Quantcast
PplWare Mobile

Ubuntu Phone OS – 5 razões porque poderá ser um sucesso

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Carlos says:

    “Nenhum utilizador ama o seu Android”…… WTF? Eu amo o meu Android e nem que fosse muito rico nunca comprava o iPhone. Se me dessem um iPhone vendia-o logo para comprar 1 Android… que treta este tipo…

    • André Viana says:

      Pronto, pronto, és uma excepção.
      Eu tenho um smartphone com android 2.3.6, e adivinha! A internet wireless com duas fases de autenticação não funciona! Update? O ultimo foi há uns aninhos valentes… Isto é um dos aspectos que adoro no modelo do Ubuntu OS, as actualizações por parte da comunidade 😉

      • fabio says:

        sabes o que é uma custom rom? se tiveres um android da marca zte, hauwei ou dessas marcas ranhosas, bem podes esquecer! não há suporte para esse tipo de telemoveis!

        • maero says:

          no sapo a5 e o q nao falta

        • David says:

          ZTE e Huawei, marcas ranhosas? Porquê? Por serem chinesas? Posso falar pela Huawei, que é uma marca que já criou um bom nome na Europa e dizer-te que estás muito enganado. Tenho um Huawei que oficialmente só chegou até ao Gingerbread, e adivinha lá, tenho o ICS a bombar 🙂 informa-te antes de falar.

          • fabio says:

            ICS? LOL, isso é coisa do passado! Eu tenho um galaxy s com o jelly bean 4.2.1 a bombar! Por andar informado é que sei do que estou a falar! Até mesmo certos modelos da samsung como o galaxy ace, gio, etc, não se arranjam custom rom’s 100% funcionais.

      • lmx says:

        +1

        sem falar no aspecto de quereres guardar os teus dados á tua vontade …sem a treta de estares a syncronizar para a google as tuas coisas…puff

        Neste aspecto sinto saudades dos tempos da nokia, onde tinhas uma app desktop, onde podias fazer backups da tua info…mas eis que vamos ser livres de novo!! yeaahh 😉

        Aqui vamos poder ser DONOS do nosso telefone, e sem ninguém que nos espie!!

      • Nuno Pinto says:

        smartphone com android 2.3.6… WTF Isso já não é um smartphone!!!!!!!!!!!

    • Nuno says:

      O iPhone é o telemóvel mais overrated de sempre! xD
      Não vale metade do preço que anda à venda.

    • Renato Paupério says:

      Alguém que explore o SO a 100% conhece algumas das fragilidades do android e este ubuntu OS poderá vir a ser bom como alternativa ou até mesmo para obrigar o android a se reformular. Quanto a tua panca pelo IOs, são gostos e isso não se discute, mas o mérito do IOS não pode ser tirado pois é sistema sólido e muito bem montado sendo na minha opinião o mais bem conseguido.

      • arkan says:

        E me fala se um usuario que tem smartphone usa 100% do sistema para tal, e se quem tem essa merd@ de linux usa 100% ? nao conheço um ze mane que tenha linux totalmente e windows. Quem usa linux só sabe falar babozeiras, porque 80% fica no windows.

        ubuntu é so mais um o.s q vai ficar em desuso, e agora tenta ter novo folego no mercado movél…mas para mim não passa de mais um ‘vamos ver’, e so isso.

        • JP (djlinux) says:

          arkan resume te ao ser insignificante que es e para de fazer comentários sobre o qual não sabes o que estas a falar. Adeus 🙂

        • faustino says:

          Eu gostava mesmo era de saber quantos aparelhos trabalham diariamente com Linux e quantos trabalham com windows, com macosx, ios e afins.
          Já agora qual é a versão de windows que o(s) routers que tens usam? Não é windows? Ok então qual é a versão do IOS ou de MacOS? Também não? Só falta dizer que às tantas estás como eu tens mais Linux em casa do que windows ou macosX 😉 2 routers , 2 desktop com Linux, um raspberry com Linux e um laptop com win7 e um magalhães com WinXP. Resultado 5-2 cá em casa. Se bem que um dos Linux, uma vez por outra, faz dual boot em windows e o magalhães lá de vez em quando vai a Linux, o raspberry tem um sd com RiscOs mas o rato provoca um erro que ele bloqueia tenho que ver se experimento com outro rato.
          O telemóvel fica de fora das contas mas acho que a base é Linux ;).

        • Tiago Costa says:

          80% esta no windows porque foi que ficou na moda….
          Servidores escolhes linux , ficam a tua vida toda ligados e actualizados sem desligar.
          Queres desenvolver aplicaçoes é muito melhor ires para linux o linux codificar do que fazeres em windows.
          Como alguem ja disse resume te a ser insignificante….

        • Carlos Carvalho says:

          Arkan ,

          Não percas a cabeça , isso já está a fritar , as batatas já estão esturricadas , Tens de ser um bocadinho mais culto , tens mesmo de te esforçar senão só saem asneiras dessas tuas mãos .

          Pensa um bocadinho antes de escreveres , informa-te e não sejas arrogante .

          Carlos Carvalho

    • o.O says:

      Céptico…! E é assim a mentalidade de um Português…! Não são abertos em nada! É bom haver concorrência e escolha! Não estamos a falar de iphones nada nada….! Estamos a falar de Android x Ubuntu! Porque raio metem logo a Apple ao barulho?! Nem foi referido no artigo!!!! -_-

      Abc

      • Bruno M. says:

        É por terem a mente fechada e pála nos olhos que o País está como está pois em mais de 30 anos os que nos governaram e destruiram Portugal foram apenas e só PS/PSD e CDS… Na tecnologia é a mesma coisa, vai tudo atrás da moda, e só acham que é bom porque a maioria o diz….

      • Francisco Pinto says:

        Tem vários nomes.. Obsessão, inveja, escolhe um!

    • duarte says:

      Carlos, permita-me a minha discordância em relação à sua opinião. O apresentador falou “verdadeiramente”. Não conhecendo o Iphone e tendo pouco interesse em conhecer por achar ser um sistema fechado, acho o android bom, mas limitado. A maioria das aplicações gratuitas são de baixa qualidade, ou seja não fazem aquilo a que se propõem, além do espaço de ecran que algumas delas usam para publicidade. Dou o exemplo dos documentos OpenOffice, ainda não encontrei nenhuma aplicação gratuita que abra correctamente estes documentos. Há que esperar por melhor. O Ubuntu OS traz o LibreOffice de base. Para já vejo uma mais valia. Por mim, espero que faça a diferença.

    • Concordo com o Carlos.

      Prefiro 20x mais Android que outra qualquer

    • Rafael says:

      Os internautas criticam os fanboy da Apple ( eu tambem para ser sincero) mas Carlos tu és um bocado fanático pelo andróide, calma com isso. O iPhone pode não ser o melhor mas mesmo assim tem aspectos positivos.

    • Stenio Araújo says:

      Iphone? Estamos lendo o mesmo artigo? Não vi nada sobre iphone neste.

    • RaCcOn says:

      Wtf?e quem falou em iPhone?

    • Jefferson says:

      eu duvido, o android quebra um galho apenas pra todo mundo q nao pode ter um iphone com ios.

    • redefoca says:

      Aqui ninguém está a comparar o android ao iphone. O que ele disse foi que os utilizadores de android podem instalar o ubuntuphone porque teram uma melhor experiencia.

    • Luis says:

      O tipo falou do Ubuntu e tu falas de Iphone?? ….

  2. R o B says:

    Só entendemos o amor quando possamos a amar algo novo, aí percebemos que chamamos amor ao que afinal já não amamos. Venha lá esse ubuntu phone OS, espero que seja portado para mais dispositivos, estou mortinho por o ver as rodar no meu padfone 2

  3. Mr. PeaceXDA says:

    metam a google play nisto e eu troco ja xD

    • Bruno Nogueira says:

      Concordo Plenamente.
      Bastava isso e mudava-me logo 😀

    • VC says:

      Em vez do google play, tera o ubuntu software center, onde tens para nstalacao aplicaçoes nativas ( apps de desktop tambem ) e aplicacoes android. Por isso mt mais completo que o Google Play. Agora sim vou ver o meu galaxy nexus a rodar a Suite aircrack-ng, sqlmap, wapiti, os meus scripts que criei para liux, apps do windows com o wine…e mt mais 😉 simplesmente perfeito.

    • David Toffee says:

      Eu troco quando souber mais informações sobre os widgets e principalmente sobre a performance e segurança.. 🙂

  4. Carlos says:

    Ahm…

    Não é precisamente a linha Nexus que tem sempre as últimas atualizações do Android?

    É que, e parece-me que os srs. da Canonical estão a subestimar seriamente o problema, manter atualizados literalmente vários milhares de telemóveis diferentes é seriamente complicado.

    Nem a Microsoft, que tem incomparavelmente mais recursos, o consegue fazer bem, basta ver a quantidade de problemas que teve com a primeira atualização do Windows Phone.

    E, já agora, está-se mesmo a ver os operadores móveis a irem nessa cantiga.

    E não deixa de ser curioso que algumas das “vantagens” do Ubuntu Phone OS apontadas pelo sr. da Canonical tenham sido apontadas, incluindo pela própria Canonical, como “desvantagens” do Windows 8. Que, aliás, copiaram descaradamente.

    Não tenho nenhuma dúvida que os departamentos legais da Microsoft e da Apple já estão a analisar estas demonstrações cuidadosamente.

    • arqueox says:

      Dizer que a Canonical copia descaradamente a Microsoft é como dizer que as vacas voam…simplesmente LOL.

      • Carlos says:

        Olha ali uma vaca a voar!

        Portanto, ter o “chrome” (os botões/comandos das aplicações) escondido por omissão, tal como no Windows Phone/Windows 8 é uma coincidência.

        Fazer um swipe da esquerda (no Windows 8 é da direita) para fazer aparecer os comandos do SO é outra coincidência.

        Fazer um swipe da direita (no Windows 8 é, acho que toda a gente está mesmo a ver, da esquerda) para mudar de aplicação é ainda outra coincidência.

        As aplicações terem “cabeçalhos” no topo que saiem para fora do ecrã onde se pode tocar para saltar para diferentes partes da aplicação, tal como no Windows Phone, é mais uma coincidência.

        A parte de “conteúdo” das aplicações sair para fora do ecrã pela direita, tal como no Windows Phone/Windows 8, é também coincidência.

        O que é estranho é só se terem lembrado disso depois da Microsoft.

        • arqueox says:

          O melhor do sistema microsoft é quando a gente o formata para instalar o ubuntu. Fica lá com o teu bluescreen que eu fico-me com a rapidez, a segurança e a performance.

        • faustino says:

          O Unity que já existe à vários anos, tem isso de aparecer da esquerda, que podes definir como quiseres, eu tinha quando usava o Unity em escondido por omissão.
          Por isso não sei quem copiou quem neste caso, agora que todos se copiam entre si é inegável.

    • Luis says:

      Não copiaram até porque o Sistema “Metro”, saio primeiro no Ubuntu que no Windows, informate, antes de falares.

  5. Riicardo says:

    Concorrência é sempre bem vinda, quem lucra somos nós! Tenho pena que haja este tipo de picardias, muito frequeêntes nos comentadores deste site, em denegrir a apple/android. Neste caso estamos a falar de um novo paradigma que está a emergir e só temos a lucrar,enquanto utilizadores, pois acho que vem trazer algo que não existe e faz alguma falta, bem como “obrigar” a concorrência a “fazer pela vida”. A possibilidade de poder utilizar o sistema em dispositivos android é uma mais valia resta saber quais terão suporte a este OS para já ao que parece só o galaxy nexus…

    Cumpz

  6. O quarto ponto vai ser meio complicado de cumprir. O problema com Android e updates reside na fragmentação e quantidade abismal de drivers a programar para todo o equipamento disponível cada vez que sai versão nova. É impossível que seja a Google a fazê-lo e os fabricantes não têm por vezes interesse em fazer updates como forma de levar o consumidor a comprar um telefone novo e não ter modelos relativamente antigos a canibalizar modelos novos. Admitidamente não sei se a Canonical tem à partida solução para isso, mas não estou a ver como vão eles resolver o problema nem se ao conseguir resolver vão ao mesmo tempo manter boas relações com os fabricantes.

  7. o.O says:

    Resta-nos saber se qualquer pessoa pode instalar em qualquer smartphone e com facilidade (com as devidas especificações, obviamente), ou será um numero reduzido de smartphones…

    pela lógica de um SO, parece-me que no inicio irá haver um smartphone felizardo de receber este SO, depois…pouco a pouco será liberado…

    Que vos parecem?

    abc

  8. jerônimo says:

    Certo, e o que eu faço com os mais de 50 aplicativos que comprei na Google Play? Esquece-los e joga-los fora? Nem pensar. Acho sim que o Ubuntu for Phones será um sucesso, mas para pessoas que vão começar a utilizar um smartphone agora, se fosse o meu primeiro com certeza eu compraria, mas como já estou no 8o. Android com inúmeros aplicativos comprados, não troco mais…

  9. Benchmark do iPhone 5 says:

    Basicamente o que a Canonical está a anunciar com o Ubuntu Unity é o mesmo que anunciou a Microsoft com o Metro Interface do Windows 8 – um sistema operativo e um interface para smartphones, tablets, PCs, e TVs.

    No Windows 8 lembra-me de “n” comentários em que as pessoas diziam “Desta vez é que é, as aplicações para PC vão correr em tablets ARM de baixo custo … vai arrasar”. A Microsoft finalmente lá disse que não era assim, que não iam correr, mas que o interface comum simplificava criar uma aplicação para três sistemas operativos distintos: Windows Phone (smartphones) RT (tablets ARM) e Pro (tablets PC e PCs).

    Mas No caso do Ubuntu Phone OS do que leio, em termos técnicos pretende-se ir muito mais longe – só é preciso umas alterações a nível do interface para que as aplicações para PC, como o LibreOffice, corram no smartphone, se o smartphone estiver ligado a um ecrã de TV nem isso é preciso.

    Há quem desconfie desta parte. Eu desconfio, só vendo. Se conseguirem isso parabéns, embora não sejam factores suficientes para garantir o sucesso na área dos smartphones e tablets. Só um aspecto sobre uma frase do post – os jornalistas viram de perto mas não mexeram, viram o que está no vídeo ao vivo. Isto não é um procedimento anormal, acontece muito na apresentação de protótipos. Que o Ubuntu Phone OS está a despertar grande curiosidade está. Pessoalmente acho que estão a querer anunciar um milagre tech (corre em todos os smartphones Android, corre as aplicações para desktop, tem o interface mais agradável e inteligente de todos) mas não sei se não estão só a vender banha da cobra.

  10. ze says:

    Para quando um dual sim com windows phone 8 ??
    urgente caminhar por ai.

  11. golias17 says:

    Eles vão demorar tanto tempo a lançar o SO oficial em telemóveis de deles que até lá as marcas podem se preparar para ficar mais fortes. Eu também amo o meu android, tem tudo o que eu podia querer e cada vez tem mais aplicações de qualidade e esta melhor de ano para ano.

  12. Paulo Santos says:

    Uma razão porque vai ser um grande fracasso, “vai ter um interface totalmente configurável por parte das operadoras”… já estou a ver tudo bem sabotado!

  13. JP (djlinux) says:

    Primeiro de tudo parem com as comparações absurdas, o Ubuntu Phone OS não é o Android e muito menos o iPhone, ponto final.

    Ubuntu Phone OS até agora, pelos videos que já vi, traz inovação e isso ninguém lhe pode tirar. Vai estar disponível em poucos meses, por isso até a data oficial do lançamento vai estar ainda melhor, com mais aplicações nativas, menos lag, não se podem esquecer que assim que a comunidade ponha a mão no OS, vão acontecer maravilhas a ele.

    Já viram bem alguns videos? A facilidade e rapidez com que acedemos a algumas “preferencias”, com que trocamos de aplicação… Procurem no Youtube, não vejam apenas o que aparece “por ai”, procurem se informar antes de comentar.

    Claro que lhe falta muita coisa, algumas bem básicas, como fechar uma aplicação, mas, ainda nem um mês tem de “vida”, a Canonical nem sempre vai pelo caminho mais fácil e logico, mas não esta a dormir.

    Uma das grandes verdades e que ainda não vi ninguém dizer, é que alguns não suportam o caminho que o Ubuntu e Linux em geral esta a seguir, esta a evoluir e a pisar os calcanhares a muitos, e alguns não aguentam isso.

    Cmps

    • ze says:

      Um dos pontos fracos de sistema é a sua conectividade com os pc’s , a mioria do pessoal tem pc’s windows,
      não faz sentido ter um telefone Ubuntu Phone OS, um ipad ios e um pc windows.

      Daíq ue a convergência,
      telefone windows 8
      pc windows 8
      e talvez um pad windows
      e xbox na tv

      o melhor de todos os mundos actualmente

      ponto fraco
      xbox live carissima
      ainda não há telemoveis dual sim windows phone 8

  14. Rui Santola says:

    Eu não acredito que este projecto tenha sucesso… por várias razões.
    Melhores projectos estão neste momento em banho maria, tais como o Open WebOS, sucessor do WebOS da Palm, mais maduros e com o já conhecido enyo.js a ser utilizado em várias plataformas…

  15. RCT says:

    Afinal quem é que vai efetuar as atualizações constantes nos equipamentos? É a comunidade? Qual é então a grande diferença para o Android?

    Eu tive até à bem pouco tempo um sapo a5, e tem rom’s a correr o jelly bean, só não estão a 100% porque a marca não libertou os drivers necessários.

    Praticamente todos os equipamentos têm comunidades por trás a garantir uma morte mais lenta, e assim sim, ninguém amaria o seu Android.

    Espero que seja mais uma alternativa viável porque assim todos sairemos a ganhar.

  16. Hugo Vaz says:

    Quer-me parecer que a Canonical com tudo o que tem vindo a dizer e apresentar está é a criar hype à volta do produto de forma a angariar interessados mas depois a concretização vai ficar aquem. Isso ou desconhecem o mercado.

    Em termos de actualizações, isso é tudo muito bom e bonito para tech savvy mas as operadoras abominam. Se algo falha no controlo de qualidade quem tem o trabalho de dar suporte aos clientes são as operadoras, quem potencialmente fica mal vista são as operadoras em conjunto com o fabricante ou quem desenvolve, e normalmente o cliente só quer saber é da operadora… quantos de vocês tem ZON em casa e quando o equipamento falha queixam-se da ZON ou da Thomson, Netgear ou qualquer que seja o equipamento que a ZON vos disponibilizou? Não é a mesma coisa, eu sei, mas ilustra bem que quem dá a cara é a operadora que presta o serviço, tudo o resto depois depende do quão informado os utilizadores são.

    O não correr em ambiente virtualizado é uma das vantagens e uma das desvantagens em simultâneo. O SO vai ter de ser monolítico, funcionar por completo com suporte total inves de ter somente o suporte para o hardware presente e para uma camada de abstração que depois trata de tudo o resto e é agnóstico ao que está por trás. É um compromisso entre tempo de implementação (e suporte) e performance. Isso quer dizer que o equipamento tem excelente performance mas os fabricantes (e as comunidades) têm muito mais trabalho para ter (e manter) um equipamento. Uma coisa que ninguém ainda referiu é que não é a Canonical que implementa o Ubuntu Phone OS e dá suporte aos equipamentos, são os fabricantes e as comunidades que têm de pegar no Ubuntu Phone OS disponibilizado pela Canonical e implementá-lo, a Canonical trata das actualizações. Novos equipamentos, novos chipsets que haja e começa tudo de novo.

    Eu espero ansiosamente pelo Ubuntu Phone OS, do que vi nos videos a utilização é pura e simplesmente perfeita. Aliando isso a capacidade de correr apps de desktop no equipamento, nativamente, e temos uma convergência (real) entre as diversas formas de utilização de computadores (e aí mudo de vez para Ubuntu também nos meus pc’s). Mas estou receoso pois até ver quem tem poder para empurrar a adopção (e por conseguinte a viabilidade do projecto), as operadoras e fabricantes, não tem grandes incentivos a fazer pelo que escrevi acima. A ver vamos. Espero ser um receio infundado 🙂

  17. luis says:

    legal,usei o android por quase 1 ano e nunca recebi nenhuma atualização,agora estou usando o Windows phone 7.5 e já recebi varias atualizaçõese inclusive em breve a versão 7.8.
    No android a net era lenta e sempre tive muitos problemas,e meu celular era muito bom era um Galaxy S2.
    Que bem que o Ubuntu esta estrando tbm no mercado e provavelmente venha a ser bem melhor que o android.

  18. Hugo says:

    Eu mudava se desse para o meu A5 aka ZTE Blade

  19. Jony says:

    É interessante que eles ainda não tenham implementado o landscape mode, e até consigo perceber o porquê. Vai ser complicado aplicar o mesmo conceito dos edges em landscape mode da mesma forma que em portrait. Aliás a barra do unity, que eu pessoalmente não acho nada interessante nos smartphones a não ser talvez navegar por aplicações que possivelmente estariam a correr, em modo landscape não sei como vai ver.

    Bem mas ainda bem que temos mais um concorrente no mercado, ajuda os outros a evoluírem é sempre bom 🙂

  20. Slyder says:

    hum.. e root? será preciso?

  21. Miguel says:

    Realmente, o homem tem razão, eu não amo o meu android, amo a minha mulher. Ao ridiculo que consegue o consumismo chegar, mas adiante….
    Será que o Ubuntu Phone OS depois consegue-se posteriormente instalar noutros telemoveis android, nomeadmente, falo por mim, Galaxy S Plus? Mas esta ideia do Ubuntu é o que eu preciso, se quiser ver uma serie na televisão, editar um documento na secretaria, e ver uns mails na rua, este sistema é o ideal para mim, nao preciso de 3 dispositivos diferentes. Menos dinheiro que se gasta… fixe, quando é que isto aparece?

  22. Rui Oliveira says:

    E no meio disto tudo, já se pode comprar um telemóvel com Ubuntu OS?

    Se não, porque tanto alarido? Só deviam dizer que existe este OS quando estive pronto para a ser comercializado.

    Se sim, nem sequer diz onde! No site do Ubuntu eles até me convenciam a comprar aquilo, mas não diz em letras grandes onde xD
    (podia ter lá tipo: “Buy now your device!”)

    Devem estar à espera que as pessoas se esqueçam que aquilo existe xD

    Melhores Cumprimentos,
    Rui Oliveira.

  23. Ricardo says:

    Para mim há uma razão que me vai levar adquirir: Ubuntu (mais nada!)

  24. Gostei da ideia, porém achei engraçada a frase amar o Android.
    Posso estar errado, mas na minha concepção uma pessoa que ama um Sistema Operacional tem sérios problemas afetivos que são explorados com muita destreza pelo mercado.
    Um ótimo fim de semana a todo(a)s
    Fábio

  25. Jonny says:

    Estou ansioso para experimentar este sistema, parece-me mt bom. Not so off-topic: É frequente no pplware ver comentários em que 90% são a criticar e a deitar abaixo, mas não vejo maltam a “fazer”. Porque não unirem-se de desenvolver-se um OS em Portugal? Porque não em Portugal desenvolver-se um telemóvel, um tablet, um SO, uma televisão, um automóvel, com defeitos e virtudes como os outros. Tantas opiniões, tanto falar mal, mas muito pouca ação. Se somos todos conhecedores e críticos, bora fazer! 🙂 é um orgulho ver um cloudPT que me surpreendeu pela facilidade e fiabilidade. É um orgulho ver o timewarp da ZON a ser pioneira, e o meo seguir o mesmo caminho. Se sabemos fazer, se temos acesso à informação, se sabemos o que é bom e o que é mau, então vamos fazer. 🙂 abraço para todos!

  26. So7t says:

    Long live to QT and Nokia!!! 😉

    “Para facilitar todo este processo de “trazer” as aplicações do Desktop para o smartphone, Bacon referiu que os programadores devem começar a ambientar-se com a linguagem QML (Qt Meta Language) para desenvolvimento de interfaces. QML, assim como HTML5 e OpenGL terão suporte nativo no Ubuntu.”

    QT, posteriormente propriedade da Nokia, agora da Digia. A Nokia foi realmente uma grande companhia… esperemos que volte aos grandes palcos rapidamente!!

    • Hugo Vaz says:

      Deves desconhecer a Trolltech e que o QT existia bem antes da Nokia ter adquirido a Trolltech…. Nos 21 anos de existência do QT só pertenceu à Nokia nem 3 anos. A Nokia adquiriu o QT mesmo pelo QT já ser bom, ser usado precisamente para o que a Nokia precisava e que é o que é usado hoje.

      • So7t says:

        Sim estou a par da Trolltech e da existencia da mesma antes de ser comprada pela Nokia!!
        Mas a verdade é que esta ja cooperava com a equipa de desenvolvimento da Nokia antes da mesma ser comprada.
        Mas onde quis chegar com o meu anterior comentário foi que a Nokia detinha uma “visão global e abrangente/multi-plataforma) ao qual não dispõe nos dias de hoje!! Infelizmente o actual CEO e a meu ver nao representa a “visao” e vigor de uma empresa Nórdica…

        • Hugo Vaz says:

          Certo…. então o que dizer da comunidade KDE que usa o QT e tem contribuido desde…. sempre (desde que o projecto foi iniciado, 1996)!

          Visão… SymbianOS, MeeGo, etc, e tudo ao mesmo tempo que detinha a QT. Tens noção que a parte de contribuição prendia-se precisamente porque ambos os referidos usavam QT. Symbian não era da Nokia originalmente (e adquiriu no mesmo ano e mesmo mês que adquiriu o QT). Tudo se resume a uma shopping spree. Se tivesse visão teria visto que o communicator tinha tudo para ter sucesso (basta olhar para a Blackberry, lançado 3 depois do primeiro lançamento do communicator pela nokia, e ia a Nokia já com 2 modelos… desde 1998 até o dia de hoje só lançou mais 3); se tivesse visão teria olhado para a forte adopção de PDA’s na altura e tinha visto para onde caminhava (até a MS viu, mas cedo demais, ao tentar introduzir tablets no inicio da década de 2000). Eu não vejo a grande visão que vês na Nokia nesse mercado. Eu vejo o que a Nokia sempre fez, lançar barro à parede e ver se cola. A Nokia já fabricou de tudo e mais um par de botas (e estas ultimas literalmente… e até pneus), mas infelizmente este mercado tem tendência a ser volátil… foi estável enquanto não havia grandes alternativas, em que o paradigma era estanque e uno (excepção feita a nichos, como o empresarial, mas aí a Nokia também tentou e não conseguiu – mais barro, desta feita sem colar).

  27. Marco Silva says:

    A nokia actualmente está miseravél, são apenas mais um que faz aparelhos para instalar um SO de segundo plano.

    Em relação ao ubuntu for phone, o meu galaxy nexus está pronto…venha ele!

  28. Jonathan Vilela says:

    Digam-me só uma coisa, e eu com o meu old HTC Hero, com CPU de 528 MHz, o que faço? Tento partir paredes com ele? já sei bla bla bla custom roms bla bla bla, pois quando procuro por elas o que é que dizem, a e tal não da isto, não funciona aquilo, aquilo outro da +/-. Conclusão continuo no 2.1 de origem pois é. E então vi este (o sangue logo a fervilhar de alegria) vou ver as especificações TIMMMMMMMMMMBAAAAAAAAA, já fostes (bem que gostaria de dizer: Ma Não) mas infelizmente sim pois estes marmelos para eles o mais fuleiro é um processador de 1Ghz. Ide mas é as couves, que vocês estavam bem mas era eu cá sei….

  29. Alves says:

    “A equipa responsável pelo projecto começou o desenvolvimento da interface Unity há uns anos atrás, sempre com o objectivo de criar uma interface única e transversal a diferentes equipamentos (PC’s, smartphones, tablets, etc)”
    Não sei se vou dizer uma grande asneira mas… este Ubuntu Phone OS, dará para ser instalado no Raspberry Pi???

  30. Luis says:

    Só 5 razões? Depois de ver o video só acho. Vai ser o melhor OS phone de sempre!

  31. EacHTimE says:

    O comentário sobre Android era desnecessário. Não ganham nada em andarem a falar mal dos outros ainda por cima quando ainda não têm nada lançado no mercado.

    Fora isso espero que tenham sucesso e criem um bom sistema para haver melhor concorrência.

  32. dd says:

    O ponto 3, bem como a sua justificação, roçam o ridículo!

    Dizer que a plataforma é personalizavel e que os utilizadores podem desenvolver as suas próprias aplicações é aplicável a qualquer SO para telemóveis… Dizer que isto é uma chave de sucesso… enfim…

    3) Simples de personalizar
    A personalização da plataforma, ao nível da interface, será simples e os utilizadores poderão desenvolver as suas próprias aplicações.

  33. JP (djlinux) says:

    Vai uma aposta que mais de metade dos que aqui comentam que o Ubuntu Phone OS vai ser apenas mais um, que não tem futuro, etc etc… disse o mesmo sobre Android a uns anos?

  34. zeca says:

    é só cromos…

  35. dd says:

    Aqui sim, a(s) verdadeira(s) razão pela qual o Ubuntu Phone OS pode fazer a diferença e ser um sucesso:

    http://readwrite.com/2013/01/15/microsoft-should-think-seriously-about-embracing-firefox-os

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.