Quantcast
PplWare Mobile

MX Linux 19.1 – A distribuição Linux mais popular do momento

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Ze says:

    Para alem dos informaticos, quem é que quer usar isto?
    macOS é muito mais simples e pratico.
    Obrigado

    • Ze says:

      Para alem de ser inseguro hoje em dia usar um sistema que não seja conhecido o auficiente. Vai haver menos code-review, menos apps boas, que depois coloca a nossa seguranca em causa.

    • Marco says:

      Impressionante! Não somos todos iguais, de certeza que alguém gosta desta distribuição…
      Lá por você não gostar mais ninguém pode?

    • Lucia says:

      Os pobretes não tem como adquirir um macOS, por isso ficam todos loucos por tutoriais em Youtube de como fazer hackintosh (um crime contra à Apple).
      Falam que odeiam o Mac. Mas fazem de tudo para tê-lo as escondidas.
      Hahaha, é cômico!

    • Samuel MG says:

      Eu uso e não tenho problemas de malware e virus como o macOS

    • TK says:

      Deixa de ser ridículo , quanto custa um Mac ? Aqui é Brasil retardado, salário minimo mil e poucos reais. Deixa de ser idiota. Todo mundo sabe que Mac, quem usa é agencia de publicidade/desenho. O resto é para ostentar . Mac no quarto, geladeira vazia, e carteira também. Seu peba.

    • vc says:

      Uso macOS no trabalho devido ao desenvolvimento, mas não gosto. Por muito que use, não acho prático a interface do sistema e em personalização então muito menos, é aquilo e ponto!

      Em relação ao Linux, é um mundo à parte… obviamente tem que se ter conhecimento para tirar proveito do sistema, por algum motivo todas as empresas o usam quando querem criar “algo”, porque podes por o linux a dar em tudo o que quiseres devido à liberdade que o sistema para isso, exemplos: super computadores obviamente, 70 a 80 da internet roda em servidores Linux, sistemas operativos móveis, SmartWatchs, a ISS, raspberys, comboios de alta velocidade controlador, Misseis e Armas, Networking, carros inteligentes….. etc,etc,etc…

      Não vamos comparar o que não pode ser comparado!

      Para os utilizadores normal, usem Windows e/ou Mac.

      Nem é pretendido que esses utilizadores migrem para o Linux, assim o sistema continua sem “automatismos” que só pesam no sistema e que numa consola se faz tudo de forma facil…

  2. Lucas says:

    Só um aviso aos desavisados…

    Está em 1° lugar no Distrowatch não quer dizer que seja mais usada.
    A distros mais usadas provavelmente são Ubuntu, Fedora e Debian. Não tem como saber ao certo, talvez apenas do Ubuntu para quem aceitou participar da telemetria, caso contrário…
    MX Linux nada mais é que um Debian modificado com Xfce e algumas ferramentas facilitadoras.
    Há um tempo atrás, surgiu um boato (nunca foi provado) que tanto o Manjaro quanto o MX estavam utilizando bots para manter a popularidade no DISTROWATCH.

  3. gui says:

    De qualquer forma, MX e MINT, são as distribuições melhores em estabilidade, usabilidade e conteúdo.

  4. JCFB says:

    Só distros baseadas em debian.
    Prefiro arch

  5. Mário J. says:

    Olá!
    Parece ser bom.
    Mas continuo a achar que linux é para quem trabalha com informática.
    Se não utilizasse o win, nem nada do género, e sim uma instalação directa, como acontece no windows. E se não utilizasse linhas de código, para instalar nada, o linux seria para todos e não para quem trabalha com informática.
    Depois, na lista do que este linux tem pré-instalado, tem o gimp, que não utilizo. Utilizo photoshop.
    E tem o libreoffice, que também não utilizo. Utilizo, o que para mim é o melhor de todos os office, o WPS.
    Em suma.
    Eu, que de informática não percebo nadinha, não me iria safar no linux!

    • João says:

      Boas
      O linux faz instalação direta, a única coisa que é precisa é ir avançando os passos no “next”!
      Tem também uma loja de aplicações tipo Play Store, onde se pode instalar qualquer aplicação que precises, exceto Adobe. Contudo, podes usar o wine para conseguires utilizar programas do windows, como Photoshop e Illustrator ou podes usar VirtualBox com o Windows.
      Se quiseres, não precisas de utilizar um único comando no terminal, pode ser tudo por interface gráfica. Podes ainda desinstalar o gimp se quiseres.
      Podes também instalar o WPS, funciona na perfeição. Recomendo dares uma vista de olhos no Linux Mint, penso que iria ser boa para iniciares no linux. Eu ainda não tenho formação nesta área, e uso linux há 4 anos! Já passei por Ubuntu, Mint, Arch, Fedora, Debian, Elementary e muitos outros.
      O que é preciso é vontade de aprender, o que para o Mint não é preciso quase nada!

    • Marcelo says:

      O Linux nos últimos anos evoluiu muito. Um usuário leigo já não precisa escrever nenhuma linha de código para utilizar o sistema.

  6. Fernando Neto says:

    Quem trabalha com informática adora o Windows, afinal é o seu ganha-pão

  7. Roberto Carlos says:

    melhor? uma distro com apps completamente desatualizadas + Kernel velho. Um distro Arch based + AUR (tipo Manjaro Linux )é the best. instalas as ultimas releases e mais um monte de software sem esperar pela compilação da distro.
    Funciona nos portateis novos, detecta o rato bluetooth, docks, impressoras, dois ecrãs, sem ter de andar a sofre e procurar ajuda na internet.

    • Lucia says:

      Quem gosta de viver ao passado usa Linux

      • João says:

        Não sei porquê! Diz-me uma coisa em que o windows seja melhor que o Linux?
        Suporte? Nem por sombras! Segurança? De certeza que não…

      • Jorge Almeida says:

        Que resposta tão bem fundamentada… Baseia-se em quê para dizer isso? Olhe, eu gosto de viver no presente e uso Linux. Sabe porquê? Porque posso. A liberdade é uma coisa fantástica, sabe? Os SO Linux são sistemas seguros, fiáveis, fáceis de usar, e que, para o meu trabalho, são aqueles que me oferecem mais vantagens. São sistemas que têm um desenvolvimento extremamente ativo por pessoas empenhadas em entregar um sistema livre, não recebendo nada em troca. Portanto, quando lhe apetecer criticar, lembre-se uma atitude mais produtiva seria contribuir, de forma a melhorar aquilo que acha que está mal.

        • Lucia says:

          Por que a maioria das distros Linux são Ubuntu-based e Debian-based e como sabemos estas distros não são reconhecidas por ter acesso a tudo de mais novo. Ubuntu até tenta forçando snaps em vocês como solução mágica.
          A única distro que é realmente atualizada são: Arch Linux, openSUSE Tumbleweed, Debian SID (não Stable), Solus e Fedora. Além de outras “obscuras”. De resto, a maioria dos leigos vivem numa Ubuntu ou Debian-based, morrem de medo de distros rolling e vivem sim no passado tendo que ter um gostinho do futuro migrando pra versões não-LTS ou usando snaps/flatpaks.
          Acha mesmo que não conheço Linux?

          • Jorge Almeida says:

            Usar uma dessas distros implica que algum do software não está na última versão. E então? Cada distro tem o seu propósito e cada utilizador tem as suas preferências. Pessoalmente não uso snaps, mas uso bastantes Flatpaks, são uma solução tecnicamente muito boa, que cumpre muito bem o seu objetivo.
            Mas já agora gostaria de saber porque não gosta destas soluções.

          • Roni says:

            Seguindo esse seu raciocínio, então quem usa Windows 10 Insider Preview está bem adiantado dos demais users de Windows 10.

    • Quim says:

      Que distro recomendas? Actual, com muitos developers a corrigir codigo, leve, minimalista, para um pc em casa?
      Obrigado

  8. Paulo says:

    Alguns comentários não têm ponta por onde se pegue! Tenho o mx linux desde a versão 18.1.
    Ainda estou no mx 18.3 e para já não vou mudar. Posso informar que praticamente não utilizo o terminal, já usei porque quis mas dá para usar perfeitamente sem o terminal. FYI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.