Análise Yakuza 0 (Playstation 4)

Por Ricardo Correia para Pplware.com

Destaques PPLWARE

7 Respostas

  1. ネクサス says:

    Como fã incondicional da série (já desde o primeiro), recomendo vivamente aos que ainda não experimentaram e principalmente aos amantes da cultura japonesa.

    Tenho que concordar que algumas substories se tornam irrelevantes e um pouco repetitivas (Dança no Maharaja ou clube telefónico p.ex) mas no global, dão bastante mais longevidade ao jogo e não estranhem só acabarem a história principal com bem mais de 20 horas de jogo.

    Pessoalmente, já vou nas 70 horas de jogo e ainda me falta fazer uma série de coisas, incluindo passar o jogo no modo Legend. Modo este que, ao contrário de Yakuzas anteriores, não permite transportar as habilidades que desbloqueamos no playthrough anterior, obrigando a começar do 0.

    Destaque também para a dificuldade de obter a platina deste jogo, das mais difíceis e demoradas que vão encontrar.

    • Joao says:

      Achas que dá para jogar este sem jogar os anteriores? Gostava de experimentar mas ter de começar os outros todos está fora de hipótese por agora. Isto tudo enquanto o Shenmue III nunca mais sai.

      • Ricardo Santos says:

        É uma prequela, penso que não terás qualquer problema.

        Eu comecei no Yakuza 3, sem passar pelo 1 e 2. Série magnífica.

        • ネクサス says:

          Fico muito contente por ver mais leitores do pplware fãs desta excelente saga! De todos os Yakuza, o Yakuza 3 é talvez ainda hoje o meu favorito em termos de história. Este 0 também está excelente mas o 3 tem qualquer coisa de especial 😉

      • ネクサス says:

        Como o Ricardo referiu, o Yakuza 0 é uma prequela do Yakuza 1. Na minha opinião, teres jogado os anteriores ajuda a contextualizar a história do 0, mesmo sendo uma prequela. Consegues olhar para o início do Kiryu com outros olhos. Apesar disso, mesmo que comeces pelo Yakuza 0, vais ter uma boa experiência na mesma.

        O Ricardo refere também que começou no Yakuza 3 mas há uma ligeira diferença. No Yakuza 3 tens uma opção no menu através da qual consegues ver as cutscenes do Yakuza 1 e 2, ajudando-te a perceber o background da história.

        Resumindo, se não jogaste os anteriores, em vez de uma experiência a 100%, vais ter uma experiência a 95%. Continua a ser um excelente jogo, com uma excelente história e não vais perder quase nada. Aconselho vivamente a dares uma oportunidade 😉

        Outra coisa, no verão sai o Yakuza Kiwami que é um remake da história do 1. Se acabares o 0, podes saltar logo para o Kiwami! E claro, ficamos a aguardar o grandioso Shenmue III.

  2. steve jobs dead says:

    jogo cansativo e repetitivo não gosto

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.