PplWare Mobile

Sabia que há cartões faca à venda na internet? Atenção que dão cadeia


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. mojorisin says:

    Não percebo porque motivo é proibido.
    ja que se queira entrar com uma faca num local que seja proibido, percebo, agora em locais onde não o seja, porque motivo é proibido? pela sua forma?
    qual a diferença que tem estas facas de uma outra faca mais normal?

    • carlitos says:

      … e as pedras da calçada? sempre á mão, algumas soltas, ao pontapé, na estrada á espera que sejam projetadas pela roda de um carro para cima de quem passa.
      Muita criatividade a nossa, forrar o chão da rua com armas de arremesso!

  2. Raul Machado says:

    Em Portugal, quando não se compreende uma coisa ou aparece uma novidade fora do vulgar, a reacção de quem pode e manda é “Proíba-se!”

    • joao says:

      quando algum anormal estiver num aviao com uma faca destas pq ninguem a detectou e a te encostar ao pescoço era bom ouvir a tua opinao nessa altura…cada anormal…

      • Bruno Pinto says:

        Certo, e vai ser precisamente esta lei que vai evitar que isso aconteça. O senhor terrorista ia embarcar com um cartão-faca na carteira mas como é ilegal evitou-se assim um atentado.

        • Estica says:

          nem mais, com um pormenor é que num aeroporto o mais provável é ser detectado visto que é um objecto metálico.

          • lalasea says:

            Pode não ser metálico!
            Então não há agora facas em cerâmica?

          • Pedro says:

            As facas apesar de a pega ser em plástico a lamina é metálica portanto isto nunca iria passar no detetor de metais para alem disso se eu fosse minimamente inteligente eu não iria tentar atacar alguém com uma destas facas porque o mais provavel era ela se fechar na minha mão assim que a lâmina fizesse contacto com o músculo do meu oponente visto que ela está literalmente segura por um pedaço muito fininho de plastico. O que eu acho é que eu com uma faca de cozinha que toda a gente pode comprar num supermercado posso fazer mais estragos, não é á toa que os terroristas as usam.

  3. luis says:

    Lei n.º 5/2006, de 23/02
    Artigo 86.º
    Detenção de arma proibida e crime cometido com arma
    1 – Quem, sem se encontrar autorizado, fora das condições legais ou em contrário das prescrições da autoridade competente, detiver, transportar, importar, transferir, guardar, comprar, adquirir a qualquer título ou por qualquer meio ou obtiver por fabrico, transformação, importação, transferência ou exportação, usar ou trouxer consigo:
    d) Arma da classe E, arma branca dissimulada sob a forma de outro objeto, faca de abertura automática, estilete, faca de borboleta, faca de arremesso, estrela de lançar, boxers, outras armas brancas ou engenhos ou instrumentos sem aplicação definida que possam ser usados como arma de agressão e o seu portador não justifique a sua posse, aerossóis de defesa não constantes da alínea a) do n.º 7 do artigo 3.º, armas lançadoras de gases, bastão, bastão extensível, bastão elétrico, armas elétricas não constantes da alínea b) do n.º 7 do artigo 3.º, quaisquer engenhos ou instrumentos construídos exclusivamente com o fim de serem utilizados como arma de agressão, silenciador, partes essenciais da arma de fogo, artigos de pirotecnia, exceto os fogos-de-artifício de categoria 1, bem como munições de armas de fogo independentemente do tipo de projétil utilizado, é punido com pena de prisão até 4 anos ou com pena de multa até 480 dias.

  4. poiou says:

    Por lei é proibido transportar qualquer tipo de arma que esteja disfarçada de outra coisa. O pessoal do airsoft/paintball até tem de pintar o cano das armas por isso.
    Não percebo é porque é quede repente se começou a falar disto, uma vez que a lei já tem uns bons anos.

    • Sérgio J says:

      É sempre bom falar nisso. Percebo perfeitamente a lei, mas desconhecia por completa.
      Com o advento da Internet e tudo o que se possa comprar por lá, é muito útil discutir se o que podemos ou não comprar. Não só faz sentido o artigo, como está a prestar serviço público. A lei publicada acima pelo Luís deveria estar incluída no artigo, já que a maioria não lerá os comentários.

      • poiou says:

        Sim, eu sei que é bom falar e compreendo a lei, só não compreendo o porquê de ser agora, talvez seja por causa da revisão da lei das armas que aí vem.
        Por último, para lançar a discussão, até que ponto aquilo da foto não pode ser uma faca dobrável em vez de dissimulada? Eu ao olhar para aquilo não me parece um cartão. (Como disse é só para lançar a discussão)

        • Xello says:

          Não te sei fazer referência ao vídeo, mas já a algum tempo atrás vi no youtube a mostrarem este produto desenhado para ter o formato de um cartão de multibanco e que se ‘transforma’ em faca. O objetivo não é a malícia mas já se sabe a mente perverversa de muita gentinha que anda por aí.

    • Narciso Miranda says:

      “O pessoal do airsoft/paintball até tem de pintar o cano das armas por isso.”

      Atenção… não sao armas, pois armas matam, no caso do paintball, é marcador, pois este marca.

      É estas más interpretações que condicionam os praticantes deste desporto recreativo. Tanto para airsoft como para paintball

  5. antonio says:

    Por acaso habituei-me a usar um canivete grande no bolso Por canivete grande entenda-se um maior que as porcariazitas do Victorinox que não dão jeito nenhum se for preciso cortar alguma coisa maior que uma maçã.
    E quis saber se usava uma arma branca ou seja, proibida. Então, segundo a Lei 50/2013 (6ª versão):
    – «Arma branca» é todo o objecto ou instrumento portátil dotado de uma lâmina ou outra superfície cortante, perfurante, ou corto-contundente, de comprimento igual ou superior a 10 cm e, independentemente das suas dimensões, as facas borboleta, as facas de abertura automática ou de ponta e mola, as facas de arremesso, os estiletes com lâmina ou haste e todos os objectos destinados a lançar lâminas, flechas ou virotões”.
    Uso uma navalha com lâmina com menos de 10 cm – por aí não é.
    – Agora, independentemente do tamanho da lâmina, são armas brancas as de “abertura automática ou de ponta e mola” . De ponta e mola não é, mas tem abertura assistida (abre-se só com uma mão, não é preciso uma para segurar no cabo e outra para puxar a lâmina). Estou convencido que uma navalha com abertura assistida não é “de abertura automática”, porque: ” «Faca de abertura automática ou faca de ponta e mola» é a arma branca, ou instrumento com configuração de arma branca, composta por um cabo ou empunhadura que encerra uma lâmina, cuja disponibilidade pode ser obtida instantaneamente por acção de uma mola sob tensão ou outro sistema equivalente”. Mas nunca perguntei a um polícia: “Ó sô guarda, fachavor, pode-me dizer se esta é uma arma branca? Com abertura assistida e automática é a mesma coisa?”

    Agora, passando para o assunto do post. Não há dúvida que uma arma branca dissimulada de outro objecto (um sapato, por exemplo) continua a ser uma arma branca. Agora, a porcariazita do post, com uma lâmina de 3 ou 4 cm é uma arma branca? Duvido-ó-dó. Normalmente quando a fonte é um jornal de referência a notícia é verdadeira. No caso, apesar do respeito pelo “JN” – duvido. Acho quem quem escreveu, a notícia e o post, anda a ver muitos filmes

    • Luis says:

      Não precisa de ser arma branca para ser proibida “… instrumentos sem aplicação definida que possam ser usados como arma de agressão e o seu portador não justifique a sua posse,… “

      • antonio says:

        Ó sô guarda, você não anda também com um canivete? Não anda sempre a precisar de cortar uma coisita ou outra?
        Este cartão de plástico com uma lâminazita é para isso. Ando com ela na carteira sempre e até mesmo esqueço. Como já li num comentário, até embarquei no aeroporto de Londres com ele, sem me lembrar.

        Isto é uma arma de agressão?! Só se for para roubar um rebuçado a uma criança 😉

        • Luis says:

          Só estou a referir o que está na lei. Nunca disse que era proibido portar um canivete. A lei refere “… e o seu portador não justifique a sua posse,… “.

  6. Douglas Ferreira says:

    Em Portugal é proibido portar facas/canivetes?

  7. Carlos Silva says:

    Já roubar bancos e levar os mesmos á falência dá direito a ficar em liberdade e receber reformas douradas….
    Depois as pessoas perguntam-se qual a razão de serem a chacota da Europa

  8. Moneldr says:

    Isto consegue passar despercebido no aeroporto?

    • Nuno says:

      Boa tarde

      Não, pois a lamina é de metal.

    • xupa_cabras says:

      Se for numa carteira juntamente com cartões de multibanco não.

    • Rodrigo says:

      Não Manuel, vizualiza-se bem nos equipamentos de Rx.

    • Vasco Nogueira says:

      Eu passei com uma sem querer e so me lembrei que a trazia, ja no destino

    • Moneldr says:

      Também duvido que se consiga identificar, sendo que dobrado fica com a forma de um cartão na imagem de rx.

      • AR says:

        Não passa no aeroporto de lisboa. Eu tinha uma na carteira igual à da imagem e detectaram no raio X depois de passarem uma segunda vez. Disseram-me que tive sorte porque o polícia de serviço não lhe apetecia acusar-me de posse de arma oculta.

      • AR says:

        Não passa no aeroporto de lisboa. Eu tinha uma na carteira igual à da imagem e detectaram no raio X depois de passarem uma segunda vez. Disseram-me que tive sorte porque o polícia de serviço não lhe apetecia acusar-me de posse de arma oculta. Isto passou-se em 2014 e só uma das tipas do raio X é que sabia o que aquilo era.

    • Ricardo Silva says:

      Eu passei com um destes cartões na carteira no aeroporto Francisco Sá Carneiro no Porto em Agosto de 2018 (não lembrei que o levava e esqueci-me de o deixar em casa). Ninguém me chamou a atenção para o mesmo.

      Só me lembrei que o levava já tinha chegado ao destino.

      O mesmo de lá (Tunísia) para cá, mas aí já tinha colocado o cartão na mala de viagem. E estamos a falar de um controlo digamos “menos apertado” lá.

      Ainda assim, depois de tanto controlo pós 11 /09, fiquei surpreendido como o mesmo passou no controlo.

  9. Carlos Segurado says:

    Meus Senhores no Meu oficio que é no ramo da electricidade usam-se Xactos e chaves de fendas que teem mais de 10Cms então isso devia de ser proibido ser transportado em malas de ferramenta.
    Não entendo agora terem-se virado para este utensílio já que o mesmo cumpre as normas de não ter até 10 Cms.
    Deve haver algo escondido nesta publicidade (publicidade porque já vi isto em vários locais).
    Com o tempo vamos descobrir qual o deputado que está ou querer vender uma coisa parecida em Portugal.

    • antonio says:

      Sim, se estiveres a usar ou a transportar o Xacto ou as chaves de fendas no teu ofício – são ferramentas. Se os levares para um concerto – podem considerar-se que são armas brancas. Depende do contexto. Para que é que alguém leva um Xacto (e há os bem fortes) ou uma chave de fendas que não seja para trabalhar?
      Já a porcariazita do post em tempos até pensei comprar um para desenrascar se por acaso for preciso cortar qualquer coisa pequena. Depois achei que não valia a pena Que pudesse ser considerada e usado como arma nunca me passou pela cabeça (exceto em aeroportos que proíbem qualquer canivete minúsculo e até limas de unhas).

      • Carlos Segurado says:

        Tem razão Amigo mas o que é mais confuso é que nos concertos para a manutenção dos mesmos já lá estão os mesmos, então estamos no dilema ou se trabalha ou se leva armas sempre que se vai a um concerto já lá estão e por vezes até desaparecem.
        Isto é engraçado não serve de discussão mas cada vez estou mais convencido que alguém vai vender coisa idêntica mais cara mas que se pode usar.

  10. André Fontes says:

    Uma parte importante no artigo penal que parece que a malta não liga muito é “…e o seu portador não justifique a sua posse…”, ou seja, não é ilegal ser portador destes utensílios o artigo é sensacionalista e tem clickbait porque só fala de uma parte, basicamente isto não dá cadeia, PODE dar cadeia no caso de serem portadores sem ter uma justificação, isto é, se tiverem um utensílio destes e tiverem uma justificação para serem portadores do mesmo em contexto adequado, por exemplo justificar como uma”ferramenta de trabalho”, não existe qualquer problema.
    Se isto assim não fosse então transportar um faqueiro (ou menos uma faca de cozinha) seria ilegal e se esta publicação estivesse correta então poderíamos também desincentivar a compra de facas de cozinha porque dariam cadeia.

  11. Tiago Guerreiro says:

    Tenho um, e nao tenho qualquer problema em admitir, já me safou de belas encrencas, fazer funis para meter combustível no carro no meio do nada, ou uma correia no carro que prendeu noutro sítio e estava a começar a desfazer e com esta micro laminia consegui me desenrascar.

  12. EuTech says:

    Tenho 3 desses, alguém percisa? xD, uso sempre um canivete comigo, e vou continuar usar

  13. Tiago Guerreiro says:

    Tenho um, e nao tenho qualquer problema em admitir, já me safou de belas encrencas, fazer funis para meter combustível no carro no meio do nada, ou uma correia no carro que prendeu noutro sítio e estava a começar a desfazer e com esta micro laminia consegui me desenrascar.

  14. Rui says:

    O Luís já referiu a legislação. E mesmo a anterior legislação já proibia a utilização das armas brancas.

    Tenho licença de arma de defesa desde 2001, tiro desportivo desde 2001 e coleccionador já nesta década, e mesmo com estas licenças, só posso saír de casa com a arma de defesa ou aerossóis ou pistola eléctrica. Já as armas desportivas e de colecção só podem ser transportadas para e das provas até casa e totalmente descarregadas.

    Mas mesmo com licença de defesa (B1), não posso sequer transportar a arma para locais públicos frequentados (por exemplo concertos, centros comerciais, escolas, Universidades……), quanto mais alguém utilizar uma arma branca sem licença. Obviamente que transportar em locais públicos facas, x-actos sem justificação, também é ilegal.

    Já agora, refiro também que os bastões ou outros utilizados nos carros, são totalmente ilegais.

    Apesar de existirem aberrações na lei, como por exemplo impedir-me de utilizar uma arma de defesa contra alguém que está a assaltar-me com uma arma branca, porque o nível de letalidade da arma de fogo é superior…… resumindo, se alguém tentar assaltar-me com uma arma branca, não posso disparar contra o gatuno. E mesmo que tenha uma arma de fogo (o assaltante), só posso atirar para zonas não letais (braços e pernas!!!!!!).

    • Tiago S. says:

      olá Rui.
      Mais ridiculo ainda que a defesa pessoal usando armas de fogo com justificação e devidas licenças: contra assaltantes armados, se te defenderes mesmo sem armas estás sujeito a processo legal.
      Sei dum caso dum moço, praticante de tae kwon do, a quem 3 meliantes tentaram assaltar com facas. Como ele se sabia defender, rebentou com eles e deixou-os KO. Foram para tribunal e ele foi condenado a pagar-lhes uma indemnização por uso excessivo de força.
      Portugalol

      • Rui says:

        Boas.
        É verdade. Esqueci-me desse caso prático que contou-nos o sub-chefe da PSP, quando renovei a licença. O juiz prejudica sempre alguém que saiba artes marciais, porque considera que tem mais conhecimentos e letalidade no uso das técnicas.
        Que dizer, é um resquício ainda do desvario da esquerda PREC que ainda sobrevive aos dias de hoje.
        O sub-chefe contou-me que numa altura estava num tribunal e o arguido ia atacar a juíza, o sub-chefe interveio e manietou o fulano. Pois a juíza repreendeu-o em público por defendê-la. No fim o agente disse-lhe que se algum arguido tentasse agredir a juíza, não ía mexer uma palha!!!!! Mais tarde a juíza lá percebeu o disparate que tinha feito e pediu desculpa ao agente!!!!!!
        Dou razão ao sub-chefe da PSP quando o questionávamos porque tínhamos licença e não podíamos usar a arma e responde ele com razão, nem nós PSP podemos matar um bandido sem ele nos atingir primeiro, quanto mais vocês que são civis!
        Esta é a realidade, se um bandido disparar primeiro é que a GNR e PSP pode responder. Um total disparate!
        Conheço um caso de um familiar meu que fez parte de uma espera a assaltantes armados que estavam a fugir, com G3 a apontarem aos assaltantes, mas estes espertos, sabiam que a GNR não pode disparar num carro em movimento sem estar a vida deles em risco! Conclusão, fugiram à GNR, desviaram-se da barreira sem disparar um único tiro.
        Ainda à pouco tempo deu nas notícias o caso do GNR que foi preso 9 anos por matar o filho de um assaltante ao disparar para a roda de uma carrinha, tendo atingido o miúdo num ressalto da bala!!!!!

        Por cá a justiça defende os ladrões, diga-se, com a principal cumplicidade dos políticos, pois são eles que fazem as leis!!!!!!

  15. Pedro says:

    Quem pretender portar uma arme brabca, vulgo faca ou navalha, legalmente pode fazê-lo desde que a mesma tenha menos de 10 cm de lâmina, medidos a partir do inicio do cabo, não seja de abertura com mola, tipo borboleta ou esteja dissimulada noutro objecto

  16. Joaquim says:

    Diz assim o Art. 1º da Lei 05/2006:

    (…) l) «Arma Branca» todo o objecto ou instrumento portátil dotado de uma lâmina ou outra superfície cortante ou perfurante de comprimento igual ou superior a 10 cm ou com parte corto-contundente, bem como destinado a lançar lâminas, flechas ou virotões, independentemente das suas dimensões.

    Qual é a parte onde esse cartao tem mais de 10 cm ?

    • Edmundo says:

      O senhor esqueceu-se de ler a lei toda:
      “Lei n.º 5/2006, de 23/02
      Artigo 86.º
      Detenção de arma proibida e crime cometido com arma
      1 – Quem, sem se encontrar autorizado, fora das condições legais ou em contrário das prescrições da autoridade competente, detiver, transportar, importar, transferir, guardar, comprar, adquirir a qualquer título ou por qualquer meio ou obtiver por fabrico, transformação, importação, transferência ou exportação, usar ou trouxer consigo:
      d) Arma da classe E, arma branca dissimulada sob a forma de outro objeto”
      Resumindo:
      “ou com parte corto-contundente”
      “arma branca dissimulada sob a forma de outro objeto”
      O cartão tendo parte corto’contundente é arma branca in dependentemente do tamanho visto que a condição é precedida de um OU e não de um E.
      E é dissimulada em cartão tipo bancário.

      • antonio says:

        Isso já foi alterado. A parte corto-contundente passou para dentro dos 10cm, como é lógico. Redação atual:

        “m) ‘Arma branca’ todo o objecto ou instrumento portátil dotado de uma lâmina ou outra superfície cortante, perfurante, ou corto-contundente, de comprimento igual ou superior a 10 cm e, independentemente das suas dimensões, as facas borboleta, as facas de abertura automática ou de ponta e mola, as facas de arremesso, os estiletes com lâmina ou haste e todos os objectos destinados a lançar lâminas, flechas ou virotões;

        Logo – o cartão só era arma branca se tivesse lâmina com mais de 10 cm. Claro que sempre se podia incluir a parte “contundente” em plástico 😉

  17. Dav says:

    Não percebo porque querem andar com canivetes sempre com eles como já li por aqui. Anda tudo maluquinho da cabeça. Não me sinto nada a vontade pelo meu filho andar por aí sabendo que algumas pessoas andam com canivetes ou algo do género. Já vi no trânsito um tipo sair do carro e mostrar uma pequena navalha a outro que lhe bateu sem querer….

  18. Vasco Nogueira says:

    Comprei muitas dessas navalhas no aliexpress por menos de 50c e ofereci a amigos.
    De repente deixei de as encontrar a venda. Sao muito frageis mas cortam muito bem a casca de uma romã. Quem a conseguir usar como arma é artista.
    Andava sempre com uma na carteira e cheguei a leva-la esquecida para Inglaterra e passou no controlo. Nem quero pensar na chatisse se fosse apanhado

  19. hommer says:

    fraquinho esse cartão, eu ando com duas catanas há cintura e até hoje ninguém me disse nada, hahahah

    estas noticias só mesmo visto, mais rápido vai agora o pessoal todo comprar uma , por ser novidade e engraçado e está-se nas tintas para as leis, graças á divulgação da pplware…

  20. Asdrubal says:

    Pelo que vi aqui neste artigo, a faca cartão é minúscula comparada com algumas facas de cozinha com 30cm ou mais e são completamente legais. Devia ser considerado crime ou não pelo uso que se dá ao utensílio.

    • Edmundo says:

      Se andarmos com uma faca de cozinha de 30cm de lâmina na rua também é crime.
      Em resumo de vários posts acima:
      Se querem andar com navalha, andem com uma até 10cm de lâmina tipo canivete Suiço que “demora” a abrir. Se for do tipo borboleta ou “ponta e mola” são proíbidas por serem de abertura fácil e rápida.
      As armas brancas como esta, são proíbidas por serem dissimuladas noutros objectos. Quem não deve não teme como se costuma dizer. Se não teme porque é que se quer utilizar uma arma dissimulada com 3cm de lâmina quando se pode usar uma legalmente com 10cms?
      Penso que quem criou a lei teve em consideração esse facto, que são mais utilizadas e transportadas por quem tem um finalidade menos legal para a faca.

      • Xello says:

        O formato desta faca deve-se a ser fácilmente guardada na carteira. Não possuo uma mas quando a vi achei um produto muito interessante. Mas é óbvio que uma pessoa com um objeto cortante em sua posse tem que ter muito cuidado para onde o leva.

      • Moreira says:

        Então o que é uma arma branca?!

        • Edmundo says:

          Já foi dito antes mas eu ajudo:

          “Diz assim o Art. 1º da Lei 05/2006:

          (…) l) «Arma Branca» todo o objecto ou instrumento portátil dotado de uma lâmina ou outra superfície cortante ou perfurante de comprimento igual ou superior a 10 cm ou com parte corto-contundente, bem como destinado a lançar lâminas, flechas ou virotões, independentemente das suas dimensões.”

  21. Fak says:

    Será que é proibido usar canivete, mesmo com mais de 10cm, para forças policiais/seguranca/militarizada?
    é que eu uso uma karambit, por forma a proteção mas mais para cortar alguma coisa quando preciso…

    Penso que não, tenho um conhecido que comprou uma Jagdcommando ou lá como se chama, supostamente a faca mais mortal do mundo, e a alfandega deixou-o ficar com ela mediante apresentação do seu cartão de identificação de trabalhar em forças militares.

    • Edmundo says:

      Com mais de 10cms é proíbido pra todos.
      Já fui PSP e tb usava um canivete táctico que trás uma ponta para partir vidros e outra para cortar cintos de segurança de forma muito rápida mas menos de 10cms. A lei é suposta ser igual para todos, pelo menos sempre foi essa a minha postura (nao respondo pelos outros).
      E nunca digas que usas isso para protecçao. Nao é suposto usarmos armas brancas ou outro tipo de arma para protecçao. Nós nao vivemos numa sociedade perfeita mas é “suposto” circularmos livremente em espaços públicos…
      Só se fores dono duma ourivesaria aí talvez consigas obter licença para uso e porte de arma na ourivesaria.

      • Fak says:

        Eu não sou contra o uso de armas, brancas ou de fogo, para proteção.
        aliás, conheço um senhor, que anda sempre com uma pastinha do tipo aquelas de cintura que usam os feirantes, lá dentro carrega sempre uma Beretta…
        Pediu licença sob pretexto de proteção pessoal e outros, concederam-lhe a licença, uma vez fui a casa dele, está carregado de semi automáticas, facas e facoes que trouxe de missões no estrangeiro, 2 caçadeiras de cano cerrado, entre outras armas…

        Não defendo ter um arsenal enorme, mas uma armazita só para proteção devia ser permitido, mediante licença obviamente, e armas brancas deviam de ter licença também.

  22. Narciso Miranda says:

    Pronto… Já nao posso ter uma faca para descascar e comer a minha peça de fruta diária, e poder arrumar confortavelmente junto do meu cartao de cidadao

  23. OM says:

    para alguns anormais, fica aqui a razão. se não compreendem isto a sociedade foi muito cruel para vocês.
    “-Arma da classe E, arma branca dissimulada sob a forma de outro objeto,”

  24. Sergia says:

    Mas existe algum objeto ou arma que sirva para defesa pessoal e que se consiga arranjar boa justificao para o porte da mesma?

  25. Fábio says:

    Eu tenho um “cartão” desses que se “transforma” em faca! Muito fácil aquisição…ebay, alli express, entre outros sites…Por acaso sou maluco por facas e facalhões. No entanto, nunca tive de usar nenhuma delas nem com intuito de fazer mal, nem com intuito de me defender. No meu caso é mesmo gosto pessoal…no entanto, não tenham o azar de se meter comigo e…tirar me do sério. Há sempre uma primeira vez para tudo. Prefiro esfaquear que ser esfaqueado. E sim…sou a favor da protecção pessoal. Talvez seja atrasado mental…não sei. Mas quando tiverem casos na familia de assaltos, violações, ou outras situações de violência, talvez gostassem de ter um cartão destes por perto, ou conseguir armar o vosso familiar. Quem diz cartão, diz faca, spray de gaz pimenta, maquina de choques, etc etc etc…tudo coisas proibidas que em certa altura, podem dar jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.