Quantcast
PplWare Mobile

Chegou o Manjaro Linux 21: O seu sistema operativo para 2021?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. jedi says:

    Por acaso, ja tive a testar em virtualbox hoje . mesmo antes de vir ao site do pplware,
    até ao momento gostei do que vi.

    Atualmente tenho ubuntu 18.04 no meu conputador (desktop) que uso atualmente.
    Contudo como estou a pensar comprar um portatil novo e estou a pensar mudar do universo debian / ubuntu, pelo menos para o uso domestico, mudando para manjaro (arch base) ou para Solus.

    Para profissional, por enquanto tem de ser debian / ubuntu base por causa de servidores que se usa na empresa.

    Uma coisa principalmente que gostei de manjaro é que permite, a semelhança do ubuntu, fazer uma instalação minima, neste caso fazer donwload de uma iso de uma versao minima.
    Coisa que Solus não tem.

    Outra coisa que reparei e que gostei é manjaro tem forma grafica de se selecionar / alterar a versao do kernal, coisa que aas distros baseadas em debian / ubuntu, que eu testei que nao foram poucas, nao permitem.

    Por fim a instalação de software é simples bem como a instalação do proprio OS, que dá a escolha que tipo de swap quer ( file base ou partição fisica), onde o ubuntu ja vem com swap file base em vez partição fisica, o que é bom principalmente para SSD.

    Recomendo ao pplware a fazer artigo sobre Linux Solus, para se mostrar alternativas a pessoas interessadas em linux base OS, para além de ubuntu.

    • Joaquim says:

      Eu atualmente uso o MXLinux, pois gostei da “mistura” de debian stable com “current packages” tipo firefox entre outros pacotes do MX-Repo.
      E tem o MX-TestRepo E backports do debian, se for preciso para algo (usei os backports do debian, para os drivers nvidia mais atualizados).

      E tenho MXLinux no desktop, e 2 portateis.
      Também por ser base debian, fica familiar para mexer nas minhas VPS (Debian também).

      Tenho considerado o Manjaro, pois há uns 5 anos atras (quando o arch tinha ncurses setup), rodei Arch durante 1 ano, e gostei de ser pacotes recentes (todos, hostapd, nmap, etc).
      O que é fixe por um lado, mas quando vem mudanças de filesystem/init, e muda bues, as vezes precisava ler a documentação para resolver.

      Manjaro ando a considerar, rodando em VM por agora. e AUR ajuda para todos pacotes restantes.

      Para pessoas completamente iniciantes, recomendo o LinuxMint. Não só base ubuntu é estável, e possível usar PPA, o que ajuda para instalar muitos softwares.

  2. gr33nbits says:

    Sim, Manjaro é muito bom mesmo, depois é rolling release o que significa que se está sempre atualizado sem que isso cause instabilidade porque tudo é testado, testado e só depois sobe aos repos, tipo Arch no dia e Manjaro uma semana depois.

    Existe o Garuda que é Arch based e vem cheio de bloatware para quem gosta, tipo para gamers o Garuda vem com tudo, tem uma versão o Garuda Dragonized que vem todo kitado e com um tema Neon/Sweet com bastante estilo.

    Pessoalmente uso Manjaro KDE/Plasma.

  3. Samuel MG says:

    Eu estou usando o Linux Lite 5.2 que é um dos vários baseados em Ubuntu mas com requisitos do sistema muito baixos. Sendo que vou atualizar para o 5.4 assim que sair.
    Eis o Link para quiser saber:
    https://www.linuxliteos.com/download.php

  4. Pedro says:

    No meu laptop uso ubuntu (20.04), mas tenho utilizado o manjaro arm numa caixa android chinesa (x96air s905X3) ficando esta como um mini PC funcional em linux. Existe já aceleração de hardware (drive panfrost) e descodificação de video por hardware (drive vdec ainda parcial), confesso estar a gostar bastante. Aqui o link para quem quiser testar https://forum.manjaro.org/t/manjaro-arm-on-tv-box/34662/876

  5. Pedro Lima says:

    Após vários anos de uso substituí o Manjaro pelo EndeavourOS, também baseado em Arch mas muito melhor!

    Experimentem.

  6. Diogo says:

    Agora a serio sou só eu que acho o Manjaro super feio ?
    Eu tenho usado Pop OS ultimamente, mas experimentei manjaro e nunca consegui habituar me.

  7. RT says:

    Eu, como curioso sobre Linux, sendo apenas utilizador comum, tenho experimentado algumas distribuições, quer para portteis mais antigos quer para utílização diária, substituindo o W e IOS.
    Para os computadores antigos, gostei da facilidade de uso do PuppyLinux (embora não do visual) e do TinyCore pelo tamanho reduzido e possibilidade de o ‘montar’ apenas com o que nos interessa.
    Para o dia a dia, estou a utilizar o Linux Mint, que tem um visual que me agrada bastante e é muito fácil de usar, com atualizações constantes.

  8. Sergio says:

    Nos meus computadores, uso o Solus 4.2 com a interface Budgie. Pra mim é o melhor sistema GNU/Linux já criado!

    • Oskar Alhos says:

      Eu queria instalá-lo no meu portátil em dual boot com o Windows 10 mas vi-me numa batalha e terminei por desistir. O Solus não usa o GRUP, mas um tal de clr-boot-manager. Não consegui e desisti. Fiz um dual boot Ubuntu-Win10. Mas no meu Desktop é apenas o Manjaro.

  9. Rafael says:

    Para mim, KdeNeon, o melhor DE com acesso a muitos binários precompilados e estáveis, se quiser um programa mais recente -> flatpak, snap, appimagea. Mas tenho que dar crédito ao nível de organização dos aur e à presença de programas exóticos para explorar que só se tenho que compilar para usar no lado ubuntu.

  10. paulo says:

    prefiro ficar no meu debian stable. n sou fã do rei dos bugs

  11. Nuno says:

    Uso o ElementaryOS ha 1 ano e até ver, maravilha!! para mim dos mais estaveis e bonitos linux actualmente, debian based.

  12. Paulo Jaime says:

    Para quem está acostumado com Windows e para uso doméstico eu recomendo Linux Mint 20.1 Ulyana. Estável e com tudo out of the box. E softwares complemetares de todo o tipo não faltam. Quanto a visual….muita gente acha errado mas eu gosto do look do W10 então o meu Mint está 95% similar. Tenho 1 desktop e 1 portátil com W10. Mas prefiro o desktop Mint 20.1……..

  13. Marcos Falieri says:

    Experimentei o Manjaro com XFCE por quatro meses antes de migrar para o Xubuntu e não arrependo. A filosofia do Manjaro é bacana, pacotes sempre atualizados e um bom desempenho de foma geral. Mas, para um usuário que depende da sua máquina para trabalho (meu caso) ou para ser usado em viagens, ter que baixar 500~700 MB de atualizações por não atualizar a máquina durante uma semana é um verdadeiro inferno. Prefiro usar uma base LTS, com pacotes não tão atualizados, mas com estabilidade e poucas atualizações durante o mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.