Quantcast
PplWare Mobile

Teletrabalho: Portugueses poupam 161 euros por mês

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Ricardo says:

    eu não fiz ainda as contas mas estou a poupar mais de 200€ , comer fora , gota para carro e o convívio depois do trabalho. 🙂

    • André R. says:

      O convívio depois do trabalho não é considerado despesa, mas sim investimento na relação humana. 🙂

      • A Verdade says:

        Ai não é despesa..?! Lol… agora chamam-lhe investimento… – _-‘ por isso é que este país está como está!! Fecha-te num buraco e não saias de lá, só para trabalhar!! E depois diz-me se não precisas de conviver!! É uma despesa como as outras!! É uma necessidade como comer dormir e respirar!!! Agora alguns é que a usam como investimento!! Principalmente os lambe-botas!

  2. Vasco says:

    Para ordenados muito pequenos de facto sente-se a poupança, que se torna irrelevante no caso de ordenados maiores. Convém ter em conta que muitas pessoas tiveram de adquirir monitores, secretárias ou até de fazer obras em casa para terem um espaço mais adequado ao exercício das suas funções profissionais. O valor da factura da energia eléctrica da casa também aumentou, certamente. Os custos do almoço também não são assombrosamente menores em casa, quando comparados com a tasca habitual. No caso de quem tem filhos com aulas não presenciais, existiu também um acréscimo de responsabilidade. Nem tudo são rosas…

    • Zé Fonseca A. says:

      Em ordenados grandes também.
      A contar só com teletrabalho devo ter passado a poupar uns 400€ mensais, no entanto se for a fazer as contas relativamente ao confinamento com restaurantes e hoteis fechados, a minha poupança em alguns meses chegou aos 1500€ mensais.
      Felizmente já me vinguei.

  3. Fusion says:

    Acredito que na grande maioria dos casos possa haver uma poupança, mas no meu caso foi o contrario. Não foram valores exorbitantes, mas passei a ter mais despesas (agua, eletricidade por exemplo). Antes da pandemia tinha a sorte de poder ir e vir do trabalho a pé (incluindo almoçar em casa), daí no meu caso ser o inverso e ter passado a ter as tais despesas em luz e agua.

  4. Tiago says:

    Eu poupo mais que isso ahah só em gasolina eu gastava 120€ mais almoços às sextas e convivios entre outras coisinhas que não são diretas como roupa e manutenção do carro

  5. PM says:

    Os estudos quando existem, servem sempre o interesse de quem os faz. Então quem tem carro de empresa, estacionamento pago, podendo levar o próprio almoço, onde poupa esses €€ todos?

    • AS says:

      Talvez até estejam contemplados no estudo. Mas na realidade, acredito que o comum trabalhador que paga transportes para ir trabalhar todos os dias representa a maior fatia. É fácil por exemplo em Lisboa pagares entre 40€ a 100€ por um passe. Repara num infantário, que teve fechado por causa do confinamento e deixas-te de pagar 450€ todos os meses porque ficaste em casa com as crianças.

  6. Manel Manel says:

    O que poupo no passe gasto em luz/agua.
    Em agua tive acrescimo de mais 5€ mensais
    Em luz nem se fala, todos os meses 200€ +/- com o verão a vir a casa fica quente e tenho de ter sempre o AC ligado, pcs ao molho todos ligados, ao todo 9 pcs só do meu trabalho que não posso desligar
    portanto acho que até estou a gastar mais, fora que falar ao pc é horrível, nunca me senti tão sozinho na vida

  7. asdasa says:

    Eu costumo comer fora praticamente todos os dias mas nao gasto mais de 1200 euros por mes em restaurantes. Agora em ferias sao 2 semanas para a Republica Dominicana em resort gasta-se um pouco mais mas sabe bem

    • Zé Fonseca A. says:

      Republica dominicana em epoca de furacões, adoro os tugas 😀

    • LR says:

      Mais tretas? Já não chegou a treta de que passaste horas na faculdade a fazer trabalhos para outros e a dar explicações e ajuda-los a passar? (Excepto em Português, claro, onde nunca tiveste aproveitamento…). Isto para não falar dos teus brilhantes e profundos conhecimentos sobre geradores eólicos…
      Mais um tretas…

  8. Berto says:

    Eu comecei a gastar mais, tive de subscrever outra internet, e pago muita mais luz, no inverno foi o aquecimento agora o A/C.

    • asdasa says:

      Internet gigabit 1000 megas aqui por 29.90 euros por mes. Aquecimento? Instale aquecimento central com caldeira eletrica que nunca mais sera um problema. Deixe de reclamar e procure solucoes.

    • Pedro says:

      tenho internet 500/500 35€ por mes pacote de tv net e voz sendo que só precisas da internet para trabalhar o aquecimento é realmente onde se gasta mais mas quanto gastavas em gasolina ? e manutenção do carro ?

  9. Joao Ptt says:

    O melhor do tele-trabalho é que “daqui a amanhã” o português pode ser substituído facilmente por um Brasileiro ou qualquer outro que aceite trabalhar a receber ainda menos que o português.

    • asdasa says:

      E entao? È a lei do trabalho, tem algum problema com brasileiros? O salario minimo em Portugal devia ser metade pois os tugas so gostam de reclamar e pausas para tudo menos trabalhar! Depois admiram se de serem apenas um pais para estrangeiros virem ca passear e dar umas esmolas

    • Pedro says:

      Assim como ao contrário podes trabalhar para um empresa alemã sem nunca sair de portugal e recebes o dobro

    • Miguel A. says:

      Isso já acontece, não é preciso o teletrabalho para isso. Além disso, eles trabalham naquilo que o Tuga não se quer sujeitar.

  10. Jonas says:

    Já vi vários estudos focados no trabalhador mas ainda não vi nenhum direccionado para as empresas. Quanto poupa a empresa por ter, por exemplo, 50% dos funcionários em tele-trabalho? Haverá diminuição de custos de electricidade, limpeza, apoio ao funcionamento e eventualmente um escritório menor, entre outras.

  11. Esteves says:

    Como ando de transportes, o passo era 40€ por mês. Desde que estou em casa, a água e luz aumentaram, tive de melhorar a internet para trabalhar em condições.
    Comprar ecrã novo e cadeira, porque para estar o dia inteiro sentado, a que tinha não era confortável.
    Comer fora era bastante raro, no entanto gasto mais em casa com alimentação, do que a levar comer de casa (petisco extra, etc).

    Os 40€ que poupo do transporte, acaba diluido noutras despesas que não tinha antes.

    Portanto estou quase igual.

  12. Urtencio says:

    Eu estou a perder €€€€!!
    Ia a pé para o trabalho e almoçava em casa!
    Agora ainda tenho de gastar luz e água!

    • Urtencio says:

      + aquecimento!

      • GM says:

        Depende da região onde moras. Eu, onde resido, não aqueço nem mais, nem menos. Arrefecimento, não tenho nem necessito. Electricidade, gasto mais, pois além de mim há mais pessoas em casa em teletrabalho / telefaculdade. No cômputo global, é preferível. Devo dizer que sou profissional liberal, pelo que parte dos custos já existiam, só acresceu a minha esposa e o meu filho. A grande perca são os contactos sociais, esmagadoramente mais limitados.

      • Figueiredo says:

        E + a conta da Internet.
        Se tiverem NOS em casa, já é um milagre conseguirem se ligar online.

  13. ervilhoid says:

    eu poupei e não me importo de estar algum do tempo que estava dentro do carro a estar em frente ao pc fora do horário de trabalho

    agora se o trabalhador poupa o estado perde, estavam mortos por retirar a obrigatoriedade no tele trabalho

  14. ´jkbkj says:

    Só prejuizo aqui em casa, agua, luz, internet,… essas pessoas que conseguiram ter lucros com situação sao umas previligiadas.

  15. neo says:

    Agora revertam a questão para o lado da entidade patronal, quanto estão a poupar em despesas operacionais (OPEX), qual o potencial de poupança no futuro se reduzirem o número ou tamanho dos edifícios, qual o potencial que obtém em atrair talento fora dos grandes centros urbanos e ainda qual foi o indíce de produtividade que ganharam neste novo modelo de trabalho. Existe uma fatia condirável de pessoas que acusa o desgaste no trabalho remoto face ao incremento do volume de trabalho muitas vezes um dia inteiro ininterruptamente.

  16. Nuno25 says:

    Como é obvio cada caso é um caso. Quem levava comida de casa e ia pé, deve ser uma minoria muito pequena….
    Ainda não vi ninguem dizer quanto gasta a mais em eletricidade. 100W x 9 horas = 0.900KWx0.16+iva=0.177€/dia.
    x21 dias= 3,7€. e agua… é o que? sanita? 10 Litros por descarga? dividido por 21 dias são 4,7 cagadelas e mijadelas por dia. o preço de 1000 Litros é quanto ? 1€? menos?
    O aquecimento…já pode variar de casa para casa…. Mas poucas vezes liguei o aquecedor e poucas vezes o AC.
    Não sei que clima tem voces em casa….
    O comprar cadeiras e monitores… são vossas… O monitor acho que muitas empresas emprestaram monitores… a minha empresa tem dezenas emprestados . até cadeiras emprestamos. A internet… não percebo… em casa toda a gente tem planos ilimitados…precisam de ter mais de 30 megas de donwload para trabalhar? (trabalho banal é mais que suficiente)

    Eu não gasto no passe, no carro , no gasoleo, manutenção, comida fora(7€*21=147€ até 200€), não será os custos fixos que vão ser assim tão elevados.

    Outra coisa, há empresa que tem custos fixos com a renda(eletricidade e agua incluida), ou seja, não ganharam com as pessoas irem para casa de forma directa.

    • Manel Manel says:

      quem trabalha em condições de desenvolvimento 1gb não chega, aqui tive de contratar net empresarial, MEO e Vodafone , pago um balde para esta gente, uma linha de fibra tem o giga a bater na poça, a outra linha tenho 100mb livres, estou a ponderar colocar mais NOS e outra qualquer
      cada caso é um caso

      venham nets mas é de 20gb que algumas empresas tem

      • IDroid says:

        1GB de tráfego por mês? Gasto isso em duas horas a trabalhar, sem sequer me esforçar…

      • Nuno25 says:

        “quem trabalha em condições de desenvolvimento 1gb não chega”, para ti pode não chegar, porque devido ao tipo de desenvolvimento que fazes. Mas para a maior parte dos programadores é mais do que suficiente.
        A Maior parte faz algum codigo na maquina e apenas actualiza repositorios, ou trabalha em maquinas remotas.

  17. João says:

    Engraçado, e depois exigeme aos patrões que lhes paguem a net e o papel higiénico que gastam a mais… palhaçada

  18. SANDOKAN 1513 says:

    No dia que esta pandemia terminar a nível mundial isto do teletrabalho acaba-se como um tiro e acho muito bem.O trabalho presencial nos postos de trabalho é outra coisa.Só peço a Deus que esse dia chegue o mais rápido possível.

  19. Infinity says:

    Alem do que gastava com viagens, poupei mais de 2 horas por dia, o que me dá para passar mais tempo com a familia.

  20. Pedro says:

    Mais do que eventualmente poupo em termos monetários (pelo menos 1h30 por dia no trânsito) é o que poupo a nivel de saude e ganho em qualidade de vida.
    Para a empresa tanto faz eu estar a vivar no Porto, em Coimbra ou no Algarve. A minha interação e trabalho não muda em nada.
    Agora em qualidade de vida não tem nenhuma comparação possivel.
    Aliás, o meu plano neste momento é comprar uma casa mais para o interior e trabalhar exclusivamente remotamente.

    Não estou disposto a voltar a um escritório excepto por alguma questão extraordinária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.