Quantcast
PplWare Mobile

Vodafone lança o primeiro Hotspot 4G

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. João Reis says:

    Equipamento móvel, espera-se algo do género mas fixo, género AP com portas ethernet mas preparado para 4G.

    • bruno martins says:

      usar portas de ethernet nesse dispositivo deixava-se de ter um dispositivo móvel e passava-se a ter um trambolho..

      ou é móvel e compacto, ou então é completo e flexível mas um verdadeiro monstro em tamanho, desvirtuando o seu propósito de mobilidade..

      agora 200€.. ja é um abuso..

      • Jota Ribas says:

        Olá. Excelente réplica … e ideal a quem opina sobre tudo, até sobre o sexo dos dinossauros, sem nunca verdadeiramente ter reparado na diferença entre ♀ e ♂ !!!
        … concordo que os 200 € são exagerados….

      • João Reis says:

        Exacto, este é portatil mas como deve saber existem AP´s para ligar pens 3G e ligar dispositivos. Não estou a falar manter este tamanho, estou a falar em AP´s prontos para 4G e práticos de ligar a ficha e ficar a funcionar como é caso deste.

        • bruno martins says:

          eu não disse que não existem.. eu falei deste aparelho em especifico, que o seu propósito é ser móvel e pequeno.. certamente existiram outros com as devidas portas ethernet…
          agora reclamar que não tem as devidas portas quando o seu propósito nunca foi esse não faz sentido..

          a única coisa que vale a pena reclamar é o seu preço exagerado.. que se comprarmos com as primeiras pens 4G, até parece barato em prespectiva 🙂

          • João Reis says:

            Não reclamei lol, repara no que escrevi, eu apenas disse que será mais útil os pequenos routers com 4G ready. A portabiidade já temos em 3G, o 4G já substitui (quando o sinal é realmente 4G) uma rede de casa, tirando jogos online que assentem em ping.

            Relaxxxxx ;=)

    • El Lentinho says:

      Viva,

      A TMN tem. Comprei-o, à volta dos 200,00€. Recebe 4G e reenvia através de wireless e/ou ethernet (RJ45).

      Cumps.,

  2. Setoff says:

    Boa tarde Vitor,

    Concordo contigo quando dizes e muito bem que “a Vodafone mantém o seu pioneirismo na disponibilização de equipamentos de quarta geração móvel no nosso País, depois de ter lançado em primeira mão a pen, o tablet, o smartphone e o router 4G, sendo a operadora com o leque mais alargado e completo de equipamentos 4G em Portugal.”
    Mas temos que ter atenção que os planos de dados não contemplam grandes quantidades de dados. Já para não falar das coberturas de rede que infelizmente ainda não são as melhores.

  3. Sérgio Martins says:

    A ideia destes aparelhos até é boa para quem como eu que só tem adsl de 3 mg e fibra só daqui as 10 anos..
    As operadores não deviam esquecer o pessoal que vive mais para o interior e paga um exegero para ter uma net fraca..
    Que pelo menos ponham o 4G a funcionar no pais todo a preços mais simpaticos….

  4. AV says:

    Pena é que, todas as operadoras lançam estas velocidades com pacotes, que dizem ser ilimitados, e o que se verifica é que o consumo máximo mensal é de 15 gigas .
    Site da Vodafone….
    “A Vodafone reserva o direito de aplicar medidas restritivas à utilização do Serviço de Banda Larga Móvel, se o tipo ou volume de utilização de um cliente potenciar a degradação da qualidade de serviço dos restantes ou a integridade da sua rede. No âmbito destas medidas, e no que reporta ao volume de utilização, a Vodafone reserva o direito de, após verificado um consumo acumulado de 15 gigabytes no respectivo período de facturação mensal, reduzir temporariamente e até ao final desse período a velocidade de serviço disponível ao Cliente.”

  5. Carlos André says:

    Eu queria mudar para Internet móvel, mas será que o 4G já compensa?
    É apenas para utilização cá em casa, com vários dispositivos em simultâneo, e assim cortava o serviço que tenho da sapo e a taxa de telefone que tenho por obrigação da linha.

    • João Reis says:

      se jogares jogos online que precisem de rapidez de decisões, futebol contra adversãrios online ou shoot em up, este sistema não dá.

      Se for para jogos flash e internet diaria normal, serve como alternativa, so tens de testar pois a tua área provavelmente nao terá 4G.

      Alias nas grandes cidades deve ser uma pequena percentagem que tem 4G, e fora das grandes cidades esqueçam o 4G, tal como nem o 4G há em alguns sitios ainda.

    • Hugo says:

      Cuidado com o limite de 15GB escondido nas condições contratuais dos tarifários ilimitados(que não o são)… O 4G parece muito aliciante, o problema é que depois de consumidos 15GB as velocidades são reduzidas para 128Kbps.

  6. Se este for tão bom como o anterior que limitava a 4 ou 5 clientes simultaneos… bem 200 euros super bem empregues lol, desperdicio puro de dinheiro

    • Felipe says:

      Os outros tinham limites de 4 e 5 clientes porque assim a bateria ia muuuuuito depressa, e o router nao aguentava, pois afinal, ele e um hotspot portatil, tal como os routers de casa, alguns so aceitam 4 users.

  7. ruben says:

    Enquanto a vodafone lança novos produtos e mantém outros em catálogo, a tmn tira produtos do catalogo e não põe substtuto, estou a falar do router Wi-Fi 3G

  8. Nuno Santos says:

    O 4G é no puro sentido da palavra uma verdadeira treta. Vamos aos factos.
    Não existe nenhum tarifário verdadeiramente ilimitado.
    Após os 15GB a velocidade é reduzida para 128Kb/s o que é ridículo para os requisitos de hoje em dia. Eu gasto 15GB facilmente num dia.
    Ainda estamos perante uma altura em que os distritos com cobertura 4G são poucos, o que nos remete para cobertura 3G que em alguns sítios não passa dos 12Mb/s.

    Portanto pensem bem se querem pagar para ter 15GB de net.

  9. Marco says:

    Alguém me pode explicar qual a vantagem destes aparelhos em relação a uma simples ligação ad hoc? Eu sempre consegui partilhar a net da minha placa de banda larga por wireless. E hoje em dia existe até o Connectify (http://www.connectify.me/) que torna o processo mais simples. Chego a partilhar a net com 3 pessoas. Posso estar enganado, mas parece-me que este tipo de aparelhos serve apenas para ir ao bolso dos utilizadores que não conhecem estas alternativas gratuitas…

    • bruno martins says:

      não precisas de andar com o computador atrás.. 🙂
      alem que isto, antes de saíres de casa, o metes simplesmente no bolso e vais a tua vida 🙂

      é uma comodidade que se faz pagar.. ninguém obriga ninguém a comprar isto..

      também a performance de uma rede ad-hoc de uma placa de wireless de um portátil é fraca.. especialmente se tiveres vários clientes ligados a ela..
      a placa de rede de um portátil não foi desenhada para ser um servidor mas sim cliente, apesar de a sua flexibilidade permitir ambos..

  10. Kanguru myfy says:

    Uso um Kanguru myfy deste género, router portátil, há bastante tempo(é 3,5G, mas para o caso não interessa). Dá para ligar até cinco equipamentos em simultâneo.

    Qual é a principal vantagem em relação a uma placa (pen) que se liga a um portátil a partir do qual se faz a rede ad hoc ? A portabilidade, não ser preciso andar com o portátil às costas.

    Como é router, qualquer equipamento se liga facilmente por Wi-Fi – computadores, tablets, etc. Isto faz mais sentido se se pensar em várias pessoas que vão de férias com essa cangalhada toda.

    No caso do 4G LTE poucos equipamentos têm placas LTE. A Vodafone actualmente tem à venda três smartphones e um tablet, O Galaxy Tab LTE.

    Este router permite aos vários equipamentos aceder ao 4G LTE (onde haja) com uma única assinatura. Além disso uma pen para o 4G LTE custa €150. Comparando, este router de €200 vale a diferença. A autonomia de bateria é que é preciso ver se é suficiente. Em uso intensivo de certeza que não chega às seis horas anunciadas e vai se preciso ligá-lo, por exemplo, a um carregador USB.

  11. Mario Oliveira says:

    Viva, tenho uma PEN 4G da TMN e estive a ler sobre o Hotspot deles, o Hotspot tmn 4G Huawei E589 e percebi que tem uma duração de +/- 6 em 4G.
    No entanto lembrei-me de outra opção, pensei em comprar um TLM com 4G e configurar como Hospot, no entanto encontrei três problemas, um é o preço (enquanto o Hospot nativo custa 200€ o tlm mais barato da TMN com 4G custa mais 90€), outro é não saber qual a duração do TLM a funcionar em tal situação, e por ultimo é não saber se o cartão 4G irá funcionar no TLM para este efeito.
    O que pensam dista ideia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.