PplWare Mobile

Facebook e Instagram proíbem vendas privadas de armas


Autor: Pedro Pinto


  1. Rui says:

    O maior problema dos EUA e dos outros países americanos é que é muito fácil comprarem armas legais, nem precisam de comprar ilegais que até são mais caras!!!!!!!
    Os americanos têm quase 1 arma por pessoa (283 milhões em 2014)! E essas são as armas legais, que a constituição “sagrada” defende que cada americano tem o direito a defender-se!!!!
    Esta restrição vai ser apenas simbólica!

    • Jsp says:

      O problema não é as armas mas sim as pessoas. Agora andam muito a falar do problema das armas na América mas sempre ouve tiroteios e assassinatos ao longo dos anos no USA. Como bem disseram faz parte da constituição deles desde o início. Tao cedo não vai haver alterações drásticas na obtenção das armas lá.

  2. Rui says:

    Não concordo. Obviamente o maior problema é de quem usa as armas, até porque elas não disparam sozinhas!
    Mas o facto de quase todos os americanos andarem armados, faz que a qualquer problema que surja, a reação seja exagerada. Por outras palavras, é totalmente diferente a reação das pessoas se andarem armadas ou desarmadas!
    Já toda a gente passou-se dos “carretos”, imaginam essas pessoas se tivessem armas com elas quando isso aconteceu!?
    Resumindo, não me admira nada que haja tantos assassinatos nos EUA, se existem armas…… Elas são utilizadas, foram feitas para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.