Quantcast
PplWare Mobile

Starlink apresentou uma nova antena, que vai contra tudo o que é normal

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Daniel Silva says:

    Viva, existem já antenas para captar sinal de satélite planas e quadradas da marca Selfsat diria portanto que este formato não é nenhuma novidade.

  2. Jota says:

    Adianta-lhes muito!!! Enquanto não baixarem drasticamente os preços, é um projeto que vai morrer à nascença!

    • Rui says:

      O serviço não é caro, ADSL ou 4G pode não ser viavel, logo 99€ para um serviço destes é razoavel e não tem competidores, relembrar que se houver acesso a Fibra este serviço no maximo pode ser util para grande empresas como sistema de backup e se é esse o caso então 99€ é trocos. Isto não é para cidades com redes de fibra…

    • David Guerreiro says:

      Experimenta ir para um local remoto e vais ver o jeitaço que dá. O serviço não é para uso massificado, mas sim para locais onde não chega Internet por vias comuns. E até para proteção civil de vários países é uma solução interessante.

      • Reis says:

        Eu com 1gbps de fibra a 24 euros ao mes a rir me! Paguem la os 99 euros mais 600 euros de antena por 100 megas hihi

        • Swappie Guy says:

          200 canais
          500/100 Net
          Telefone com chamadas ilimitadas para rede fixa
          Telemóvel com 7GB + 3500min + 3500sms

          Ofertas:
          1 mensalidade
          1 voucher de 120€

          Mensalidade:
          39,99€

          Não é por isso que ando para aí a gabar-me, porque se onde eu vivo continuasse com ADSL também mudava para este serviço de satélite para ter uma conexão de internet decente.

        • NMS says:

          O serviço é O serviço destinasse principalmente a sítios sem cobertura de banda larga / 4G/5G.
          Por favor informem-se antes de se exprimirem por lerem “99€” + “internet” no mesmo texto.
          orientado a sitios sem cobertura de banda larga / 4G/5G.
          Por favor informen-se antes de se exprimirem por lerem “99€” + “internet”.

          • NMS says:

            ***
            O serviço destinasse principalmente a sítios sem cobertura de banda larga / 4G/5G.
            Por favor informem-se antes de se exprimirem por lerem “99€” + “internet” no mesmo texto.

        • Vipan88 says:

          Numa galaxia perto de ti, existe um sistema solar, onde reside um planeta terra, e nele existe uma área geográfica ao qual chamamos de Portugal onde a cobertura de fibra óptica não é de 100%, que por acaso é um dos paises com maior cobertura desse planeta, mas isso não é importante para o caso, porque este serviço existe exatamente para aquelas situações onde não existe cobertura de fibra óptica e onde os habitantes necessitam de ter acessos dignos de internet como os restantes. Se necessitam e estão dispostos a pagar, não vejo qual é a sua questão face ao seu comentário.

        • darth says:

          se nao precisas mais de 1mb, entao perfeito. mas nem todos sao assim

        • R!cardo says:

          É só artistas a fazerem comparações parvas

        • João Costa says:

          *remotos

        • Sonicreducer says:

          Idea que há seres humanos com cérebros muito pequeninos …

        • Francisco says:

          E pelos vistos o 1gbps não chegam para deixares de ser burro

    • jaugusto says:

      Pois … está morto e enterrado, deve ser por isso que os serviços cloud da google e microsoft estão a usar a starlink …

    • darth says:

      isto nao se destina apessoas com acesso a fibra. destina-se a pessoas que so tem adsl disponivel na zona, e que nunca vao ter um acesso decente pela meo ou nos

    • zakarias says:

      Estás enganado, este projecto não se destina ás grandes metropoles. Se quiseres ter sinal no Alaska, na Antartida, na Somália ou numa ilha perdida no meio do pacifico, e nem é preciso ir tão longe, na Serra da Freita em portugal, estás lixado. Este é o target para este projecto, disponibilizar sinal em todo o mundo.

    • manuel castro says:

      Jota, em Moçambique estou a pagar 100 dolares por 6 mbtis.
      Então 100 dolares por 50 ou mais mbtis são muito bem vindos.

      Não vejo a hora de receber a minha antena.

    • zequinha says:

      Estás a olhar para o passado!
      Isto é apenas o início!
      Daqui a poucos anos, os smartphones vão poder ligar-se diretamente á rede via satélite, em qualquer lugar, no meio do deserto ou do oceano.

  3. Samuel says:

    Eu tenho a versão “antiga” desde de há uma semana e só tenho a dizer, passei de 1Mb para 350Mb por 99€, se é barato, não, se me compensou porque cancelei os serviços por satélite, SIM.

    • Reis says:

      Fantastico, pagas 99 euros por 350 e eu por 1000 pago 24. Ja viste?

      • Ricardo says:

        A questão não é essa, obvio que se ele tivesse essa opção seria a que ele escolhia.
        A verdade é que nem toda a gente tem acesso à fibra e nesse caso esta é a melhor solução.

      • Vivas says:

        eres um triste

      • Swappie Guy says:

        Que engraçado não viveres num sítio onde só exista ADSL, embora eu tenha o serviço fibra com renegociação:

        200 canais
        500/100 Net
        Telefone com chamadas ilimitadas para rede fixa
        Telemóvel com 7GB + 3500min + 3500sms

        Ofertas:
        1 mensalidade
        1 voucher de 120€

        Mensalidade:
        39,99€

        Não é por isso que ando para aí a gabar-me, porque se onde eu vivo continuasse com ADSL também mudava para este serviço de satélite para ter uma conexão de internet decente.

      • RS says:

        Fantastico, que bom para ti, já viste a sorte que tens.
        Se calhar o Samuel só paga 99€ por 350Mb porque não tem outra opção, ou achas que ele paga porque quer?
        Ou vais-lhe dizer para ele mudar de casa?
        Há pessoas mesmo burras.

      • lopes says:

        Olha o teu pai deixou-te mexer no pc hoje, e vens para aqui a dizer barbaridades novamente, incrível…

      • Tiago says:

        Reis, entende que a fibra não está disponível em todo o país.

      • Pedro Dias says:

        Ao que te vejo a dizer aqui mal do serviço deves ser daqueles haters que depois chega a casa e usa o seu 1GB/s para espancar o palhaço a ver videos do Elon Musk.
        Já te explicaram no comentario anterior mas vamos ver se entendes…
        Tenho um terreno no meio do monte, não há fibra nem há adsl… o meu router 4g nunca chegou a atingir 1mb/s, ou seja, não há internet. o que fazias?
        Pagavas toda a infraestrututa para passar o cabo de fibra até tua casa ou aderias à starlink?
        Se mesmo assim continuares sem entender, sugiro que vás ao café mais proximo e compres um gelado. Como também não deves saber usar a boca podes usar a testa como tens feito até agora…

      • darth says:

        so que tu deves estar numa cidade, ele deve estar numa zona em que so ha adsl

      • Samuel says:

        Vá agora vai pró teu quarto arrumar os legos e e reza a Deus por morares num sítio que não é remoto que tens fibra.

      • zakarias says:

        És o maior do bairro …

    • Manuel Costa says:

      Atenção é ás super mega hiper limitações de uso que estão nas páginas 833 a 835, do contrato.
      Quando fiz os testes com o kit base, em Castelo Branco, recebi 4 avisos, por ter usado ficheiros de teste que eram vídeos e que aproveitei para usar os torrent para enviar para 3 pessoas diferentes. O mesmo ficheiro deu-me os 4 avisos de má utilização do serviço e que estava a violar os TOS…

    • Filipe says:

      Independentemente do que te possa parecer, 99€ por um serviço super básico de internet, para particulares é um flop. Este serviço será útil em último recurso por exemplo para empresas.

      Não venham com a história de que isto é um bom recurso para uma empresa para backups. Se uma empresa precisar de net para backups não vai mudar-se para um sítio remoto. Estão a gozar ou quê?

      Engraçado em como as pessoas se deixam levar tão facilmente e rapidamente por uma máquina de marketing e acham que têm ali uma espantosa relíquia…

  4. Vasco says:

    Tecnologia espectacular e que irá ter concorrência à altura. Ontem estive precisamente a aconselhar essa solução para uma pessoa que tem casa numa ilha e gasta fortunas com várias ligações WiMAX para ter normalmente uma conectividade medíocre. É que só tem WiMAX ou 4g com péssima qualidade. Existe imensa gente que aguarda com a maior das ansiedades que o serviço entre em funcionamento, principalmente fora das zonas urbanas e em locais em que não chega fibra óptica, cabo e até cobre. E normalmente quem precisa de ter NET de banda larga fora das zonas urbanas não se importa de pagar 100 euros ou mais, desde que tenha a garantia de que de facto funcione bem a maior parte do tempo. Quanto ao formato destas antenas, não sendo a minha área, anos atrás vi diversos kits de recepção de TV por satélite com o mesmo formato quadrado e de fixação directa na parede, e eram aconselhados para instalações em vivendas principalmente por razões estéticas, em zonas
    centrais relativamente aos focos de determinados satélites e que obviamente não necessitassem por isso de antenas de alto ganho. Penso que será esse o motivo técnico dado que a starlink utiliza órbitas baixas, para além da redução de custos.

    • Filipe says:

      Este vai ser o último comentário que leio porque já deu para reparar que muitos de vocês vivem completamente distanciados da realidade. “normalmente quem precisa de ter NET de banda larga fora das zonas urbanas não se importa de pagar 100 euros ou mais”. Vivemos num país de milionários em cada esquina… Ridículo. Volte para o prédio sr. Vasco.

  5. xyr says:

    A forma quadrada não é nova , tenho uma antiga que é quadrada e pequena ….quanto ao uso a dar a isto , parece-me interessante se eu tiver uma casa numa zona isolada , sem cobertura de torre …e até há pouco tempo isso acontecia numa aldeia onde tenho uma casa . Chegou a andar por lá um camião com parabólicas , para dar acesso á net que vinha por satélite , mas foram só umas semanas.

  6. says:

    24 euros por 1 gbs de fibra?

  7. lopes says:

    Antenas para recepção de satélite fora do formato comum arredondadas(foco primário) e ovais (Offset) já há muito tempo que existem, foram criadas para situações discretas em que não era permitido aplicar as tradicionais.

    Esta antena nova difere apenas no formato, mas pelo que vejo na imagem, tem um aspecto quadrado mas no interior continua a possuir uma concavidade arredondada para refletir o sinal recebido.

    De facto este serviço continua a ser uma excelente alternativa para quem não tem acessos de fibra, ADSL ou Móvel decentes.

  8. darth says:

    antenas parabolicas quadradas ja ha a muito.

  9. lapizazul says:

    Inovação: ZERO!!!!

  10. CaptianObvious says:

    Antena Planar, uuuaaaaaaauuuuuu .. Pplware, menos..muito menos ;).

  11. Gil Reis says:

    e resistência IP54 à água. alguém foi ver o que quer dizer IP54?

  12. José says:

    Para os iluminados que dizem que o serviço é caro e que pagam 1/4 do valor… experimentem ir para uma zona sem cobertura 4G ou até mesmo durante o verão no Algarve, e aproveitem as belas velocidades de 1Mb.
    Mesmo na Grande Lisboa por vezes as redes ficam de tal modo congestionadas que a velocidade contratada apenas se consegue com o servidor do ISP.

    Isto está pensado para zonas sombra, ou para quem pode!

  13. Rui says:

    Algumas antenas do mesmo genero:

    TECHNISAT DIGIDISH 33CM
    SELFSAT H30D4 Quad

  14. Carlos Braga says:

    Aproveitando a Vossa noticia gostaria que o pplware eventualmente fizesse um artigo sobre o Garmin Inreach que é um produto interessante para uso off-grid.

  15. wtvlol says:

    Bela sanita quadrada.

  16. Francisco Luis says:

    Pode competir com INMARSAT?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.