O dia em que se abandona o Windows…


Destaques PPLWARE

261 Respostas

  1. António says:

    É engraçado ires agora para o OSX quando o windows ficou bom, e o OSX mau…

    • Pedro Oliveira says:

      Ora… Bem visto…
      Nos últimos anos fui utilizador unicamente de OSX, agora, recentemente deixei o Macbook e voltei ao Windows por várias razões: estagnação de sistema operativo (na minha opinião) , equipamentos estupidamente caros, etc.
      Uma coisa é certa, da mesma forma que quando sai do Windows para o Mac eu disse, não preciso do Windows, hoje digo: não preciso do Mac.

      Windows está a funcionar muito bem…

      • just a guy says:

        Windows muito bom xD boa piada… mas concordo o Mac esta pior…

      • Yu Ho says:

        O Windows 10 não está muito bom.. houve uma regressão grande na usabilidade comparando com o windows 8.1

      • GPinto says:

        Concordo, e sim, o Windows 10 esta muito bom, fiavel como nunca, mais completo que qualquer outro, e com as constantes melhorias vai-se distanciado na lideranca do mercado. Se nao houvesse tanta resistencia por parte de alguns utilizadores a opiniao de muitos ignorantes seria outra.

    • Ze says:

      +1

      OSX já era, encostei o meu mac há 6 meses, não quero saber mais daquilo, depois de 12 anos enquanto mac user, o windows 10 está muito melhor.

      • Pedro says:

        Ainta te dou 10 € pelo teu MAC, só para te livrares dele….

        • MLopes says:

          dou-te 20 euritos por ele 😉 e sendo tão fraco já estou a ser um mãos largas e um coração mole, não consigo ver ou saber de pessoas a serem massacradas, especialmente por computadores 😉 😀

        • GPinto says:

          eu dou 100, nao para ficar com ele, para vender a seguir, pelos vistos ainda ha muita gente interessada em produtos Apple o que se revela otimo para negociar, aparte disso, nao vejo o porque de tanta loucura na procura de equipamentos com um OS estagnado quando comparado com os concorrentes, hardware caro, e um ecossistema que ainda por cima e muito limitado.

    • Pedro says:

      Comecei a usar mac em 2004 e fiquei maravilhado com o sistema operativo (Mac OS X Panther), e as suas funcionalidades como o Exposé, a simplicidade do finder, etc. Vindo do Windows XP aquilo parecia o futuro!

      No entanto, nos últimos tempos(principalmente desde o Yosemite) tem sido desilusão atrás de desilusão, e ultimamente só uso o macOS para compilar aplicações para o iPhone (Ionic / Xamarin), pois não tenho outra alternativa.

    • Sitja Rollo says:

      Yep.
      Mac user desde o Mac OS 8 até ao Sierra.
      Após o Leopard ainda mantive os dois sistemas (Windows e OSX) durante uns tempos, mas com o W10 abandonei por completo os Macs.
      Ainda estou curioso por ver o que vão fazer ao Mac Pro, mas não passa de curiosidade (e algum saudosismo de quando valiam verdadeiramente a pena).
      Hoje a Apple são iGadgets e mais nada.

    • Cortano says:

      Essa é que é essa. Na altura que o OSx está uma treta é que ele muda!! LOL

    • Logic404! says:

      A Apple pagou lhe para andar de Mac. A Apple adora fazer isso em tudo o que é blogs que tenham mais visualizações etc para dar a ideia para o exterior que tudo usa Mac. Tal como fazem em empresas descontos absurdos para dar a ideia que os profissionais escolhem Macs mesmo se a empresa devolver apenas em .NET c#

      • Vítor M. says:

        Isso é tão parvinho 🙂 ficaste mais aliviado ao pensar isso? Mas até te desafio a provares isso, se conseguires provar e mostrar que eles pagaram alguma coisa (o Mac ou alguma coisa que seja, nem que seja um adaptador 🙂 ), dou-te o valor do MacBook Pro em notas de 100 euros. Vamos lá ver se se agora honras esse peito feito 😉 Olha que o Mac não saiu barato ao Pedro, por isso, se conseguires provar… ficas com uma boa maquia nas mãos. Vamos lá ver então essa conversa toda.

        • Luís Figueiredo says:

          Bom desafio, mas desde quando os gabarolas provam alguma coisa?

          O artigo está óptimo, mostra uma realidade que senti na pele e confere cada argumento, cada dúvida.

          Só é pena não haver sql para macOS, se houvesse…. o Windows nas empresas já era.

          Não companheiros, não estou a considerar o Boot Camp como solução.

          Fora isso, um Mac numa empresa dura muito mais que um PC com Windows… mas muito mais.

          PS: bons tempos o tempo do XP.

          • Amilcar Alho says:

            “Só é pena não haver sql para macOS, se houvesse…. o Windows nas empresas já era.”
            lolol.
            Percebes tanto disto como eu de Física Quântica

          • nocode says:

            Realmente não haver SQL no Mac é um flagelo…dizer o que não sabe e não se sabe o que diz.

            http://www.oracle.com/technetwork/topics/intel-macsoft-096467.html

          • Marco says:

            Para OS X não, mas para linux já anda em alfa/beta… 😉

          • GPinto says:

            Agora entendi porque na minha empresa mudamos completamente de MAC para Windows, sempre usamos SQL, e no Mac estranhamente corria, agora estou desconfiado que era apenas uma ilusao de otica. LOL
            Mas ganhamos muito com o Windows, desde a perfeita integracao entre PC e Smartphone (W10M), a “abolicao” das limitacoes do ecossistema Apple, muitas mais ferramentas disponiveis para o nosso trabalho do dia-a-dia, acabamos por poupar muito tempo e as frustracoes dissiparam-se e deram lugar a satisfacao.

          • David says:

            Talvez porque para isso o hardware faz efectivamente diferença…

          • Francisco says:

            “Só é pena não haver sql para macOS, se houvesse…. o Windows nas empresas já era.”

            Melhor intervenção de sempre!! LOOOLLL ja vi aí um gajo a dizer que percebes tanto disto como ele de Fisica Qauntica, mas se esmiuçarmos isso, ele ao teu lado é um Doutor!!!

        • Joao says:

          Tenho impressão que a iLoja só faz suporte técnico (reparações), não venda ao público. Mas posso estar enganado.

        • Jorge says:

          Vítor M.
          Comentar comentários do tipo do Logic404! não vale a pena…. é perca de tempo…
          Para além disso, sou windows user e continuarei windows user, não porque não tenha opção, simplesmente windows dá para as minhas necessidades e de vez em quando corro o ubuntu em VM só para casos pontuais…

        • Miguel Lima says:

          A Apple não dá nada a ninguém, até os funcionários pagam o valor de pvp pelos equipamentos! Se assim não fosse era ver os tugas a sacar mais barato e vender com alguma margem ☺️

    • Ze says:

      Meu rico Tiger em PowerBook G4 (PPC), último bom mac que tive, desde aí tem sido só descer, em hardware e software, só mantenho mesmo o iPhone enquanto não sai o Surface Phone, de resto já tenho os devices transitados para algo decente. Apple agora só quando voltar a ter outro Steve Jobs alike, como empresa de nicho é preciso ter alguém com visão, com atenção ao pormenor e à inovação. Actualmente MacOS é uma boa plataforma para quem quer sair do Linux para deixar de andar a compilar kernels e quiser um “unix” com bateria minimamente decente.

    • André Nhun says:

      Também acho o mesmo. Pode ser entusiasmo apenas, porque de um modo geral o OSX parece ter estagnado.

    • Francisco Morais says:

      Ó Antek… ate aqui te apanhado a defender a Microsoft… andas mesmo apaixonado!! 😀

    • Anderson says:

      Poderia explicar a razão que o OS X ficou mau?

    • Luis says:

      E eu que o diga, que dou suporte ao Mac OS… Tanto para trabalhar, como para dar suporte, é um inferno!

  2. Papa Joe says:

    Pedro….meu amigo Pedro….deram-te um PC novo para testar foi? E ficaste maravilhado…Não foi ,Pedro, pelo sistema em si mas pelo design da máquina, não foi pela facilidade de navegação no sistema como referiste , mas sim Pedro, pelo fato da máquina ser nova..

    Vai pedir à Microsoft para te emprestarem Surface Studio e depois falamos..Pedro…tss tss

  3. Papa Joe says:

    E o que é essa coisa gigante que está atrás do teclado….Uma base para copos?

  4. Redin says:

    Acho que o teu subtítulo deste artigo “macOS limita mas simplifica tanto” deveria ficar por aí mesmo, já que as limitações fundamentadas assustam qualquer um que fique tentado em mudar como fizeste. Assim que li o texto desse subtítulo fiquei sem qualquer vontade em poder vir a testar, mas isso sou eu que, no que diz respeito a novos sistemas sinto-me um “velho do restelo”.
    Parabéns pela forma como rompeste com a dependência.

    • Yu Ho says:

      Não creio que sejas.. existe mesmo um enorme gap.

    • GPinto says:

      Chama-se a isso bom senso e capacidade mental para escolher o melhor produto. Ja tive MAC e Iphone, e nunca mais, desperdicio de tempo, de dinheiro, e de saude nmental, so chateia querer fazer algo e nao ter como, querer copiar ficheiros de um lado para o outro e ser limitado constantemente pelo sistema. A Apple por mim poderia falir ja hoje, sairiamos todos a ganhar.

  5. Luis says:

    Pois comigo aconteceu o contrario, era user windows, passei a linux e terminei em Mac depois de 6/7 anos em mac resolvi passar a windows pois a apple esta a fazer uma coisa que quanto a mim é absurda que é manter especificaçoes absurdas para maquinas carissimas, ao querer uma maquina de trabalho para experiencias e crescimento profissional com testes em maquinas virtuais abandonei e tal como tu comparto a opiniao que Windows 10 esta muito bom….quanto ao Mac vou usando ainda em maquina virtual, pois….Se antes pensava que os 1200€ eram bem empregues com as especificaçoes que estao a meter nas maquinas ja os acho muito mal empregues, pois com 1000€ montei um i7 6400K 32GB RAM um SSD M2 e 1TG SATA, maravilha de maquina 🙂

    • Joao says:

      Luís, percebo o seu ponto de vista, mas repare que o comum mortal na sua maioria não percebe nada de especificações técnicas. Normalmente querem um produto que funcione Out of the box sem grandes ponderações a nível de especificações e (independemente do preço) os Macs estão bem nesse patamar, agora acompanhados com a linha Surface da Microsoft.

      • GPinto says:

        A linha Surface da Microsoft n#ao deveria estar aqui a ser comparada com Macs, s#ao produtos diferentes. Mas concordo com o que diz. A nossa sociedade esta a ficar “burra”, todos compram seja o que for sem saberem o que realmente estao a adquirir, nem sequer querem saber se realmente necessitam, se ]e o produto ideal para o que precisam, se existe uma melhor opcao no mercado por um preço mais justo… enfim, estamos numa epoca de consumismo, materialismo, e consequentemente “burrificaçao” de mentalidades.

    • Pedro Neto says:

      i7 6400k? que processador é esse?

  6. Dope says:

    Artigo sem opinião, mas de publicidade.
    Aqui está um User que mudou para melhor… Windows é de longe melhor que o MacOS (OSX).
    Já agora…. jogamos um Call of Duty nessa “maravilha”???

    • Luis says:

      Se for na PS4 sim no PC so uso para trabalho, nem grafica tenho uso a onboard 🙂

    • Ikon says:

      Eu prefiro Windows, ja tive um macbook pro também, mas toda a gente sabe que o Macbook e o OSX não é para jogos, não comparem coisas incomparaveis por favor.

      • macHACKos says:

        basicamente qualquer Windows faz tudo o que faz um Mac, mas um, o Mac não faz tudo o que faz o Windows

        • marco says:

          isso é tudo o que deve ser falado em termos de comparação. o Mac OS é um sistema que tem a minha simpatia mas é muito a baixo do Windows, sempre o foi em “tudo” faz muitos anos, mesmo sem falar em compatibiliades de software. não entendo o porquê de existir gente que se esforça a não ver o obvio, pessoas que gastaram altos valores em um pc da Mac e num género de se justificar “não sou um otário, comprei o melhor!” se esforçam em inferiorizar o windows, em fim… eu não dava metade do valor de um pc da windows por um da mac. como a mac nunca conseguiu o mercado, tentou desde alguns anos atrás construir produtos vistos como de luxo, ou seja, apenas pessoas com dinheiro poderiam comprar aquilo e mostrar que têm algo caro. esses pcs atuais da mac têm uma finalidade de ser para gente manienta que gosta de ter algo diferente (ainda que de desempenho inferior) só para mostar que têm algo diferente em mãos. a mac ao contario do que disse alguem em cima, faz sim descontos para escolas, centros, empresas no sentido de tentar tornar os seus sistemas pupulares, num curso que fiz eles praticamente deram os pcs para a formação que fiz. o centro afirmava que as empresas usam mac (isto em 2004) quando fui para as empresas desde lá até agora nunca vi lá nenhum mac.

          • Marco says:

            “como a mac nunca conseguiu o mercado,”, cof cof, vai estudar a história da informática

            “tentou desde alguns anos atrás construir produtos vistos como de luxo, ou seja, apenas pessoas com dinheiro poderiam comprar aquilo e mostrar que têm algo caro.”, Por acaso a maior adoção dos portáteis Apple foi quando estiveram com o preço quase em linha de com a concorrência directa ente 2006 e 2012.

            E sim fazem descontos como qualquer outra marca de computadores, a própria microsoft faz os mesmo descontos.

            Continuando na saga do descontos já desde o inicio que a Apple faz descontos para a educação e para ciência, era um ponto de honra na antiga Apple, nesta não sei.

          • GPinto says:

            Marco, a Apple nunca teve uma fatia significativa no mercado, sempre foi um vulto, uma sombra, a correr atras dos grandes, so nos ultimos anos tem tido uma significancia minima, deve-se isso apenas ao excelente marketing da Apple que sabe como “atacar” os consumistas que temos estado a virar nas ultimas decadas.
            Quanto aos descontos, nao sao verdadeiramente descontos, mas sim um abatimento ligeiro no valor do (absurdo) lucro.

          • Marco says:

            Quando a ms fazia software para a IBM e para a Apple, OK já foi há muitos anos, mas a Apple nessa altura tinha uma boa cota de mercado, upa upa, não fosse o jobs perseguir quem fazia clones e ter lançado 2 computadores que não eram compatíveis e a história seria diferente. Mas os ses não valem nada.

        • Phone Jacking says:

          Tens razão, o Mac não faz bluescreens nem greenscreens com a frequência do Windows 10!!!

          • 123asdasd123123123123 says:

            a frequência que o window os faz é 0 😀 e já uso desde as early betas 🙂

          • GPinto says:

            Estas a comparar com OS antigos, mas mesmo assim, o fosso entre OSs era ainda maior nesse tempo, pois a Apple estava bem mais trasada que a MS nessa altura. Atualmente a MS esta a acelerar o ritmo de novo e o fosso entre OSs ira ser muito maior que aquilo que esta na atualidade.
            Voltando aos Blue e Green Screens da atualidade, eles aparecem pela mais variadissima razao, mas os muito poucos que vi foram sempre causados por Hardware defeituoso/danificado e drivers incorretos (dos fabricantes).

    • qwerty says:

      Tenho um PC apenas para jogar, o resto da minha vida é tudo num Mac, obviamente.

      • Fabio says:

        Aqui está um parceiro… A minha história é idêntica, com a diferença que já foi há muito tempo e nunca mais larguei os macs. Obviamente que tenho um pc com o wind 10 apenas para jogar…

    • Luís Figueiredo says:

      Impressionante, tanta coisa boa para se poder argumentar e foste logo falar na mais idiota. Um computador para jogar?

      Que idade tens?

      Cada macaco no seu galho jovem. A conversa é sobre máquinas reprodução, trabalho, criatividade, arte e oferta sobranceira.

      Porque não questionas a qualidade das ferramentas de administração de redes? Será porque o macOS ‘ter um Linux’ lá dentro e não há nada melhor que Linux para gerir sistemas?

      Então e ferramentas gráficas? Esquece, só para teres uma ideia, a suíte da Adobe corre muito melhor no macOS que no Windows.

      Ok… não tenho o Corel nem a Sage… mas há tantas alternativa!!!

      • JS says:

        LOL Luís argumento ainda mais idiota… enfim

      • Daniel Ribau says:

        lol , de onde eh que este saiu ?
        mac eh melhor para … ferramentas graficas ? .. adobe corre melhor em mac ? … este precisa-se informar… trabalho com os 2 sistemas… em adobe PS e AI… e digo desde já meu caro… que em windows se torna muito mais rapido… por causa da maquina.. nao por ser APPLE … agora se disserem que é mais “fluido” ou intuitivo trabalhar em MAC aí sim, concordo , de resto nao…

        • PL says:

          Se quiseres posso fazer um vídeo de um MacBook, sim o fininho e de características muito inferiores ao PRO, e de um surface 4PRO a fazer uma conversão de objectos para 3D e depois falamos.
          Já estou a trabalhar o objecto em 3D no Mac e o Windows a pensar.

          Só não entendo está mania de quererem mostrar que um OS é melhor que outro.
          Eu prefiro o MacBook ao Surface, é mais leve, e inicia mais rápido.
          Entre outros factores sigo a preferir o Mac.

          Quem prefere Windows, pois que o use. Não tenciono convencer ninguém a mudar.

          • Daniel Ribau says:

            comparar um macbook a um surface… serio ? desisto…

          • PL says:

            Daniel,
            Não estou a comparar nada, estou a dizer que para algumas funções até o MacBook é mais rápido com menos memória.
            Tudo porque o OS X tira melhor partido dos recursos

            O Windows 10 está muito bom mas continua um monstro a consumir e gerir recursos.
            Daqui a uns 5 anos, instalas uma versão de hoje do Win10 num PC com provalmente 64 ou 128 GB de memória e continuas a trabalhar com 64 Mb de memória desponivel
            A forma de gestão dos recursos é desleixada e francamente pobre

            Por isso tens máquinas de com maior capacidade do que os Mac mas depois o rendimento bastante inferior

            Se queres a minha opinião, e por favor não penses que te quero convencer que Mac é melhor, não podes comparar uma peça de quase absoluta harmonia entre peso, performance e design como o MacBook com um surface quadrado, pesado e absolutamente mal pensado para quem viaja e precisa de conectividade e mobilidade( nem o carregador é pequeno)

          • rc_joaopedro says:

            mas ainda não perceberam que as specs têm de ser aplicadas à função da máquina? Um octacore terá sempre mais desempenho em tarefas multi-thread, mas se calhar em jogos não se nota a diferença para certos processadores só com 4 core. Ide ler…

          • Ricardo says:

            “Quem prefere Windows, pois que o use. Não tenciono convencer ninguém a mudar.” Ora aqui está alguém com bom senso. As pessoas sentem um ódio de uma maneira pela Apple que não é normal. Eu fico parvo com alguns comentários. Esse tal de GPinto tem um ódio de morte que até reza para a Apple falir mas não vale a pena falar em nomes. Eu só acho que cada um usa o que mais gosta mas aqui nos comentários parecem padres a tentar converter as pessoas a ser anti-Apple. Tinham de me pagar mas muito bem pago para ir para uma notícia de algum produto que não gosto destilar ódio. Agora uma opinião sobre a notícia. Eu uso windows mas sempre tive curiosidade de experimentar Mac. Nunca comprei por não ter dinheiro para gastar só para experimentar e depois posso não gostar. Mas uso iPhone e adoro tudo o que ele faz. E aqueles que vêm falar da simplicidade, é mesmo isso que gosto nele. A simplicidade que posso fazer qualquer coisa. Não tenho de andar a ver triturais para saber como algo funciona. E para acabar tenham menos ódio porque isso faz mal ao coração e deixem as pessoas usar o que lhes apetecer

        • Marco says:

          quando a Adobe se der ao trabalho de portar muito do código antigo que tem na suite para a mac… assim como fez na plataforma para windows….

      • Cortano says:

        O suite fa adobe já não corre melhor num mac, isso é coisa do passado.
        Hoje em dia até diria que é o inverso – uso o suite da adobe em ambos.

      • Three says:

        Trabalho? Em mac? Só para quem brinca com sketch e acha que é gente. Ou então malta que justifica macOS porque tem o ide que preferem. Pelo amor da santa.

    • Rui says:

      E parece que ainda ninguem falou na facilidade da instalação e desinstalação de software no MacOs 😉

      • Luís Figueiredo says:

        Da 10 a zero ao Windows. E já para não falar na instalação do próprio sistema operativo, os restauros dia backups via Time Machine…

        Bahhhh quem fala essas ‘balelas’ é apenas porque não conhece o macOS.

    • Pedro Pinto says:

      Eu não sou um utilizador de jogos 🙂

    • Zeca says:

      Ou melhor! façam renders… fiquem ai anos à espera! abraço até 2020!

  7. RF says:

    loool.. eu tenho Mac há mais de 8 anos.. e cada vez gosto mais de Windows! Sem dúvida que o hardware/qualidade construção/design da Apple é muito boa, mas ultimamente o software tem deixado muito a desejar..

    • Hugo says:

      Já somos 2.
      Tenho Mac mais ou menos ao mesmo tempo e o facto de não mudarem muito era bom mas sempre que tentam inovar, só fazem estragos.
      Achei piada à última de retirarem por omissão a percentagem da bateria (que dá para colocar novamente), ou seja, em vez de resolver o problema na raíz e que diz respeito aos novos Macs, retiram a percentagem, ou seja, estão a chamar de estúpidos aos utilizadores.
      A cada update fica pior.

    • Ze says:

      Eu usei durante 12 anos e encostei recentemente o meu mac, o Windows 10 está excelente e efectivamente o único ponto realmente diferenciador neste momento é mesmo o trackpad que é inigualável, melhor e mais útil que qualquer rato.

      A review está muito básica, normal de um n00b, Terminal é puro lixo tens de ir para o iTerm2 para ter o verdadeiro “unix” na ponta dos dedos, ninguém que use linha de comandos a sério de contenta com o Terminal, no que diz respeito ao spotlight é muito bom sim, mas se é para tirar partido a sério das coisas o ideal será ir para LaunchBar com powerpack ou Alfred, muito mais customizavel.
      É um bom sistema operativo mas é preciso saber tirar partido dele, para todas as ferramentas built-in do sistema há alternativas muito superiores, principalmente pela customização ou funcionalidades acrescida.
      Sinceramente hoje em dia acho que não compensa usar macos, faço uso de qualquer sistema operativo como poweruser e sys admin mas não há nenhum neste momento que se possa equiparar ao Windows 10.

      • rc_joaopedro says:

        pois tu és poweruser mas a vida não são powerusers… São users. São users que usam telemovel e tablet de certeza e que querem usufruir do sistema e não andar a escavar nele em linhas de comandos. Olha não há nenhum PC que seja mais produtivo do que um mac para mim sabes porquê? Porque não tem nenhuma alternativa ao garageband. Depois o windows é superior em gestão de documentos pessoais, fotos e videos.. Até traz um editor de videos gratuito que é top! Epá…

  8. Gonçalo says:

    Senti isso tudo mas quando utilizei pela primeira vez o distro Lubuntu.. primeira utilização foi extremamente complicado . No windows já estamos mais que habituados a correr um setup , o facto de escrever num terminal em código para executar um programa é algo estranho e para começo um bocado dificil .. Bom artigo Pplware !

  9. João Pereira says:

    Estou na dúvida se o próximo portátil que adquirir deva ser um mac. Tenho andado a ler artigos relativamente de comparação entre mac e windows e a verdade é que a elegância de um mac já começa a pesar muito na questão de portabilidade. Começo a pensar que o preço de um macbook air acaba por compensar devido ao peso e elegência. No entanto, face a inúmeros artigos (alguns até publicados pelo pplware) gostaria de saber vale a pena avançar para a compra de um macbook air tendo em conta os vírus/erros/perda de ficheiros pdf que por aí reportam?

    • Miguel says:

      Virus? Para cada virus no mac tens 99999999999999 no Windows. Nunca usei antivirus nem firewall no mac em 5 anos e nunca tive problemas.

      Erros? Não sei do que falas. macOS não é tão estável como ja foi mas a única vez que vi um crash no meu Macbook Air foi…No Windows.

      Perda de ficheiros PDF? Uso o pre-visualização todos os dias e nunca me aconteceu nada. Mas na duvida podes sempre usar uma alternativa da Adobe ou assim.

      Comprei o meu primeiro Mac quando entrei para a faculdade, tava farto dos erros dos Windows. Na altura como os macs são caros comprei um Macbook Air de 13″. Era relativamente barato, leve, super fino e incrivelmente elegante (ja na altura andava com um hackintosh, btw).
      Gostei tanto que hoje ja tenho o mesmo Macbook Air, um Macbook Pro e um iMac e não os trocava por nenhum Alienware da vida. E até te posso dizer que tenho muitos colegas que por me verem a usar, acabaram tambem por trocar de Windows para macOS.

    • Cortano says:

      Há atualmente muito laptop windows com design com tanta qualidade que um macbook. É só abrir os horizontes.

    • Joao says:

      Se estás mesmo a falar do MacBook Air eu não recomendava, porque já são algo antigos. Se queres algo para portabilidade vê o MacBook “normal” (sem ser Pro), mas neste modelo deve estar para sair um novo em breve, se quiseres aguardar.

      • Miguel says:

        O macbook Air tem o problema do ecrã que é fraquinho, mas o Macbook é fraquinho em tudo 🙁
        Intel Core M?…

        • Joao says:

          O MacBook não é assim tão fraquinho quanto se pinta. Dependendo que se quer fazer, claro, mas na maioria dos casos é superior ao Air.
          E pessoalmente, depois de ter um ecrã com a densidade de pixeis do MacBook e do MacBook Pro, não queria nunca voltar para trás, mesmo que ganhasse em processamento.

    • João Pereira says:

      Agradeço o feedback.
      Já tomei a decisão e não irei comprar mac. Coloquei na shortlist Dell XPS 13 (apesar do preço) e ux360ua / ux330ua.

      Entretanto, deve ser o artigo mais comentado de sempre no pplware, não?

  10. jonas says:

    Aguardo pelo tutorial de instalação do windows nesse mac 🙂

  11. Tiago Costa says:

    Usem um Surface Book Performance Edition e já temos design, construção, desempenho e Windows. Além de estar uns bons anos a frente em termos de inovação do MacBook. O Surface Book é perfeito? Longe disso, ainda tem muito por onde melhorar, como por exemplo a inclusão de um porta USB-C, tirar o espaço que tem quando fechamos o portatil, etc… Apenas uma opinião de quem tem vários colegas com MacBook a quererem um SurfaceBook 😉

  12. BOA! says:

    bem vindo Pedro 🙂 Tens exactamente a mesma experiencia que eu no Mac. Isto vai-se descobrindo, e vais vendo que com o passar do tempo começas a fazer parte do sistema, tudo funciona sem problemas e sem muitos cliques, o que no windows…..só para eliminar um programa como é? PAINEL DE CONTROLO – click – REMOVER/MODIFICAR PROGRAMAS – click – PROCURAR PROGRAMA – click – REMOVER/ELIMINAR/MODIFICAR – click – SEGUINTE – click – seguinte – click – terminar – click. Fecha janela – click 😛 bem, voces perceberam ne? 🙂

    Mac: Canto inferior (pasta programas), procura programa a eliminar, arrastar para lixeira, feito 🙂

    esse é um dos exemplos.

    Pedro,mais uma coisa……um conselho — no mac as coisas são mais obvias. Vais-te deparar com algumas dificuldades mesmo que a solução esteja à tua frente. Nao vais saber, vais ao google e enocntras e depois dizes “duh…é so isos?” depois diz algo 🙂

  13. Lopes says:

    Para nunca mais lembrar o windows: ubar

  14. vrael says:

    Depende para o que se quer, renderizaçao de videos é melhor o mac, para ediçao de videos e imagens o mac é melhor, ou seja para trabalho. Navegaçao na net, jogos entao jogos windows sem duvida, tenho um amigo com um mac e apenas corre 1/4 dos jogos na steam. Quanto à qualidade depende do dinheiro se fizer um desktop ao preço dos mac (1k euros) ui o mac torna se em pó ao lado do desktop com windows xD

  15. macHACKos says:

    true story:
    a muito tempo num emprego, durante os primeiro disas levei o meu portatil Windows. Depois chegou o dia em que me entregaram um iMac novinho em folha. Tentei durante umas semanas até perceber as subtilezas do teclado e do UI do OS, mas vi que elegância complicava o que fazia de forma simples no Windows. Pedi para continuar a utilizar o MEU portatil, olharam como se fosse maluco. E fiquei com o iMac só para compilar coisas no xCode.

  16. Filipe Duarte says:

    Pedro,

    tive a mesma experiência em 2012, até lá utilizava windows e no trabalho usava ubuntu(cada atualização uma chatice). Não era de todo fã da Apple porque sempre tive a ideia dos meninos ricos e do material caro. Só para contextualizar o fã que era do android, comprei o primeiro android que saiu em Portugal para programar e aquilo era a melhor coisa do mundo.

    Voltando a 2012, estrategicamente investi num mac para conseguir programar em IOS e consequentemente adquiri um iphone e ipad, caso contrário a programação ficava limitada.

    No inicio sentia falta de alguns programas, mas com o tempo tudo é normal. O teclado iluminado, era uma das coisas boas na época.

    Estamos em 2017, o meu computador já conheceu 3 versões do mac sem nunca ser formatado e continua rápido…talvez pela pouca bixarada que existe para mac, teremos que admitir…

    Até hoje, apenas que lhe adicionei mais memória ram e a performance aumentou bastante quando estou a programar ou a editar vídeos.

    Por ser de alumínio, o estado continua impecável, mas dá literalmente choques e quando encosto sem querer o apple watch ao alumínio e ímen da bracelete faz suspender o ecra do mac 🙁

    Mas o que mais admiro e faço questão de mostrar aos meus amigos, é a bateria!, continua impecável, mesmo com a forte utilização que lhe dou, porque a renderizar filmes ou a fazer debug, os processos puxam muito pelo processador e consequentemente descarrega muito mais rápido a bateria, logo tenho que carregar mais vezes por dia.

    Coincidência ou não, carrego totalmente o mac, retiro o carregador, e só volto a ligar até ele estar com pouca carga..volto carregar totalmente e desligo o carregador…. isto acontece mais de 5 vezes devido ao trabalho que é exigido. Conclusão, passado 5 anos a bateria está praticamente nas mesmas condições. Quem usar um mac só para ir a net e escrever um documento e pouco mais, acredito que o mac vai morrer e a bateria vai continuar impecável. Já não se pode dizer o mesmo do iPhone.

    A integração com o iPhone nesta última versão também agrada, isto é, enviar e receber sms no mac é muito cómodo e de forma nativa, mas isso pouco importa, pois depende dos gosto e da utilidade de cada um….

    Aspecto negativo: A qualidade dos cabos do carregador, são uma miséria, já comprei mais de 4 carregador, tudo bem que são réplicas, mas aconteceu o mesmo que nos originais. ah…, e os choques.

    Agora que tenho conhecimento de causa, quem me aborda recomendo que compre um mac, porque apesar de ser mais caro (tendo em conta os componentes) é robusto, tem boa bateria, mas principalmente pelo excelente e rápido sistema operativo.

    Daqui a uns 3/4 anos vamos voltar a falar para ver se não tens o mesmo sentimento.

    Abraço

    • Cortano says:

      “Estamos em 2017, o meu computador já conheceu 3 versões do mac sem nunca ser formatado e continua rápido…talvez pela pouca bixarada que existe para mac, teremos que admitir…”

      Sabes há quantos anos não formato o meu PC? já lá vão 6 anos e já levou 3 versões de Windows.

      • Cortano says:

        E versões novas windows não são a treta dos updates do OSx que só metem mais lixo e emojis

      • Filipe Duarte says:

        Fiz questão de dizer apenas a minha experiência, apenas isso, sem grande argumentos, pois de um lado ou de outro são sempre discutíveis.

        Mais informo que também utilizo windows 10 num computador desktop muito superior ao meu mac e foi mais barato, mas não se nota grande diferença, apesar de diferença de componentes…neste caso o sistema operativo faz a diferença….

        A parte da formatação está relacionada com a bicharada, pois considero que quando alguém necessita de formatar o pc é porque está lento devido à bicharada. É mais fácil matar o mal pela raiz, por isso é que de vez em quando a malta formata o windows, claro que por erros do utilizador em sacar e visitar certos sites.

        Elogio a minha bateria, mas não sei se é geral ou não em MAC (gostava de saber), posso ter tido sorte com a minha, motivo pelo qual disse o procedimento de como faço a gestão dos carregamentos, pois considero que a troca de experiências genuínas e não tendenciosas são o mais importante para todos aqueles que lê-em os comentários.

    • Pedro Pinto says:

      Fica combinado. Obrigado pelo teu testemunho ;D

  17. lufinima says:

    Caro Pedro, como já referiram por aqui, não escolheste a melhor altura para trocares de um sistema para outro, e digo isto como utilizador de Macbook Pro e OS X à cerca de 8 anos. O Windows 10 é na minha opinião o melhor SO que a Microsoft fez.
    Pessoalmente estou cada vez mais desiludido com a Apple no segmento dos portáteis, máquinas estupidamente caras e cada vez mais limitadas. Alguém me consegue explicar a diferença entre os novos Macbook Pro e os Macbooks que já existiam? É que os Pro para mim não têm nada de Pro
    Sinceramente se eu quiser trocar o meu velhinho Macbook Pro por um novo modelo tenho a certeza que ficarei mais mal servido por muito mais dinheiro.

  18. José Carlos da Silva says:

    Uso Windows (e Linux de vez em quando) desde sempre, em casa. E OSX no trabalho (também já há uns bons anos). Equipamentos à parte, continuo a preferir Windows em muita coisa. Mesmo para trabalho, considero o OSX menos produtivo e menos prático. OSX tem umas coisas engraçadas, mas tive de forçar a desactivação de tudo o que é transições e animações (ao final de uma semana deixa de ser novidade e passa a ser só irritante).

    Não consigo gostar do/preferir o SO da Apple.

  19. vargas says:

    O Mac voltou a ser o que sempre foi….uma solução de status. Quantos users que apenas têm Mac pelo “estilo”, não só da maquina, mas também da aparência de sofisticação/status que causa? Não quero dizer com isto que a maquina não é boa, longe disso. A questão realmente importante esgota-se na eterna equação preço/desempenho/utilização, onde a balança cai quase sempre para a solução Microsoft, salvo as excepções já referidas (tratamento de imagem, vídeos, segurança, etc.), mas cujo mercado de utilizadores que realmente necessitam delas, é marginal face á globalidade do mercado.

    • Cortano says:

      Esqueçam a vantagem do tratamento de imagem nos macs, isso é mito urbano.
      Os macs nem sequer têm o hardware mais recente para isso.

      • José Carlos da Silva says:

        Eu que o diga, que trabalho diariamente com isso. Tenho uma máquina com as melhores specs de meio do ano passado e mesmo assim deixa muito a desejar.

      • Luís Figueiredo says:

        Não sabes o que dizes só pode. Fanboy até no nome… tira a camisola, a Microsoft deve ser quem te paga ao fim do mês…. tu não estarás a escrever numa sala ali pros lados da expo?

        • Cortano says:

          Tu é que não sabes o que dizes! Trabalho com ambos os sistemas em ambiente multimedia.
          Mas se não acreditas em mim, vai ver os comentários em blogs de designers. Quem for isento não te diz para escolheres Mac para media por ser melhor. Diz que depende do gosto de cada um, porque vantagens não há 😉

  20. Manel says:

    Senti o mesmo quando larguei o Windows e passei a usar linux

  21. Jose says:

    Que tem mac de tão especial, na minha opiniao penso que muitos utilizadores usam mac pelo simples facto de ser simples, seguro”” e usam essa emoções para serem criativos e falar que soes melhor que o windows ou linux por outras palavras sentem-se ilusionados com a manteiga rolada da apple.
    Pois a maquina que roda windows roda linux e macOS se quisermos, e depende do trabalho que iremos realizar,
    Tudo basicamente é como uma saida, eu saio de camisa e voce de casaco, nao diz que voce impriona mais que eu ou sera o escolhido tudo sera um gosto e uma experiência.

    Em termos de hardware e preço sabemos bem que o pc enbrulha os macs

  22. PM says:

    Bem vindo á história da minha vida.

  23. José Francisco Gomes says:

    Meus amigos, vejam o que é um Surface Book ao lado de um MacBook, o Surface Book é fantástico comparado com o Macbook e também é uma máquina elegante

  24. ruidias61176 says:

    Vou dizer uma barbaridade anti fundamentalismo… Tenho um macbook pro de 13 que trabalha muito bem e uso para a componente multimédia. Tenho um ASUS ROG com windows para jogar e trabalhar em Office (na empresa onde trabalho só se conhece Windows). E tenho um toshiba com Ubuntu… E (é agora!!!) gosto de todos e reconheço coisas boas e más em todos. Não compreendo estas posições extremadas de que Mac é que é bom / Windows é que é bom / Linux é que é bom!

    • JB says:

      Concordo contigo e não é nenhuma barbaridade. Como técnico de informática tenho que trabalhar com um pouco de tudo. Sobretudo a nível técnico prefiro de longe o windows mas a nível de multimédia e produtividade pessoal, gosto mais do Mac. O linux atualmente está e melhorar numa e noutra área, está muito rápido e estável. Sobre jogos o windows está bem distanciado da concorrência. Todos tem pontos mais fortes e mais fracos também. É uma questão de ver o que melhor se adapta às nossas necessidades e carteira! Quem não tem cão caça com gato!

  25. just a normal guy says:

    li assim na diagonal,mas nao percebo uma coisa,que genero de portatil tinhas no windows para nunca teres utilizado o trackpad,da mesma forma que gastaste esse dinheiro todo no macbook pro,usa um portatil de custo semelhante,porque decerteza que tambem nao usas o rato mais, eu quando tinha um portatil mais fraco na ordem dos 600euros tambem nao usava o trackpad,agora que uso um hp spectre 13, o trackpad funciona tao bem como um rato,nem penso em usar rato se nao for para editar videos porque se torna sempre mais rapido. la esta para comparares com um portatil windows tens que comparar com um da mesma gama do macbook pro.

  26. Cortano says:

    ” no Mac é muito poderoso e quando damos por nós estamos a ler/ver um tutorial para descobrir como tirar o melhor proveito do mesmo” – nunca pensaste em fazer isto num windows? Ler o manual? É que o Windows tb aceita gestos.

    A touch bar?! é giro, daqui a 1 mês volta e diz se continua a ser útil.
    Aviso: O OSx está cheio de bugs… aos poucos vais descobrir que afinal… epá… se calhar… nem é assim tão bom como isso – já foi em tempos

  27. Logic404! says:

    Nós é que nós temos de habituar?Por isso é que editores a sério usam Premier e afins e os pseudo criadores de conteúdo usam final cut que em vez de te dar opções de o personalizares para que o programa trabalhe da tua maneira, tal como o premiere , aplica antes o típico costume da Apple em que eles é que sabem como tu deves utilizar o dispositivo e o que tu queres, neste caso o programa.

  28. Bigodes says:

    Acho que ainda tens muito mais para aprender no OSX. E não sei porque dizem que o OSX está pior agora. Da minha experiência, o Sierra é provavelmente o OSX mais “polido” de sempre. O eco-sistema Apple é único e só tenho pena (isso sim) de por vezes não funcionar como era suposto. O windows 10 está muito bom mas continuo a achar o OSX muito mais agradável, rápido e intuitivo de usar, tanto para lazer como trabalho. Se muda-se agora para um laptop windows, tenho a certeza que ia arrancar cabelos nomeadamente pela falta de coisas como: Spotlight, Mission Control em active corners, QuickView, Trackpad, Continuity, etc.

  29. daiquiri says:

    ri muito com este artigo

  30. Pedro says:

    Shell MacBook com Win10.

    Done!

  31. Marco Tullio says:

    Servidor – Linux
    PDV, Comercio e Jogos – Windows
    Produtividade, Videos – Fotos – Musicas – MAC
    Linux – Velocidade e Estabilidade
    Mac – Facilidade e Produtividade
    Windows – Comercial e Jogos

  32. DC says:

    Nunca tinha escrito comentários aqui… Depois de ler este artigo senti necessidade de o fazer.

    Estava a ler o artigo, e a rever-me completamente, tive o mesmo processo à pouco mais de 2 meses e aconteceu-me TUDO o que aqui foi descrito, e concordo com tudo o que foi dito.

    Veja-se, eu trabalho DIARIAMENTE em Windows e tenho MAC no âmbito pessoal/académico. E realmente vejo vantagens e desvantagens nos dois sistemas/maquinas!!

    Muito obrigado pelo artigo

  33. Joao 2348 says:

    Só para lembrar que o Windows 10 irá ser substituído por uma versão nova lá para 2020 ou antes, que é quando acaba o suporte principal (13 outubro 2020) e em 14 de outubro de 2025 acaba o suporte extendido… logo ao contrário de alguns boatos iniciais o Windows 10 irá mesmo deixar de ser suportado no futuro próximo… e o ser o último sistema operativo da Microsoft só é verdade se alienarem esse mercado.

    Quanto ao MacOS a realidade é que muita gente o prefere, pelo menos Youtubers com o Final Cut Pro X porque simplesmente funciona e é intuitivo… e como há menos porcaria (spyware/ malware) para esse sistema operativo acaba por ser mais fiável. Tem ainda outro factor, como é a Apple que decide onde mete o MacOS então garantem as especificações mínimas de hardware… porque se o pessoal gastar o mesmo dinheiro no hardware para o Windows que gasta para um MacOS então, com o o Windows 10, não deve notar grandes diferenças a nível de performance… contando que não ande a instalar porcaria com spyware/ malware.

  34. Miguel Santos says:

    Escritor por um “adminsitrador de sistemas” que gosta do terminal do macOS, mas esquece referir do Bash do Ubuntu no windows 10 nativo…

  35. Bruno says:

    Texto muito bonito mas a verdade é as pessoas não podem viver sem sistemas Microsoft!! E quando falamos em trabalho, produtividade a coisas fica ainda mais forte, OS X é bom para “end-user” a Microsoft tem ferramentas muitos poderosas como active directory e outlook (também existe em osx) é difícil arranjar concorrência a altura. Sou técnico de informática de profissão e nunca vi alguém da área a pensar em fazer tal migração… Poderia escrever muito mais….:-)

  36. Nunes says:

    Bem-vindo Pedro. Como eu costumo dizer, é o meu ubuntu sem problemas! 😀

  37. Luis Coelho says:

    Esta não percebi…
    Porquê?

  38. Paulo says:

    Confesso que já não tenho pachorra para estas guerrinhas entre fanboys Microsoft e Apple. Cada vez mais, é uma questão de preferências.

    Sobre o artigo, revejo-me completamente nele. Embora eu tenha feito a transição há mais tempo 😉 Parabéns, Pedro.

  39. rc_joaopedro says:

    Eu fiz exatamente o mesmo, mandei o windows pastar. Cansei-me das atualizações que preparam o computador quando simplesmente quero fazer alguma coisa simples, cansei-me dos erros na placa de rede, cansei-me da corrupção dos instaladores e do registo também… Estava fartinho de cabos e mais cabos por todo o lado. Toda a gente fala do mac para isto e para aquilo mas em concreto só vejo programadores a falar. Quem gosta de música como eu gosto já tem o garage band que com um ou dois cliques reconhece a entrada de audio pela interface, sem qq latência como no windows, sim é a mesma interface… e de fotografia nem precisa da adobe para nada, instala o Afinnity. Se quero jogar isso é outra história pois os pcs para jogos são ao preço de um imac, isto não esquecendo a qualidade dos ecrãs retina. Ainda não entendi a razão pela qual tão mal falam do sierra e usei windows 20 e tal anos. Quando falam nas inovações do windows eu pergunto quais em concreto? ou melhor quais as inovações que o win 10 tem que o sierra não tenha melhor. Será a falta de um leitor de dvd nativo ao SO? Será o pálido Groove que está anos atrás do itunes ou será a loja que é tão fraquinha?

    Para terminar a razão pela qual deixei de querer usar windows: simplesmente é um sistema bipolar. Ao mesmo tempo que permite mudar as definições de diversos parametros pela interface nova, também é possível aceder aos mesmos conteúdos pela maneira como sempre se fez. É como se existissem dois paineis de controlo por exemplo. Que é isto? É isto a inovação? O menu iniciar que só dá granel e nem sequer é possível remover uma entrada manualmente, o sistema de live tiles é horrível e só consome recursos. Para desinstalar um programa é necessário ir ao painel de controlo -> adicionar remover o programa e mesmo assim deixa rabos por todo o lado. Isto faz-me lembrar as primeiras distros do linux, onde se rezava para que se conseguisse ativar algo pelas Guis, o que normalmente fazia com que eu andasse a escavar na linha de comandos para ativar uma opção que simplesmente não era assumida quando ativada pela gui. O windows 10 está mal estruturado. Só quem não conhece bem o sistema pode dizer que é o melhor. O melhor foi o windows 7 porque o seu core não estava fantasiado para o carnaval. Visualmente o windows 10 não acrescenta nada que eu não tivesse já visto no Ubuntu Feisty por exemplo.. Depois o programa de email do windows 10 é de rir. Se usam office preparem-se para uma subscriçãozinha. Como podem os leitores do Pplware na maioria programadores ignorar a dualidade do windows 10? A sério, eu percebo pouco de programação, programei em Basic, Qbasic, Pascal, Python, Visual Basic, VBnet mas acho que chega para perceber como utilizador que um sistema windows é auto destrutivo para si mesmo, acumulando erros que vão sendo cada vez mais difíceis de resolver até à proxima instalação limpa e ocupando espaço crescendo dia após dia. Agora fica a lista de erros e falhas do windows 10:

    – o windows 10 espia os utilizadores (lá vou eu desenterrar a segurança mas é só ler pela net aquilo que o sistema envia para a microsoft…) ora tentem desligar a telemetria…
    – 2 paineis de controlo como referi acima
    – upgrades de conteúdo escondido e forçado
    – sem service packs – é um sistema em progresso
    – desinstalar a Cortana é quase impossível e os dados que a sacana envia…
    – Violação dos principios de rede (ficheiro de Hosts, protocolo dns e regras da firewall) para enviar telemetria
    – a cada upgrade novas aplicações metro mesmo que desinstaladas anteriormente
    – Inconsistência da UI (como atrás referi e pelo vistos não sou o único)
    – 2 tipos de fontes cleartype v2 para umas coisas e outro tipo de fonte cinza escura para apps modernas
    – painel de controlo com o tema moderno e para que ninguém chore um painel de controlo clássico
    – tamanhos e tipo de letra diferentes a gosto pq variar é bom
    – diferentes menus de contexto para cada tipo de aplicações
    – decoração das janelas é praticamente impossível de mudar pela interface nova
    – cores horriveis para os temas
    – perfil de utilizador que só usa 300 mb mal é criado… eu acho pouco …

    – não existe uma única aplicação que possa desinstalar de forma limpa (falha na hierarquia do registo)
    – svchost.exe uma filosofia inovadora com mais de 20 anos para preservar a RAM – sim senhor!
    – o utilizador como administrador de sistema
    – Sistema MSI é do pior, sempre sujeito a ficar corrompido
    – Para muitos utilizadores de laptop tem sido uma dor de cabeça instalar drivers para o seu hardware
    – Instalar o sistema de forma limpa só mesmo apagando a partição senão é só rabos…
    – maior existência de virus (não é culpa da microsoft de certeza)
    – bodas de prata na continuidade da fragmentação do sistema NFTS e aplicações que contribuem para isso não fazendo a pré-localização dos ficheiros
    – isto resulta num disco: cheio de lixo
    – softwares de anti-virus do windows -> só dão para rir…

    Dava para continuar o dia todo. Se eu tivesse conhecimento para falar assim sobre o Sierra falava mas infelizmente ainda não tenho. Agora espero que quando falarem em sistemas parados no tempo e abandonados, etc,,, etc…. voltem a ler.

    • Paulo says:

      clap clap clap…viva os teus argumentos! Windows é um INFERNO! É O MAL!

      Bora todos ter Mac em casa…é sempre mais bonito termos um equipamento que nos limita a sua própria utilização! Como já li aqui, os senhores já lá tem o teu dinheiro…e depois voilá…só podes fazer o que eles “deixam” assim não vais fazer asneira…boa!
      Isso é o mesmo que ter um FERRARI e não poderes passar dos 120Km/h…é parvo…mas é ostentação…”EU POSSO”!

      E depois todos os teus argumentos repetem-se…é para parecer mais coerente?

      Primeiro quase todos os teus argumentos caem por terra após as tuas próprias explicações…GOD!

      Falhas de Segurança? O Mac também os tem…já que gostas de escrever muito…aproveita e usa-o para pesquisar no Google…! 😉 O Google é Amigo!

      • rc_joaopedro says:

        não é um inferno é muito bom mas tal como no macos existem falhas e vocês têm de gramar com elas quer gostem ou não. Não percebo quando dizes que limita. Limita em quê? O que é que queres fazer que não podes? Diz lá que não podes usar o mac para instalar o windows… a sério… fazer o que eles deixam? como assim? A vossa questão é que querem denegrir algo só pq consideram ostentação. Então eu estou a onstentar o meu imac de casa para quem? eu posso? Se eu tiver um PC com refrigeração a água o que é? É para mostrar à namorada? é sempreo mesmo tipo de discurso…

    • Cortano says:

      Tu és um granda noob!!!

    • Cortano says:

      Já agora, porque é que no mac o icon do Finder é quadrado e o siri redondo? Onde está a consistência?
      Sabes que o Affinity Photo já existe em Windows? Tanto o Photo como o Designer. A Affinity chegou à conclusão que se quer ter mais clientes / não perder, tinha de passar para Windows e seguir os designers.

      Não tenho latência no Windows e uso muito software de audio, desde DAW a editores simples.

      Ecrãs de retina… os tais que a Apple vai deixar de fabricar? 🙂
      Hoje em dia nem sequer são os melhores.

      – “Windows 10 espia”…. LOL… a apple não?! LOL. Acreditas no pai natal?!
      – Ainda bem que não tem service packs. Windows sempre em evolução é melhor que receber um SP e ficar 6 meses à espera do seguinte para corrigir erros graves – aka apple
      – Desinstalar a Cortana é tão simples!!! Tu és noob! 2… vá… 3 clicks chegam
      – Violar firewall… bem… pelo menos é sinal que temos rede no PC… estive 6 meses à espera que a Apple corrigi-se o bug do wifi
      – Inconsistências do UI…. tens ao menos a noção que o MacOs está a ficar bastante inconsistente para um SO que não teve mudanças que justificasse isso? Mas sendo o W10 de evolução constante, estas inconsistências vão desaparecendo, o mesmo não posso dizer o OSx
      – Customização do ambiente de trabalho é tão simples no W10 que se faz em 3 ou 4 clicks (és noob?!)
      – O utilizador só é admin se quiser
      – Drivers é problema do fabricante, não do SO – ao menos o W10 tem hardware que se farta para escolhermos e trocarmos
      – se o Windows tem 90% do mercado de desktop, é normal que tenha mais virus. O Mac com os seus 8% não merece sequer o esforço – apesar de ser um sistema mais fácil de violar

      Sim, a Apple parou no tempo… de versão para versão a coisa está pior. Adicionar emojis e siri não é propriamente uma inovação.

      • rc_joaopedro says:

        Consistência na usabilidade não é no desenho dos icons isso fica ao cargo de quem gosta de estética no design. Sei que o affinity existe no windows há pouco tempo mas ainda não tem trial – sim sei. Windows 10 e apple espiam! Logo tens um empate técnico. Desinstalar Cortana ERA simples era antes do anniversary update… Sê específico na inconsistência do imac. Quando dizes que o Windows vai evoluindo achas isso bom? OK! mesmo que altere sem tu quereres… fala-me de quando o Windows tiver realmente optado entre metro ou interface clássica e vamos a votos… Não falei na costumização do ambiente de trabalho, falei em algo específico – ou seja nas janelas. Drivers é problema do fabricante mas existe, não existe? Vai pf ver os diferentes pontos que mudaram no sierra e depois aponta-os – olha que são bem mais do que os emojis e a siri…

        PS: é a partilhar ideias concretas que se comparam as coisas e que todos podemos com clareza ver as diferenças nos sistemas. Não é a omitir porque nos convém. Eu uso os dois sistemas e gosto mais do sierra e também sei que não é o céu azul com arco iris no alto mas quando se expõe uma opinião tem de se basear em algo concreto e não só na nossa experiência/gosto pessoal.

        • Cortano says:

          Quando falo em ambiente de trabalho inclui as janelas também.
          Inconsistências de usabilidade: no mac tens pelo menos duas formas de fazer delete (se o teclado não tiver tecla de delete), que varia consoante o software. Ou é com o FN ou com o CMD + bck space.
          Ora umas aplicações dão para fazer side-by-side outras não (e não falo de software de terceiros). E haverá mais, mas agora não me recordo (acho que no Finder também tem para lá umas quantas varia da forma como temos os ficheiros a serem apresentados).

          Sim, existe o problema dos drivers, afinal o Windows aceita até placas feitas no barracão atrás da fábrica – como o OSx só aceita os certificados, não tem este problema (apesar de deixar algum hardware cair por terra sem atualizações, em especial interfaces externos).

          POntos que mudaram no Sierra: Siri integrado (não uso). Login com o relogio (não uso), clipboard (não uso), emojis (não uso), imessage novo (não uso), files everywhere (não uso), apple pay (ehm… não uso), Photos (não uso), optimização no armazenamento (não uso a icloud).
          E isto são tudo tretas dirigidas a users caseiros.

          Coisas que não melhoraram e deviam:
          – Janelas side-by-side continua uma porcaria
          – Performance: caiu brutalmente
          – Estabilidade: ui… agora até bloqueia do nada e até demora a aparecer a janela de log in
          – utilização de 2 monitores está um bocado caotica, a barra de fundo muda de uma para a outra do nada
          – Janelas que abrem com uma largura superior a 2 monitores sem que lhes tenha mexido
          – Estabilidade do wifi continua má
          – Artefactos gráficos que ficam pendurados no ecrã… cena marada esta
          – Erros que eram tipicos no windows, tipo… apareceu um erro e a mensagem é tipo: pedimos desculpa mas não conseguimos detectar a fonte do erro… e fecha a aplicação e perde-se tempo de trabalho
          – Wifi que adormece e um gajo chega no dia seguinte a pensar que já tem o material na cloud para dar seguimento e… nopes… o wifi adormeceu e perco horas à espera que sincronize
          – pastas que abre na root quando eu indico para abrir como subpaste de outra
          – software que de repente deixou de ser compatível

          … e podia continuar

          • Marco says:

            tenho conhecimento desses erros, mas com o meu mbp de 2011 nunca tive mau wifi, e espero n vir a ter, assim como outros erros que apontas.

          • rc_joaopedro says:

            Exatamente, tu estás aqui a colocar erros muito pessoais: – performance caiu brutalmente e artefactos gráficos, erros de wifi, parecem-me um problema específico do teu sistema.

    • JJ says:

      Acho que tens de ir tirar um curso de como utilizar o Win10…

      Podes ate ter razão em alguns aspectos… mas em outros, não são assim bem como dizes.

    • DSpinola says:

      Concordo com muito do que foi dito. Fiz recentemente uma certificação Microsoft que se baseava muito no core do Windows 10… e sim, há muita coisa que simplesmente não faz sentido. A tua expressão “mascarado de carnaval” realmente diz tudo.

      A partir do Windows 8 as coisas começaram de facto a soar muito a carnaval. Faz-me lembrar um Android manhoso cheio de “launchers”. E a partir daí até ha bem pouco tempo foram muitos os problemas de estabilidade, metro apps, o novo menu inciar, edge e por aí a diante.

      Neste momento considero o Windows 10 um bom sistema operativo, mas se lhe tirassem as máscaras a fantasías ficava bem melhor.

    • Pedro Pinto says:

      Gostei 🙂 Obrigado por contares a tua experiência.

  40. Dedo Maroto says:

    No love for Ubuntu?

  41. rc_joaopedro says:

    o comment sumiu-se no éter…

  42. Antoino Alverca says:

    O Fascismo também era bom para quem só conhecia isso mesmo !!!
    É tão bom deixar as escolhas para a Apple !!! (curioso o aspecto de eles limitarem os utilizadores a utilizarem produtos deles e software deles e app’s deles eo teu dinheiro que passou a ser deles !!!)

    Design, sim !!!
    Qualidade, nem sempre !!!
    Potência da máquina, raramente !!!
    Flexibilidade, nenhuma !!!

  43. rc_joaopedro says:

    O q posso eu fazer qd o Win10 é bipolar com interfaces distintas para cada gosto e com a fragmentaçäo do ntfs q dura há mais de 25 anos e mesmo assim está bem citado pela sua inovação? E as pessoas adoram?

    • Cortano says:

      Sim… o MacOs é que inovou… tem uns emojis novos

    • winetree says:

      O sistema de ficheiros, o registro do sistema e gestão de memória continuam a ser deploráveis no windows… mas já está muito melhor. Quem acompanhou desde o DOS e as primeiras versões do windows, reconhece que a evolução é notável, mas continua a necessitar de um salto como a Apple fez do Mac OS 9 para o Mac OS X, mas reconheço que é difícil por causa da gigantesca base instalada e problemas que isso traria.

  44. Jaquim says:

    Achei engraçado alguém dizer indirectamente q conhece mto bem o core do Windows (não me parece), tb achei interessante criticar a possibilidade de alterar tipos de letras e depois criticar tb não poder alterar aspectos de janelas, afinal em q ficamos, peca por excesso ou defeito. É natural o Windows ser o mais criticado, quer queiram quer não é o mais usado e explorado
    Quanto a durar mais nas empresas do que equipamentos com Windows é de totalmente falso, trabalho numa empresa com 7000 empregados e sei bem do q falo para o mal e para o bem, são identicos.
    Bem de qq forma posso acrescentar mais algumas anomalias no Windows como tb posso acrescentar no osx.
    Cada sistema é bom de acordo com o perfil de utilizador. E Todos são bons com base nesta premissa.

  45. Hugo says:

    rc_joaopedro Não te esqueças que a Apple também recolhe dados do utilizador.
    Tanto o MacOS X como o Windows estão longe de serem perfeitos.

  46. arkan says:

    sempre soube que o pplware era fã de apple/mac/ios. enfim..que seja feliz, o windows não sentira falta 🙂

    abs

  47. DSpinola says:

    Sou informático, e profissionalmente uso Windows (maioritariamente 10).
    EM casa tenho 2 maquinas com Windows 10 em casa, um servidor com WIndows Server 2012 R2… e um MacBook Pro com MacOS Sierra.

    Tal como o Pedro, ainda me estou a acostumar ao sistema, e partilho da sua opiniao quando ‘as diferencas e “maneiras de fazer coisas”… mas a verdade é que cada vez mais estou usando o Mac para tarefas que antes me pareciam quase exclusivas ao Windows. A experiencia que (depois de acostumado do SO) o ecossistema Apple nos proporciona é fantástica, especialmente quando temos um dispositivo móvel. Assim que comecei a usar meu iPhone 7 Plus lado-a-lado com o Mac fiquei maravilhado.

    Substituir definitivamente considero impossível neste momento devido ‘a minha necessidade profissional, gaming e algumas tarefas em que necessito Windows, mas para o dia-a-dia traz-me sem dúvida uma experiência nova e muito agradável.

  48. JJ says:

    Pedro… desde que continues a fazer os bons artigos sobre o Windows, usa o que quiseres!

  49. winetree says:

    É só malta que teve Macs e mudou para windows… LOL
    Que pianolas… 😉

  50. rc_joaopedro says:

    para os que têm mac e se sentem aprisionados pela apple, a própria apple fornece um programa que já vem no macos chamado Boot camp. e ainda explicam como:
    https://support.apple.com/pt-pt/boot-camp

    • winetree says:

      Usa uma VM com parallels ou outro que é bem melhor!

      • Joao Carvalhinho says:

        Podes usar bootcamp para quando queres “jogar”, e usar exatamente a mesma instalação no parallels/VMWare para integração dos dois sistemas. Todas as alterações feitas em bootcamp serão reflectidas na VM e vice versa.

    • Joao says:

      Isso é como quem diz:
      “Comprem mac mas usem windows porque nós não temos grande variedade de software.”
      É com cada argumento….

      • rc_joaopedro says:

        mas a questão é que temos. Enumera lá um software que haja no windows e não consigas no mac algo semelhante senão o mesmo? de que é que precisas que não tenhas no mac? Estou curioso.

        • rc_joaopedro says:

          Eu ajudo. Pontos negativos no mac:

          – Não é de todo uma plataforma robusta para jogar
          – Não é uma plataforma para upgrades ao hardware
          – Ficas a fazer parte da minoria (toda a gente usa windows)

  51. Paulo M says:

    Vírus, malwares, Trojans, sistema lento se tiver muitas janelas abertas ou programas, bateria, formar, formar, formar, etc etc. EIS O WINDOWS

  52. Belmiro says:

    Pedro Pinto, tenho duas perguntas:
    – porque mudaste para MacOS?
    – o aparelho foi de alguma maneira directa ou indirecta comparticipado por alguma empresa?

    Agradeço a (tua) resposta, abraço

  53. Vitor Figueiras says:

    Alguem tem algum MAC para vender já que estão pô-los de lado?

  54. JM says:

    Cumprimentos a todos(as).
    E porque não ter uma máquina “Hackintosh”, mais ou menos potente (de acordo com as possibilidades de cada um) com triplo “boot” Windows 10/Sierra/Linux, utilizando cada qual conforme as tarefas a realizar?
    Tem-se o melhor de cada sistema operativo na mesma máquina.

  55. Joao Carvalhinho says:

    Já usei de tudo e hoje em dia 90% da minha computação é feita em macs, e ocasionalmente em VMs com outros sistemas, mas sinto falta essencialmente do gaming que uma máquina de preço equivalente com windows permite (mas helás, os meus jogos de hoje em dia chamam-se filhos… que ocupam todo o tempo livre).
    Em termos do meu use case, web e office é igual, mas o iphoto é imbatível para gerir as fotos da miudagem e uso “todos” os serviços na Google e não no icloud (tenho androids), e timemachine… Em termos de hardware, trackpad brutalíssimo e magsafe no MBAir FTW, pena que descontinuaram isto.

    Sempre gostei de fazer modding e watercooling a pcs e tweaking e o camandro, mas a partir do momento que o meu primeiro mac entrou lá em casa (Macbook Branco dos primeiros com intel), deixei-me disto tudo… passei a valorizar muito mais o “it just works”, por muito que me limite a vida… o teres 100% de certeza que quando precisas ele está lá sem dizeres asneiras, rezares aos santos ou usares uma linha de comandos… é impagável.

    E.g. Troquei recentemente de disco para ssd no meu imac e no mini. Arranquei o computador com o HD original numa caixa externa, indiquei o ssd para nova instalação do sistema, apontei para o ponto de restauro, e já está… . Ao fim de jantar e de contar uma história a uma das crianças, já tinha o sistema todo a trabalhar… Sistema, apps, documentos, configurações, tudo! Foi como se o SSD me tivesse acompanhado desde o primeiro momento que tirei o computador da caixa (mesmo erros, e lixo foi restaurado, claro! ;))

    • winetree says:

      Como te compreendo! Só tenho pena de que o Office no Mac não seja igual ao Windows, nomeadamente o Outlook e o Excel. O Excel e as suas macros que só funcionam em Windows são o que me faz manter um VM no Mac. Mas a MS saberá porque faz uma versão “completa” para o seu SO e outra um bocadinho inferior para um SO de um concorrente…

      • Marco says:

        já experimentaste o office 2016? o outlook para Mac chegou a ser melhor que o para windows ;-). O novo está ao nível do do windows.

        • winetree says:

          É o que uso. O Outlook tem o look melhor que no windows, mas alguns automatismos só existem na versão windows. O Excel não dá, há mesmo Macros que só funcionam na versão windows e profissionalmente tenho de usar ficheiros com essas macros…

  56. Manuel Sousa says:

    É espantoso como existem comentários de contexto irónico sobre um artigo de opinião. Deixem a vossa palavra de uma forma construtiva, é para isso que existe correspondência. Era apenas isto que quis dizer.
    Dou parabéns pelo artigo, pois é uma excelente perspectiva sobre a passagem para um sistema como o macOS!

  57. Roberto says:

    Não instale um bom anti-malware no MAC não kkkkkk

    • Daniel says:

      xProtect. Vem com o sistema. Neste momento bloqueia todas as fontes de malware conhecidas. Actualizado pela Apple sempre que aparece um novo (tal como um anti virus)

  58. Hugo Rodrigues says:

    Faz seis meses que tive esta mesma experiência, passar de uma vida a usar windows para usar mac.
    Nós somos resistentes à mudança por natureza, mas as motivações individuais de cada um podem ou não ajudar a passar pelas barreiras que se vão encontrando pelo caminho.

    No meu caso, a empresa onde estou utiliza macbook pro como regra (embora quase 40% tenham Lenovo com Windows).

    Num contexto de utilização profissional, a não ser que sejam developers, existe mesmo um enorme gap entre os sistemas. Não me refiro às aplicações, mas dou-vos dois exemplos em relação a coisas básicas:
    – um simples copy paste de uma tabela de excel para um email, a formatação fica toda lixada.
    – usar um teclado US para escrever em EN, PT e SP. Esqueçam lá fazer isso no mac.. faltam configurações para as defínições de teclado + língua (incluindo corrector) como em qualquer Windows.

    É curioso ver que numa amostragem de milhares de utilizadores mac aqui pela empresa, a Apple consegue dar tantos ou mais problemas do que o Windows, exemplo:
    -Já faz muitos anos que não tinha duas passwords diferentes, e não é incompetência do IT de todo!
    -Já tive que pedir um re-image duas vezes porque os updates correram mal.. and, guess what.. tive que reinstalar tudo do zero e personalizar tudo de novo. Que fantástico hein!?

    O MS Office para macOS é uma nulidade.. tenho que ter uma vm a funcionar para poder utilizar o Office for Windows e ser produtivo. No entanto, isto tem um trade-off.. a fan está sempre a trabalhar.
    A linha de comandos dá jeito.. mas nada que um putty não resolva.

    Resumindo, a minha vida não melhorou muito depois de trocar por um mac. Sou mais lento a trabalhar, e a qualidade do meu trabalho não é tão boa.

  59. Nuno Santos says:

    E surface book 2 quando é que chega?

  60. Coldviber says:

    Na altura que a Apple tá em queda. Surfaces a venderem.. numa altura em que os fans da Apple trocam Macs por surfaces.. Lá vem a Pplware com o seu artigo de publicidade a Apple. Sempre o mesmo…

    • Pedro Pinto says:

      Dizem as estatísticas que a Apple até vai superar a Microsoft já em 2017. Mas isto é um artigo de opinião.

      • Ze says:

        Pedro Pinto, as estatísticas falam em devices das próprias marcas, a Microsoft começou na brincadeira dos devices há meia dúzia de dias além de actualmente ter o segmento mobile adormecido e os números verdadeiros da Apple estarem no iOS e não no macOS.
        Não é possível fazer um artigo de opinião com experiência apenas no shift sem algum conhecer o SO nem tão pouco conseguir fazer uma comparação das suas ferramentas e potencialidades face a outro OS, como já te foi explicado aqui por users que usam mac há longos anos e alguns que sempre usaram, macOS já não é o que foi em tempos, está em decréscimo qualitativo e em breve quantitativo, olho para a empresa onde inclusive já investi em acções e não vejo qualquer futuro a longo termo para a mesma.
        O feedback que foi dado nos comentários desde post fala por si, apenas pessoas que mudaram recentemente para Apple te deram razão, de resto tiveste uma ou outra pessoa que usa há mais tempo para fins como multimedia ou light use, numa marca como a Apple quando os “antigos” da marca dizem o que dizem é por algum motivo.. Onde há fumo, geralmente há fogo. Tendo isso em conta acho que devias ter a humildade de aceitar as críticas construtivas que foram feitas e equacionar que talvez a maioria esteja certa e que isto não se trata de uma questão de fanboyismos, até porque a grande maioria que fala mal ainda tem algumas maçãs em casa.

        O meu conselho directo para ti seria trocares o equipamento por um dos seguintes, x360, Yoga ou Surface Book, sinceramente acho que no prazo de 1 a 2 anos te vais demonstrar insatisfeito com a mudança.

  61. 123asdasd123123123123 says:

    ainda agora se começou o ano e este já vai ser o artigo mais ridículo de 2017 😀

  62. Pedro says:

    Olá Pedro Pinto,

    Eu fiz exatamente a mesma mudança. Sempre utilizei Windows, desde o W95 até ao W10. Comprei o MacPro 13 com TB, que recebi em meados de Dezembro. Após quase um mês de utilização só tenho maravilhas a dizer. OS fluído, prático, excelentes acabamentos, ecrã fantástico. A primeira semana a adaptação não foi fácil (sempre a pesquisar no google como se fazia simples operações), mas agora já me habituei e penso agora que já deveria de ter mudado à mais tempo. Existem aplicações de produtividade fantásticas (como o Alfred).

    Agora quando trabalho no W10 já sinto a falta do Mac, passando mais tempo a trabalhar neste do que no W10. Enfim…

    Bom artigo.

  63. Desilusão says:

    E depois de anos a falar entusiasticamente de Linux, descobre-se que o sonho secreto de Pedro Pinto… era ter um Mac.

  64. Paulo Seabra says:

    Sem me alongar muito…

    Windows é incomparável mente superior ao macOS

    .

  65. rc_joaopedro says:

    Mac é incomparavelmente mais sexy que windows…

  66. Raquel says:

    Falam que aqui que para edição de vídeos e renderizacao e melhor o Mac? Não percebo, o Meu amigo arquitecto diz que é impossível para o trabalhao que faz (renderizacao 3D) usar Mac. Neste momento usa 6 placas gráficas ao mesmo tempo e o melhor software que usa para imagem e vídeo não se encontra nos sistemas da Apple.
    Chego a conclusão que quando leio aqui, que Mac é melhor para edição de vídeos e imagem, deve ser por ser mais fácil a remoção dos olhos vermelhos ou qualquer coisa desse género. Para trabalho a sério, Windows está anos luz à frente.

    • rc_joaopedro says:

      Isso do melhor ou pior não tem só a ver com a potência da máquina visto que o teu amigo também não consegue trabalhar em windows com uma Silicon Graphics (das máquinas mais poderosas que existem para fazer filmes de animação e outras coisas do género) pois a Silicon usa o SO IRIX … As necessidades do teu amigo são concerteza enormes mas há necessidades em que nem o sistema do teu amigo lá vai. Eu utilizo Mac para fazer renders com o Archicad / Artlantis / Cine Render e chega muito bem para aquilo que a maior parte dos arquitectos e designers pretendem fazer. Agora quanto a software qual é o tal software tão diferente que não há para mac. A questão não é a quantidade do que há mas se faz o que se pretende. Não é por acaso que a maior parte dos musicos utiliza um software que não há no windows: Logic X. E já agora até te posso dizer que chegam a comprar um mac para poder rodar o Logic e o Garage que não existem no windows…

      • Raquel says:

        Sabes o que é renderizacao 3D? 6 placas gráficas em crossfire, e tu vens dizer que é igual no Mac? Só podes brincar mesmo.
        Eu falei que ele fazia filmes de animação?? Disse que era arquitecto, não percebo essa da silicon. Falaste de uma coisa muita específica. Só por tu usares um Mac para renderizacao achas que todos os outros também o fazem? Ou é o suficiente para todos os outros tambem?
        Se ele usa 6 placas para renderizacao e mesmo assim demora imensas horas, não quero imaginar o tempo que demoras no teu. Grande produtividade!!

  67. Sam says:

    Confesso que não li todos os comments (são muitos!!) mas a grande falha que os portatéis mac têm.. é a falta de ecrã touch! 🙂

    desde 2012 que apenas uso ultrabooks 13 polegadas com ecrã touch e assim o touchpad deixa de ter muita importancia. embora possam ser caros, têm ecrã touch e são mais baratos que um portatil mac.

    ha poucos meses comprei este: asus ux360uak … muito bom!! potente, leve e silencioso!

  68. Pksrbx says:

    Trocar por trocar mais valia Linux…agora comprar um laptop super overpriced para usar um SO que não é nada de especial parece-me má ideia mas gostos são gostos…

  69. DC says:

    Viva!,

    É curioso, pois recentemente comprei um MacBook Pro e, sendo utilizador de anos do Windows e mais alguns de Linux, a minha experiência foi bem idêntica!

    As maiores dificuldades que tive, especialmente ao início, foi o simple cortar/colar e aquele hábito do right-click > create new empty file. Tudo o resto foram problemas menores de quem não está habituado! 🙂 O trackpad é dos “bocados” mais úteis e bem feitos num dispositivo deste género. Realmente a dependência do rato acaba por desaparecer por completo. Chega a ser quase estúpido usar um rato! O Spotlight é também algo muito útil, algo que tinha saudades quando era utilizador Linux (usava uma ferramenta que fazia algo muito idêntico). E depois temos o terminal que nos permite eliminar algumas ferramentas extra (nomeadamente o Putty!).

    Mais curioso ainda é que também eu sou forçado a manter algumas máquinas com o Windows. O engraçado é que após alguns dias a usar MacOS executar determinadas tarefas no Windows já era confuso para mim!

    Sobre o ecosistema, sei que tendo um iPhone ou iPad é possível fazer crescer as funcionalidades disponíveis. Neste momento uso software extra (que já usava/uso em Windows) para poder, por exemplo, receber notificações do smartphone ou mesmo enviar/receber SMSs.

    Até ver a mudança é positiva e, com o tempo, as tarefas vão ficando mais eficientes.

    Abraço

  70. Douglas Ferreira says:

    O pessoal reclamando do sistema, enquanto para mim o grande problema do Mac é o preço que se paga pelo hardware mediano.

    Não falo aqui da qualidade de construção, que é admiravelmente bem feita, mas sim das especificações técnicas. Tenho um MacBook Air de 2012 que parece ter saído da caixa ontem. Na época paguei em torno de 4.500 reais, hoje um MacBook equivalente bate na casa dos dez mil reais. Espero mesmo é que o meu dure mais uns quatro anos, pois não vou comprar outro nesse preço.

    Aliás, os ultrabooks com Windows, e qualidade de construção similar ficam até próximos do valor dos MacBooks, mesmo tendo tela touch – que eu acho totalmente dispensável em um notebook, acho cansativo levantar a mão da base para tocar a tela e odeio as marcas de dedo.

    A integração do touchpad com o sistema é fora de série. Quando tive meu primeiro MacBook, um MacBook branco, daqueles de plástico, carregava comigo um mouse que foi ficando cada vez mais esquecido na bolsa. Quando troquei pelo Air, com o trackpad de vidro nunca mais usei mouse com o MacBook.

    O Spotlight é extremamente poderoso. Para ter ideia, se digitar um “us$ 10” ou “10 dólares”, “5 euros”, “8 pesos”, ou qualquer outro valor, ele automaticamente faz a conversão para reais no cambio atual. Ele converte praticamente qualquer medida, diretamente da linha de comando. E o melhor é que para acessa-lo basta pressionar Command + espaço. Na versão atual, se pressionar Command Espaço e não soltar ele abre a Siri. Arquivos ele localiza em qualquer parte do Mac. Se digitar algo que não pode ser encontrado no computador ele procura na internet.

    A verdade é que, por conta de algumas limitações, o MacOS acaba sendo mais organizado que o Windows. Diversas vezes me vejo perdido em meio às tantas opções do Painel de Controle, enquanto que as Preferências do Sistema no Mac são muito bem organizadas. Mas isso não quer dizer que o Mac seja limitado: assim como no Windows, diversas personalizações podem ser feitas editando algum arquivo do sistema, mesmo que essas opções não seja listadas no Painel de Controle.

    • rc_joaopedro says:

      Isso faz-me sempre lembrar um telemovel Huawei que comprei no inicio quando eles começaram… As especificações eram todas de topo mas a bateria morreu depressa. De que interessam as specs por si só? O equilibrio entre ecrã, bateria, hardware e software é mais importante do que teres um laptop com fraca durabilidade de bateria e ter um i7 lá dentro se viajas muito…

  71. Jônatas Lopes (Brasil - São Paulo) says:

    Eu uso o Windows no trabalho e o OS X desde o Tiger, e posso afirmar quais foram as melhores versões: Snow Leopard (otimização do Leopard); Mountain Lion (otimização do Lion); El Capitan (otimização do Yosemite); como pode ver, uma versão é boa e a outra não, com exceção do Mavericks que não teve uma versão otimizada. O melhor atualmente é o El Capitan, e não me sinto limitado como o amigo colocou ali, não preciso do Windows pra nada, se precisar de algum app que não exista no Mac um similar, posso usar o CrossOver e instalar sob a Library (biblioteca) do Windows, e o melhor, não tenho telas azuis da morte. E quem disse que o Mac não é pra jogos ou aplicações pesadas, está enganado, eu mesmo que curto um CS:Go de vez enquando, rodo no full aqui no meu macbook pro 2010, 8GB RAM Corsair e SSD 250GB Samsung EVO 750, não tenho do que reclamar, tenho à disposição ferramentas para uso profissional como o Logic Pro X, Final Cut Pro e o Adobe Suite, além é claro do próprio Office da Microsoft e a versão da própria Apple, o iWork (não sinto falta de nada pra uso doméstico com essa suite, tenho a licença do 365 e não me vejo usando ela no Mac, apenas no trabalho com o PC Windows, até mesmo as planilhas e documentos do word, edito no iWork e salvo no padrão .docx e .xlsx pra não se perder com as extensões.

  72. Vítor M. says:

    Deixa de o ser sem a Samsung?

  73. Fernanda Cordeiro says:

    Pois, tudo muito lindo, mas o Mac é para gente rica

  74. nando says:

    Uso MAC desde o Tiger.. aonde o XP era rei e senhor.
    Razão da mudança…fartei-me da instabilidade do windows, reboots, lentidão, passava mais tempo a limpar e tentar que maquina corresse eficazmente do que a disfrutar/trabalhar na mesma, ou seja windows ocupava-me muito tempo.
    Foi um mes de adaptação difícil, mas a informação no Google/ Macrumors foi preciosa…

    Problemas em Mac ? muito poucos.
    Converti alguns familiares para apple e nunca mais voltaram para windows.

    O meu Windows permanece em Bootcamp numa thunderbolt externa quase sem utilização.

    • nando says:

      Sou do tempo em que ter um produto apple não era trending e confesso que os melhores anos da apple em hardware/software foram entre 2007 e 2011 aonde conseguiram dar uma boa relação qualidade/preço na construção do produto, depois em 2012 a qualidade não foi muito eficaz, mas em finais de 2014 melhoraram novamente.

      Quem teve os “velhinhos” emac como eu, e se ainda os tiver hoje são maquinas que vão durar 20 anos sem problemas.

  75. jafostes says:

    Eu uso o Windows no trabalho pois grande parte do nosso dia a dia de (administrador de sistemas/redes) tem por base windows…e grande parte de nós crescemos com o windows.

    em casa, tenho um surface que dá muito jeito enquanto tablet, para mim para a mulher e para o pequeno ver o panda 😛

    mas continuo com a minha opiniao , que ninguem chega aos pes de Linux…

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.