PplWare Mobile

Novidade: Novo Router MEO é 10x mais rápido

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

137 Respostas

  1. Luís says:

    Ja tenho este novo router/ont e ate agora pareceu-me com maior capacidade. Mas parece que nao permite mesmo alterar dns e abrir portas… Alguém ja apurou sobre isso?

  2. germano says:

    Boas, desde o dia que fizeram a instalação meo fibra, e me conectei pela rede 5gh que quando vou jogar cs go tenho quebra de fps desde os 20 fps ate 250 fps, já conteceu a alguem??

  3. Dinis says:

    O que nunca ninguém fala é das velocidades de roteamento… Nenhum dos routeres das operadoras conseguiu até agora bater o meu D-Link DIR-825 (tem 10 anos)…

  4. Dárcio Gonçalves says:

    Boas
    Qual então a opinião, passados alguns meses, deste novo router/ont?
    Já li por aí, que o router anterior da Thomson é melhor!

  5. Luis says:

    tenho fibra 100 e hoje colocaram-me este router em casa sem pedir nada. O ont estava a dar problemas.

  6. Andre Lopes says:

    ainda a meo diz que o TG789vac v2 é identico a esse , tenho 1 g e nao me meteram esse reclamei disseram que o melhor que tinham era o Technicolor TG789vac v2

  7. R!cardo says:

    Já tenho o router, velocidades wireless nada de especial que qualquer router com norma AC não faça. O bom do equipamento até agora é o AIO, assim poupa-se alguma electricidade. Os grandes contras; interface muito básica, não tem modo bridge, dá erro ao abrir algumas portas, não dá para desligar o ipv6 e não dá para alterar os dns. Espero bem que o novo upgrade resolva isso tudo e que adicionem novas funcionalidades.

    • Leandro says:

      É um facto, tudo isso é verdade. Mas do pouco que conheço do equipamento AIO do operador concorrente, nesses aspectos, não é melhor e julgo que também não dá para fazer algumas dessas funcionalidades. E isto está mesmo relacionado com o perfil de cliente para o qual estes equipamentos são desenhados. Sabemos que a grande maioria (mais de 90%) não mexem nem querem saber dessas funcionalidades.. e sendo nós um pequeno “nicho” de pessoas que o fazem, os operadores preferem não colocar essas funcionalidades activas/alteráveis.. por uma questão também de segurança para eles (operadores) e para não comprometer a gestão remota destes equipamentos (no caso das portas que estão inalteráveis).

  8. Luís says:

    Em relação aos routers normais da MEO, o alcance do Wi-Fi deste router é muito melhor ou só um pouco?

    • Leandro says:

      Tudo depende do router que tens em casa. Não ha “um router normal”, existem vários modelos e varias versões. Os ganhos no Wireless são muito grandes face a todos os routers anteriores, com excepção do TG789vac, que é um equipamento que também já tem a norma AC. No entanto, este tg789vac tem menos antenas, por isso tb ha um ligeiro ganho sobre ele com o FGW.

      • Luis says:

        Obrigado pela resposta!
        é um TG784n V3.
        os técnicos da MEO dizem que não há qualquer ganho de alcance mas isso pode ser só conversa para não trocarem de router.

  9. Nuno Magalhaes says:

    Sabem se em zonas RNG com o pacote 200/100, poderei pedir este router?

  10. Ricardo says:

    Já tenho o router e estou bastante satisfeito com o alcance e qualidade do sinal mas tenho uma pergunta básica a colocar-vos : posso configurar os DNS da Google directamente no mesmo? No Thompson nunca consegui pelo que na altura coloquei um RT-AC3200 a receber o sinal directamente do ONT (e funcionava 5 estrelas)
    Obrigado!

    • João Paiva says:

      Como conseguiste? Trocaste? Pagaste um novo?

      • Ricardo says:

        Pedi a alteração de tarifário. Por acaso mudaram o ONT e o Thomson pelo Altice ( o tecnico questionou-me do que mudar aquando da instalação). Depreendo que se não dissermos nada, talvez mudem somente o ONT.
        Para terminar, creio que ainda não me alteraram a velocidade pois no portal de cliente ainda consta 100 mb e o Speedtest também menciona valores dessa grandeza. Mas mesmo assim, noto uma diferença considerável.

  11. Alvaro says:

    Posso largar a bomba sabem quem é cliente de quem? Sabem quem é autonomo com proprias
    Infraestruturas? Deixem de guerras pois a PT é e vai ser sempre a maior a dar cartas só se critica quando se é pequeno

  12. Redin says:

    Sou Vodafone. Seria preciso uma qualquer outra operadora me reduzir pelo menos uns 20 euros mensais para eu mudar sem pensar em mais nada. Até lá esperem sentados e não me incomodem a bater à porta.

  13. Tiago Dias says:

    Como peço um?

  14. Alex says:

    Fibra por aqui, a 9 kms de uma capital de distrito na beira litoral, é uma miragem. 8mbs de velocidade adsl e é um luxo. Ao ler um artigo destes mais parece uma tortura 😉

  15. André Filipe says:

    Só é pena que nem todos os clientes tenham oportunidade de o testar. Tenho fraco sinal wireless porque a casa é bastante grande. Só com reclamação atrás de reclamação é que me vão trocar aquilo? Ou o que sugerem fazer?
    Obrigado

    • David says:

      Se como referiu a sua casa é bastante grande, nem a MEO nem operadora alguma lhe têm que garantir cobertura. O operador tem de garantir que a internet chega à sua casa, a partir daí e se o seu objetivo é ter cobertura em toda a casa, deverá adquirir uma das várias soluções existentes no mercado.

  16. Peter says:

    Possível comparação entre este e o smart router da Vodafone?

  17. Paulo Carvalho says:

    Tenho pena que o artigo não refira que este router, ao contrário do da NOS e do da vodafone, é produzido em Portugal.

  18. Jorge says:

    A NOS parou no tempo…

  19. JoãoPereira says:

    E para quem tem um router que nem a 20M o wifi consegue chegar na totalidade, pode pedir para o substituir?
    É fibra cá em casa.

  20. Joao ptt says:

    Espero que tenham feito uma análise de segurança e não sejam como os modems da AT&T Uverse (http://bgr.com/2017/09/04/att-modem-security-flaw-arris-nomotion/) que entram lá por todas as maneiras e mais algumas.

  21. Noirdesir says:

    Pessoalmente só me interessa ter feedback deste novo router em relação a NAT’s na Playstation 4. Foi uma vergonha conseguir um patch no router da MEO que permitisse ter NAT2(!!!) para jogar online.

    Quero lá saber de 5gb(piada) de download, quando tenho um router fraco em que tenho de abrir 30 portas e mesmo assim não consigo jogar. Não ouço queixas destas em malta NOS/Vodafone.

  22. Anonimo says:

    Ja tenho este router desde do mes passado(25 agosto, aprox)
    Ele “nao vai ser lançado”, ele ja foi lançado.

    • Vítor M. says:

      Não foi nada, isso é irreal 😉 até porque é só amanhã a apresentação dele no Picoas. Para que raio está a mentir? 😀 não precisa responder, eu sei a resposta.

      Nós já o temos há um determinado tempo, assim como “alguns” testers, poucos e sabemos exatamente em que data foi colocado em teste. 😉 E não, o seu não foi a 25 de agosto, foi três dias depois (ou terá sido 4?… estou com dúvidas) 😉

      • Cliente piloto meo says:

        Eu também conheço muitos com este equipamento, as novas instalações aqui já estão a ser feitas com esse all-in-one mais ou menos pela data que o anonimo disse.
        Já tive esse mas recusei devido a não ter bridge. Muitos clientes vão recusar.
        A interface é fraquíssima! Devia dar acesso a opções avançadas, como por exemplo limitar a largura de banda de pc em pc, bridge e configurações avançadas de wifi e DNS.

        • Vítor M. says:

          Vou explicar porque assim ficamos todos a perceber. Este equipamento chegou a alguns colaboradores e clientes.

          Quanto ao resto que referiste… discordo de umas coisas, nada tenho a acrescentar noutras e o restante verás na nossa análise que sairá muito em breve.

          Agora, é mentira que o router já tenha saído para o mercado e só amanhã será apresentado, o anónimo está a dizer uma “inverdade”, se ele recebeu é porque está dentro desses clientes “piloto”.

      • Anonimo says:

        por acaso foi dia 28 de agosto…. my bad.
        e nao sou cliente de testes.

  23. PauloR says:

    Não percebo porque no campo da comparação entre a Meo e Vodafone temos uma velocidade 10x mais rapido comparado a um router 802 2×2 mas não e usado o mesmo aparelho para comparar o o aparelho da Vodafone que so tem velocidades 4x maior?

  24. João Paiva says:

    Alguém me sabe dizer se o Devolo DLan 500 vai funcionar com este router? E se é possível pedir a troca do router anterior?

  25. censo says:

    Router dos operadores, não obrigado. Com modo bridge, uso um router meu. Este nem bridge tem, o que considero anedótico!

    • Pedro says:

      Completamente de acordo!Para 99% dos utilizadores…serve o propósito, mas nos dias de hoje essa é uma feature que tem de ser equacionada na data do lançamento. De pouco serve dizerem que esta em desenvolvimento, uma vez que eu fico á espera…mas toda a gente sabe o que acontece ás estátuas. Os pombos acabam por lhes cagar em cima!!!Sem esta feature, nem serviço nem router entra cá em casa, mesmo correndo o risco de não encontrar serviço nenhum. O meu próximo critério passa a ser o preço.

  26. Frederico Ventura says:

    Tenho 1 gbps de net com o router TG789vac v2 desculpem-me a expressão mas não vale um peido.

    Tenho estado a utilizar este router praticamente há 1 ano porque era o único da ISP que suportava 1gbps de net, liguei para p 16209 (mas como sempre nunca sabem nada) perguntei quando iriam fazer um upgrade a este router pois o cpu que nele vem integrado não têm capacidade para 1 gbps (demora muitíssimo para atingir 900 e tal megas, é uma luta).

    Agora que vão lançar um igual ou inferior á vodafone já não quero saber vou comprar um Asus Rapture com quad-core cpu a 1.8ghz, estes routers dos ISP são uma piada de mau gosto tanto em wirelless como em poder de processamento para suportar uma ligação gigabit.

    A única coisa que posso falar bem do Meo é que me aumentaram o upload de 100 para 200mbs, já deu para ficar de boca aberta.

    Só para inglês ver.

  27. Str says:

    De que me vale um router que oferece velocidades ate X Gbps se o meu operador só tem velocidades até Y Mbps? Sempre me ensinaram que a velocidade com que se recebem os pacotes também depende e muito da velocidade com que os mesmos são enviados e vice versa. O mesmo acontece quando renegociámos o contrato e a operadora diz que nos vai oferecer maior velocidade e passamos dos 100 para os 200 Mbps na prática não serve para nada. Tudo para nos taparem os olhos. Só serve para vir para aqui dizer ah e tal eu tenho 200 Mbps. Ah! Os resultados dos ping testes não têm grande valor

  28. jorge geeraldes says:

    Bom dia. Será possivel trocar o router anterior por este?
    Grato

  29. Luís says:

    Este tb vai ficar barrado nos 65Mb no wifi?

  30. dvds says:

    e alguem sabe de vpns e vlans neste router.!?

    quanto ao desaparecer ont isolado ate é melhor menos electricidade,…. ou menos tomadas ligadas…
    mas o lado menos q… é que pode haver muitas fibras partidas e muitas reparacoes a acontecer….. uma coisa é o ont separado fixado numa parede e estar quietito ai e sair dai cabo rede pra se ligar a um router…,
    outra é ir o cabo de fibra diretamente ao router de uma sala ou de uma box dentro de umovel por exemplo …. ora deixa la arredar pra limpar o po!… ups … nao ha sinal…

    ou os instaladores fazem a fusão do cabo de fibra desde a fibra do poste ou das condutas ate ao router o que nao me parece que va acontecer devido tb a interface de ligacao fibra do router novo…. autentico FTTH ate as casas! =)

  31. miguel says:

    nos afinal é fibra ou não?

  32. diogo says:

    Pessoal, o que a NOS agora vai fazer? É que a sua rede e router está a ficar muito atras da MEO/Vodafone.
    Com o coaxial a net não da mais de 200mbps? A luta vai deixar de ser a 3 e passar a ser a 2?

  33. poiou says:

    Será que as portas USB estão disponíveis para o utilizador, ou é como as dos thomsons e das boxs que são para o inglês ver

    • Leandro says:

      Tanto as do Technicolor como as deste novo equipamento funcionam e têm serviços associados. Experimente configurar DynDNS e FTP com um disco lá ligado.. E terá acesso à informação que tiver dentro do disco em qualquer lugar através de uma APP cliente http://FTP..

  34. Vieira says:

    ha casos em que dá jeito deixar ONT separado do router e outros em que dá jeito ter este aparelho com ONT e router incorporados…depende da rede do cliente. Mas sem duvida que nos casos em que é para deixar junto sempre se poupa espaço e alguns fios…não ha nessecidade de ter dois aparelhos juntos ligados

    • Leandro says:

      Concordo plenamente ! E principalmente em casas com as varias versões do ITED… ! A localização do equipamento que propaga o sinal pela casa é mesmo muito importante para se conseguir cobrir o maximo possível da casa com sinal de qualidade. Por vezes os quadros ATI ou as zonas ZAP das redes ITED não são os melhores lugares para colocar um router deste tipo. E nestes casos, ter uma ONT e um router separados (e eventualmente mãos um switch no ATI) é mais vantajodo. 😉

  35. Pedro Cascão says:

    Lol coitado do router da nos. Tenho nos mas é a única “fibra” que aqui passa…

  36. TF says:

    Sempre conseguiram arranjar um ONT/Router, o que não conseguiram com o TG1000… Porreiro. Pena que acabei de instalar e meteram-me o TG789Vac 😉

    • Cagl says:

      Mas olha que nem é muito mau…. consegues ter uma rede à parte (para as visitas não meterem o bedelho na tua rede pessoal :D), e boas velocidades em AC. É esperar até vir para o mercado o novo…

  37. David Piçarra says:

    e frio e o da Vodafone e melhor

  38. TiGaSPT says:

    eu ja tenho o pacote de 200 megas da meo, sera que posso substituir o technicolor TG789vac v2 por este novo router?

    • H3llSp4wN says:

      Eu tenho este novo router e tive o 789vAc v2 e garanto lhe que fica muito bem com o V2 já para não dizer melhor…

    • Goncalo says:

      Fiquei perplexo, fui pesquisar sobre os pacotes da MEO e NOS, a velocidade maxima comercializada anda nos 200 megas. Estava convencido que já estariam disponíveis velocidades bem acima.
      Quando vim para a Irlanda em 2008 as velocidades disponíveis aqui eram uma anedota quando comparadas com as nossas em Portugal, agora parece o contrario, a minha operadora, que é a melhor por cá, tem duas velocidades disponíveis: 240, e 360 megas.
      Por motivos profissionais preciso de duas ligações diferentes, e tenho uma de 240 para uso pessoal e outra de 360 para uso profissional, e tanto uma como a outra passam um pouco do valor máximo contratado, muito raramente falham, alias, so falham quando os routers entram em processo de update de firmware.
      O que aconteceu no nosso Pais para nos deixarmos ultrapassar por um Pais que tinha uma Internet muito pior ha uma década atras?

    • Max says:

      Tanho exatamente a mesma pergunta pois tmb tenho 200 no pacote e o mesmo router

  39. Carlos says:

    Para que tanta largura de banda 80mhz X 2 se não há clientes que o suportem??? Só daqui a uns anos é que irão exitir… tanto marketing…

  40. David Guerreiro says:

    Concebido e produzido em Portugal. Deve ser como aqueles modems da Octal que eram uma bela bosta.

    • Pedro Pinto says:

      Mas afinal o que se fabrica em Portugal não é bom?

      • David Piçarra says:

        se fosse assim o Magalhães era uma Ganda computador

          • Rudi says:

            Desculpa Pedro, o conceito em sí é um sucesso, mas o negocio foi extremamente mal feito.
            Custo uma fortuna ao estado fabricar pela JP Sá Couto (que curiosamente tentou fugir ao fisco) um portátil com peças em fim de vida e em armazém para abatimento na china e na ilha formosa, fora licenças de bloatware que nunca viram a luz do dia nas escolas.
            Pelo amor da santa o fabricante da board é a ECS Elite Group, muito conhecida pelos seus produtos de extrema fraca qualidade.

            Concordo com a ideia e espero ainda hoje que venha uma igual, a execução foi notoriamente má para um equipamento com hardware que só aguenta um ano.

          • Pedro Pinto says:

            Vai haver novidades em breve 😀

          • bruno says:

            O magalhães foi um fracasso, deu motivo de gozo dos professores, de algums camaradas como este.. Ah que saudades dos tempos que para comprar um 486 os meus pais tiveram de se empenhar como se um carro se tratasse.
            Ainda me lembro bem de “aprender” basic à força, porque nao havia mais nada e o prazer que tive em fazer os primeiros jogos, se há quem não goste, tudo bem.
            Hoje se dão magalhães com unix e full education, é o desprezo, não vale a pena, há pessoas que mereciam ter algumas pedras no caminho para ver se davam valor ao que têm…

      • David Guerreiro says:

        Desconfio muito de um equipamento feito em Portugal pela Altice.

        • M3mn0t says:

          Claramente não sabes o que dizes………………..
          Sem entrar em muito detalhe, e para salvaguardar a minha “identidade”, a PTIN, agora altice labs, detem patentes em muita tecnologia que NEM sonhas!! E acredita que existe muito “Made in Portugal” de qualidade, ou és daqueles que o que é de “fora” é que é bom?…. Se criticas, no minimo, ARGUMENTA!! @Pedro Pinto muito obrigado pela iniciativa!

          • Luís Carlos says:

            Só e pena e com tão bons designers e tão boas empresas de plásticos que temos apresentarmos um router com tão mau aspeto
            Acredito no que é feito em Portugal mas temos que apreender a usar tudo o que é feito por cá, o aspeto e de um equipamento chinês….Pessoas da Alice Labs olhem para as linhas dos equipamentos da Apple, Samsung, etc…. bora lá fazer alguma coisa para esses gigantes e colocar na etiqueta produzido em Portugal

        • Goncalo says:

          Entao tens de desconfiar de muita coisa, Temos uma fabrica da Citroen em Protugal em que alem da montagem dos carros muitos componentes são fabricados em Portugal também, tens o mesmo relativamente a Volkswagen, Toyota, e até mesmo componentes para aviões, e não são poucos. Acho melhor não saires de casa, não vás precisar de algo produzido por Portugueses.

        • Cagl says:

          Altice Labs, é a ex PT Inovação, acredita que é verdade….. nem a Altice nunca sonhou o que ia encontrar em portugal…. Portugal é dos melhores países a nível de internet não duvidem…..

        • Luís França says:

          Já têm ONTs feitos pela PT Inovação (Altice Labs) a funcionar nos cliente a uns anos, posso dizer que este HGW/ONT funciona bem. Já tive acesso a ele

  41. Panquecas says:

    “…concebido e fabricado em Portugal (Altice Labs).”
    A mesma empresa que sempre que chove deixava (quando dona da Cabovisão) os clientes residenciais sem NET+TV+Telefone, e nunca conseguia uma explicação aparente.
    Não me cheira que queira um dispositivo desses.
    Além do design tosco que tem, tal como os equipamentos que lançaram para SmartHome que mais parecem saídos um site xinês de qualidade duvidosa.

    • chr27 says:

      A Altice Labs nao tem nada a ver com a Cabovisão.
      A Altive Labs é a antiga PT Inovação. A Altice passou a apostar na PTIN para criar hardware para consumo interno.

      • dvds says:

        Cabovisao agora é http://www.nowo.pthttps://pt.m.wikipedia.org/wiki/Nowo

        mais coisa menos coisa são todos do mesmo Grupo Altice APAX PT – França, tudo igual ate os numeros telemoveis da Nowo sao da Meo PT…

        Labs Altice em Portugal e França, a box pelo que sei não é exclusiva PT, compro o que é nosso, logo, não faz muito sentido senão a linguagem traduzida PT…

        http://www.sfr.fr/box-internet/sfr-box

        Ainda a Vodafone pra quem não sabe detem 44% da Altice em França!

        Por isso operadoras e box exclusivas, há poucas!

        • dvds says:

          “Com exceção do CPU, tudo foi desenvolvido, produzido e inventado em Aveiro a partir de uma folha em branco!. E até o enchimento de plástico da caixa foi produzido por uma empresa da zona centro do País”

          • Lorde says:

            E o bico da caneta k escreveu no papel quem foi k o fez… Cheira-me que essa box é tão portuguesa como os ZTE são… São remarcados nessa tal “altice Labs” k é um mimo…

        • Xato says:

          A Vodafone detém o quê da Altice??
          Santa ignorância, leiam primeiro e imfomem-se antes de andar a dizer asneiras

        • Leandro says:

          Sim, a Altice Labs é agora propriedade do Grupo Altice e desenvolve hardware e software para todo o grupo. Mas, a Altice Labs não tem origem no Grupo Altive, esta antes denominava-se PT Inovação e nasceu e brilhou sempre no Grupo da Portugal Telecom. Uma grande percentagem de quem lá trabalha são os melhores alunos provenientes da Universidade de Aveiro, nascidos e criados cá. Por isso, a agora Altice Labs é uma empresa de Portugal e com ADN bem Tuga! Que desenvolve para o mercado nacional e também para o mercado internacional, como sempre foi.

        • Anormalidade says:

          A vodafone o que em França???
          Não inventes sff

          Existe uma parceria entre a Vodafone e a SFR para o serviço móvel apenas.

  42. Zinco says:

    ONT é o quê ?

  43. Alex M. says:

    Se for como o Smart router da vodafone onde tenho mais velocidade wi-fi se estiver ligado a powerline do que ao próprio router é só números para inglês ver

  44. Tiago E. says:

    É tudo muito bonito… Mas como tens acesso ao modem? Eu se pedir para trocar não trocam….

  45. Bruno Melo says:

    Já tenho este router, posso confirmar que relativamente ao Huawei que a Vodafone disponibiliza, este tem uma melhor dispersão da rede 5GHZ.

    No geral, estou satisfeito.

    A area de configuração WEB é demasiado simplista (comparativamente ao huawei), mas até tem 1 ou outra funcionalidade / configuração interessante.

  46. Francisco Pacheco says:

    Eu aqui a tentar passar para o technicolor 5ghz… 🙂

  47. Diogo says:

    Só falta a NOS, têm o zon hub que é o pior router que já tive.

  48. Ruben says:

    Impressão minha ou deixa de ser necessário o ONT?

  49. Diogo says:

    2 anos depois de a concorrência ter dado esse passo.

    • Rafa says:

      Errado, a MEO já tinha esta velocidade em finais de 2015, contudo tinha um valor de 99,9€ se bem me lembro, mas quem é precisa de uma velocidade destas? 200Mbps chega e sobra para 90% dos utilizadores.

      • António says:

        Errado 🙂 a Meo pode ter lançado a oferta de 1Gbps em finais de 2015, mas 8 meses depois da Vodafone.
        A Meo pode lançar um ONT com router no mesmo equipamento em 2017, mas 3 anos depois da Vodafone
        A Meo pode lançar um router com ONT e 11ac em 2017, mas é um ano (e 10 dias) depois da Vodafone.

        • David says:

          A MEO também já teve um Router-ONT há uns anos, que foi descontinuado. No entanto não é por a concorrência evoluir que os outros não podem e devem evoluir também, seja em que sentido for. Aliás o bom é os serviços serem o mais competitivos possível de forma a satisfazer o utilizador e haver boas propostas de escolha.

        • Rafa says:

          Ora eu não estou errado o seu argumento foi contraditório.
          Contudo se bem sabe a Vodafone quando lançou a fibra não estava 100% estável, clientes com IPs geolocalizados noutros países, como também o routing que na altura excelente para os EUA entre outros.
          Em termos de equipamentos, a diferença é mínima para os utilizadores domésticos, hoje em dia os clientes pensam é no valor que vão pagar ao fim do mês, não na qualidade do serviços/produtos.

          • RenatoG says:

            Sim…é no preço! Nem por levarem em conta o traffic shaping abusivo, as quedas regulares a determinada hora, o fraco suporte e apoio dado pelo call center, e as inúmeras falhas nos agendamentos que se decide o serviço em casa.

        • Fábio Alexandre says:

          +1

  50. Zeca says:

    …Humm…. Acho que a Vodafone tem uma solução semelhante já há algum tempo. Se a necessidade é ter tudo junto (router, ont, injetor de sinal na rede coaxial, switch 4 portas) num aparelho, já o tem pelo menos há 2 anos com o Huawei.

    • Leandro says:

      É verdade. A Vodafone utiliza os modelos ONT+Router da Huwaei. Primeiro lançou um modelo em branco e depois o entitulado de smartrouter em preto. A maior diferença aqui é que os modelos Huawei têm 3 antenas (3×3) e este novo modelo da MEO fabricado pela Altice Labs (ex PTInovação) tem 4 antenas (4×4) e um interface web mais simples para o utilizador comum. Para quem está mais habituado a mexer em routers, vai certamente dizer que é mt simplista.

  51. Rafa says:

    Estou a ver que alguém aqui trabalha para a MEO, não encontra essa info. em lado nenhum, e vocês até têm um slide XPTO 😉

  52. Pedro says:

    e o modo bridge como é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.