Quantcast
PplWare Mobile

Damn Small 4.11 RC- Uma distribuição Linux com 50 MB

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Daniel Gomes says:

    No artigo não foi referenciada a ferramente para a criação do live CD/USB.

    É o LinuxLive USB Creator correcto?

  2. rip says:

    anos depois…. primeiros (espero) 🙂

  3. rodriguesp says:

    fiz o download do .iso, qual o programa que usaram para criar o live usb? sei que existem varios, mas esse pareceu-me bastanta atrativo e simples. obrigado

  4. Mafeus says:

    Pequenas distros são realmente muito úteis, quando meu HD quebrou passei a usar e testar algumas distros como Damnsmall Puppy linux e até Pmagic, tive dificuldade com a Damnsmall no drive ATI fglrx pois eu não tenho um pc antigo infelizmente.

  5. Carlos Costa says:

    “Como requisitos, necessita no mínimo de um 486DX (lembra-se desta arquitectura?) com 16 de RAM” 🙂

    Foi o meu primeiro PC!!! 33 MHz e com o botão do “Turbo” 🙂

    Velhos tempos em ambientes DOS 6 & Windows 3.11 já para não falar das famosas disquetes de arranque 3″1/2 para turbinar ainda mais a máquina.

    Desculpem se isto off topic

    🙂

    • Pedro Pinto says:

      Boa partilha, eu no dia que tive o meu 486 DX….queimei-o logo 🙂 (quem me mandou mexer no botão da fonte de alimentação :))

      • Tal e qual como eu um dx2 50 fiz o mesmo na fonte 🙂

      • Serva says:

        Pedro ,

        Boa tarde o Linux nunca para de nos surpreender eu não conhecia esta pequena distribuição , mas vou experimentar (no fundo quase que experimento todas) saber um pouco mais nunca fez mal a ninguém , eu também tive um pc com essa arquitectura e ainda o tenho guardado não sei se ainda funciona ou não a pilha da board já deve ter ido as couves , pena que já esteja a trabalhar , mas este fim de semana vou trazer o dinossauro para a bancada de testes , também me recordo que tinha um botão para comutar dos 33 para os 66 Mhz eu no meu caso só já apanhei mesmo o Windows 95 , mas foram de facto bons tempos de descoberta e de perceber bem qual a amplitude que estas maquinas nos podiam trazer , parabéns pelo teu artigo .

        Um abraço

        Serva

  6. Jorge says:

    Os links de download não estão a funcionar . Não consigo fazer download .

  7. Miguel Cristo says:

    Looks damn good 🙂

  8. Fixe para instalar num cartão de memória antigo… e levar apra todo o lado 😀

  9. monux says:

    -Puxa este SO me resolveu muitos problemas há algum tempo.

    -Parei de usar como ferramenta de apoio,
    por falta de atualização do SO.

    -Já estou baixando (sacando)

    -Muito Boa Notícia, valeu

  10. Redin says:

    Eu gostaria muito de poder saber mais pormenores mas nao existe website. Por exemplo se conseguirei rodar o xbmc com esta distro assim tao pequena.

    Off.topic. – Vamos la a ver se aparece no meu email a reposta para esta subscricao. Parece que as mesmas nao estao a funcionar.

  11. Pedro Domingues says:

    Para quando um port dessa distro para raspberry? 🙂

  12. Manuel says:

    E isto serve para fazer o quê?

    • Miguel Cristo says:

      Serve para fazer tudo, mas tens de perder muito tempo para fazeres as coisas lol, por um lado se podes utilizar outros para fazer o que queres em menos tempo, não faz grande sentido utiliza-lo, tive a dar uma vista de olhos e tem de se configurar tudo à pata, é uma grande trabalheira, eu ainda percebo pouco de linux para utilizar esta distro isto é para pessoal mais avançado 🙂

  13. Miguel Cristo says:

    Mas realmente é o so mais rápido que alguma vez vi e o interface fluxbox tem um aspecto excelente, mas lá está tem de ser o manual e configurar tudo mão…

    • Serva says:

      E dá 10 a 0 ao windows 95 , de facto podem haver problemas de dependências quando se quer instalar programas usados em distribuições actuais , e aí tens de compilar os pacotes , mas como foi dito no artigo esta distro é mesmo para PCs que só conseguem mesmo correr no máximo o Windows 95 .

      Cumprimentos

      Serva

  14. AlexAlex says:

    Podia também fazer um tutorial sobre o MPD (Music Player Daemon). É um reprodutor de áudio que funciona como daemon, muito leve e versátil! Já uso faz uns bons anos uso e já não consigo me acostumar com players «normais».
    P.S. necessita-se de um frontend para operá-lo, mas há pra todos os gostos, além de poder fazê-lo remotamente (inclusive pode-se criar a playlist e fechar o frontend, assim economizando memória em maquinas mais antigas). Também pode-se usar o MPD para fazer streaming se usado em conjunto com o IceCast.

    http://mpd.wikia.com/wiki/Music_Player_Daemon_Wiki

  15. says:

    Para usar numa pen é usar o unetbootin, é fácil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.