Quantcast
PplWare Mobile

5 alternativas fantásticas ao Ubuntu

PUB

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Abílio says:

    Alternativas fantásticas ao Ubuntu… baseadas no Ubuntu? 😮

    • brunoCarvalho says:

      Alternativas ao ubuntu? Windows 8 ou mac os os unicos SOs de jeito…Linux e para nerds…mas mesmo esses precisam do windows pa trabalhar

      • diogo says:

        quando não se sabe ou quando nao se quer mexer diz-se que não presta

      • Tiago Santos says:

        AHHahhahaahHHAH :’D ironia do dia 😉

      • Só um gajo says:

        Tu acreditas no acabaste de dizer?
        Se sim, deixa-me que te diga uma coisa: Não percebes nada de computadores amiguinho…

        Gostei da parte linux é para nerds. Mas, pelo calibre do comentário, para ti um nerd deve ser um gajo que utiliza um computador para mais do que ir à internet, jogar e escrever o documento ocasional no Word.

        Vamos deixar de ser imbecis, ler umas coisas e experimentar outras antes de escrever, assim evita-se dizer asneiras.

      • Paulo says:

        Tenho Linux (atualmente Xubuntu 14.04, é muito leve ideal para PCs mais simples) e Windows 7 em dual boot no meu PC de trabalho, que uso para quase tudo, menos para jogos. Posso dizer que já não me lembro a ultima vez que fui à partição com windows (já foi à mais de meio ano pelo menos).

        Quem não sabe o que diz, mais vale ficar calado…

      • Deus says:

        windows para avozinhas porque tem medo de mudar.
        macOS é para hipsters que querem ser diferentes (como todos os outros) 😀
        linux é para geeks e muitos de nós somos geeks com gosto 😀

        • Ro301 says:

          Deus, calma ai… Eu uso Linux e estou a pensar em comprar um macbook air.

          Não precisamos ofender o trabalho dos outros para defendermos o linux. Assim como o windows é também um fantástico sistema operativo.

          Deus mantem a armonia entre os povos não causa tempestades 🙂

      • Manuel Ferreira says:

        São estes comentários que me matam! Uso ubuntu desde a versão 7.10 e nunca na vida diria que o OSX é melhor ou o Windows, cada um para o seu propósito. Claro que o para quem não conhece parece um mito “mexer” no ubuntu, mas hoje em dia é um SO que eu uso 100% e passar dias sem precisar de ir ao windows, está mais que apto para o uso do dia-a-dia.

      • ADIR says:

        Não sou nerd uso linux desde que conheci num curso que fiz no senai, MG, quem tem esta opnião é porque não conhece…

      • julio says:

        10 anos sem utilizar windows…minha empresa toda usa linux e nunca tivemos um unico problema e concordo com vc nerd tendem a ser mais inteligentes que a maioria logo usan um OS gratuito facil de usar e completo

    • Abílio says:

      O que queria dizer é que preferia ver 5 alternativas fantásticas ao Ubuntu no artigo, que não fossem cosmética do Ubuntu. Não julguei o Ubunto & Cop.

    • Julius Fortes says:

      HAHAHAHHHAHAHAHAHHAHAHA! sad but true
      e agora meu amigo ? rsrsrs

  2. Rafael says:

    O “nosso” Caixa Mágica. 😉

  3. Celso j c Assis says:

    Que tal o Voyager? ( http://voyagerlive.org/ ). Leve, belissima e funcional

    • camt says:

      Não gostam dele apesar de já ter sido aqui referido até por mim o que eu tenho reparado é que as alternativas fantásticas são normalmente quase sempre as mesmas ou estou errado?
      LOL

  4. Amaro Romão says:

    Concordo com o
    – Mint
    – elementary OS

    Mas onde anda
    – O NOSSO querido Caixa Mágica
    – openSUSE
    – Fedora
    – Debian

    Entre outros!!!!!

  5. diogo says:

    Devia estar ai o Fedora e Debian, desde que testei nunca mais liguei ao ubuntu 🙂

  6. Raimundo says:

    Aproveito para deixar a dica sobre a distribuição SolydXK. Tenho usado a versão KDE e tenho gostado bastante.

    http://solydxk.com

    É baseada em Debian testing mas usa um sistema de actualizações que as agrega (à excepção das de segurança) em update packs trimestrais.

    • jpng81 says:

      +1 excelente… já uso o solydx hà uns bons meses é 5 estrelas e com SSD melhor ainda.
      Tirando a parte do networkmanager que não funciona como deve de ser… não sei porque ainda não resolveram o problema mas devo ser um caso especial, nada que o wicd não resolva logo.

  7. cnavigator says:

    Eu já experimentei imensas distribuições, até Arch Linux, mas quando deixo de ter tempo de andar a saltitar entre sistemas e preciso escolher um para trabalhar, volto sempre ao Linux Mint. É simplesmente o melhor para utilização tradicional no desktop, vem com tudo o que é preciso e tudo trabalha como deve ser, sem complicações nem chatices nem perdas de tempo a configurar e a arranjar isto e aquilo. É claramente um Ubuntu melhorado em diversos níveis. Tanto os programas como as configurações de origem e o visual padrão são óptimos, seja qual for o DE. (Eu tenho preferência por KDE e XFCE).

  8. Mário César says:

    Não gosto nada de interfaces com a dock “à mac”, mas parece que quem escreveu o artigo não partilha da minha opinião, ehehe

  9. osvander says:

    Eu particularmente uso e indico o incrível PCLINUXOS BR seja KDE ou LXDE o qual eu uso a quase 2 anos.
    Estável e fácil de fazer as configurações a meu gosto e atualizações pela synaptic (gráfica) fácil e usual.
    É uma distro RPM !

  10. Osvander says:

    Me fascina muito o linux mint debian…

  11. da_rocha says:

    Actualmente uso o elementary OS, mas durante muito tempo usei o Mint. São os 2 fantasticos.

  12. Ricardo says:

    “é ideal para correr em máquina com cerca de 10 anos (ex. Pentium 366 Mhz, com 256 MB de RAM…”

    é um preciosismo, mas Pentium II a 366 é um bocadinho mais velhinho que 10 anos… a primeira release tem 15 anos. Há 10 anos temos Pentium IV, que tem umas specs ligeiramente diferentes….

  13. OVelhoteDaInformática says:

    WattOS desde a versão mais recente 8 já não se baseia em Ubuntu mas sim diretamente am Debian, especialmente no Wheezy com alguns Backports…

    …resta dizer que todas as alternativas ao Ubuntu são boas desde que funcionem bem 😉

  14. Mario Junior says:

    “Alternativas ao Ubuntu”

    Pegaram o Ubuntu (ou Debian), incluiram uns papéis de parede, alguns programas, modificaram o tema e só.

    Aliás, usar o fork do fork do fork, é de lascar. xD

  15. Robben says:

    E o Manjaro Linux?

  16. DD says:

    PointLinux (pointlinux.org). Bem mais user-friendly que esses todos.

  17. Rui says:

    E o kubuntu? Uso há um ano já e acho fantástico.

  18. Ricardo Silva says:

    Alternativas ao Ubuntu, mas com quase todas baseadas em Ubuntu 🙂
    De qualquer forma aqui vai o meu TOP 5 de alternativas ao Ubuntu.

    1 – PCBSD
    2 – ArchLinux
    3 – CentOS (porque não)
    4 – Debian
    5 – Mageia

    Tem neste TOP, diferentes linhagens, diferentes sistemas de gestão binária, sistema/scripts de arranque diferentes.

  19. devilfire says:

    por falar em “alternativas” para isso podem falar do Manjaro que mete a um canto em tudo o Ubuntu e seus derivados….. só uma pequena ideia para os experts aqui do site

  20. Carlos Alberto Ferreira Filho says:

    Minhas alternativas seriam:
    – Debian
    – Manjaro
    – Mageia.

  21. ezek says:

    Tenho utilizado sempre o Ubunto com Gnome 3. Já testei e dezenas de distribuições, e sempre voltava para o Ubuntu devido à facilidade de configuração e instalação de aplicativos. Rodo atualmente o 14.04 que junto com o Gnome e é a melhor escolha. Também rodo o Ubuntu 12.04 com Owncloud em um MK802IV.

  22. ezek says:

    Tenho utilizado sempre o Ubuntu com Gnome 3. Já testei e dezenas de distribuições, e sempre voltava para o Ubuntu devido à facilidade de configuração e instalação de aplicativos. Rodo atualmente o 14.04 que junto com o Gnome e é a melhor escolha. Também rodo o Ubuntu 12.04 com Owncloud em um MK802IV.

  23. Miguel says:

    Boa noite.
    Estou tentado a mudar/experimentar linux e, como tal, as cinco opções acima interessam-me (em dual boot com o meu W8.1)
    O meu computador é um HP Pavillion a6037.fr com:
    – inter core 2 E4300
    – board Asustek Leonite 5.00
    – chipset intel i945P/PL/G/GZ
    – bios Phoenix Technologies LTD 5.13 (16/02/2017)
    – 2 Ghz DDR2 Memória
    – gráfica ATI Radeon HD 4350
    – Disco 250 GB

    Só não sei se é 32 ou 64 bit (L1-D, L1-I e L2 Cache: 64-byte line size )?

    Qual das opções me podem aconselhar, sff?

    Actualmente instalei o Xubuntu, mas não sei se instale o Mint ou outro sugerido por alguém da comunidade 🙂

    Obrigado a todos.

    • Luis Filipe says:

      usa o novo mint 32bits kde que vais sentir-te feliz. 😉

      e se gostas de jogar mete a steam e o killing floor para uns tiros ou o world of goo para quebra cabeças XD

  24. Alex says:

    De varios sistemas que testei em maquinas de certa idade o LUBUNTU (tambem ele baseado em ubuntu) demonstrou ser bastante mais leve e fluido em desempenho que outras distribuições…

  25. Flin says:

    Pedro Pinto:

    É sem dúvida uma bela escolha de derivados do Ubunto, mas faltar aqui o Xubunto é impensável na minha opinião.
    Bonito, robusto, fiável e leve.
    Um abraço,

    Flin

  26. valdeir says:

    tambem acho o xubuntu perfeito para mim
    leve, bonito, robusto e estavel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.