Quantcast
PplWare Mobile

Última hora: Proteção de Dados multa Câmara de Lisboa em 1,2 milhões

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Xnelox says:

    Mas como as Câmaras são do estado e quem subsidia o estado é o contribuinte, a multa foi para o povo

    • AdN says:

      Por acaso permita discordar, porque o valor tem de sair do orçamento da autarquia, estando assim impedida de fazer gastos em semelhante valor. Se disser que quem paga são os lisboetas, que vão ter umas quantas obras mais atrasadas por carência de verba, nisso concordo consigo, mas esse é um papel que os munícipes têm de levar às urnas, quando forem chamados às eleições autárquicas…

      • Test User says:

        Quando têm despesa 1 160 M€ em 2022
        Isso são amendoins

      • Há cada gajo says:

        Permita-me igualmente discordar ainda que parcialmente, pois também caberá uma pequena fatia a todos cos contribuintes já que a Lei das Finanças Locais prevê a distribuição das receitas de impostos do Orçamento Gral do Estado pelas autarquias. Portanto, cabe a todos.

      • JC says:

        Por acaso permita discordar…, não!!! não existe dinheiro público todo o dinheiro é fruto de impostos cobrado a pessoas e empresas. Quem paga as burrices dos governantes é mesmo o povo!

    • eu2 says:

      E a multa também vai para o estado, então pagou a multa a si mesmo

  2. Test User says:

    Nem dormem, estão a brincar. Se fosse 1,2 milhão por cada infracção.
    As consequências de andarem enviar dados dos manifestantes para Rússia?

    Continua tudo na mesma, sem responsabilização.

  3. Darkny says:

    é meter o Merdina a pagar

    • Há cada gajo says:

      Se fosse só o Medina…Andas distraído. Aquele procedimento de envio de informação há muito que estava em funcionamento muito antes do Medina. Tem de se achar já um culpado, porque se andamos para trás no tempo…quem vamos apanhar, quem ???

      • Carlos says:

        Penso que quando o RGPD passou a ser obrigatório o Medina já lá estava. Antes disso apenas havia a Lei de Proteção de Dados que previa umas multas quase simbólicas.

        • Há cada gajo says:

          O RGPD nada tem a ver com o Medina. O que digo é que este procedimento pelo qual a câmara foi agora multada já existia antes do RGPD e antes do Medina. Não seria preciso o RGPD para validar a ilegalidade de tal procedimento.

          • João says:

            Já existia antes dele, mas só após o RGPD é que as multas passaram a ser mais caras.
            Também foi após o RGPD que supostamente as empresas e instituições tiveram de fazer um levantamento de todos os tratamentos de dados pessoais existentes.

  4. Manso says:

    Paga contribuinte!!!!

  5. Jonny says:

    Viva o Chega o resto é treta

  6. Elektro says:

    Não se esqueçam que todos nós votamos nisto…

  7. o verdadeiro says:

    mais uns cêntimos nos impostos dos trabalhadores deste (ingovernável) país e isso está pago 🙁

  8. AlexS says:

    É só aumentar as taxas de Lisboa e está paga. Note-se ainda que é o Moedas que vai apanhar com o caroço.

  9. PlanoB says:

    Os gói fazendo o plano B .

  10. Joao Ptt says:

    Não se preocupem gente, provavelmente vão para tribunal e provavelmente acabam a sair de lá com um papel a dizer algo do género “Foram meninos maus! Agora portem-se bem. Se não para a próxima pagam mesmo.” E pronto nada de multa. E com sorte, mesmo que tenham mesmo de pagar, só acontecerá daqui a 2 ou 3 mandatos autárquicos.

  11. LA says:

    Esta devia ser paga pelo Medina.

  12. Protogen says:

    Não te enganes. O Chega é igual aos outros, fala muito até lhe chegar uma fatia do dinheirinho (que ele já tem).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.