Quantcast
PplWare Mobile

TV Pirata: Cardsharing leva à prisão homem que forneceu TV a 200 pessoas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. 652mga says:

    Ehheh… então é conhecido por “cardsharing”? Então card é cartão e sharing é partilha… partilhar é vender?

    Realmente escreve-se sem conhecimento muitas vezes… pois cardsharing é partilha de cartões entre alguém… o conceito é já tem muitos anos e pressupõe que todos os intervenientes possuem um cartão e não contempla qualquer tipo de pagamento. Este tipo de actividade tem uma designação: payserver!

    Coitado do “inocente”… não sabia que era crime e não cria enriquecer… foi aluno de Sócrates?

  2. Cláudio Andrade says:

    conheço um que tinha mais de 1000 clientes e está em liberdade…

  3. Rafilda says:

    “o homem terá tido um benefício superior a 56 mil euros.” – “nunca teve o objetivo de “enriquecer ou fazer lucros com isto”.”

    Claro. Isto faz todo o sentido. E dá-se pena suspensa a um bandido criminoso mentiroso. Claro.

    • ElConquistador says:

      Os juizes em Portugal ainda não tem bem noção do crime que é cometido, como não é palpável para que não a roubo na cabeça deles, muitos deles devem usar este tipo de esquema.
      Perguntar a um juiz se alguém lhe entrar em casa e lhe roubar todo o recheio e vender se tb vai achar razoável que a pessoa diga que não sabia que cometia um crime.
      No final quem se fode é quem compre a lei, quem usa estes serviços legalmente que paga pelos que andam a aldrabar.

    • David Guerreiro says:

      Então na sabes, que o homem doava o dinheiro todo para a Cáritas? Era por isso que vendia o sinal. Coitado, ainda perdia dinheiro

  4. Daniel says:

    Mais valia ter um amigo chamado Carlos Santos Silva que lhe emprestava dinheiro, apartamentos em Paris e uma mãe com um cofre com muito dinheiro…. ao menos era inocente! 🙂

  5. SANDOKAN 1513 says:

    Onde foi,digam lá ?? Ah,ah,ah,em Aveiro,como não podia deixar de ser !! Lembram-se de eu dizer que os maiores trafulhas nesta cena do “card-sharing” estão todos em Aveiro ?? Pois é,pelos vistos é verdade.É que não passa um ano sem 2 ou 3 parasitas lá desse distrito serem presos por estas trafulhices,nem um ano passa.É assim mesmo,força Aveiro,na liderança da TV Pirata em Portugal !!

  6. SANDOKAN 1513 says:

    “Inicialmente,foram constituídos mais de 50 arguidos,mas o MP optou pela suspensão provisória do processo por dois meses para a maioria,com a injunção de entregar ao estado 200 euros cada um,ou prestar serviço a favor da comunidade durante 20 horas.” Chupem,mais nada !!

  7. XneloX says:

    Ele nem sabia que tinha clientes!

  8. @morcomzola says:

    Já não se pode ser Altruísta …

  9. limota says:

    O conceito não é cardsharing mas sim paysharing. Ou seja contratas a utilização de um pay server que te fornece canais desbloqueados de TV

  10. B@rão Vermelho says:

    Não deixa de ser crime, mas dá que pensar, quem sacou milhões seja de bancos seja por favorecimento de negócios para amigos, não dá em nada e depois por 56 mil €, dá 4 anos de prisão, isto é como matar alguém em Portugal, mais vale matar 50 o máximo que apanha é 25 anos.

  11. A gozar desde 1990 says:

    Escolheu mal o Juíz: se tivesse escolhido o Ivo Rosa, estava safo

  12. Zé-do-Boné says:

    Está bem observado!!
    E porquê Aveiro?
    Onde é que fica o centro de I&D duma das operadora? Eu ajudo. Não é nas Berlengas.

    Vou contar uma história ficcionada, estilo telenovela, ok?

    Imaginem que em Aveiro está instalado o I&D dum ISP, assim, um qualquer e ao calhas.
    Agora imaginem onde é que os funcionário moram. Deve ser nas redondesas. É pouco provável que sejam de Fernão Ferro, Odivelas ou Alpriate.

    Depois há sempre um amigo que conhece outro e que bebem uns copos à sexta feira. Este amigo ainda conhece outro que trabalh nesse departamento.
    Conversa para cá, conversa para lá e lá saltam uns quantos cartões Alladin da Nagravision cá para fora.
    Era só para ver a bola mas aquilo “partilhado” com alguns amigos menos chegados (por isso é que pagam qualquer coisinha por essa simpatia) até dá para trocar as velas e o filtro de particulas do carro. Não é por mal, mas é que já estão muito velhinhas e aquilo ainda é caro.

    A história acaba aqui porque não tenho imaginação para mais.

  13. Zé-do-Boné says:

    Está bem observado!!
    E porquê Aveiro?
    Onde é que fica o centro de I&D duma das operadora? Eu ajudo. Não é nas Berlengas.

    Vou contar uma história ficcionada, estilo telenovela, ok?

    Imaginem que em Aveiro está instalado o I&D dum ISP, assim, um qualquer e ao calhas.
    Agora imaginem onde é que os funcionário moram. Deve ser nas redondesas. É pouco provável que sejam de Fernão Ferro, Odivelas ou Alpriate.

    Depois há sempre um amigo que conhece outro e que bebem uns copos à sexta feira. Este amigo ainda conhece outro que trabalh nesse departamento.
    Conversa para cá, conversa para lá e lá saltam uns quantos cartões Alladin da Nagravision cá para fora.
    Era só para ver a bola mas aquilo “partilhado” com alguns amigos menos chegados (por isso é que pagam qualquer coisinha por essa simpatia) até dá para trocar as velas e o filtro de particulas do carro. Não é por mal, mas é que já estão muito velhinhas e aquilo ainda é caro.

    A história acaba aqui porque não tenho imaginação para mais.

    • Zé-da-Boina says:

      Não precisa de ser bem assim, mas quase.

      Vou contar uma história também ela hipotética.

      Imaginem que já tiveste algum serviços desses com essas boxs piratas que recebem os códigos de desbloqueio pela internet, e até tens o serviço satélite de um operador instalado em casa.

      Um dia experimentas tirar o cartão da box oficial do operador e colocar na box pirata. Vês que aquilo lê facilmente o cartão e abre os canais que tens contratados. Ai, pedes uma outra box pirata a um amigo, só para experimentares uma coisa.

      E depois de umas pesquisas, consegues colocar a box do amigo a ler o cartão que está na tua box.

      Pensas então, junto 4 ou 5 amigos e dividimos a fatura entre todos.
      Mas depois esses amigos também têm amigos e como amigo do meu amigo, meu amigo é… (sim, muita amizade)

      Dás por ti e estás a partilhar o cartão com 30 “amigos”.
      Até que chega a um ponto que só um cartão começa a ser pouco, então pedes a instalação de uma segunda box satélite (para teres mais um cartão)

      E por ai fora…

      Qualquer relação com alguma história real é pura coincidência

      Aliás, não tenho qualquer tipo de TV pirata em casa, pouco vejo TV.
      Tenho Netflix e Amazon Prime, e às vezes é demais

  14. zeca says:

    “o homem terá tido um benefício superior a 56 mil euros.”

    Isso nâo feito assim. é feito x user valor assinatura mensal Meo com todos os canais premium. = Aos tais 56 mil €
    Mas o Homem nao vendia ao preço da meo. por isso nem de perto nem de longe o Homem tera beneficiado de tal valor.

  15. Pedro says:

    Depende do templ de serviço… Se tiver mais de 200 clientes a 5€ mês, faça as contas. Não leva 5 anos a receber 50 mil

  16. Ricardo Gonçalves says:

    Como assim este crime não prescreveu?

    Se fosse uma pessoa com poder estava safo

  17. zeca says:

    Pedro e achas que o Homem começou com 200 clientes?

  18. Sergio says:

    Nao percebo bem esta dualidade de critérios, estes fazem às escondidas e sao apanhados, talvez por serem pequenos peixes. Depois temos na net um site completamente aberto e com app, atlas pro, e ninguem lhes cai em cima.
    Mas ate sei porquê, o atlas trabalha com um atendimento ao consumidor bem melhor que a vodafone xD.

    Mas falando a serio, nao sei como é que sites como o do atlas conseguem estar on e com milhares de clientes sem haver problemas com as autoridades

  19. Pedro says:

    Nao querendo menospresar este tipo de crimes informaticos acho que pena de prisao e muito excessivo. Ter de pagar uma multa/indemnização a MEO igual ao valor ganho e servico comunitario seria justo. Ha por ai empresas a roubar dados de utilizadores e a vendelos sabe-se la a quem e a esses nada e feito! Nem quero comparar com outros que roubam milhoes, praticam violencia domestica, roubam, matam, violam etc e nada lhes acontece… Alem disso se as operadoras tivessem precos mais acessiveis e adequados aos rendimentos dos portugueses nao teriamos este tipo de crimes!

  20. zeca says:

    E porque cera que só se ve noticias destas em zonas de Aveiro^Isso traz agua no bico.

  21. José says:

    Prisão? Vergonha de pena.

  22. Danyyel says:

    Se o homem ganhou 56 mil euros ao vender o serviço ao desbarato, quanto será que as operadoras ganham?

    Se baixarem o valor do serviço, acabavam logo esses esquemas porque deixava de compensar.

    Enquanto compensar, entre mortos e feridos há sempre alguém que escapa

  23. asdasd says:

    Não prescreve?

  24. Marco says:

    tb gostava de ter cabais da meo graça alguem pode dar informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.