Quantcast
PplWare Mobile

Legislativas 2022: O que pesquisaram os portugueses no Google?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Joao says:

    Grande Chega!!!

  2. Test User says:

    Devia ser voto electrónico com google a votar por todos.
    Provavelmente votava melhor.

  3. joao matos says:

    Vale o que vale. Não se esqueçam é de publicarem aqui os resultados do dia 30, ok? 🙂

  4. Pjs says:

    Infelizmente geringonça 3.0 a caminho….povinho idiota.

    • Test User says:

      Anda tudo preocupado com extrema direita, não estão preocupados com extrema esquerda que esteve na geringonça. Qualquer extremismo é reflexo que algo esta mal.

  5. Jota says:

    Eu pesquisei pelo Livre!

  6. SapoFeio says:

    Em vez de andarem a insistir na disciplina de cidadania, deviam era insistir na disciplina de historia. Podia ser que os portugueses aprendessem alguma coisa. Sim, porque só por desconhecimento é que continuamos a ter partidos como e o BE, e o PCP, ou nos deixamos empobrecer por 17 anos de Socialismo.

    • Test User says:

      Anda tudo preocupado com extrema direita, não estão preocupados com extrema esquerda.
      Qualquer extremismo é reflexo que algo esta mal.

      o que andam dar na disciplina de cidadania, quando temos pesquisas:
      O que são eleições legislativas?
      O que são partidos políticos?
      Como funcionam as eleições legislativas?

      Sinceramente são demasiados sinais que estamos caminhar para abismo.

      • Amílcar says:

        Atenção que nem toda a gente que pesquisa tem completo desconhecimento acerca dos temas. Muitos pesquisam para confirmar um ponto ou dois ou simplesmente para rever aquilo que já sabem. Calma, não estamos nada a caminhar para o abismo pá. Tambem há 3000 anos atrás filósofos diziam isso é ainda cá andamos todos muito bem.

      • Zed says:

        O programa da disciplina pouco tem de cidadania, devia chamar-se “esquerdelharia”.

        • PML says:

          Poderia elaborar um pouco melhor? É que dizer isso é o mesmo que dizer “as mulheres devem ganhar menos” é o programa da direita. Os conteúdos da disciplina são “Direitos humanos, Educação ambiental, saúde, igualdade de género, literacia financeira, media, sexualidade”. Qual destes temas é de esquerda ou de direita? Ser bitaiteiro é que não traz qq valor acrescentado.

          • Luís Costa says:

            Andas fora deste planeta ou me por isso? A disciplina de cidadania já há muito tempo que deixou de ser uma disciplina sobre direitos para ser uma disciplina de propaganda de extrema esquerda com convites da comunidade LGBT para enfiarem goela abaixo das crianças as suas maluquices

    • Amílcar says:

      O socialismo até chegou a ter um papel importante em Portugal. Não tem mais. Os tempos são outros. O mundo é outro. A economia é outra. As pessoas são outras.

      É cada vez mais uma ideologia de organização social desenquadrado com a realidade europeia do
      Século XXI. E sem stress, nós iremos descobrir isso brevemente, mais eleição menos eleição.

  7. sempre na boa onda says:

    Deve ter sido para verem o tal programa …

    Onde todos participam tudo corre melhor …

    Talvez se não fosse a democracia e muitos nem ler saberiam …enfim, esta na Historia.

    Saudinha !!

    • Zed says:

      Hum? Tradução?

    • Test User says:

      Mentira repetida não passa a ser verdade.

      Taxa Analfabetismo em Portugal
      1910 – 76,1%
      1920 – 70,5%
      1970- 25,7%,

      Quando existem países com 100% alfabetização, porque que continuamos com analfabetos já que somos um sucesso.

      • PML says:

        Porque só a partir de 74 houve aposta nesse sentido. Ainda há muitas pessoas que infelizmente não tiveram essa oportunidade. E ainda há pessoas que sentem saudades desse tempo…

        • Test User says:

          1- Saudades do que, tenham dó. Primeiro tinham de viver nesse tempo e gostar para sentir saudades. Eu não vivi, vocês não viveram. Qualquer ditadura é má , seja direita ou de esquerda.

          2- Agora repetirem uma mentira não passa a ser verdade. Sejam factuais.

          3- Na primeira republica houve democracia e analfabetismo não foi resolvido.
          Democracia em si não têm nada a ver.

          4- Os níveis de alfabetização melhoraram significativamente. Agora continuamos a ter um problema com analfabetos . Portugal apresenta uma
          das mais elevadas taxa de analfabetismo, de 5.2 %, ocupando um dos últimos ​lugares da tabela dos países europeus.

          https://apefa.org.pt/2019/06/06/programa-qualifica-ainda-nao-responde-a-mais-de-meio-milhao-de-analfabetos/

  8. cK says:

    Tal pesquisaram mais a hora que os infetados vão votar para se prevenir

  9. Anónimo says:

    Isto só mostra e prova que o Google controla o que os portugueses pesquisam e assim podem influenciar a opinião pública.

  10. sempre na boa onda says:

    Pode até demonstrar outras ainda …. como o quanto tendenciosa aparenta ser dado os resultados finais…

    Graças a deus !

    Saudinha !!

  11. vergonha alheia says:

    Provado fica que não será de todo boa ideia deixar que alguém vote em nosso lugar e se formos mesmo inteligentes no contexto actual também não será opção o voto electrónico.

    É o que fica provado.

    Também fica provado que algum do povo prefere alguém que ataca os fracos para ajudar os fortes a fugir ao fisco.

    Preferem que exista segregação, e um claro retrocesso completo.

    Vergonha eles não têm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.