PplWare Mobile

Qantas Airways – Voo de 20h estuda efeitos no ser humano


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Miguel says:

    Penso que não irão começar antes de 2022, o Boeing 787 nao vai ter o range necessário para a realização do voo em situação comercial. O avião descolou quase com no seu MTOW praticamente sem passageiros. Não nos podemos esquecer que um voo comercial alem de termos de contar com o peso dos passageiros, das bagagens e das refeições temos muitos outros factores. Na sua questão primária a existência de mais peso no avião implica um maior consumo de combustível, logo uma maior quantidade à partida assim como muitos outros fatores mais técnicos e legais que nao importa nesta noticia. Penso que e um projeto ambicioso, que tera os seus problemas no entanto acho que ira avançar, nao com o Boeing 787 mas sim eventualmente com o Boeing 777X ou com um possível A350K com MTOW reforçado.

  2. Cortano says:

    O meu grande problema nos aviões é a distância entre bancos.
    Isto tornar-se um grande problema em voos com mais de 2 horas.
    Não sei como iria “sobreviver” a 20 horas sem ter uma zona de onde pudesse esticar as pernas.

    Se for em classe executiva já a coisa podia resultar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.