Quantcast
PplWare Mobile

Riot Games revela Valorant, o seu próximo jogo

                                    
                                

Autor: Paulo Silva


  1. dad says:

    lixe.. isto é overwatch misturado com fortnite

    • Ivan says:

      A riot tem uma enorme influência e com a decadência que se tem sentido no CSGO não me admirava que este jogo se torne um dos mais populares rapidamente cada vez mais as pessoas procuram jogos competitivos e este promete ser um jogo para aí virado em que referiram bastante que os cheats não vão ter lugar aqui.
      Acredito que se isto dos cheaters forem quase impossíveis de fazerem o que querem (não digo impossível porque há sempre maneira) já é um grande começo por no caso do CS a valve está se a marimbar para quem usa cheats ou não

      • qqq says:

        csgo em decadência? só bateu o recorde de jogadores este mês.. se isso é decadência..

        este jogo é muito infantil parecem desenhos animados com poderes lol

        • Ivan says:

          O número de jogadores não quer dizer que esteja em decadência, para começar ficou gratuito a uns tempos para cá, além disso sei que Portugal é um caso ligeiramente diferente mas o número de jogadores na Europa e na região norte americana tem se notado uma decadência o número total de jogadores (globalmente) não tem descido e sofreu até algumas subidas devido a uns tempos para cá o CS ter conseguido entrar em grande parte dos servidores asiáticos. A América já não tem os jogadores que tinha a 4/5 anos por exemplo e até no casos das streams se vê isso o cs a uns anos atrás estava sempre top 5 a vontade (fora majors) agora é basicamente apenas em majors que recebe mais espetadores…números de jogadores não quer dizer nada quando em relação a um jogo estar em decadência ou não até porque um jogo ficar “free” ajuda no número de contas existentes e pessoal ativo

      • RPG says:

        CS já anda por cá há sensivelmente 20 anos. Um jogo que cresceu de forma natural, fruto do que o jogo é na sua pura essência, e sempre foi um jogo pago até muito recentemente. Jogos da Riot por outro lado sao grátis e têm esta mesma empresa a largar milhoes de euros todos os anos para tentar impulsionar o jogo.
        CS:GO após 8 anos do seu lançamento, continua a bater records e a crescer de ano para ano. Malta que joga FPS gosta de algo mais “real” e sem tantas mariquices e flechas ao estilo do overwatch, que foi um fail. Este será outro fail a médio prazo.

        • Ivan says:

          A Blizzard não é o melhor exemplo pois é uma empresa que apesar de fazer jogos de imensa qualidade não investe nos jogos todos por igual preferem investir mais no world of Warcraft que na maioria dos outros jogos que possuem. Além disso o CSGO recebeu imensos jogar pela introdução de skins, essa mesma introdução custa dinheiro pelo que dizes parece que o cs milagrosamente cresceu apenas por ser um bom jogo o que não é verdade. Atenção eu próprio jogo cs não sou nenhum hater, mas nenhum produto cresce sem investimento e continuação de investimento para a sua promoção e desenvolvimento, o cs levou skins, principalmente as facas deram um grande Boost, luvas personagens pagas mais os passes com as missões, mais o modo para tentar competir com os battle royals isto tudo para tentar que o jogo não vá abaixo…isto também são grandes investimentos…

          • RPG says:

            Sim claro que um jogo necessita de investimento, mesmo depois de já estar no mercardo. Mas não me referia a investir em features do jogo, o qual julgo que deve existir sempre e é fundamental para a longevidade do jogo. Outra coisa é investir milhões em streamers da Twitch por exemplo, para jogarem o jogo que acabou de sair, ou investirem milhões num mercado fechado de esports como a Riot faz com o LOL (pagando salários aos jogadores, aos clubes, etc), no qual possuem o monopólio total sobre o mesmo ao contrário da Valve que permite N entidades de organizar eventos oficiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.