PplWare Mobile

Parece que os AirPods da Apple são um sucesso


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. David Piçarra says:

    São a maior desculpa que existe para earbuds
    Super fáceis de perder
    Não teem graça nenhuma
    É só ponto de vista Hi-fi são uma bela trampa
    É nem funcionam como deve ser sem ser com um iPhone

    • Helder says:

      Fala então quando vires uns à frente!

    • Vítor M. says:

      Fáceis de perder? Como assim? Eu tenho-os há meio ano e nunca os perdi. Além disso, a Apple desenvolveu os mesmos com tecnologia que permite encontrar usando o Encontrar do iCloud. Mas claro, são pequenos e como coisas pequenas, tens de ter cuidados, mesmo que tivessem fios, tens de ter os devidos cuidados (mas não caem da orelha).

      O não ter graça até concordo, mas não é um objeto de moda, embora que poderiam ser mais “engraçados” do ponto de vista estético.

      Do ponto de vista da qualidade de som, estás completamente errado e nota-se que nunca usaste uns verdadeiramente.

      E o último ponto então mostram mesmo que não sabes do que falas. Eles funcionam muito bem com o iPhone, muito bem mesmo, têm uma sincronização sem igual, e até com o Apple Watch e com o Mac é muito simples sincronizar. Não fales do que não sabes 😉

      • PL says:

        O encontrar via iCloud é uma treta, só te diz onde estavas a última vez que estiveram conectados.

        O som é debativel, dependende de cada um, o que para ti é bom para o David não presta, para mim é suficiente.
        Tudo o resto é concordo contigo.

      • Joao Magalhaes says:

        Isso é como tudo, se tiveres cuidado não precisas de código no telemovel, pois eu tenho cuidado e só eu é que toco no meu telemovel, não uso capas porque tenho cuidado e não o coloco em cima de qualquer coisa, não me preocupo com as atualizações porque tenho cuidado e não instalo tudo o que aparece. Pessoalmente acho que são porreiros, são pequenos e de fácil transporte, não ocupam espaço nenhum, quanto à qualidade de som também duvido que seja mau pois a Apple tem qualidade, a unica coisa para mim que peca éo preço, como sempre a Apple sabe por as maus nos bolsos dos consumidores. Tenho uns Sony SBH-30 que claro, são bastante diferentes mas que cumprem muito bem o seu serviço por metade do preço, mas não são tão portáteis como estes mas isso também não me causa transtornos nenhuns.

      • Popopo says:

        O último ponto, o que me parece que ele queria dizer é que só funcionam bem com dispositivos Apple, se tentares com um Android acredito que não serão grande coisa.

        • Vítor M. says:

          Mas se foram feitos para iDevices, poderá não funcionar, mas a Apple não tem essa tradição de desenvolver para outras plataformas.

          • David Piçarra says:

            Apenas disse os factos
            Mas já os experimentei e não gostei prefiro as alternativas da JBL ou Sony até porque Teem um cabo que Liga um a outro
            No. Ambiente em que eu os uso e fácil de os perder num dia

      • ZeTolas says:

        Em relação ao último ponto dizes que ele demonstra que não sabe mesmo do que fala no entanto dizes exatamente o mesmo que ele… ele disse que só funcionavam bem com dispositivos da Apple!

        • David Piçarra says:

          pois é eu já disse o contrário é é verdade só funcionam a 100% com Apple
          Quando os usei ainda tinha iPhone mas com Android agr e terra desconhecida porque nunca os experimentei

    • umgajoquenaopercebe says:

      Aposto que metade dos compradores nem ouvia musica antes de dar 200€ por uns phones.
      Álguem que tenha comprado isso sabe que tipo de phones é que se podem comprar com 200€ ?
      Para mim, e como sempre na Apple, é um desperdicio de dinheiro que podia facilmente ser contornado com um plug que deve custar menos de 5 centimos á Apple, mas a Apple nitidamente põe os seus utilizadores à frente dos seus proprios interesses.

  2. Kabindas says:

    Dar quase 180 aereos (sim porque a guita sai a voar da carteira) por uns headphones Bluetooth … a sério ? … gostava de saber o que faz este equipamento custar este preço, quando as alternativas custam 1/5

    • Str says:

      180 euros quando deve custar uns 20 euros produzir e por a venda cada unidade, daí as receitas e os lucros serem chorudos

    • Daniel says:

      Por favor indica-me uns headphones bluetooth completamente wireless que custam menos que os AirPods

      • Danny says:

        Tens headphones da JBL por 50€ ou Sony e Pionner que tambem podes comprar até um preço máximo de 70€.

        • Helder says:

          Não são totalmente wireless.

          Tenta outra vez!

          • David Piçarra says:

            Não interessa
            O som é melhor e não os perdes e

          • Helder says:

            Interessa sim.

            Falas porque nunca tiveste uns AirPods, não sabes o que é meter os headphones com a caixa no bolso.

            E ainda diz que se perdem fácil…

          • David Piçarra says:

            Tu és como os burros só ve para a frente
            Tudo o que a Apple faz para ti e uma maravilha
            Entao vais concordar que a Apple Pippin foi o melhor sistema de vídeo jogos de sempre
            Que o Apple Lisa foi um sucesso de vendas…
            Tu assim vais longe vais…

          • Hugo says:

            Portanto, smartphone…”ah e tal quero o melhor do mercado”, acessórios “ahe tal nem por isso”.
            Simplesmente não percebo este tipo de mentalidade. Ou se calhar até percebo. Não são vocês que escolhem o que compram, mas sim as “tendências”.
            Boa sorte com essa maneira de estar, incoerente e completamente desprovida de qualquer sentido crítico.

          • Helder says:

            Os melhores do mercado são os AirPods.

            Os AirPods não os perdes, nunca usaste, fala depois de usar!

      • Filipe says:

        Bluetooth completamente wireless??que a Bluetooth por cabo?

  3. censo says:

    Entre o parecer e o ser, qual é a diferença?

  4. PL says:

    Antes tinha preferência por Jabra, agora não largo os Apple.
    Tanto para o dia a dia, usando apenas um para fazer e receber chamadas como quando quero escutar música ou ver um filme.

    So lhe falta funcionalidades, mais opções de toque para atender, remarcar o ultimo número, colocar em mute, etc.
    Ainda existe muito para melhorar, mas o facto de que o som e o micro funcionam na prefeicao e são tão leves que me esqueço que os tenho valem o dinheiro (na minha opinião)

    • celso says:

      Oh pa, 180€ por uns, nem durmo a pensar que deviam até ser mais caros!

    • David Piçarra says:

      O Som não vale nada desculpa que te diga

      • PL says:

        Não costumo ouvir a Beethoven via iPhone, continuo a preferir o vinil para a qualidade de som.

        Quanto aos problemas que falas em cima, eu não tenho nenhum deles, e partilho os auscultadores entre 3 equipamentos,

        E visto o volume de vendas, não me parece ser o único a não ter problemas.
        Não digo que sejam perfeitos, mas para mim valem o dinheiro.

      • Vítor M. says:

        Isso é mentira. Podes criticar mais coisas, o aspeto por exemplo, mas não o som, o som é muito bom para um equipamento destes. 😉 se um dia usares vais ver que não sendo o melhor que o mercado tem, é certamente uma qualidade superior.

        • David Piçarra says:

          Eu já te disse que já os usei e não gosto do som
          Eu estou habituado a equipamentos High grade óbvio que a qualidade pra mim nao é boa
          Os par de phones que ando na mira de comprar são uns Shure que Teem várias zonas lá dentro o de produzem os som

        • Vlad says:

          Lamento Vítor, mas eu tenho uns e digo-te que o som é, nem bom, nem mau. Se achas que o som tem uma qualidade superior deves estar habituado a headphones muito maus mesmo. E o som é das poucas coisas criticável neste headset, porque não são baratos e o som é equiparáveis a headphones substancialmente mais baratos. Ou seja, a Apple desenvolveu um conjunto de funcionalidades espectaculares nos headsets, mas esqueceu-se do principal, o som.

          • Vítor M. says:

            Estás errado de novo. Repara que não tens bases que te suportem o que afirmas. Como já referi, não sendo os melhores (nos vários aspetos sonoros), são os melhores no que toca ao conjunto que oferecem. Como expliquei ao jovem Cortana e podes ir lá ler, se um dia usares uns, verás também que essa tua ideia empírica sobre a qualidade dos AirPods não passa disso mesmo, de uma ideia. Para poderes ter uma opinião concertada, tens primeiro de usar uns AirPods, ter algum tempo para perceberes como funcionam no dia dia, usares nas várias vertentes da pessoa, como no trabalho quando os podemos utilizar (ouvir música, atender chamadas, etc…), no desporto quando vamos correr (e eu uso e não, eles não caem), como no aspeto da autonomia, no carregamento rápido, na facilidade de termos uma caixa que os guarda e carrega várias vezes, na facilidade de transporte, na interligação ao iOS… simplesmente não tens nenhum outro que o faça. Mas lá está, não é só o som, estás enganado, o som é bom mas há muito mais nuns auscultadores. Se for pelo som, não tens abaixo dos 300 euros nenhum que possas considerar “completo”. Portanto, o que dizes não faz qualquer sentido.

        • Cortano says:

          Para ter um ponto de comparação, como classificas o som da versão com fio, ou seja, o modelo anterior a estes wireless?

          Para mim, esses de fio são péssimos a nível de qualidade sonora, pior só os dos “chinocas”.

          • Vítor M. says:

            Não são, a verdade é que são bons, não sendo os melhores em tudo (no que toca à componente sonora) e testei na altura com uns HD1 e com os PXC 550 (estes só para ter a comparação do palco sonoro) da Sennheiser, com os meus Jabra Sport Pulse, com uns Bose SoundSport Pulse, de facto o som e o conforto (conforto porque não têm a almofada e isso agrada-me) os AirPods são bons.

            Depois no mercado, não tens qualquer outro com estas características (qualidade de som, usabilidade, interligação com o hardware, interligação com o iOS) que possa valer a pena. Além disso têm algumas características que valem mesmo o investimento: qualidade de materiais, a caixa que é uma bateria, o carregamento rápido e a autonomia.

            Se um dia tiveres a oportunidade de testar, verás que a tua opinião empírica muda logo.

          • Cortano says:

            Tenho de testar.
            A verdade é que há quem diga bem dos anteriores de fio e aquilo não vale nada em termos acusticos.
            Claro que também depende muito da sensibilidade sonora de cada um, do tipo de música que ouve e como ouve. Há quem só consiga ouvir musica com produção atual, em que o mínimo de db é de -6, ou seja, a dinâmica vai dos -6 a 0 com compressão no máximo a rebentar com as pontas do expectro sonor – para estes, os phones da apple são muito bons porque ainda puxam mais o lixo para cima e a esta malta curte é “PUM” nos ouvidos… dinâmicas não é com eles.

            Mas vou ver se experimento uns em breve, agora fiquei curioso… será que vai ser possível ouvir os pratos-de-choque de uma bateria sem soarem a lata? Será que consigo ouvir música com dinâmica?!

    • Helder says:

      Isso faz-se com a Siri

  5. Neo says:

    Tenho uns e fiquei surpreendido pela positiva. Bom som, melhores que os auscultadores com fio da Apple. Boa autonomia de bateria e quando estão guardados na caixa estão a ser carregados. Nunca os deixei cair. O design é questionável.

  6. Nuno says:

    Só de pensar que 23% da população portuguesa você com 500€ (salário mínimo) parece-me uma verdadeira anedota dar quase metade desse valor por uns auriculares, se não fosse um verdadeiro escarneo da pobreza escondida espalhada em tantos lares. Dava esse dinheiro muito mais bem empregue numa doação a uma instituição de caridade.

    • Francisco Moreira says:

      Tens toda a razão, Portugal tem a maior desigualdade de rendimentos da europa (índice gini, dados de 2015).

    • Joao says:

      É verdade, a Apple devia fazer os preços a pensar na população Portuguesa.

      • Helder says:

        Os ordenados da população portuguesa é que deviam ser feitos a pensar nos preços da Apple.

        Só os Portugueses é que recebem tão pouco! E não se queixam!

    • Ozono says:

      Essa conversa não se aplica aqui e pode ser generalizada para muitos outros bens que não os produtos apple, não faltam telemóveis acima dos 500€ e auscultadores acima dos 180€. Que tem rendimentos baixo tem o seu mercado. Não faltam telefones baratos e auscultadores baratos. Não tem dinheiro não compra e isso serve para tudo. Se compra e passa necessidades. Temos pena.
      E o paleio da caridade é muito bonito mas não vejo tantas doações assim nem tanta gente presente quando faço voluntariado. porque será?

      P.S. Não sou fanático da apple nem tenho nenhum produto.

    • The Onee says:

      E porque não posso compra-los e ajudar uma instituição ao mesmo tempo? Por acaso tenho dinheiro para compra-los mas visto que não preciso deles… para além de que acho-os demasiado caros.

    • luis carreira says:

      Para mim é muito mais anedótico, dar 24€ por um botija de 13 Kgs de gas quando na nossa vizinha
      Espanha pagas metade. Isso sim é uma anedota. Por airpods só compra quem quer e quem pode mas quanto ao resto (directamente ligado às necessidades básicas) é muito mais ridículo.

      • celso says:

        Ridiculo, sim, mas quando o preço dos combustíveis ou do gas ou da eletricidade aumentam, pouco se ouve, mas basta o iphone passar dos 1000€, tens malta a criticar o aumento e outros a dizer que vale bem o preço. Isso sim, é que é anedótico.

        Cada um compra o que quer e por mim, até podiam meter o dinheiro a arder na lareira, mas com biliões e biliões de lucro, se não começar-mos pensar em nós, de certeza que não vão ser essas empresas a pensar! Eu já abri os olhos.

  7. mojorisin says:

    Para mim não serviam, se aos normais tive que colocar umas almofadas para não me caírem, imagino estes!!
    deviam ser emborrachados para criarem mais atrito no ouvido e não caírem.
    Acho-os caros, aliás os produtos tech neste momento anda tudo muito inflacionado, estamos em tempos de alta procura e isso vê-se no preço

    • Joao says:

      Os normais caem devido ao peso do fio. Se pesquisares bem verás que estes não caem, mesmo quando estás a fazer exercício físico e a fazer o pino. Quanto muito, roubam-te mais facilmente.

  8. Filipe F. says:

    Chamar 900 mil um Sucesso quando nos EUA foram vendidos mais de 10 milhoes de iPhone 7 e 7+, significa que nem 10% dos compradores aptos a ter AirPods os quiseram pelo menos nos EUA.

    Agora quando a alternativa é adaptadores e nem se poder carregar a bateria, ou ter que se comprar isso que nos EUA 179$ é como para nós uns 40€ face ao salário médio, nada de especial.

    Mas acredito que sejam um bom produto, enquanto nao acabar a bateria de um lado e ficar som mono, ou ter que se preocupar em carregar telemovel e AirPods para ouvir música. Mas é para isso que serve uma Powerbank, para alimentar os dispositivos.

    • Helder says:

      E se eu te dissesse que não são a única maneira de ter headphones com o iPhone 7/7+?

      E se eu te dissesse que esses telemóveis vêm EarPods lightning e adaptador para 3.5mm?

  9. LG says:

    Eu experimentei-os… achei-os os porreiros embora a qualidade de som tem muito a desejar. Mas também admito que nunca foi de usar earbuds ou in-ear earphones… prefiro muito mais on-ear mas são gostos…

  10. Joel Reis says:

    “Pese o facto de não serem conhecidos os números das vendas desde a data do seu lançamento, em dezembro de 2016… Parece que os AirPods da Apple são um sucesso”
    Não é de estranhar que vendam, a alternativa para quem tem iPhone é andar com um adaptador pendurado e isto é, se não tiver por exemplo de carregar o iPhone, que aí não há música para ninguém.

  11. Luís Rato says:

    Qualidade de som excelente, portabilidade maravilhosa, bateria suficiente, conforto que nenhum headphone da e ainda bastante discreto. Ninguem anda na rua com headphones ou na empresa, não parece nada bem

    • Jorge Pereira says:

      Será que se tem de dizer bem dos AirPods para o comentário ser publicado? Não troco essas coisas pelos meus SHURE-535. Pago mais, mas tenho um SOM DO OUTRO MUNDO! 179 euros por uma geringonça dessas é deitar dinheiro fora! Prefiro dar de comer aos pombos!

    • Daniel says:

      Eu ando com headphone wireless (over ear) na empresa, transportes públicos e no café (esplanada, quando estou sozinho). Na rua ando com in ear headphones… o motivo pelo qual não compro uns over ear headphones mais discretos para andar na rua é porque preciso de tomar atenção, ter noise cancelling não é algo que pretenda pois retira-me “consciência” do que se passa à minha volta, pois em termos de qualidade não será uns minúsculos drivers num earbud (ou in ear já agora) que competem em qualidade com um over ear headphone com capacidade de ter múltiplos drivers (normalmente dual driver). Há já in ear muito bons (com hybrid drivers), mas são caros (bem, o da Xiaomi não é, mas embora não seja mau também não é nada de especial) e não é garantidamente o caso da Apple (pecam de sobremaneira no bass e deep lows e os mid e highs/treble são decentes… não excelentes, somente decentes).

  12. Paulo Lobão says:

    Não faço a mínima ideia acerca das “qualidades” destes earphones BT pq nunca usei….e se não usei não posso comentar, certo?
    Eu uso Plantronics BackBeat Fit por serem “abertos” e permitirem ouvir o som exterior, terem um autonomia de 8h reais e por serem à prova de água (eu lavo-os com agua corrente ie debaixo da torneira). Emprelhados com o Note3, Tab S2 e Gear S2. Uso-os qd quero ouvir música ou ouvir o som de um filme sem incomodar ninguém (com o volume reduzido pq eu não gosto mesmo de obrigar ninguém a ouvir o som que não pediu) e em alguns treinos de ciclismo (e daí a importância de serem abertos pois tb consigo ouvir o som proveniente do exterior).
    Já os tenho há mais de um ano e até agora nada negativo a apontar (tive um par de Plantronics BackBeat Go 2 que não aguentaram tão bem o abuso e acabaram por morrer ao fim de 2 anos e alguns meses!).

    • Helder says:

      Também os AirPods são abertos.

      5 horas contínuas, 24 com a caixa, magnéticos, microfone stereo com redução de ruído, AAC, Siri, verdadeiramente wireless, cabem numa caixa magnética que cabe no bolso pequeno das calças.

  13. Daniel says:

    Muito sinceramente, pelo preço e “qualidade” há opções muito melhores. Tem uma funcionalidade porreira, mas que é desactivada ao se desactivar o voice-over (por ser demasiado irritante), o que perde por completo o único proveito de destaque que tem.

  14. V.T. says:

    Parece que há uma vontade férrea de fazer crer que o AirPods são um êxito, quando na realidade são um dos maiores flops tecnológicos de 2016.

    • Vítor M. says:

      Hehehe não é verdade e isso é apenas o teu desejo 😀

      Na verdade são um êxito e basta teres algum contato com as lojas revendedoras Apple em Portugal para saberes disso. Simplesmente não há stock, tudo o que vem, tudo o que vendem e há encomendas permanentemente. Por muito que sonhes com isso que dizes, não passa de um sonho teu 😉

      • Jorge Pereira says:

        Isso é o que as lojas querem fazer crer! Têm o material em stock, não o vendem para tentar inflacionar a procura! A isso chama-se marketing!

        • Vítor M. says:

          Não é nada disso. Sabes que por estarmos nesta área da tecnologia temos alguma facilidade de conhecer e contactar frequentemente os responsáveis das maiores empresas de distribuição destes produtos em Portugal. Nas conversas sobre o mercado em geral, e nalguns casos em particular, sei que este é um produto que a Apple tem dificuldade em enviar em quantidades satisfatórias e olha que são vendas efectivas, dado o número de encomendas numa grande lista de espera.

          E mais, tendo em conta a necessidade de facturar 😉 garanto-te que as lojas não fazem desse “tipo de marketing” 😀

  15. Ricardo Pinto says:

    Pois…
    Os dados só podiam ser dos EUA, onde a Apple tem sempre muito boas estatisticas, ao contrário do resto do mundo.
    Ainda não vi uns a frente em Portugal e uso bastantes transportes públicos.
    Se calhar quem os tem, nem pensa em usar transportes públicos… LOL

  16. Nuno Rompante says:

    Sempre como o costume os Android fanboys! que vamos fazer… no meu ponto de vista como sendo utilizador iPhone e Android estes equipamentos funcionam sem qualquer problema em qualquer plataforma, obviamente ao falar no ecossistema Apple têm mais algumas funcionalidades extra. Posso dizer que me encontro satisfeito com os AirPods a trabalhar com Mac Book Pro, iPhone, iPad, HP Probook com Windows 10 e Smartphone Android Samsung.
    Mas tenho que voltar ao inicio, há gente que faz comentários que quando começo a ler faz-me doer os olhos. Peço-vos desistam que estão a fazer mal a outras pessoas 😀

    • Nelson R. says:

      Melhor e mais sensato comentário que li nesta página. Não há publicação nenhuma sobre iDevices/Android que não meta uma troca de comentários tristes e inúteis.
      Deixei de comentar publicações no pplware por causa disso.
      Se gostas de iOS em vez de Android ou vice-versa, “és rico e podes… não percebes nada de dispositivos moveis.. qualidade é com a marca XPTO… Se posso ter caro tenho… recebemos 500€ e cobram 1000€… se há à venda por 15 não vou dar 200…”…
      É um xorrilho de comentários que me leva a crer que há demasiados “miúdos” por aqui, que gostam de mandar umas larachas em todas as noticias e que não acrescentam valor nenhum ao debate.
      Quanto aos airpods, nunca os experimentei porque nunca os vi à venda nas lojas que visito. Se o preço é alto? Sim, para as minhas prioridades são, mas se a qualidade for ao nível da minha expectativa porque não?
      Esperemos pelos AirPods 2.0…

  17. Joel Reis says:

    Estes são um sucesso porque os “outros” têm bons números, o apple watch é um sucesso porque os “outros” têm bons números, os restantes produtos da categoria também serão um sucesso, porque os “outros” têm bons números… Já se lembraram que estes números bons têm de ser divididos (e não multiplicados) por todos os produtos englobados nesta categoria? Quando se abusa da matemática para enganar com os números…

    • Vítor M. says:

      Não estás a dizer coisa com coisa. Baralhas as coisas para tentares ficar confuso e teres a ideia que a tua ideia confusa é a ideia correta, verdade? Estás a andar à volta da mesa e não estás a perceber que os dados da empresa que revelou as vendas do dispositivo nos Estados Unidos é uma coisa, que é sabida, depois o que não se sabe é o número no mundo das vendas da Apple e o valor (receita) gerado individualmente. Mas, como referi… tens de parar o carrossel e analisar a frio, acima de tudo, ler.

  18. Joao Correia says:

    Por acaso preciso de comprar uns auriculares bluetooth essencialmente para correr, e como tal têm de ser à prova de agua (correr à chuva) e suor.
    O que recomendam?

    • Vítor M. says:

      Eu uso para correr e são óptimo os AirPods. Têm um sistema que, ao contrário dos que têm uma almofada de silicone, não faz vacuo e permite um ajuste confortável e o som é muito bom, mesmo quando estamos a correr. Depois, os dois microfones direcionais, permite uma filtragem do ruído de fundo o que ajuda quando vamos correr em trilhos urbanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.