PplWare Mobile

Como encriptar os seus e-mails e os seus dados on-line?


Autor: Vítor M.


  1. HoJe says:

    Por favor, não usem estrageirismos!
    Diz-se cifrar e não encriptar, que é uma tradução directa (e errada!!!) do inglês.
    Cumps

  2. Joselito says:

    Pão pa malucos/paranóicos ou para 0.01% da população portuguesa que realmente precisa disto!

  3. sakura says:

    para que ? ………

  4. Alex says:

    Que trabalheira, o trueCrypt nao vai dar ao mesmo?
    Eu guardo os documentos encriptados, nunca se sabe o que pode acontecer.

    Isto usa o quê? RSA 1024? ECSDA? Não deu para perceber.

    • Cris says:

      PGP suporta vários tipos de encriptação. O default é AES-256.

    • Ninja.pt says:

      Parabéns ao Hugo Sousa que fez este artigo! Bastante tecnico, por isso que quiser aprender mais que investigue sobre o assunto pois este é importante.

      De referir que este artigo fala em como proteger “informaçao em movimento”, o email ou ficheiro está encriptado ou passar pela rede, internet,etc…

      A informaçao em “repouso”, ou quase está no “container” (desculpem, nao me lembro do nome em Portugues), essa informaçao só está segura quando o “container” (ou ficheiro do trueCrypt) nao está “montado” no sistema, assim que abres o ficheiro no truecrypt a tua informaçao está esposta a “todos” (programas ou utilizadores) os que tem acesso ao pc.

  5. Blueparty says:

    Existe forma de encriptar um google doc e abri-lo no google drive, por exemplo apenas com uma palavra passe específica para esse ficheiro? (para além de ter a autenticação em 2 passos…)

  6. Filipe Garcia says:

    Parabéns Hugo por um excelente artigo!
    Fica a sugestão, que tal um post explicativo sobre assinaturas digitais? Os básicos são simples de aprender, mas poucos sabem todas as implicações deste método..

    Num assunto à parte: para quem não usa cliente de e-mail, e utiliza o browser, a extensão do chrome Mailvelope é ótima! Simples de usar, e além de gerar chaves, também permite a importação/exportação, garantindo a compatibilidade com este software. pode ser uma boa solução também

  7. Gonçalo says:

    openssl des3 -salt -in file.txt -out encryptedfile.txt

    Isto não?

  8. Gil M says:

    Duas questões: com esta encriptação o acesso ao disco (leitura/escrita) fica muito mais lento (principalmente num disco SSD)? É normal que fique mais lento, mas fica muito mais lento?
    E no envio/recepção de ficheiro para a Cloud?

    • Bahh says:

      Com o TrueCrypt nos discos antigos havia até quem dissesse que era mais rápido, porque estava otimizado para aumentar a velocidade, nos SSD’s é provável que exista uma diminuição na velocidade, mas será tão mínima que nem deverá notar.

      Cloud… use algo tipo MEGA ou Wuala, é encriptado localmente e enviado sempre encriptado. A velocidade depende da sua velocidade local, e de como estiverem as redes entre o seu dispositivo e o servidor remoto. Normalmente é rápido no MEGA e mais lento no Wuala… mas a sua experiência pode ser diferente.

  9. JPestana says:

    Parabéns pelo artigo.

    E se houver continuação deste tema com OpenPGP, talvez juntar Linux/Thunderbird ou outro cliente de email.

    Bom trabalho 🙂

  10. Miguel says:

    Bom post, parabéns ao pplware 🙂
    Como acessório poderiam fazer um post acerca da integração do openpgp (através de extensões) com os clientes de email mais conhecidos ou que disponham dessa possibilidade (como o thunderbird por exemplo).
    Bom trabalho

  11. V@mpyro says:

    O que está a dar agora é o “CipherShed”… alternativa ao TrueCrypt 🙂

  12. Manel says:

    Não vale a pena encriptar em Windows.

  13. João martins says:

    Eu uso o site http://www.crypt.pt e apenas tenho pena de não conseguir fazer a encriptação de pastas completas.
    Tenho sempre de criar um zip da pasta ou fazer ficheiro a ficheiro, mas pelo que me disseram tem a ver com o facto de alguns browsers não suportarem o upload de pastas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.