agravar muitos equipamentos que são usados pra rodar esses programas não tem drivers pra linux, apenas pra Windows e OSX. Por enquanto Linux ainda é um S.O pra um público específico.

    • Daniel says:

      Eu vejo da seguinte forma, o Windows um caro cheio de bloatware, vírus, serviços inúteis, telemetria, deixando o carro lento de tanto peso e vejo o Linux com um caro com o essencial instalado e um approachment mais minimalista do tipo “escolha o que você quiser e não o que a empresa X quer”. De simplificado o Linux não tem em nada. Apps é o que não faltam, basta saberes o que queres e não ter preguiça de aprender.

  16. Lindomar says:

    Windows 10 X Manjaro Linux 🙂

  17. Lucas says:

    Mas isso é pergunta que se faça?!?Linux limpa o windows mas com a maior das facilidades… Giro giro era comparar Windows a correr com 8Gb de ram contra 4Gb de ram em Linux xubuntu com xfce de DE…. E o Linux limpava mais uma vez. Fica a ideia…

  18. Idalecio Silva says:

    Galera alguém poderia me dar uma dica ou me explicar se tem como instalar essas versões do linux, mais especificamente essa “versão Mint” em um PC AMD Athlon? Ou somente em PC Intel…
    Porque já tentei várias versões Linux e não dão boot corretamente sempre dá algum tipo de erro!

  19. Samuel says:

    O Windows 10 traz menos programas do que o Linux. O Linux na instalação tem office, um programa para ler PDF, firewall, drivers para Wi-Fi, leitor de vídeo, leitor de música, etc. Agora digam que o Linux traz menos programas que o Windows. Aceitem o facto de que o Linux é simplesmente melhor que o Windows. Quanto a factos não se pode discutir.

  20. BlackFerdyPT says:

    E, um dia que já saibam lidar bem com o GNU/Linux…

    Experimentem fazer uma instalação mínima e depois instalar antes um mero gestor de janelas, como o Fluxbox (em vez de estar a instalar as distribuições que já vêm com os ambientes de trabalho mais conhecidos, como o GNOME etc).

    Fica o computador notavelmente (ainda) mais rápido.

    (No Windows, não é sequer possível estar a escolher componentes deste modo – uma a uma, de modo a termos apenas o que queremos…)

  21. Victor says:

    Para mim o Windows continua em tudo anos luz atrás do Linux, só bate este na área do gaming, mas isto não é culpa do Linux, mas sim da padronização (mama) para a Micro€soft.
    O Windows não passa de uma bela consola de jogos.

  22. BlackFerdyPT says:

    O Windows é para:

    – Empresas (públicas ou privadas) que se tenham deixado encurralar pelas suas escolhas de programas (bases de dados etc) que são usados e que sejam incapazes de (i.e. incompetentes para) migrar para alternativas até mais baratas, a longo prazo, tendo em conta o custo da migração.

    – Empresas e outras entidades públicas de governos quem estejam “feitos” com a Microsoft (i.e. de políticos e gestores que sejam compensados pessoalmente por esta má “escolha”, em termos empresariais).

    – Maçaricos que (tendo comprado um computador com Windows pré-instalado) não sabem mexer bem em computadores – e, por conseguinte, não conseguem instalar e aprender a mexer num novo sistema operativo.

    – Crianças e adolescentes que queiram usar o computador para jogos (se bem que, cada vez há mais jogos incluídos na plataforma “Steam”, que também já corre em GNU/Linux).

    Já lá vai quase uma década e meia que uso o GNU/Linux como meu sistema operativo principal – e, tem-me dado para tudo de essencial, incluindo edição de imagens, som e vídeos.

    Já só mexo no Windows para actualizá-lo para outras pessoas. E, passados todos estes anos, continua (na sua última versão 10) a ser um muito mau sistema operativo. (Ex: Descarregar e instalar lentamente as actualizações, depois esperar que estas acabem de instalar quando se desliga o computador e depois esperar outra vez que estas acabem de instalar quando se liga o computador na vez seguinte… Que anedota, comparado com o GNU/Linux!)

  23. Cesar says:

    Tenho os 2 na minha máquina.
    Minha esposa que não manja nada de informática desistiu do Windows e mexe no linux
    Windows carroça.

  24. Marisil França says:

    Pedro. Tenho o Windows 10 no meúltimo Note mas quero instalar Minto também. Você pode me explicar como fazer ter os dois em dual Boot ? Obrigado

    • Paulo g. says:

      Cria uma pen drive com a ferramenta unetbootin, por exemplo. Depois arranca o PC na pen drive, saber ler as instruções que o Linux instala-se na parte livre do disco. Enquanto isso pode navegar na internet.

  25. Jorge Gomes says:

    Nao comento do que nao sei, uso mac .

  26. Jośe Adémar pinto júnior says:

    Rapaz o Linux Mint roda em um pc antigo tipo core 2 duo com rapidez 4 gb deram
    já Windows o mínimo core 13 com 6 gb de RAM e ainda engasgando o Mint dá dez a zero nem tem comparação eu que diga eu tenho 2 sistemas s máquinas diferentes um win 10 no core i3 Mint no core dois duo

    • João Machado says:

      Tenho um PC com um velhinho core 2 quad, 4GB de RAM e SSD Samsung de 1TB e corre o Windows 10 se qualquer problema.
      Arranca em cerca de 30 segundos.

  27. João says:

    Isso é uma piada, o windows 10 deixa o computador uma carroça. Só quem nunca usou um Debian para acreditar nesta matéria!

  28. Marcos says:

    Qual o propósito desses testes?
    Digo, os testes de velocidade tem diferenças “assustadoras” de alguns segundos (preciso enfatizar que estou sendo irônico. 20 segundos é o tempo máximo que eu levo a sério um teste desses)
    Vamos fazer uma comparação entre os vários outros aspectos de um SO, como por exemplo a disponibilidade de softwares, de drivers, a compatibilidade com novas tecnologias, a facilidade de uso, a segurança, a escalabilidade de ferramentas.
    Lembrando que exemplos como “minha esposa agora usa Linux” e “na empresa eu instalei o libre Office” não são parâmetros.
    Vamos fazer testes de velocidade usando programas realmente robustos, como Photoshop, Revit, AutoCAD, (sejamos francos, usar o gimp como editor de imagens profissional e o blender como interface BIN é similar a usar o Paint 3d pra ambas as atividades.)
    Porém não é possível fazer esses testes de velocidade porque esses programas não dão suporte a Linux.
    O Linux é ótimo? É lindo? É limpo? É fácil de usar? User friendly? Isso tudo depende do ponto de vista de cada um.
    Eu utilizo o Linux em duas situações. Servidor do escritório e curiosidade quanto a evolução do sistema. (Acompanho a evolução de algumas distros em uma máquina antiga )
    Pra mim não faz sentido usar Linux profissionalmente num PC como plataforma de interface usario/ máquina, porém faz sentido usar como interface de geraciamento de arquivos e permissões no servidor.

  29. Jorge says:

    O Linux é lixo como é o Windows, se fosse assim tao bom como dizem, equipava os pcs de raiz sem precisar de ter la instalado o outro lixo do windows.

  30. Correia says:

    Para quem não joga a diferença entre ter Linux ou Windows é o preco.
    A biblioteca de aplicações livres que replicam os programas pagos da Windows é enorme.
    Uso ambos e para o meu tipo de uso abro qualquer um, depende do humor. O Windows acaba por ser o IOS dos PC , simples e intuitivo. Chato pelos processos que mete a correr em background.
    Mas acho que não houver problemas monetários ou se confiarem na pirataria o Windows é a escolha.
    Para quem gosta de best value a escolha óbvia é o Linux.
    Ao contrário do que dizem o Linux é bastante User Friendly ,tem a linha de aprendizagem que é preciso percorrer caso queiram mexer mais. Mas nada que net e o YouTube não resolvam

    • Thiago says:

      Você está enganado em dizer que o usuário que não joga a diferença é só o preço.
      Pra quem trabalha há uma grande diferença em utilizar Linux e Windows.
      A maioria dos programas de edição de imagem e áudio só rodam em Windows e OSX.
      Agora eu te pergunto como vou usar Linux se não tem os principais programas pra rodar?

  31. ervilhoid says:

    devia ter sido usado um SSD, dual boot num disco mecânico tem interferência. o que está escrito na parte interior do Disco é beneficiado

  32. Rui says:

    Respeito o teste,mas na prática não se compara, o mint é muito melhor.

  33. Sérgio says:

    Se querem velocidade a sério é com o Mint Mate + um SSD à maneira. Ao carregar no botão para ligar o computador, e ainda enquanto estou a afastar o dedo, imediatamente após completar a pressão suficiente no botão para o pc ligar, já passei o ecrâ de boot, inseri password, vi os últimos artigos do pplware, um filme da netflix, as notícias dos principais jornais, atualizei o sistema e, por momentos, quase que desligo o pc em simultâneo. Serious business.

  34. Fabio says:

    O teste foi tendencioso, já que propositalmente utilizou uma máquina que favoreceria o Linux.

  35. Tico says:

    Deus me livre de Windows 10… Essa foi a pior versão da história… Vou continuar usando o Windows 7 até ele não conseguir abrir mais nada na internet… Mas me recuso a usar essa porcaria de Windows 10…

  36. Claudio Sandecki says:

    Gimp não é editor de imagem, é um aplicativo confuso que não tem como fazer um trabalho profissional.

    • Ruy Acquaviva says:

      O fato de não saberes utilizar um software não torna o software pior. No caso, pior é o utilizador.
      Pelo visto não sabes, mas muito trabalho profissional de excelente qualidade é produzido no Gimp. Fazer bazófias sem base factual atesta apenas contra si.

  37. Giovane says:

    Seja como for. Não troco a facilidade e costume do Windows pela dita dificuldade do Linux.

  38. Luis Martins says:

    O grande problema do Linux são dois .
    O primeiro são os drivers ,por exemplo para as impressas e placas gráficas.
    O segundo são as toneladas de versões de Linux que são incompatíveis para instalação de drivers e não só.
    Portanto Linux para consumidor normal que não sabe nada de informática é para esquecer .
    Linux para servidores , sim é uma boa opção e de grande sucesso, principalmente em servidores web e de base dados.
    Estou farto de ver comparação de velocidade imbeculizados entre o Windows e Linux pois o que é importante não é quanto tempo demora a abrir um determinado programa mas sim quanto tempo demora o dito programa para fazer os cálculos para terminar uma tarefa, estou a falar de CAD, rendering, 3D, etc.
    Pela minha parte há muitos anos que uso discos SSD e o meu Windows no meu portátil e no meu computador pessoal só demora 4/5 segundos para abrir e pedir a password,todos programas abrem super rápidos.

    • Paulo g. says:

      Podes usar o kdenlive e compara a fazer rendering nos 2 sistemas

    • Paulo g. says:

      Isso das placas gráficas e impressoras foi á quanto tempo? Na minha HP é só ligar e está pronta a usar. A gráfica embutida Intel vem no kernel… Se tiveres Windows é mais complicado porque tens de ir fabricante buscar o driver. E mesmo assim assim que ligas ao USB tens de esperar que wind

  39. ademirt says:

    No Phoronix tem vários benchmark.

  40. Mkaiser says:

    A grande diferença é que o Windows já vem com todas as ferramentas na raiz, é um sistema robusto e por isso pesado de berço, o linux mint como outras distros, vem com o básico e o que for necessário pode ser instalado depois. Windows pra mim não ajuda além de jogos, não entrei na era de assistentes, Tenho um android que nem lembro que tem assistente e comando por voz, e a cortana pra mim não precisava existir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.