PplWare Mobile

Vendas de computadores da Apple podem atingir mínimo histórico


Autor: Pedro Simões


  1. Batman says:

    O dólar está alto frente ao Euro também? Pensei que só nós pobres brasileiros estávamos sofrendo desse mal ..

  2. Jaxwins says:

    Baixem os preços que isso passam ….!!! Poucos são aqueles hoje em dia que precisam de grande capacidade de processamento em casa. Um simple table com acesso a teclado da para safar bem a coisa. Cada vez há mais tablets com esse tipo de acessório. Pc’s desktop têm os dias contados.

    • RenatoNismo says:

      única coisa que discordo é os pc’s desktops terem dias contados, mas se te referes das torres que se vendem nas lojas de grande superfície, tá certo, cpu pentium e gráfica onboard e a custar uns ridículos 400 ou 500 euros, quando podemos comprar uma torre e peças separadamente, ia custar metade.

      outra coisa, gaming pc e workstation nunca vão acabar e vai ser assim que os desktop’s vão reinar.

      • Baptista Batos says:

        Gaming PC estão cada vez mais nas lonas!

        A PS4 tem mais market share que PC, e a X1 tem quase tanto como o PC…

        O PC é a minoria face ás consolas…

          • Baptista Batos says:

            Tens noção que qualquer um pode escrever para a Forbes?

            Vem um gajo falar de specs e de placas gráficas, que é que isso interessa?

            http://www.vgchartz.com/weekly/42232/USA/

            Até a WiiU vende mais que PC!

          • Safrane says:

            Ai ganhou? Que piada!

            Porque é que a PS4 vende mais que o PC?

            E depois ainda há a Xbox, Nintendo, iOS e Android…

            Vende mais PCs? Talvez…

            Vende mais PCs com placas gráficas potentes? Não!

            Vende mais jogos? Nem de longe!

          • Pedro says:

            O VGChartz não contempla os canais digitais, como é o caso do Steam um dos principais canais (senão o principal) de distribuição de jogos para PC.

            E outra coisa onde está o Dota 2, o League of Legends, o Counter Strike Global Offensive ou o Minecraft ????? Pois, são exclusivos de distribuição digital.

            BB, quando fores fazer comparações, em vez de tirares conclusões hilariantes como essa, pelo menos vê se as tuas fontes são as mais adequadas para o tipo de comparação que estás a fazer, e não a primeira coisa que te apareça à frente para trollares.

        • f.d. says:

          Se não sabes o que dizes cala-te sff.

        • Silva says:

          O meu deus, é com cada um que parecem dois.
          Acreditas mesmo no que estas a dizer?? Gaming pc nas lonas??
          Os jogos sofrem downgrade gracas ás vossas consolas que nao conseguem acompanhar os actuais jogos.
          Torres completas vendem pouco porque muita gente monta torres para jogos/edicao imagem ás peças, e mesmo assim nao sei se se vende assim tao pouco.
          Nao sou futurulista, mas os tablets nunca vao substituir o PC.
          Diverte-te la na tua ps4

          • Baptista Batos says:

            Eu falei em vendas de jogos.

            Os jogos são feitos a pensar nas consolas? Pois claro! É isso que importa! No PC metem mais carne no canhão, e pronto… 5000€ de equipamento para isso!

          • Carlos Correia says:

            Ora nem mais Silva, mas quem compra torres completas? de anos a anos compro, mas vazia, os componentes são escolhidos a dedo, de acordo com a carteira, claro.
            Era bom que dissessem que “torres” são essas nas contagens de torres vendidas, só para clarificar.

      • Daniel says:

        400 ou 500 euros nem é um preço mau. Desta vez montei um PC para substituir o antigo “servidor” que tenho em casa e desta vez como era a título pessoal tive de ter em conta o IVA, e montei um PC por 315 euros (sem teclado, rato nem monitor), e isso foi um Pentium G3450, 8GB Ram, um disco de 1TB com bastante cache (e specs decentes para estar always on, além de que tinha já um SSD de 128GB à espera para o SO em casa, é acrescentar 50 euros aos 315), uma Radeon passiva do mais barato que há, dissipador para cpu, caixa e pronto. E isso foi procurando loja a loja o preço mais barato para cada componente. Só em termos de CPU (se eu precisasse de mais) de um G3450 para um i3 o preço saltava de 70 euros para 120. Gráfica passaria de 30 euros para uns 70 (e mesmo assim não seria uma gráfica decente), e com isso chegarias a 400 euros sem teclado, rato ou monitor. Se trocares Intel por AMD já consegues preços mais baratos mas antes de montar o servidor andei a ver de performance, consumos e tudo o mais e AMD continua uma lástima pelo que nem a tive em conta (só em termos de gráfica e era por ser o mais barato que havia para os requisitos mínimos que eu tinha).

        • Baptista Batos says:

          Compraste uma máquina pior que uma consola…

          • Silva says:

            Tem a base para futuros updates, e a tua consola, alem de veres filmes, fotos e jogares que fazes com ela?

          • Baptista Batos says:

            Tem base?

            Daqui a uns tempos saem CPUs com outro socket, já começa a aparecer RAM DDR4 a bom preço… dizes “tem base”… LOL!

            Não faço nada a não ser jogar… foi para isso que a comprei, para outras coisas tenho o MacBook, iPad e iPhone, já chega!

    • Joao says:

      Sim, já me estou a imaginar a jogar num portátil ou tablet…

      • miguel says:

        se vais jogar com certeza não tens um MAC.
        “grande capacidade de processamento em casa”- compras um mac não pela capacidade de processamento mas sim pelo SO , design. Porque capacidade de processamento podes ter em qualquer outra maquina com licux,ou windows.

        • Baptista Batos says:

          Compras um MacPro, aí, sim, para capacidade de processamento e para correr aplicações que façam uso total do Xeon, e dos dois GPU’s profissionais!

      • piri_vm says:

        Pois, mas também não vais jogar num Mac.

        • Brasão SS says:

          Quem disse? Não sabes o que dizes! Podes instalar o Windows e pronto! O melhor dos dois mundos! OSX E Windows!

        • JTM says:

          Nunca viste um Mac com jogos? Então é melhor não continuares a dar opinião.

        • Brasão SS says:

          Mesmo sem Windows já existe muitos jogos a correr nativamente no OSX! Consulta o Steam e depois apita qualquer coisa!
          😉

          • piri_vm says:

            E com gráficos brutais, e imensos fps e com um som fora do normal. É o melhor hardware que há.
            Jogar num Mac é como jogar num laptop com Windows, uma…

          • Baptista Batos says:

            E quem é que quer saber desses portáteis caros, que fazem mais barulho que uma unidade industrial, com o triplo da grossura de um portátil normal, não se pode por as mãos no teclado de tão quente estar… enfim..

          • piri_vm says:

            Eu nem falei em portátil, mas mesmo assim eu falei em jogar e tu vens responder que se pode jogar, e depois dizes que já ninguém quer saber. Lol arranja uma opinião e só uma. O mercado do gaming é na sua maioria o que faz comprar equipamentos de topo.

        • David says:

          Penso que se estava a referir ao ” Pc’s desktop têm os dias contados.”, e não ao facto de jogar num Mac.

        • Nome de Campeão ... Zé says:

          Não faz granda sentido comprar um Mac para depois lhe meter windows e jogar. Compras hardware pior por mais caro. Exemplo, comprei um portatil 900€+- i7 2.0-3.2 6GB Ram grafica 2GB (AMD HD não sei quê) dedicada há 2 anos. Aposto que hoje ainda não consegues dar esse preço pelo mesmo harware num MAC. Podes jogar mas não é de todo a compra mais inteligente para esse fim.

      • Carlos says:

        E porque não?

        Ó aqui:
        http://www.fnac.pt/Lenovo-Y50-70-16GB-GeForce-GTX-960M-Computador-Portatil-Computador-Portatil/a878855

        Vais dizer que esse laptop não dá conta do recado em qualquer jogo que queiras…

        • FM says:

          O meu colega comprou esse, com 4 gb dedicado.. e tu riaste…
          Aquilo a jogar queimavas a mão, porque … circulação lá dentro: 0! depois outra coisa, ter uma gtx960 num portátil? é só mais specs, a gráfica é muito boa mas isso consome imenso (mais um i7 de alta vontagem) e a bateria dura que vou te contar, outra coisa, e o plastico disso? é que nem vou comentar, vai à fnac ou worten e ve lá esse pc, uma vale ME**A…. são opiniões claro

          basicamente as pessoas estão se a esquecer do que é um portátil e não quero uma portátil para andar em 1:30 e 1:30 a carregar ou que pese imenso…
          Eu tenho um que a bateria dele nao dura nada, fui é muito burro quando o comprei…

          • Baptista Batos says:

            Ninguém te disse?

            Dizem que para aprender para sempre, é preciso queimar as mãos no forno…

            É em sentido figurado, mas aqui aplica-se literalmente!

          • Carlos says:

            Eu tambem acho um laptop para jogos uma ideia um bocado para o má, mas que todos os fabricantes estão a apostar nisso, isso estão.

    • Wistfultale says:

      “Os PCs têm os dias contados”? Não penses dessa forma…

    • Safrane says:

      Desktop têm os dias contados?

      Saia uma combinação iMac + iPad para mim!

    • pedro says:

      Os desktop e os portáteis não têm os dias contados!!! O consumidor racional só aceita um preço que é o dobro da concorrência se essa proposta lhe acrescentar o dobre do valor!!! Porque pagar o dobro do preço de posso ter outra plataforma a metade do preço e praticamente com a mesma qualidade ??? é o que se passa com a apple, esteticamente são excelentes, mas na pratica estão overpriced comparando com a concorrência ….. há uns 5 anos atrás a apple ia muito á frente na corrida, hoje não …..

      • Douglas Ferreira says:

        Mesmo nas marcas concorrentes as vendas estão caindo. Apple ainda levou algum tempo para sentir esse efeito, mas outras marcas já viam suas vendas baixarem.

        Não é questão de preço, a procura diminuiu.

        Com os smartphones fazendo todas as tarefas básicas que a grande maioria dos usuários precisa, ficou praticamente nula a necessidade um outro dispositivo. Tem gente que prefere trocar o celular a trocar o notebook.

        Outra questão é que atualmente os computadores têm durado mais tempo. Um processador de 4 ou 5 anos é quase tão rápido quanto um processador atual (da mesma categoria e faixa de preço). Chegamos num momento que não faz diferença para quase a totalidade dos usuários ter uma quantidade gigantesca de RAM. Para mim 8 GB bastam, e quase não se vê máquinas com mais que 8 ou 16 GB.

        Outro item que garante performance no computador é o SSD. Há uns meses um colega do trabalho me perguntou sobre alguma configuração de computador que pretendia comprar. Sugeri que, ao invés de comprar uma nova máquina, fizesse upgrade de sua antiga máquina com um SSD. Ele ficou satisfeito com o resultado e não precisou comprar outra máquina. Ou seja, menos uma máquina vendida.

        A venda tem caído tanto nos computadores de entrada mais baratos quanto nas linhas mais caras de qualquer marca.

    • JBM says:

      quem está à rasca nem sequer é a Apple! Nem dá para perceber o sentido dado à notícia quando a Apple ganha quota de mercado e numa das projecções terá as vendas mais altas de sempre num trimestre.

      • miguel says:

        a Apple vende muitos é iPhone.

        Pessoal eu ODEIO MAC mas estou aqui enrascado, visto que nunca fiz isto na vida.. alguém fanático pela marca que apresente um tutorial de como formatar um mac, instalar o mais recente SO, meter o bootcamp e instalar o windows, haa e explicar como escolher o tamanho do espaço no disco dedicado a cada SO

        • J T says:

          Google?? É do mais fácil que existe…e se queres instalar o SO mais recente basta atualizar na app store. Ou se formatares basta estar ligado à net para instalar automaticamente o SO mais recente, não precisas de DVDs nem serial keys como no windows.

        • Douglas Ferreira says:

          Eu sempre faço a instalação limpa do Mac OS X. Para isso, você vai na app store e baixa o Mac OS X El Capitan. O download é grande, uns 5 ou 6 GB.

          Depois que baixar, você pluga um pendrive e faz o comando abaixo no terminal:

          sudo /Applications/Install\ OS\ X\ El\ Capitan.app/Contents/Resources/createinstallmedia –volume /Volumes/MyVolume –applicationpath /Applications/Install\ OS\ X\ El\ Capitan.app

          Detalhe que “MyVolume” é o nome do pendrive e você deve altera-lo para o nome correto do seu. Para saber o nome correto do seu pendrive você pode abrir o terminal e digitar “ls /Volumes/”. Detalhe que Macintosh HD é o HD, o outro nome provavelmente será o pendrive.

          Esta forma de criar o pendrive é sugerida pela Apple, conforme o link abaixo.

          https://support.apple.com/en-us/HT201372

          Depois, desliga o equipamento, deixa o pendrive plugado e liga o computador, assim que ligar, aperta a tecla option até aparecer um menu onde você escolhe em qual dispositivo fazer o boot.

          A instalação é fácil. Não tem aquela aporrinhação de instalar drivers nem nada. É recomendável ter uma conta do iCloud, facilita muito o uso cotidiano do computador.

          ———-

          O BootCamp

          Eu não uso Windows, mas quando usava, preferia usar pelo VMware. A velocidade não é a mesma, visto que o Mac OS roda ao mesmo tempo. No BootCamp deve ser bem mais veloz.

          Existe um assistente do BootCamp. Para acessa-lo faça o seguinte:

          Pressione o atalho Command + espaço; digite “assistente do Boot Camp” (o sistema completa a digitação; pressione enter e siga as instruções.

          O Mac OS X é muito intuitivo e tem a documentação em português, qualquer pessoa com o mínimo de experiência consegue usar e fazer a manutenção do sistema. Talvez você o odeie porque não abriu a mente durante a sua experiência. No início é estranho como algumas coisas são fáceis de se fazer.

        • Marco says:

          vende o mac e compra um portátil não mac, mac não é para ti porque o odeias.

    • jorge santos says:

      Um tablet dá para brincar. Trabalho a sério precisa de um laptop potente, no mínimo.

  3. Kal says:

    Não vende mais porque não quer. É só baixar um pouco os preços . Aqui no Brasil tem MacBook Pro de 15000 reais. Absurdo.

  4. Fábio says:

    Sou utilizador da Apple à muitos anos, já tive diversos macbooks. Apesar de gostar da marca tenho consciência que por vezes os preços são um abuso, por exemplo o novo macbook é esplêndido mas seria um o artigo mais vendido se o mesmo fosse comercializado entre 699(versão base) e 899(versão topo) agora 1500euros (versão base) completamente ridículo.

    • Safrane says:

      Então pronto…

      Tens outras opções nesse espaço de preços…

      Não têm ecrã retina IPS, o processador é Atom, o disco é 128 ou pior, disco rígidos, e nada da performance do Mac, não é tão fino, as teclas são só de borracha, não vêm com 8GB de RAM, o chassis é em plástico, enfim…

      Se te servem esses PCs? Nem olhes para o Mac!

      • miguel says:

        “Não têm ecrã retina IPS, o processador é Atom, o disco é 128 ou pior, disco rígidos, e nada da performance do Mac, não é tão fino, as teclas são só de borracha, não vêm com 8GB de RAM, o chassis é em plástico, enfim…”

        POR 700€ disco 500gb(min), i5(min),8GB ram (min), Grafica melhor que Mac.
        Safrane?? ja entras te numa loja que vendo outros produtos sem ser Apple??

        é que deves estar um bocado confuso. (qualquer coisa) vai ao kuantokusta e vee por 1500€ as maquinas brutais que para la se arranja sem ser MAC

        performance do Mac? que é isso??
        Eu devo ter performance-se Asus, e digo muito melhor.

        • Baptista Batos says:

          Não sabes do que falas… sabes lá o que é um portátil fininho, levezinho, fresco, com ecrã retina, horas e horas sem carregar, enfim…

          Achas que arranjas isso por 700€? Também eu queria!

          Já para não falar do OS X!

    • Rui says:

      Eu também acho que a versão base de um Range Rover Sport devia começar nos 30 mil euros mas por algum motivo a Range Rover tem o preço a começar nos 90 mil euros….

  5. Felippe says:

    de 2013 pra ca nao ta mudando muita coisa na parte de desempenho computacional e oque temos hoje em dia acaba sendo pior que de 2013 é lamentavel

  6. RuCa Miguel says:

    Ainda há muitas coisas que se fazem num portátil que não se consegue fazer num tablet. O problema das fracas vendas dos MacBooks, iMacs, são mesmo o preço exagerado que praticam, tudo bem que a qualidade paga-se, mas não exageremos. Eu por exemplo tenho um desejo enorme de ter um MacBook Air, mas quando vejo o preço deles nas lojas e até mesmo no mercado de usados, desisto logo da ideia…

    • Safrane says:

      O que é bom, paga-se…

      A concorrência tem uns jeitosos com Windows e processadores Celeron ou Atom… Vê lá e aproveita…

      • Benchmark surfacepro4 says:

        És mesmo inteligente, com o preço do Mac compro uma Torre bem melhor, ainda sobra para rato, teclado, fones e monitor… Sabes que la o que dizes…

        • Baptista Batos says:

          Um torre… LOL!

          Quem é que quer isso? Dá para levar a torre ás costas para a faculdade? Interessa de ca**** uma torre…

        • FM says:

          Acério? falar de torres contra macbook? estes rapazes de hoje em dia… primeiro uma torre custa menos porque o hardware é mais barato, depois a tecnologia.. espera… não vou por me aqui a explicar isso tudo….

          Diferentes mercados, agora dizer assim “com esse dinheiro” compras um pc portátil com 13″, com ecra top, disco pci-e, qualidade de construção etc etc… isso é que é mais dífi… espera… nao ha s:

      • Mota says:

        Mas tu entendes alguma coisa de processadores?

        ATOM? CELERON? Oh rapaz.. com o preço desse MacBook Air, compras um PC em tudo melhor e longe dos processadores que mencionas-te. Não te insultes.

        Design? Claro. A Apple continua a ter um bom design e o S.O. tbm é fluído.

        Mas até que ponto é que preferes comprar um plástico com uma maçã e nem um jogo de jeito poderes correr?

  7. Zé Montanelas says:

    Existe uma certa estagnação no hardware em si

    Quem tem Mac tem dinheiro (ou talvez não assim tanto), mas quem tem 1 também é pra durar, quem comprou agora ou recentemente não deve comprar mais nenhum nos proximos 10 anos ou mais

    A unica coisa que incentiva o upgrading de PC’s nos dias de hoje é praticamente só o gaming

    • miguel says:

      comprar um pc de 10 em 10 anos ou mais?????
      HAHAHA opa desculpa essa é mesmo uma piada.
      MACBOOK velho lento como tudo, não deixa de ser Mac. quando é para ir para a faculdade mostrar o bicho serve, e mulheres que não percebem assim muito de PCS(na sua generalidade), vão olhar, olha aquele ali tem um mac. XD “Só a gozar”

      • Zé Montanelas says:

        Estou a falar dos PC’s mais recentes, agora a curva de evolução é muito inferior em termos de hardware

      • Daniel says:

        Tenho um Macbook Pro com 6 anos. Coloquei-lhe um SSD e não vejo razão para trocar nos próximos 2 anos. Isto faz um total de 8 anos.
        Com a evolução do hardware a estagnar, principalmente em termos de CPU, não vejo porque razão um MacBook Pro (de gama mais alta) comprado agora não dure 8 anos. 10 talvez seja um exagero, mas mesmo assim 8 anos para um computador é muito bom

  8. Vlad says:

    Existe um pequeno erro no artigo.

    “tendo inclusive este ano passado a ocupar o terceiro lugar na lista de marcas”

    É o quarto lugar que ocupa na lista e não o terceiro.

  9. manu says:

    Tenho um,é o máximo,nunca avaria ,não aquece,boa ferramenta de trabalho

  10. JBM says:

    Que notícia mais estranha de se dar! Quer numa quer noutra projecção a Apple é das poucas empresas que consegue ficar acima da evolução geral do mercado, ganhando quota de mercado, e centram a notícia na Apple e numa possível quebra de vendas dada por uma das projecções?
    Na análise em que a Apple pode baixar as vendas, dizem o seguinte
    Apple continued to outperform other vendors, moving to number 3 in the United States and boosting share globally as well as domestically.
    Também se poderia ter dito a Apple pode atingir máximo histórico, faz até bem mais sentido do que dizer mínimo histórico quando é isso que umas das projecções indica e mesmo que seja a outra projecção a mais correcta será um dos trimestres com mais vendas na história da Apple, o 3º maior de sempre.

  11. lolman says:

    Pelo preço de uma MAC compras uma máquina bem melhor.

  12. JTM says:

    Se baixassem os preços e vissem a realidade da economia mundial de certeza que vendiam muito mais.
    Tenho Mac’s em casa e gostava de comprar um novo, mas a continuarem com a politica de preços com que estão não me pareça que o próximo vá ser um Mac, com muita mas mesmo muita pena minha.
    Não ganhavam 100€, ganhavam 50€ mas vendiam se calhar o doubro do que com o lucro de 100€.

  13. Safrane says:

    Próximo trimestre

    Tim Cook “ah e tal, aumentamos as vendas do Mac em X%”

    IDC e Garrner “Só? Mas estávamos à espera que aumentassem em X+1% que desilusão!”

    IDC e Gartner não valem nada, são os mesmos que diziam que em 2015 que o WP ia ultrapassar o iOS… Quando os estudos são feitos por fanboys, enfim… Quantas dessas pessoas já trabalharam numa loja de computadores e sabem das coisas que a esmagadora maioria das pessoas procura? Nenhum!

  14. Brunomadein says:

    O problema não está no preço. Basta ver que os novos iPhones têm preços muito próximos de alguns modelos de macbook. E, no entanto, continuam a bater recordes de vendas. O segmento dos computadores está em decréscimo porque cada vez mais os smartphones fazem as suas tarefas. Enquanto antes, numa família cada um tinha o seu portátil, hoje em dia basta 1. O telemóvel vai para todo lado, tem acesso fácil à Internet e emails. Para tarefas de maior produtividade, aí sim é utilizado o computador.

  15. Realista says:

    O surface book já fez sentir os seus efeitos na Apple?

    • Marco says:

      ainda n está em venda, nem se falava nele antes da apresentação, como pode fazer mossa nas vendas do trimestre?

    • Baptista Batos says:

      O SurfaceBook, com esse preço, essa grossura, essas especificações, esse Sistema Operativo, vai fazer é efeito na prateleiras das lojas…

    • JBM says:

      então fará ainda mais efeito nos outros fabricantes, já que a Apple foi das empresas com melhor comportamento nas vendas de computadores

    • Carlos says:

      Nops.

      É complicado um produto que ninguém sequer sabia que ia existir, porque estamos a falar de estudos feitos antes do Surface Book ter sido apresentado, ter impacto no que quer que seja.

      Dito isso, dá-se o caso do Surface Pro 3 ter vindo a ter um crescimento de vendas exponencial, e não há dúvida nenhuma que há gente que estava a considerar comprar um MacBook Air que em vez disso optou por um Surface Pro 3.

      E, a Microsoft já anunciou que as vendas do Surface Book estão a exceder largamente as do Surface Pro 3, basta ver que no site americano o Surface Book mais caro já esgotou (se bem que não duvido que a Microsoft tenha subestimado largamente o número de encomendas que ia receber)

      • Safrane says:

        Olha, já estão a apresentar desculpas…

        A MS metem com todos os dentes… Tinham o peso errado, diziam que tinha gráfica, o mais caro esteve “esgotado”, mas já não está afinal…

        No OLX é só Surfaces!!!

        • Carlos says:

          Desculpa, estás a falar do quê? Neste momento em que escrevo TODOS os modelos do Surface Book estão esgotados na loja da Microsoft.
          Dizer que a Microsoft subestimou largamente as vendas é uma simples e óbvia constatação dum facto.
          Mas bom, se tu achas que terem vendido o stock todo numa semana é mau sinal, o que é para ti um bom sinal?

  16. lima says:

    Só mesmo quem não percebe nada de computadores e está mais interessado em andar a mostrar aos outors é que compra Mac. Em 90% dos casos é mais para ir ao Facebook e jogar farmville.
    Nem vou falar do facto de não terem portas USB, placas gráficas fracas, falta de espaço em disco, serem pequenos, e, como já foi referido… Jogar.
    Actualmente, para o que a maioria faz, basta um Chromebook de 150€, ou, lá está…. Gasta 1000€ num telemóvel para andar a mostrar…..

    • Safrane says:

      Típico…

      Aprendi hoje que os MacS não prestam, e não têm portas USB…

      https://9to5mac.files.wordpress.com/2015/07/cj30ibnwgaakhz3.jpg

      Post do tópico!

      • Miaggy says:

        nenhum delez dem o modelo mais recente, aquele só com um jack de 3,5 de audio e uma usb tipo c. olha para as maçãs, estão todas iluminadas

      • Douglas Ferreira says:

        O novo modelo, chamado apenas “MacBook” só vem com uma porta USB type C, que inclusive é usada também para alimentação. Concordo que é muito pouco, mas vai atender a muita gente, principalmente quem o usa principalmente para navegação.

        Os MacBooks Air têm duas USB 3.0, leitor de cartão SD, Thunderbolt, e alimentação é feita exclusivamente pelo conector MagSafe.

        Creio que você nunca sequer usou um Mac.

        Vamos lá:

        Se quiser programar, pode usar o NetBeans, o Eclipse ou várias outras IDEs, as linguagens de programação estão praticamente todas presentes no Mac.

        Se precisa de aplicativos de escritório, a melhor opção é o MS Office, mas também pode usar o LibreOffice que tem versão oficial para Mac, em português (pelo menos no Brasil, não sei se tem de Portugal). E tem também o iWork, da Apple, dentre outras. Qual a melhor opção? Lógico que MS Office.

        Se quer trabalhar com fotografias, tem uma infinidade de programas de alta qualidade na AppStore, até é claro do Photoshop.

        Corel Draw não tem, mas tem o Adobe Illustrator, que é muito usado pelos profissionais mais sérios do ramos.

        Com relação à edição de vídeo, basta dize que a Pixar foi criada pelo Steve Jobs. Um programa de referência seria o Final Cut X, mas tem vários outros. O Camtasia também tem versão Mac.

        Para edição musica., tem o Logic Pro.

        A Autodesk tem aplicativos para Mac também, para quem precisa fazer projetos de engenharia. Tem o SketchUp.

        A Mapple tem seus aplicativos de matemática muito usados por alunos e professores de engenharia, matemática e outras áreas.

        Alguns aplicativos do Windows podem funcionar com o Wine (aquele mesmo do Linux), não acho uma boa saída, mas é possível.

        Se tiver realmente necessidade de um app Windows que não tenha como substituir por uma opção à altura, pode instalar o Windows via BootCamp, ou até mesmo executa-lo via maquina virtual.

        As principais opções de virtualização são o VMware Fusion, o Parallels e o VirtualBox. Eu uso VMware Fusion para rodar Linux, é melhor que instala-lo diretamente no HD, pois fico com Mac OS X e o Linux acessíveis ao mesmo tempo, inclusive eles se comunicam via interface de rede virtual, como se fossem dois computadores independentes.

        Para as tarefas de usuários comum, tem as principais opções do Windows em versão Mac:

        Para navegar tem o Safari (que é ótimo), o Chrome (tem aquela loja de extensões e tudo mais), o Firefox, o Ópera. Tem outros, mas os principais são esses. Antigamente tinha o IE, mas acho que nem existe mais.

        Para ouvir música tem o iTunes e uma infinidade de player na AppStore. Para vídeo eu uso o VLC para assistir os vídeos. Para converter eu uso o HandBrake. Tem o Popcorn Time.

        Tem Twitter e todas as redes sociais.

        Tem até antivirus, kkkkk, mas são poucas as opções… Por que será?

        E depois de tudo isso, você vem me dizer que não presta porque só tem uma porta USB…

        No meu MacBook Air, apesar de ter duas USB, acho que nunca precisei usar as duas ao mesmo tempo, mas isso é meu uso.

        Atualmente as impressoras têm conectividade wifi. Eu não uso impressora em casa, mas se usasse não ia querer um fio grudado no notebook toda vez que fosse imprimir.

        A Apple é conhecida por adotar algumas tecnologias e tendências antes de outras marcas. No meu MacBook de 2008 tinha um leitor/gravador de DVD, usei poucas vezes. No MacBook Air que comprei em 2012 não tem… me fez falta? nenhuma. Atualmente ninguém quer usar CD.

        A tendência é que o Pendrive seja extinto cedo ou tarde. Acho que ainda vai demorar e a Apple se precipitou em deixar apenas uma USB no novo MacBook, mas as versões pro ainda vão mantê-las por muito tempo.

        A tendência é que os backups sejam feitos na nuvem, isso para os usuários domésticos. Para empresas, os backups são feitos via rede, em NAS.

        Ah, já ia esquecendo, para jogos fuja do Mac, fique no Windows. Mas se quiser um Mac pode comprar um XBox ou um PlayStation.

        Quanto ao preço… vale a pena? Diria que não.

        Mas, se for pensar assim, tem muita gente que gasta 100 mil reais (sou brasileiro) num carro que tem tudo e oferece o mesmo conforto e a mesma segurança que um carro de 70 mil reais. Seria este gasto apenas por status? Creio que não. Tem muita gente no Brasil que gasta mais que o dobro do valor de um carro só no sistema de som. É porque gosta.

        Se você aprendeu que os Macs não prestam só por causa da porta USB, sinto por você. Como diz aquele ditado: a ignorância é uma bênção! E seja feliz!

    • Marco says:

      oh santissima ignorancia…

    • Filipe Coelho says:

      Estás a esquecer-te que existe o MacBook Pro, que tem fichas USB, placa gráfica dedicada e chega acho eu a 15”. mas sim, são caros, nisso concordo… Demasiado para o computador que são…

    • Rui says:

      LOL, olha que isto não é sobre smartphones! 9:19 e ainda a dormir? Não admira que tenhas escrito tanta barbaridade junta….

    • FM says:

      Filho, vamos lá ver uma coisa e esta atento aquilo que te digo… e pensa bem!
      Alguns consumidores compram coisas porque sim ou para se mostrar, ok.. está correcto. Contudo, lá por os macs serem vendidos a esse tipo de pessoas, não quer dizer que sejas fraco, PONTO.
      Sabes quantas pessoas pagam por pc’s da ASUS (ZENBOOKS) e os ultrabooks da lenovo (alguns a 1000€+) e assim só para andar a ver vídeos ou estar no office durante as aulas? muitos! no entando só sabem reclamar da Apple, enfim….

      Para mim, o mac de 13 foi pensado para o trabalho… mover de um lado para outro, ser bonito, rápido e dar um “ar” de trabalho, basicamente fazer algo a nível de profissional… na minha opinião… e se tivesse a oportunidade de ter um, teria sem dúvida!

      Depois, vamos lá ver outra coisa… gráficas fracas? vou ali e já venho, outro a falar de números não? querias um pc com 12 horas de autonomia e ser “fininho” com uma que? GTX ou uma R9? são mercados diferentes e as pessoas não vêm isso, temos de comprar um pc de 13 contra um de 13… e os pc’s de 13 não andam com gráficas do outro mundo…. chateia-me andar a comprar um pc de 13″ com um de 15.6″ e depois, ai por aquele preço comprava um com gráfica top. Tiro-te as palavras Marco… “oh santíssima ignorância”.

      Por último, serem pequenos? tu queres andar de trabalho em trabalho com um de 17″? se fosse a ti levava uma smarttv para o trabalho… 13″ ~ 14″ está muito bom para andar no trabalho (é a minha opinião)… em relação a jogar, o mac não foi pensado para isso porque queres jogar compras um desktop… queres trabalhar e andar daqui para ali compras um portátil…

      Abraço (:

    • jorge santos says:

      O meu MacBook Pro tem 3 portas USB 🙂 .
      Contrariamente ao que julgas, comprei os meus Mac’s por causa do excelente OS X e do serviço pós-venda. Graças a esse serviço pós-venda a Apple trocou-me um iMac de 2009 por um de 2011, pois o primeiro apresentava problemas de sobreaquecimento, ANTES de terminar a garantia e nunca mais tive problemas.
      Como eu muitos mais milhares estão satisfeitos com o serviço pós-venda da Apple.

    • jorge santos says:

      O que é o farmville?

  17. fr says:

    Apple vai desaparecer. A apple é a Sega dos telemóveis. Há mais competitivo no mercado.

  18. Baptista Batos says:

    Dia 27 deste mês, a Apple lança o Q4 2015…

    Vamos ver quão estúpidas e infundamentadas são estas empresas, que não servem para nada, a não ser manipular a bolsa!

    • Marco says:

      acho-a uma grande máquina, excelente até.
      Pode ser que a Apple volte a olhar para os prós com olhos de ser, uma vez que andavam só olhar para o ramo de consumo, e a esquecer os pro’s.

  19. RF says:

    O problema é apenas um… preços exorbitantes para o mercado actual!
    Cada vez mais os equipamentos da Apple são mais caros, e cada vez há mais concorrência..
    Configurei à dias um MacBook Pro para substituir o meu antigo com 7 Anos.. quando vi que ficava por 2mil€ que era exactamente o do meio, nem o melhor nem o pior! Ora por esse preço… não obrigado!!

  20. Carlos says:

    Acho que há uma ligeira diferença entre uma suposta pequena quebra nas vendas e as vendas ficarem num mínimo histórico.

  21. Safrane says:

    Fui ler as fontes, e o artigo está completamente errado, não há indícios nenhuns para isso.

  22. Benchmark do iPhone 6 says:

    Post:
    “… o último trimestre de vendas foi o pior da marca desde 2013.
    Os números não são coincidentes entre a Gartner (link) e a International Data Corp IDC (link), mas ambas mostram que a Apple não está ao nível do que conseguiu em anos anteriores.”

    Abre-se o primeiro link (Gartner) e lê-se o contrário:

    – Vendas de PCs (todas as marcas): – 7,7%
    – Vendas da Apple: +1,5%

    . Q3 de 2014: 5,5 milhões e quota de mercado de 6,9%
    . Q3 de 2015: 5,6 milhões e quota de mercado de 7,6%.

    É melhor tirar o “ambas” 😉

    • Sem me alongar muito… A Apple perdeu em número de vendas, pelos dados de qualquer uma das empresas. Mesmo com um crescimento positivo a Apple perdeu o fulgor de outros tempos.

      Sim, todo o mercado está a decrescer, mas a Apple não cresceu como antes, e isso pode ser visto ai.

      • JBM says:

        perdeu em número de vendas? Numa das projecções diz que aumenta, e o número daria um recorde histórico.
        Quanto a não crescer como antes, nos últimos 7-8 anos a Apple cresceu em quase todos os trimestres acima do mercado, ganhando quota de mercado, tal como agora. Uma ou duas vezes ficou abaixo do mercado, e mesmo nalguns trimestres em que aumentou a sua quota as vendas desceram devido à conjuntura geral do mercado, tal como agora. De modo que não se percebe o foco na Apple quando o que sobressai das projecções são outras coisas.

  23. J T says:

    Lembro me quando se podia comprar um Macbook pro de 15″ com uma 9600m gt por menos de 1500eur. Agora pelo mesmo preço compra se um de 13″ com gráfica onboard…sim já teem ssd e as Intel íris são potentes para uma gpu onboard, mas para mim um mac

    • J T says:

      Cont. Macbook pro deve ter sempre gpu dedicada em todos os modelos. Gostava também de voltar a ver os Macbook (non pro) de plástico em branco e preto e com preços mais baixos.
      E só para acrescentar os disparates de comparações ridículas de macbooks com gaming laptops e desktops, se querem fazer comparações dessas façam no com Razer blades e outros semelhantes e nunca com portáteis que pesam 5kg e teem a mesma espessura dum leitor vhs e a mesma carcaca de plástico. E nunca com um desktop por razões óbvias. E já agora os mac podem ser usados para jogar milhares de títulos 3D mas são essencialmente máquinas de trabalho, principalmente usadas pela indústria audiovisual: premiere, after effects, pro tools, ableton live e Photoshop só para citar alguns.

  24. Douglas Ferreira says:

    Eu sempre faço a instalação limpa do Mac OS X. Para isso, você vai na app store e baixa o Mac OS X El Capitan. O download é grande, uns 5 ou 6 GB.

    Depois que baixar, você pluga um pendrive e faz o comando abaixo no terminal:

    sudo /Applications/Install\ OS\ X\ El\ Capitan.app/Contents/Resources/createinstallmedia –volume /Volumes/MyVolume –applicationpath /Applications/Install\ OS\ X\ El\ Capitan.app

    Detalhe que “MyVolume” é o nome do pendrive e você deve altera-lo para o nome correto do seu. Para saber o nome correto do seu pendrive você pode abrir o terminal e digitar “ls /Volumes/”. Detalhe que Macintosh HD é o HD, o outro nome provavelmente será o pendrive.

    Esta forma de criar o pendrive é sugerida pela Apple, conforme o link abaixo.

    https://support.apple.com/en-us/HT201372

    Depois, desliga o equipamento, deixa o pendrive plugado e liga o computador, assim que ligar, aperta a tecla option até aparecer um menu onde você escolhe em qual dispositivo fazer o boot.

    A instalação é fácil. Não tem aquela aporrinhação de instalar drivers nem nada. É recomendável ter uma conta do iCloud, facilita muito o uso cotidiano do computador.

    ———-

    O BootCamp

    Eu não uso Windows, mas quando usava, preferia usar pelo VMware. A velocidade não é a mesma, visto que o Mac OS roda ao mesmo tempo. No BootCamp deve ser bem mais veloz.

    Existe um assistente do BootCamp. Para acessa-lo faça o seguinte:

    Pressione o atalho Command + espaço; digite “assistente do Boot Camp” (o sistema completa a digitação; pressione enter e siga as instruções.

    O Mac OS X é muito intuitivo e tem a documentação em português, qualquer pessoa com o mínimo de experiência consegue usar e fazer a manutenção do sistema. Talvez você o odeie porque não abriu a mente durante a sua experiência. No início é estranho como algumas coisas são fáceis de se fazer.

  25. Marco Apple says:

    Este comentário foi removido.

    • Douglas Ferreira says:

      Eu não tenho um amigo sequer que use Mac, apenas eu. Mas isso é uma realidade no Brasil. Nunca teria pensado que Macs são tão populares em Portugal.

  26. Prim says:

    Credo, tanta azia destilada pelos iFans… calma! Pensem que assim pode ser que os preços baixem e em vez de um, compram dois, um para cada mão.

  27. Liberdade says:

    A empresa da maçã deixa fabricar a sua maçã na China por pouco mais de 25% do preço, junta depois as peças num barracão lá na americolândia e depois vende aos papalvos europeus a preço de ouro. Estes américas sempre foram muito ganaciosos, mas agora os papalvos são cada vez menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.