Quantcast
PplWare Mobile

Mais proteção no WhatsApp: agora já pode cifrar as suas cópias de segurança

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Str says:

    Mas alguém ainda vai na lenga lenga desse aldrabão do facebook?

  2. Maresia says:

    Estes continuam a acreditar no pai natal.

  3. Zed says:

    O pessoal deve mesmo precisar de imensa segurança nas suas importantíssimas mensagens do whatsapp…

  4. alt.menino says:

    Direito à privacidade, só falando das principais forças de segurança e investigação em Portugal já gastaram, pelo menos, 510 mil euros, desde 2014, na aquisição de ferramentas da Cellebrite, empresa de origem israelita. E deste valor, cerca de 375 mil euros foram em contratos por ajuste direto à Código Azul, uma pequena empresa sediada na Parede, concelho de Cascais. Este tipo de programa permite intercetar mensagens através de aplicações que encriptam comunicações e acesso à total aos conteúdos dos telemóveis. Sem falar das secretas, finanças e outras…. mais meia dúzia de anos, quando espirrarrem vão ver o telemóvel lhes pergutarem se querem uma aspirina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.