Quantcast
PplWare Mobile

Nova vulnerabilidade encontrada no iOS 4+

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. nando says:

    bom dia
    por enquanto estamos seguros visto que o white hacker foi banido da sua conta de developer.
    o charles miller por muita boas intençoes que tivesse, apenas se tentou auto- promover para o proximo hacker event, lixou-se.

    o charles esqueceu-se que ex-jailbreakers agora trabalham para a apple e tambem eles sabem mexer os cordelinhos do ios.

    ja agora androidianos, a adobe acabou de matar os flash para android e playbook, bye bye flash steve was right, apple won.

    • Daiquiri says:

      Primeiro, não é por ter banido aquele hacker em particular que a vulnerabilidade não pode ser explorada por outros.

      Ó cromo, não é pela Adobe por parar de desenvolver que deixa de haver flash nos websites. Não é por deixar de desenvolver que vais deixar de ter flash dos dispositivos Android e conseguir ver sites que no iPhone não consegues.

      • João Rodrigues says:

        Essa do “ó cromo” é um bocado ofensiva… Mas ok. O visado lá saberá…

        • Queda says:

          e isto é o quê?

          “ja agora androidianos, a adobe acabou de matar os flash para android e playbook, bye bye flash steve was right, apple won.”

          é um comentário desnecessário é o que é…

      • Tiago says:

        Ofensivo ou não ele tem razão, tenho iphone e é realmente uma bosta não ter suporte flash. A minha esposa tem galaxy S e aquilo papa tudo o que é site com ou sem flash. Gosto da apple mas não tenho palas nos olhos.

        • João Cardoso says:

          Parabéns, porque normalmente têm e dizem estas coisas sem nexo. O que é a “apple won”??? Não percebo… ou achas que só a apple beneficia disso e que só o jobs preveu isso?
          A diferença do android para a apple, é que se preocupa que as pessoas possoam escolher o que querem e não trata os seus clientes como burros que não podem sequer instalar flash. Eu também não gosto de flash e evito mas quero ser eu a decidir, muito mais se alguma vez pagasse 700euros por um smartphone, ok fanboy?

          • a friend® says:

            Só o facto de a Apple ter usado o nome e posição dominante no mercado para dizer não ao Flash fez com que o HTML5 evoluisse mais rápido e quem vai lucrar com isso não é só os Apple users.

            Até nisso os Androiders, podem mais uma vez, agradecer à Apple, pois se ela tivesse aceite o Flash, manhoso como sempre foi nos dispositivo móveis, bem que o HTML5 ainda estava a anos luz de uma boa realidade. Pois os developers iam continuar a insistir em tapar buracos ao invés de progredir na tecnologia web.

    • Andre says:

      Matou??? Pelo que li vai manter actualizações para esses sistemas, para novos é que não vai desenvolver… acho que não leste da mesma fonte que eu… Estranho…

    • “…apenas se tentou auto- promover…”
      É um bandido! Deve querer um emprego praí na NSA! Gandulo!

      • a friend® says:

        Embora empregado na NSA ele vai buscar cheques bem chorudos em concursos de hacking.

        Só o Pwn2Own já lhe valeram uns quantos, portanto toda a promoção é essencial. Mas não é isso que lhe irá tirar o mérito. Desde que ele comprove o que faz, é de se lhe tirar o chapeu.

        Mas neste caso cometeu erros crassos. Ele caso não fosse punido dentro de um sistema onde são impostas regras só iria dar asas a replicas do feito. E não acho que ele seja parvo ao ponto de saber que isso não iria acontecer.

        Só que deve ter medido bem antes: Mais vale ficar mais uma vez para a história e perder a minha conta DEV ou manter a conta e continuar no anonimato?

        Depois não esqueçamos o que move grande parte dos hackers, muito acima do dinheiro. O orgulho.

  2. zhiel says:

    É mesmo engraçado… GeoHot faz jailbreak e é contratado, o outro coitado descobre vulnerabilidade (já na Apple) e é expulso. Mundo injusto!!

      • Re0 says:

        Em qualquer um dos casos descobriram vulnerabilidades no ios e a reacção da apple foi diferente. E essa diferença poderá residir no facto de este developer ter conseguido demonstrar que afinal a apple, apesar de todo o escrutínio quanto às apps que deixa entrar na appstore, é completamente ludibriada por um pouco de engenho.

  3. Pedro says:

    Entao… A apple nao sera só sistemas perfeitos e seguros?

    • Vítor M. says:

      Não, não existem serviços ou sistema perfeitos. A Apple é mais perfeita que os outros, mas não é perfeita. O que confunde as mentes é esse sentido de perfeição, uns pensam que a Apple é perfeita outros pensam que é mais perfeita.

      Ora uns estão certos outros são utópicos.

      O mundo da tecnologia é sustentado no desenvolvimento racional proporcionado pelo ser humano, um ser imperfeito e instável, logo, a premissa está lançada.

      A versão iOS 5 está mais perfeita, não está perfeita, está menos imperfeita no entanto nada é dado com consagrado. 😀

      • Carlos says:

        Pssst!

        Quem diz que a Apple é perfeita e invulnerável a qualquer tipo de ataque é… a própria Apple!

        Por cá não temos publicidade da Apple na TV, mas vai ao YouTube e vê os anúncios que dão na TV dos camones. Uma pessoa que veja essa publicidade fica sim com a ideia que a Apple é perfeita, em todos os aspetos, principalmente no da segurança.

        Ou vai ao site da Apple. Onde é que está na homepage alguma referência a segurança? E quando procuras mais a fundo (na secção “why you’ll lovae a mac?”), tudo o que é dito sobre segurança é que o MacOS é perfeito e automaticamente protege a pessoa de todas as coisas más que possam acontecer.

        Compara agora com a Microsoft… Ok, vamos evitar a assustadoramente má publicidade da Microsoft ao, por incrível que possa parecer, PowerPoint e saltar diretamente para o site.

        Logo na homepage tens um banner rotativo em que um dos 3 destaques é sobre o Security Essentials e no menu do topo tens acesso direto ao Safety & Security Center onde encontras montes de informação, encontras coisas sobre como manter as crianças seguras nas redes sociais, como evitar antivírus falsos, criar senhas seguras e montes de outras coisas que dependem da pessoa e não do computador ou do sistema operativo.

        A atitude da Apple é “Don’t worry, it’s magic!”, a da Microsoft é “Let’s be careful out there!”.

        Qual delas te parece melhor?

        • Vítor M. says:

          Sim, provavelmente tem a ver com a perspectiva que eles adoptam.

          Se o termo comparativo for o mercado actual, o conceito de perfeição é um tecto que eles ambicionam lá chegar e, muito provavelmente, estão mais perto que ninguém. Usufruindo do marketing como qualquer empresa que visa o Lucro, esticam o conceito e dizem que são perfeitos… quem não o faz?

          Agora, confesso, como utilizador de todos estes sistemas existentes no mercado, que de facto a Apple é das mais segura, é a mais elegante, a mais interessante e a mais promissora das marcas.

          Só com uma utilização contínua notamos esse conceito protector. Não só ao nível do software, como também ao nível do hardware e dos serviços envolventes.

          Esse package é inexistente em qualquer outra marca. Isso faz toda a diferença.

      • HB says:

        errado. Os relatórios de segurança constatam que por exemplo o Mac os tem tido muitos mais buracos de segurança que o Windows.

        • a friend® says:

          Engraçado que esses ditos relatórios (se existirem) dizem uma coisa e no terreno as coisas são completamente opostas.

          É uma verdadeira guerra de factos vs argumentos.

          • Andre says:

            LOL, aqui os números falam, a massificação leva a isto, existem mais Windows logo mais gente a desenvolver malware para ele, existem menos MacOS logo menos desenvolvedores para ele.
            Nas infecções humanas acontece o mesmo.
            Tens que rever os teus factos… Nas provas internacionais e aí é que se vê as verdadeiras provas o MacOS e os Safari deixam muito a desejar. Na vida real existem outros factores, mas quando se massificarem podes ter certeza a conversa muda.

          • a friend® says:

            @Andre

            Então como explicar que a Apple quando tinha o MacOS9 numa arquitectura totalmente diferente tinha virus e não eram poucos e só tinha 3% de marketshare mundial e nem era tão famosa como é agora?

            Como explicar que o iOS é dos sistemas operativos móveis mais usados no mundo, igualmente não tenha problemas epidémicos?

            Será que as vulnerabilidades encontradas conseguem gerar malware massivo e auto-infeccioso como no resto dos sistemas operativos? Pensa nisso, depois diz-me algo.

          • eu mesmo says:

            boa tentativa de mandar areia para os olhos das pessoas, é mais do genero de publicidade falsa ao estilo da apple “MAcs: não são vulneráveis aos virus de PC”

            enfim, pa enganar pategos

            engraçado q as chamadas “vulnerabilidades” encontradas e relatadas do Android se tratam apenas de Apps malware q nem se encontram no market e n buracos no SO em si…

            o android market tem problemas atençao, n estou a tentar desresponsabilizar ninguem

          • Andre says:

            Auto-infeccioso?? LOL a friend, enfim…

            Já agora explica-me fotos roubadas de IPhones sem ninguém lhes tocar a não ser os proprietários…
            O não ser massivo não quer dizer que não exista, quando se convencem disso.
            Isso era mesmo que dizer que os ameríndios eram imunes contra a varíola até os europeus lá terem chegado. O facto de não terem essa doença até lá, não quer dizer que sejam imunes nem coisa que pareça, simplesmente não tinham contacto com ela…

          • a friend® says:

            Andre

            Fotos roubadas sem que ninguém lhes toque? Assististe a isso?

            É que existem várias formas de roubar fotos de “famosos” , porque imaginaste logo que foi um Virus a o fazer?

            Estás a usar argumentos sem base de fundamento alguma.

            1) Phishing é possivel roubar fotos.
            2) Backups em lojas
            3) Enviar por e-mail e ser estraviado de diferentes formas.
            4) Enviar propositadamente para a web, dizer que foi roubado por um hacker. Para impulsionar a carreira de algumas parece funcionar.

      • Andre says:

        Alto, estamos de acordo, não há sistemas perfeitos. Quanto a mais perfeitos não concordo, LOL. Depende do teu conceito de perfeição. Vejamos, o Safari é dos browsers mais inseguros, um MacOS X contra o Windows 7 ou Linux é mais facilmente penetrado e colocado a correr código malicioso (isto sem intervenção do utilizador.
        Quando existe intervenção do utilizador já o MacOS ou o iOS é mais seguro pela simples razão que não deixam muitos “azos” para os utilizadores intervirem. Tive vários sistemas e orgulho-me de nunca ter apanhado um vírus, simplesmente porque tenho cuidado no que meto a correr no computador, não é qualquer email que abro logo a seguir com sede de ver a próxima Anna Kournikova nua… Mas infelizmente existem utilizadores que abrem e instalam trojans como se fossem fotos.

        • Vítor M. says:

          Vírus? Não sei o que é isso, no Mac nem malware, nem spyware nem nada desse mundo.

          Depois não me preocupo em ter antivírus ou anti qualquer coisa, apenas o sistema tal como ele é.

          Claro que para mim ainda não há nada que chegue ao Windows em termos de flexibilidade, mas em termos de segurança e em termos usabilidade nas ferramentas de edição de imagem e vídeo… estou rendido ao Mac.

          Claro que nada é 100% seguro, embora os sistemas da Apple sejam mais controlados, mais seguros que os outros.

          Qualquer iDevice é mais sujeito a normas de segurança, tanto a segurança pro-activa como reactiva.

          Estas notícias só são notícia pela sua raridade, caso contrario… eram triviais, como já o são nos outros sistemas operativos (nalguns).

          Claro que vejo muitos pr’ái a mandar postas de pescada e nunca sequer tocaram num Mac ou num iPhone… mas enfim, dizer estas barbaridades ainda não se paga qualquer taxa moderadora 😀 por isso 😉 let them talk!

          • Andre says:

            A cadeia de infecção tem muito poder, quem estudou epidemiologia com eu sabe perfeitamente disso.
            Existem vírus para Macs, mas as cadeias de distribuição são pequenas, por isso atingem poucos utilizadores logo não vale muito investir. Por essa razão o Windows tem mais vírus…
            Spyware tens, o browser tem montes de cookies que te vigiam, também podendo ser considerado spyware. Quando falo em vírus falo em vários tipos de malware, o que quiseres chamar. Certamente já recebeste montes de emails com malware dirigido para Windows porque maior parte dos utilizadores são Windows e quando se quer provocar dano quer-se no maior número possível. Neste momento o número reduzido dá uma certa segurança ao MacOS.
            Quanto ao iOS, não existem mais que Android’s, pode parecer-vos que sim, mas não, lamento vos informar, existem no mundo mais Android’s que IPhones, infelizmente o mal disto é a fragmentação.
            Por isso podes continuar a falar que não pagas taxa moderadora…

          • a friend® says:

            @Andre

            Consegues-me dizer um Virus para Mac que se auto-propague para outras máquinas como acontece com o Windows, por exemplo?

            É que para haver uma epidemia, é preciso isso.

          • Ppietra says:

            @ Andre
            Estás certo na questão epidemiológica! Mas não vejo como é que isso é transponível para os smartphones.
            Até há poucas semanas era no iOS que havia mais downloads de aplicações por dia. O Safari continua a ser o browser móvel mais utilizado em tempo de navegação na internet…
            Isto tudo junto demonstra que a exposição dos utilizadores do iOS será no mínimo equivalente ao Android, logo o facto de haver mais malware no Android não tem a ver com existirem mais “Androids”, mas sim com as políticas de segurança da plataforma!
            Quanto ao Mac, se é bem verdade que é protegido pelos seus números, tb é verdade que como nunca sofreu dos problemas crónicos do Windows de há uns anos atrás, nunca houve uma brecha suficientemente grande para desencadear uma avalanche de malware! De tal forma que o que vai aparecendo é a conta-gotas e é facilmente controlado e eliminado. O sistema actual já está bem mais protegido, embora nada seja perfeito!

  4. MadDog says:

    Xiiiiiii… Queres ver que a maçã tá podre?????????

  5. Tavares says:

    É extraordinário como ainda existe gente que fica “cega” na tentativa de “defender” algo que é indefensável.Amigos “Applemaníacos” ou “Googlemaníacos” não se com combatam.NADA na internet é(e dificilmente virá a ser!) 100% seguro.E,não tenham dúvidas,que quanto mais os produtos da Apple e da Google(principalmente os browsers e navegadores)forem utilizados…mais “pragas” serão desenvolvidas para os infectarem.Em relação aos produtos da Microsoft eles apenas tiveram uma “trégua” porque a sua pouca(quase nula a nível global)não justificava estar a “perder tempo” a desenvolver programas para pescar num ribeiro quando tinham um oceano( o Windows)explorar.A diferença é que enquanto a Microsoft reconhece os “ataques” e resolve-os através das actualizações…a Apple ignora-os e expulsa quem os descobre.E o Google como não tem qualquer “controlo” sobre o Android…fica à mercê das marcas de smartphone e tem de se “aguentar” à bronca.Abraços para todos…

  6. serva says:

    @Nando ,

    Tens de retratar , és muito tendencioso , tal como o @Daiquiri te respondeu , tanto se faz se a Adobe desenvolva ou não o Flash para Android , garanto-te que vamos continuar a ter flash em Androis até que o flash morra de vez , pelos teus comentários nota-se que tens pouca informação acerca da comunidade open source e isso faz com que digas alguns disparates , mas todos neste blog já estamos habituados as tuas bombásticas declarações .

    Quanto a questão do tópico , infelizmente pelo que cada vez mais constatamos é que segurança na blogosfera é coisa que de facto não existe e podia estar aqui a dissertar uma serie de exemplos , mas penso que todos temos acompanhado as noticias no Pplware de vários ataques a sites , quer nacionais quer internacionais , nem o Pentágono está livre , por isso nesta matéria todos os sistemas são imperfeitos , seria uma loucura dizer que um é mais perfeito que outro , até porque o Jailbreak só de faz porque existem vulnerabilidades , aceitem o obvio como o mais comum dos mortais tem de fazer .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  7. serva says:

    errta ”deve-se ler , tens de te retratar ”

    As minhas desculpas

    Serva

  8. Carlos says:

    1. O problema não está no iOS, está na forma como a Apple, ao contrário do que afirma, pura e simplesmente não valida se as aplicações realmente fazem o que dizem fazer.

    2. A aplicação do sr. Miller não foi retirada após “queixa de utilizadores”, só foi retirada depois do próprio sr. Miller ter anunciado o buraco.

    3. Tal como a aplicação, a conta do sr. Miller só foi eliminada depois do anúncio que ele próprio fez.

    Daqui resulta que quem quiser criar uma aplicação “pirata” ,que pelo menos roube dados privados dos utilizadores, pode fazê-lo, basta não o anunciar publicamente.

    Essa é que é a questão.

    No fundo nem é assim tão surpreendente, porque obviamente é impossível verificar a fundo todas as aplicações, verificar a fundo o que uma aplicação faz já é bem difícil, quanto mais se forem 400 mil.

    • Hélder Ferreira says:

      Carlos…
      Primeiro, a aplicação foi removida algum tempo antes da Apple o banir do iOS Developer Program.

      A Apple, até ao momento que enviei a noticia, ainda nada tinha dito sobre o assunto.

      Só quase 12 horas depois de ter enviado a noticia, é que saiu o Update da noticia a dizer que o Miller tinha sido banido da comunidade e eu era para ter enviado esse update, contudo não foi necessário pois o Vítor M. teve a honra de adicionar esse update à noticia.

      As fontes que leres agora, já têm esse update adicionado, até incluindo a mesma fonte de onde interpretei.

      Esse teu argumento está mal fundamentado uma vez que só vasculhas-te as fontes depois da noticia ter sido aqui publicada e depois do update da mesma ter saído.

  9. K says:

    Então o homem descobre uma vulnerabilidade num sistema, grave por sinal, dá tempo à apple para corrigir a falha e ainda se lixa com o assunto?

    Se fosse eu, sabem o que é que eu fazia quando voltasse a descobrir uma falha de segurança deste calibre? pois…

  10. TelmoB says:

    Em todo o lado existem vulnerabilidades. Logo, não quer dizer que a Apple apesar de “muito certa” nessa questão também não possa falhar.
    Todos nós sabemos que o Windows tem problemas nesse ramo e não é por isso que eu o deixo de usar. Apenas é necessário verificar os programas que instalamos e ter um bom anti-virus!
    De resto não há nada a fazer.

    O Android mesmo assim é o que acho pior nesse aspecto, até porque não existe controlo sobre o próprio software, quanto mais verificar vulnerabilidades de aplicações.. e no entanto gosto de o usar.

    É como tudo na vida.. existem sempre riscos!

  11. Ppietra says:

    Este senhor já várias vezes demonstrou bugs (e devemos agradecer por isso), tal como muitos outros, e ía ser agora expulso por ter mostrado mais um!? Isso é ridículo! Não será bem mais lógico pegar naquilo que é diferente face às outras situações – o facto de ter posto na loja uma aplicação comprometida!??
    A Apple inspecciona as aplicações mas é impossível determinar que todas elas não têm outros comportamentos para além daquilo que é descrito pelo próprio programador – de tal forma que meia volta a Apple vê-se obrigada a retirar aplicações por causa de “easter eggs”.
    Este caso particular é mais sério pois o programador escondeu deliberadamente a capacidade da aplicação de correr código arbitrário contornando os dispositivos de segurança do sistema (fruto do bug que encontrou), violando as regras que regem o programa de apoio aos programadores.
    O facto é que as aplicações mesmo depois de serem aprovadas, só são disponibilizadas na loja por acção do programador – isto é, ele não precisava de ter posto a aplicação a circular para demonstrar à Apple o bug, bastava ter-lhes dito que tinham acabado de aprovar uma aplicação comprometida!! E depois podia muito bem vir a público dizer que havia um bug, etc!!
    Foi um erro da parte dele, pois está contra os regulamentos, e não deu outra opção à Apple se não a retirada das suas credenciais! Muita da segurança baseia-se em confiança, ainda mais nesta loja; ao quebrar a confiança…
    Se expulsar resolve o problema!? Não! Mas se as regras tb não são respeitadas em pouco tempo transforma-se no caos, e todos os “especialistas” de segurança passam a tentar a mesma “gracinha” sem medir as consequências!! Haverá sempre regras estúpidas, mas é o funcionamento no seu conjunto que permite manter um certo nível de confiança, e por consequência de segurança!

  12. a friend® says:

    “Esta falha encontrada no iOS 4+ leva o iOS ao nível de segurança existente no Android.”

    Menos… Menos. O Android está ainda de longe muito mais susceptível a ataques por a) Tem updates irregulares. b) Permite instalação de Apps fora da Market ou execução de códigos. c) Mesmo sem o consentimento do utilizador, é possível ficar infectado, como se noticiou lá fora e que por acaso não passou no pplware (para depois não aparecerem os do costume que dizem que aqui as noticias são todas sobre iPhone e tal…) daí ser necessário Antivirus por motivos obvios.

    http://www.theregister.co.uk/2011/09/20/google_android_vulnerability_patching/

    Esta falha no iPhone para que aconteça o utilizador tem que instalar a App. E tal como a falha PDF, serão sempre medidas tomadas para limar estas arestas susceptíveis no software. Especialmente na parte da aprovação das mesmas.

    Naturalmente a app já foi removida da AppStore (não sei qual é o espanto do Charlie Miller) e foi banido porque está no regulamento. Se querem trabalhar PARA a Apple (ou outra empresa qualquer..sony…seja o que for) trabalhem directamente com eles. Não é a anunciar vulnerabilidades (mesmo que não divulguem o código) a forma correcta de o fazer, pois ele ao explicar os passos, há sempre alguém tão ou mais inteligente que pode tirar proveito das dicas dele no video. Costuma-se dizer: “não queres ser visto como um lobo, não lhe vistas a pele”.

    • a friend® says:

      Aparte, uma pequena correcção no texto:

      “Mas ao contrário do iOS, o Google existe aprovação de aplicações para as mesmas possam ser instaladas em smartphones ou em tablets. Esta abordagem da Google, tem levado a que vários malwares assombrem o Android.”

      Não será:

      “Mas ao contrário do iOS, no Google existem menos critérios de avaliação na aprovação de apps, o que faz com que essa abordagem tenha levado mais malwares a assombrarem a market do Android” ?

    • Re0 says:

      “Se querem trabalhar PARA a Apple (ou outra empresa qualquer..sony…seja o que for) trabalhem directamente com eles. Não é a anunciar vulnerabilidades (mesmo que não divulguem o código) a forma correcta de o fazer, pois ele ao explicar os passos, há sempre alguém tão ou mais inteligente que pode tirar proveito das dicas dele no video.”

      Por isso é que o comex e outros tantos da comunidade jailbreak não foram trabalhar para a apple!!! oh wait…

      • a friend® says:

        Eles criaram malware ou fizeram algo de forma intensional para afectar algum consumidor? Há .. bom.

        Tens o exemplo de o SIRI que conseguiram portar e eles não trazem-no a publico por violar os direitos de copia, uma vez que requer “crack” para o fazer, portanto não mistures as coisas.

        • Re0 says:

          Explica-me por favor a diferença entre este “developer” e os restantes.

          A confusão poderá residir no facto de estares a ler uma notícia diferente da que está aqui no pplware. É que pelo que foi noticiado, este Charlie Miller, ao contrário do que afirmas, descobriu apenas (mais) uma vulnerabilidade, tal como o comex descobriu uma falha que, por acaso, foi usada para o jailbreak, como poderia ter sido usada para outros fins…

          Ps: “intensional” escreve-se “intencional”. 😉

          • a friend® says:

            Ele não limitou-se a descobrir uma falha, exploro-a remotamente através da AppStore, não percebeste isso?

            É que o Comex descobre vulnerabilidades no iOS para fazer Jailbreak, e Jailbreak não é ilegal caso não saibas. Nem tão pouco é um código malicioso, com o que o Charlie Miller correu, porque bastava alguém ter instalado a App que ele pôs na AppStore para ele ter acesso remoto.

            Acho que visto isto não há nada a acrescentar.

          • Re0 says:

            @a friend
            Ele fez duas coisas: testou a vulnerabilidade e mostrou que afinal a appstore não é tão inviolável como querem fazer crer.

            Quanto ao comex volto a repetir, caso não tenhas lido. A falha descoberta por ele foi usada para fazer jailbreak (coisa que nunca disse que era ilegal, por isso agradeço que não coloques palavras na minha boca), como poderia ser usada para fins maliciosos. É no final de contas uma falha de segurança

          • a friend® says:

            Como disse, estás a confundir conceitos.

            Para se fazer Jailbreak não se precisa ser DEV nem é através de uma App posta na Store. Porque se o Comex para fazer JB ao iPhone tivesse que injectar a App na AppStore, obviamente seria igualmente banido.

          • Re0 says:

            Parece-me que não sou eu que estou a fazer confusão. O que está aqui em questão não é o meio usado, mas sim a finalidade. Não mistures as coisas. 😉

          • a friend® says:

            Enganaste. É o meio usado. Se ele tivesse feito o teste fora da AppStore nunca teria sido banido.

            Alias, ele podia ter mesmo provado o conceito com um iPhone com JB sem nunca ter posto a App na AppStore… ele é que pisar o risco, lixou-se.

            Fico contente por isso, pois significa que a Apple anda atenta e mais uma vez merece o meu aval de confiança como seu consumidor. 😉

          • Re0 says:

            @a friend.

            Aval de confiança? Não fossem os utilizadores a dar conta da situação, não sei não…
            É engraçado ver o que disseste no início e o que dizes agora:
            “Se querem trabalhar PARA a Apple (ou outra empresa qualquer..sony…seja o que for) trabalhem directamente com eles. Não é a anunciar vulnerabilidades (mesmo que não divulguem o código) a forma correcta de o fazer, pois ele ao explicar os passos, há sempre alguém tão ou mais inteligente que pode tirar proveito das dicas dele no video.”
            Parece-me evidente que não conseguiste explicar a arbitrariedade no tratamento que foi dado pela apple.
            Como disse, a falha descoberta pelo comex foi usada para fazer jailbreak (coisa que nunca disse que era ilegal, por isso agradeço que não coloques palavras na minha boca), como poderia ser usada para fins maliciosos.
            E a não ser que trabalhes na apple (o que cada vez mais tenho dúvidas), não podes dizer que “Se ele tivesse feito o teste fora da AppStore nunca teria sido banido”. Sorry, mas quem és tu para dizer uma coisa destas, como tal certeza?

          • a friend® says:

            @Re0

            Se o proprio Charlie Miller já acha que foi pouco ético a forma como ele usou para provar o seu feito… quem és tu tb para dizer o contrário.

            Quanto ao JB, o equipamento está contigo, o exploit é directo. O do charlie miller não foi directo, pisou terreno da Apple, a AppStore!

            Dificil compreender? Ou estás-te a fazer de dificil só porque sim?

  13. ANTONIO ARANTES says:

    Meus amigos, segundo um dos maiores especialistas em segurança dos Estados Unidos,todos os sistemas ligados à Internet são vulneráveis de serem violados.

    • Pedro Pinto says:

      Acho que não precisa de ser especialista de segurança dos Estados Unidos…Quem está “na rede” sujeita-se 🙂

      • a friend® says:

        Exacto 😀

        A segurança não é medida pela falta de vulnerabilidades mas na forma como as evita e corrige.

        Um dos segredos do iOS não apanhar infecções é de que as apps não têm permissão de “leitura e escrita” de outras apps, por isso mesmo é que não existem “sistema de ficheiros/pastas” no iOS. Funciona tudo como “Sandboxes”.

        Só isso reduz drasticamente uma epidemia. Entre outras medidas mais existentes que depois caso surjam exploits como estes são mais fácilmente detectados e corrigidos. Há um maior controle do sistema por parte de quem “cuida” dele.

      • Ryan says:

        Mais do mesmo. Ha alguma coisa perfeita feito pelo ser humano? E aquelas coisas que o marketing do costume faz acham que sao perfeitas. Isto e tudo mais do mesmo andamos a discutir quem e melhor. Ok eu concordo a 100% a Apple em termos de marketing poe os outros no chao. Com esse feeling de que fazem tudo bem e vao ao detalhe e entram em tudo para ver etc etc dao a sensacao que sao perfeitos mas no fim de contas quando ha noticias destas e normal que algumas pessoas comentem. O que muitos seguidores da Apple deveriam ter em mente era terem opiniao propria. Nao andem por ai a dizer que e melhor que tudo etc quando nos sabemos que de uma forma ou de outra somos sempre apanhados com alguma coisa. Ja levei “porrada” de todos os lados. Mas acho que ja chega e de fazer publicidade gratuita e em muitos casos imular essa figura que sempre me irritou que foi o fundador da Apple. Ja irritava o homem agora o que irrita e ver um pouco por todo o lado pessoas com a mesma atitude.

        • Tiago Dias says:

          Mas que mania de dizer que o sucesso da Apple é derivado ao marketing. Eu nem sequer vejo os anúncios, seja de quem for, ou se vejo é apenas para ter conhecimento. Eu USO e COMPROVO as capacidades, virtudes e defeitos de cada um, de cada dispositivo, de cada sistema. E é o que aconselho a toda a gente.. ver com os próprios olhos, experimentar pelas próprias mãos, comprovar o que dizem de bem e de mal de um produto, e não acreditar apenas porque sim. Não há dúvidas que o marketing da Apple é bom, mas porra, os utilizadores são todos uma cambada de ceguinhos que só ligam ao marketing? É só pelo marketing que a Apple está onde está? Não me parece..

          “Com esse feeling de que fazem tudo bem e vao ao detalhe e entram em tudo…”

          Quanto ao fazerem tudo bem, nunca os ouvi a dizer tal coisa, mas qual é a empresa que não tenta esconder os defeitos e mostrar apenas as virtudes?

          Quanto a irem ao detalhe..não é verdade? Qualquer pessoa que use equipamentos Apple sabe que isso é verdade. Dou-te um exemplo.. Olha para os computadores de 2005. Olha por exemplo para um Mac Mini. Qual era a empresa, qual era o grande fabricante de computadores que se importava de ter um design apelativo como a Apple? Eu lembro-me de 2005, e não havia nada que se aproximasse sequer. Sim, eles dizem que dão atenção aos pormenores, e dão mesmo.

          “O que muitos seguidores da Apple deveriam ter em mente era terem opiniao propria. Nao andem por ai a dizer que e melhor que tudo etc…”

          Engraçado que eu nunca vi um utilizador Apple a dizer que os produtos que tem são perfeitos… Já repeti isto não sei quantas vezes: são os NÃO utilizadores que argumentam com a suposta perfeição, que não existe, da Apple.

          • a friend® says:

            O pessoal ainda não percebeu que o markting da Apple é a satisfação dos clientes.

            Só assim dura e perdura. Se fosse só publicidade onde já estava a Apple.

            Alias, basta ver marcas que gastam mais dinheiro em pub que em fazer produtos de qualidade, e depois é o feedback que se vê…

          • Vítor M. says:

            Tiago é aquele argumento falácia, de quem não tem mais nada do que dizer 😉 é falta de conhecimento 😀

  14. Carlos says:

    Para quem diz que a Apple até faz pouca publicidade:

    http://homepage.mac.com/takacam01bigd/ads/index.html

    E isso só vai até ao início de 2007.

    A Apple é das empresas de tecnologia das que mais gasta em publicidade, se é que não é mesmo a que mais gasta (a Microsoft talvez gaste mais, ainda que ninguém saiba dizer exatamente onde). E como tudo o que tem a ver com imagem, a publicidade da Apple é sempre bem feita e acerta sempre no alvo.

    E para quem nunca viu utilizadores da Apple serem mega-fanboys que até viram as notícias ao contrário, o que dizer? Nunca devem ter dado uma voltinha pelo AppleInsider (que entre outras coisas que disse a Apple “permitiu” que a Motorola ganhasse um procedimento judicial na Alemanha), ou lido nada do sr. MG Siegler (que entre outras coisas disse que ainda bem que a Apple não atingiu as previsões dos analistas e vendeu menos iPhones do que eles diziam) ou do site GigaOm (que entre outras coisas disse que é bom sinal o Siri ter ido abaixo), e tantos outros, só pode.

    • Carlos says:

      Continuado a lista dos fanboys, falta o óbvio Cult Of Mac, que nem precisa de nenhum comentário.

      • Andre says:

        Para mim deixou de ser culto, acho que ter um produto Apple virou moda e por vezes símbolo de Status Quo.
        Se estão satisfeitos óptimo, mas pelo que vejo os outros também estão satisfeitos com os produtos deles. E já vi, eu próprio incluído, gente a apontar defeitos a produtos Apple que possuíam, as experiências pessoais contam muito nisso o a friend e restantes têm razão, mas funciona para os dois lados, não só em relação aos produtos Apple.

    • Vítor M. says:

      Hehehe… podias argumentar que é a marca que mais investe em desenvolvimento tecnológico e que mais contribui para esse mesmo avanço tecnológico… já agora.

      Claro que, como qualquer empresa que visa o lucro, tem todo o interesse em publicitar os seus produtos, mais ainda quando tem um leque restrito e conceptual, faz parque está nos cânones do comércio este tipo de acção é uma actividade correcta, mas os seus clientes são clientes satisfeitos e voltam a comprar havendo depois outros vindos de outros segmentos e de outras marcas que também compram, por isso é a marca que mais cresceu nos últimos 10 anos.

      O preço… não é caro, caro era se não estivesse ali no produto a qualidade, mas de facto está, pode ser um produto que para a sua compra é necessário um grande investimento face às nossas posses, mas isso é porque ganhamos pouco… é diferente.

      A Apple tem crescido com os clientes que estão a deixar o Android, a Nokia e outras plataformas, pois não estica o mercado e é um facto que a Apple cresce e cresce bem.

      É também óbvio que existem problemas, como em qualquer marca de topo… num Jaguar existe, numa Aston Martin, num Ferrari, num EB… etc… nada é infalível, mas o mais importante é o equilíbrio entres a qualidade e a funcionalidade, nesse campo a Apple tem dado cartas e tem-se destacado na liderança.

    • Re0 says:

      O problema é que aqui o nosso amigo afriend manda bitaites para o ar sem qualquer fundamento e das uma uma: comes e calas ou vais buscar factos que reponham a verdade. Obrigado Carlos pelo esforço.

      • a friend® says:

        Tens ter algum problema de interpretação do que escrevo ou se calhar a cegueira anti-apple faz disso, não sei.

        Onde é que esta noticia ou artigo posto pelo Carlos contraria algo que eu tenha dito?

        Alias, até reforça o que digo, porque como é sabido a MS é das que mais gasta e no entanto basta veres que publicidade só, não chega, tal como disse num comentário acima.

        • Re0 says:

          Acalma-te um bocado que esse fanatismo fica-te um bocado mal.
          O que o Carlos mostrou é que a Apple gasta montantes tão elevados como qualquer outra companhia de top, e com uma tendência anual de crescimento da despesa em marketing. Basta comparar o orçamento dedicado a esta área nos últimos anos e vês com relativa facilidade que isso mesmo. Por isso, a MS é das que mais gasta em ads como a Apple também o é. É algo inerente a este tipo de empresas.
          Seguindo o teu raciocínio, a Microsoft preocupa-se mais em publicidade do que em fazer produtos de qualidade? Com base em quê é que dizes isso? Podes concretizar?

          • a friend® says:

            Tou super calmo, tu é que ao dizeres que mando bitaites, queres descredibilizar o que digo sem sequer fundamentar, portanto quem precisa ter calma és tu não sou eu 😉

            Ele mostrou um site com a publicidade da Apple nos ultimos 10 anos senão mais, o que é que isso indica que a Apple é quem mais gasta em publicidade?

            Microsoft sim, tem mesmo muita publicidade, no entanto basta veres que vários flops não acompanharam essa publicidade, ou seja, se a publicidade fosse tudo o Vista tinha sido um sucesso, o Windows 98 tinha sido um sucesso, o Surface tinha sido um sucesso, o Zune tinha sido um sucesso, o Windows Mobile… e assim sucessivamente.

            Por mais publicidade que as marcas ponham, seja esta muita ou pouca, o que dita a qualidade são os produtos nas mãos dos consumidores e devidos graus de satisfação. Se um produto não corresponder à publicidade simplesmente não é posta num pedestal. Funciona como tudo na vida.

            A Apple faz publicidade, e cumpre com o que diz. É simples, não gera frustração. Basta veres a Nokia, que é outro grande exemplo de publicidade, que depois os produtos, ao mexer, era uma verdadeira chatisse que não correspondia à realidade.

            https://www.youtube.com/watch?v=vJpEuMidcSU

            É como vermos também certas marcas gabarem o hardware que têm e depois o SO não usufrui dos mesmos…nem de perto.

          • Tiago Dias says:

            Excelente vídeo a friend 😉

            Assim se vê, quem engana quem…

          • Ppietra says:

            @ Re0
            desculpa mas nem tu, nem o Carlos demonstram nada!!
            Que tal olhar para os valores reais que mostro abaixo!? É fácil de ver que a Apple está muito longe dos gastos da Microsoft e até abaixo da Dell

          • Re0 says:

            Não pareces calmo, pois sempre que a apple é levamente acossada lá apareces tu para a defenderes, mesmo que para isso tenhas de usar argumentos que por vezes não correspondem inteiramente à verdade (mas nisso acabas por seguir a política apple, por ex.) 😉
            O Carlos mostrou um site, como poderia mostrar muitos mais que mostram que a apple gasta tanto ou mais que muitas empresas de topo no sector tecnológico. O que não ficou dito, ao contrário do dizes, é que a apple é a que mais gasta em ads. Mas, mais uma vez, e tentas colocar palavras na boca dos outros.
            Agora o que te deixa ficar mal e acaba por transparecer o teu fanatismo pelo apple são mesmo argumentos como o de que a microsoft preocupa-se mais em publicidade do que em fazer produtos de qualidade e de que a Apple faz publicidade, e cumpre com o que diz. É simples, não gera frustração.

            Quanto à primeira ideia parece-me óbvio, para quem está atento ao mundo informático e não só, que a microsoft tem muita publicidade, mas a apple tb a tem. E porventura cada vez mais visível. Por outro lado, a MS teve muitos flops no passado, apesar do marketing. Mas a Apple não? Não te queria chatear com o rol de flops da apple, mas sempre posso enunciar alguns, que tu bem queres esquecer: se a publicidade fosse tudo a Apple TV tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o ipod shuffle sem botões tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o Final Cut Pro X tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o ping tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o newton tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o iMac USB Mouse tinha sido um sucesso, se a publicidade fosse tudo o iPod Hi-Fi tinha sido um sucesso, entre muitos muitos outros. Com base nisto podes dizer que a apple preocupa-se mais em publicidade do que em fazer produtos de qualidade? Se fores coerente, terás de o dizer. Fico à espera.

            Relativamente ao segundo ponto, de que a Apple faz publicidade, e cumpre com o que diz, voltas a cair no mesmo erro, de esquecer selectivamente o que não interessa. Podia arranjar inúmeros exemplos de keynotes e ads onde isso não aconteceu, bem pelo contrário. Deixo-te apenas um anúncio da apple que foi banido por ter sido considerado enganador:
            https://www.youtube.com/watch?v=OknElEusVhM

            De onde este veio, há muitos mais exemplos. Por isso é natural que as pessoas tenham algumas reservas quanto àquilo que escreves, porque no fundo sabem que és uma imagem da apple.

          • a friend® says:

            Nota-se claramente que falas com muito pouca experiencia em produtos Apple, mas de longe.

            Fanatico? Sim podes chamar o que quiseres, mas sou por conhecimento e experiencia, não porque alguém me diz e eu “vou na convesa”.

            Já perdi a conta de smartphones e telemoveis que tive ao longo dos tempos, por isso sei bem o que é bom, o que é mau, o que funciona e o que simplesmente não funciona. Daí sentir-me bem à vontade de dizer que o iPhone é o melhor smartphone do mercado desde que saiu.

            Quanto ao ponto da publicidade, ao menos isso percebeste, publicidade não é tudo, logo a Apple não vive disso, senão alguns produtos tinham sido bem sucedidos. Vês, chegaste lá. 😉

            Quanto ao anuncio banido, acaba por ser caricato, pois se o 3G não atinge velocidades aceitaveis em zonas rurais como dizem nos comments, a culpa não é da Apple. A Apple fez o produto, não é operadora de telemóveis.

          • Re0 says:

            @a friend
            “Quanto ao anuncio banido, acaba por ser caricato, pois se o 3G não atinge velocidades aceitaveis em zonas rurais como dizem nos comments, a culpa não é da Apple. A Apple fez o produto, não é operadora de telemóveis.”

            A apple passa a ser culpada a partir do momento em que assegura que o seu produto tem determinada característica. O problema é que essa característica não depende da apple, e por isso o anúncio foi banido. 😉 E este foi apenas um exemplo de muitos que poderia aqui trazer onde as promessas não chegam a ser cumpridas no produto final.

            “Nota-se claramente que falas com muito pouca experiencia em produtos Apple, mas de longe.
            Fanatico? Sim podes chamar o que quiseres, mas sou por conhecimento e experiencia, não porque alguém me diz e eu “vou na convesa”.”
            O problema a friend é que não sabes a muita ou pouca experiência que tenho, tal como eu n tenho a possibilidade de comprovar a tua. Por isso, agradeço que não atires esse argumento de inexperiência porque no final de contas tb pode servir para ti. Parece-me sim é que levado pela tua cegueira não te apercebeste que estás a falar com alguém que tem bastante experiência no mundo microsoft, apple e google, e que utiliza descomplexadamente produtos de qualquer um deles. Só que nessa cabecinha só deve existir pro apple ou apple haters… 😉

            “Quanto ao ponto da publicidade, ao menos isso percebeste, publicidade não é tudo, logo a Apple não vive disso, senão alguns produtos tinham sido bem sucedidos. Vês, chegaste lá.”
            Agora que apanhaste a mensagem só te falta confessar, tal como fizeste com a microsoft que a apple preocupa-se mais em publicidade do que em fazer produtos de qualidade. Falta-te coerência meu caro… E outra coisa também: humildade. Vi logo que te ias remeter ao silêncio assim que te demonstrasse que a apple tem também muitos flops no seu historial. Dito e certo. Mas não tiveste a humildade suficiente para reconhecer que, por ser fanática, esta tua frase estava completamente errada:
            “A Apple faz publicidade, e cumpre com o que diz. É simples, não gera frustração”. Mudaste um pouco o discurso e agora já dizes que “senão alguns produtos tinham sido bem sucedidos”. Agora já só são alguns mas não todos. Mas não foste capaz de reconhecer o teu erro nem de de retratares sem passares a culpa para o outro (Vês, chegaste lá), como se fosse o outro que precisasse de sair de um estado de confusão provocado pelo fanatismo. lol Não vais longe assim a friend. Sabes, há mais empresas, para além da apple, a fazer produtos bons, com mérito, design e tecnologias inovadoras. Com alguns flops de vez em quando, é certo, mas qual é a companhia que não os tem? 😉

          • a friend® says:

            Re0

            O teu mal é que, achas que o facto de usar Apple não conheço bem outras marcas.

            20 anos com experiência não me permitem entrar em cegueiras. usas esse argumento porque sabes que não tens por onde pegar mais então tentas apenas passar o rotulo de “parvo”

            É tipico nestas andanças e não acrescentas nada de novo. Pelo contrário…

            Quanto ao facto de não te conhecer, não preciso, apenas posso avaliar pelos testemunhos que deixas. Falas com odio e falta de conhecimento, não falas com experiência nem com sentido lógico.

    • Ppietra says:

      Deixo aqui algo que já disse noutro sítio, quando apareceram com a mesma teoria!!

      Ao contrário do que tu e muitos outros pensam a Apple não gasta muito em publicidade comparativamente a muitas das outras companhias.
      Tens aqui um artigo em que compara os gastos de 2009 de algumas companhias.
      http://tech.fortune.cnn.com/2009/10/28/apples-2009-ad-budget-half-a-billion/

      Como podes ver a Microsoft gastou quase 3 vezes mais!!!! A Dell gastou bem mais tb, para ter muito menos retorno. Em 2010 (com um pouco de pesquisa às contas publicadas pelas empresas), Microsoft (1,6 mil milhões) vs Apple (690 milhões).
      Acho que os factos falam por si! E se juntarmos a isso os rendimentos e lucros, veremos que a Microsoft tira muito menos rendimento com o gasto que faz em publicidade!!!

      Já agora está aqui um pequeno artigo para mostrar como muitas das companhias têm tanta falta de visão, é isso que mostra o ponto forte da Apple, a sua coerência! É essa coerência e visão que o consumidor facilmente entende e com a qual empatiza!
      http://www.pcworld.com/article/237992/windows_laptop_mak

      • Tiago Dias says:

        Bom artigo esse último 😉

      • Re0 says:

        Já agora, um comentário a esse artigo:
        What?? Has the author even looked at laptops from other companies?

        The Toshiba portage series is practically the same thickness as the Air, but with much better specs, at half the cost, and came out months before the Air.

        And having a laptop .7inches thin is largely for aesthetics, not for any practical reasons in the first place. All Macbooks still fail to match competing laptops like the Thinkpad t-series, or dell latitudes in build quality and performance. Even cheaper laptops from Asus and Acer beat Macbooks in durability and performance, even battery life these days. The $1500+ macbook “pro” is made out of cheapo aluminum for god’s sake.

        Maybe if you’re restricted to the Apple brand and refuse to look at the competition you may find the Air to be a good purchase. But for anyone familiar with what has been available for years, the current macbook line is a largely uninspiring boutique brand and nothing more. Maybe OS X could be your reason to downgrade to Macbook hardware, but the internet and every program runs the same on windows, which is designed for managing your programs rather than to waste your time with eye candy and useless window animations.

        So no, most people still fail to justify paying for insanely high margin hardware made out of second rate cheap materials like aluminum, just because its needless thin and sort of pretty (at least before you think of how poorly made it is).

        • Ppietra says:

          Se é isso que preferes retirar (com algumas informações erróneas)…
          O sentido do artigo era demonstrar como a grande maioria das companhias não são capazes de introduzir produtos inovadores, pois limitam-se a seguir o que os outros fazem; porque facilmente recuam por não terem rumo claro para os seus produtos!

          • Re0 says:

            Não fui eu que coloquei o comentário, mas já agora diz lá as informações erróneas. Concretiza e não deixes isso no ar.

          • Ppietra says:

            Meu caro és tu que pões aqui o comentário (de outra pessoa que nem conheces, e sem provas dadas)…
            Mas os erros então! Compara o Air com o Portegé – segmentos diferentes de mercado – o Portegé não é um ultrabook (que é o que a Intel pôs a concorrer com o Air). Fala em performance, mas o Air tem um excelente processador, um disco ultra-rápido, e ele simplesmente não tem provas do que diz!
            Fala em durabilidade, mas os produtos da Apple estão sempre no topo dos estudos de satisfação dos clientes, bem como em manutenção.
            Diz que o alumínio é de fraca qualidade, não faço ideia onde é que foi buscar essa, pois os portáteis não se dobram como muitos outros!

        • Ppietra says:

          Continuando com o tema publicidade – para o qual parece já não teres argumentos!!
          É engraçado que tenhas sido tu a mostrar os flops da Apple e dizer que só a publicidade não chega… Não será que isso demonstra que os produtos da Apple têm sucesso, não por causa da marca ou do marketting feito, mas pelas qualidades inerentes!?
          A publicidade é sempre necessária, doutra forma ninguém sabe dos produtos, mas só a publicidade não chega! E o passar a palavra entre pessoas só funciona se essa pessoas estiverem minimamente satisfeitas.

          • Re0 says:

            eheh
            lá vem a/o ppietra salvar o amigo em apuros. Não fui eu ficou sem argumentos, bem pelo contrário. Se tivesse sido, não vinhas aqui meter-te em conversa alheia. Mas não há problema, aceito com desportivismo que possa haver alguns fanáticos a precisar de uma “ensaboadela”.
            O que mostrei é que a apple, meu caro, ao contrário do que o teu amigo a friend dizia, não faz tudo bem, coisa que ele dizia que não acontecia. Não levo a mal que tenhas feito este comentário, porque percebo que deves ter lido na diagonal os comentários acima. Mas vai lá, lê e depois passa aqui para fazer mea culpa 😉

          • Ppietra says:

            @ Re0
            “lá vem a/o ppietra salvar o amigo em apuros”
            :S
            pensava que estávamos em discussão, e certamente que não ando a salvar ninguém!!
            Se o nosso tema era sobre a publicidade e andas a usar esses argumentos nessa discussão, não me estou a meter em conversa alheia!! Aliás é engraçado que perdes só o teu latim com o “acessório” e na discussão em si já nem argumentos tens, quando te contrapõem com factos concretos!
            Quanto à Apple fazer tudo bem, não sei onde é que foste buscar essa ilusão; nada é perfeito, e quase tudo implica sempre um jogo de prioridades.
            O que a Apple tem é atenção a muitos pormenores… tal não significa que não faça erros, ou que os produtos sejam todos um sucesso ou os suprassumos para tudo. Eu prefiro essa atenção (que dá a experiência do pacote todo), à lista cega de “features” que muita gente faz!

  15. Re0 says:

    Parte desse marketing é feito pelos clientes. È pois. Mas não apenas porque o produto é bom, antes fosse isso. Quem investe em equipamentos com preços acima do valor de mercado (às vezes muito acima do valor) espera um retorno e quando esse retorno não acontece (por falhas do equipamento, software, malware e afins)tendem a camuflar essas falhas. Parece estranho, mas é verdade. Talvez porque não querem reconhecer o seu erro de compra, por perceberem que afinal não têm utilidade para o produto, por vergonha, por quererem continuar a mostrar o produto como se fosse a melhor coisa do mundo, por muitas e variadas razões.

    @a friend
    Se fosse só publicidade onde já estava a Apple? Não sei. Se não fosse a publicidade e marketing, onde estaria a apple? Certamente que não onde está hoje.

    • Vítor M. says:

      Vergonha? 🙂

      Não vejo em quê. Olha, estou a usar um iPhone 4 S e tenho-te a dizer que é uma máquina FABULOSA.. o SIRI é espantoso e não tenho qualquer vergonha em usar o melhor smartphone até hoje desenvolvido.

      Por acaso tenho também um HTC Radar, com o Windows Phone 7.5 Mango… também ele espantoso, mas lá está, não é a mesma coisa.

      Como não dá jeito andar com 3 telefones inteligentes, meti temporariamente o Galaxy S II na gaveta. 😉

      http://on.fb.me/tcN6WY

      • Andre says:

        Óptimo para ti que estás satisfeito com a máquina.
        Quanto ao SIRI, a tecnologia já existe há muito inclusive nos PC’s, é interessante mas acaba-se por usar pouco e nenhum porque obriga o uso de Inglês (pelo menos por enquanto), pode ser que com a Apple a coisa mude, eu pessoalmente detesto falar para o telemóvel se não tiver outra pessoa do outro lado, prefiro teclar.
        A Apple numa coisa é boa, reintroduzir tecnologias já existentes e dar-lhe fama e uso real, pode ser que coisas tipo o SIRI apareçam, no market do Android já existem umas poucas, o mais próximo do SIRI é mesmo o Iris alpha, para quem quiser experimentar, ainda em versão Alfa por isso não esperem grande coisas ou estar tão apurado como o SIRI, mas está próximo.

        • Andre says:

          Teclar ou “swypar” 😛

        • Vítor M. says:

          Mas olha que mesmo em inglês é fantástico. No carro então dá muito jeito. principalmente porque controlas várias funcionalidades sem tirares os olhos da estrada e o SIRI tem uma interactividade com o que dizemos espantosa. Não existia nada com este rigor em nenhuma plataforma. Olha que cheguei a conhecer o projecto que a Microsoft está a desenvolver em Portugal, No Tagus Park e não tem nada a ver com isto.

          Este sistema está muito… mas muito, além do que foi feito até hoje. Imagino esta tecnologia em português e com total controlo do nosso território.

        • a friend® says:

          Andre, o SIRI não é uma App. O SIRI é um assistente pessoal integrado ao sistema que consegue controlar o iPhone e o seu uso vai muito mais longe do que aquilo que existe até mesmo nos PCs, que é a interacção entre homem/máquina.

          O que tens no Windows ou Mac, já há largos anos é a possibilidade de dictar algo ou comandos de voz pré-programados. A realidade do SIRI está um pouco mais acima disso e espero que um dia chegue ao Mac também … 🙂

          Aparte disso a forma como ele “percebe” o que dizemos está muito acima do que tenho visto e testado. Está com uma grande precisão e só testando é que se percebe isso. Tenham é só cuidado com o sotaque. Falar “inglês açoriano” obviamente ele irá mandar-vos dar uma volta 😀

      • Re0 says:

        É o teu caso, e ainda bem que estás satisfeito. Mas, como viste, não me refiro ao teu caso que, pelo que vou lendo aqui no pplware, é de satisfação com o produto. Mais não fosse pelo de facto de, ao comprares o iphone 4s, teres consciência do uso que lhe ias dar, das suas capacidades e defeitos. 😉

      • Re0 says:

        @vitorm
        Sim, vergonha. Por saberem que foram idiotas em terem comprado um aparelho para o qual não têm grande utilidade e cujo propósito passa a ser de servir acessório de moda (para voltar cabeças e chamar olhares porque se trata de um produto que não é acessível à maioria das carteiras) ou simplesmente para fazer chamadas e enviar sms.

        • Vítor M. says:

          Ui então a quantidade de povo que compra um Android porque quer um telefone que se mexe com o dedo… e nem sabem configurar um perfil… nem queiras saber, esses sim são uns desalinhados que foram enganados com a publicidade que aquilo era fácil e precisam de um curso.

          E esses sim são caros, porque esses sim apenas vão fazer e receber chamadas, mandar uns sms e fazer umas fotografias.

          Eses sim são em maior número e são tão enganadinhos. E claro, têm vergonha de dizer que deram 200 euros por uma coisa que nem sabem bem para que serve.

          • Re0 says:

            @vitorm
            Enganadinho é que vai à worten comprar o iphone 4s por 1300 euros para depois andar a mostrá-lo na rua. Isso sim, é caro.
            É mais enganado quem quer um telm para fazer chamadas e sms e gasta 200 euros ou quem compra um iphone por 600 para fazer exactamente o mesmo? Please…

          • a friend® says:

            Re0

            Se a pessoa comprou para fazer chamadas e enviar SMS está a ser enganado?

            Ele não cumpre essas funções para o consumidor ser enganado? lol

            Deixa lá os consumidores gastarem o seu dinheiro onde querem mesmo que com isso usem 1% do smartphone. Problema é deles. Eles é que trabalharam e gastaram o dinheiro, não foste tu.. qual é o stress disso? Se te faz confusão é complicado, pois acho que cada um deveria se preocupar onde gasta o “seu” e não onde o vizinho gasta o “dele” .. mas lá está, isso sou eu a pensar… 😉

          • Re0 says:

            Só o facto de não perceberes o que há de errado com esta situação deixa-me preocupado, mas não me deixa surpreendido.

          • a friend® says:

            Eu sei o que está errado. É ver alguém preocupado com aquilo que os outros têm ou onde gastaram o seu dinheiro mesmo que não usufruam do que tenham.

            Quem muito se preocupa com o que o vizinho tem…

    • Ppietra says:

      vergonha das pessoas!?
      Achas que se as pessoas tivessem problemas voltariam a comprar da mesma marca!? Os estudos mostram que a Apple é de longe a marca que consegue manter mais os seus clientes…

      • Re0 says:

        Vê-se mesmo que não percebeste o alcance do comentário. Read it again please.

        • Ppietra says:

          Não percebi, ou tu queres convencer as pessoas que o que dizes está certo!?
          Pensa lá um bocadinho, se as pessoas tiverem problemas com os aparelhos, vão voltar a gastar tanto dinheiro noutro da mesma marca!? É que duma forma geral, mesmo que se tenha vergonha da má escolha, não se volta a fazer o mesmo erro comprando idêntico… há muita marca cara e na boca do mundo tb!

          • Re0 says:

            “Pensa lá um bocadinho, se as pessoas tiverem problemas com os aparelhos, vão voltar a gastar tanto dinheiro noutro da mesma marca!?”
            Será?

  16. Joao Reis says:

    Continha a ser 100x mais seguro do que qualquer Android, mas alguém dúvida? A beleza do android está também no seu mal, polivalência, puderes altera-lo faz com que seja ideal para os virus também o fazerem automaticamente.

    Não tenham duvidas que isto só é noticia por ser iPhone, se fosse num samsung qualquer com Android não o era, a não ser que fosse realmente grave.
    Atenção não sou fanboy, até porque uso windows e sei bem que é igual, um virus no windows é uma agulha no meu palheiro, embora quem saiba mexer não apanha virus, mas estamos a falar de 98% que não sabe, tal e qual com o telemoveis.

    • Joao Reis says:

      Há uma coisa que diferencia, na Apple isto vem a publico, e é logo consertado, no Android não pode ser assim, com tantas máquinas diferentes, tantas ROM´s, tantos tweaks…1º que consigam fazer algo já o virus morreu lol

      Cumpts

      • Andre says:

        Fala quem não sabe, usas Android para saber como ele funciona? Sabes que quando instalas um programa ele diz-te antes de instalar o que pode aceder. Se vires que não precisas daquelas permissões não instalas… Nenhum se instala sozinho como vêm para aqui dizer, é preciso intervenção do utilizador e quando desinstalas o programa acaba o vírus, nada tão complicado como acontece com o Windows.
        Eu já tive IPhone, estou perfeitamente capaz de falar de ambas as tecnologias, estou bem por dentro delas, tomei uma opção, Tenho um Mac, um portátil com tri-boot, Windows 7, Windows Developer Preview (espectacular só tenho pena do portátil não ser touchscreen) e Ubuntu, tenho um Tablet Android (ASUS Transformer) e um Samsung Omnia 2 (dual-boot com Windows Mobile 6.5.3 e Android 2.2 Froyo), o IPhone 3G vendi, não me agradou. A muitos agradou, mas eu tive problemas com ele e despachei-o.

        • a friend® says:

          Não deves ter lido bem esta noticia.

          Existem bugs e foram descobertos só este ano dois bem graves que permitiam instalar apps sem o consentimento do utilizador.

          E olha que não foi só no The Register que saiu a noticia, eu a primeira vez que o li até foi num site de Android bem conhecido. Ironicamente não faz noticia pelo mundo fora em grande escala…va-se lá saber porque será…

          • Andre says:

            As pessoas continuavam a ter que instalar alguma coisa, repara que na notícia o sujeito meteu no market uma aplicação maliciosa como se fosse um pack para o Angry Birds. O mal do Android Market é esse mesmo, um market demasiado aberto e sem controlo que tem a Appstore da Apple, nisso concordo contigo.
            O sistema de updates do Android também tem falhas, mas isso depende do fabricante, por exemplo no meu Asus Transformer em 5 meses recebi 6 updates, mas antes de o adquirir já tinha muitos mais.
            Em relação às falhas do market não se passa assim, o market foi muitas vezes actualizado, sem conhecimento sequer dos utilizadores. O meu foi há 2 dias, actualizado para o 3.3.11 (já tinha a versão 3 mas anterior que tinha vindo no update do firmware do Asus Transformer 5 dias antes)

  17. J.P. says:

    E a guerra continua,

    Meus caros fans (ou em alguns casos fanáticos com tudo o que isso implica), a Apple só não tem mais problemas de segurança porque em termos de computadores pessoais representa menos de 10% do mercado. Unica e exclusivamente por isso! Custa assim tanto entender ? Será que a luminosidade da maça no V/ Macs vos encadeia a visão?
    Eu tenho MAC e tenho a perfeita noção disso. É obvio que o Windows é mais atacado e é obvio que se preocupa muito mais com a segurança do que a Apple, como é também mais que obvio que o Windows é e será o SO mais flexível e portanto mais compatível e portanto o mais utilizado, Outra coisa que tb me parece óbvia é que a Apple nos a médio prazo vai deixar de existir, mas isso é outra história.

    Fiquem bem e não se matem

    • Vítor M. says:

      Pode também ser por isso, mas se conhecesses o sistema saberias que muito mais por ser uma arquitectura diferente, principalmente em termos de permissões.

      A engenharia social, mal projectada, faz com que os vírus e outro tipo de malware usufrua de alguma leviandade permissiva existente no Windows, o que não acontecesse por exemplo no Mac OS X e no Linux.

      Cada vez mais tens o mercado a virar-se para o Mac OS X e o malware não é proporcional.

      • Hélder Ferreira says:

        Vítor, apesar do mercado poder estar a virar-se para o Mac OS X, não é um virar global ou massivo.

        Eu sempre ouvi isto que, o fruto proibido é o mais apetecido, e acredita que se um virar massivo para Mac OS X acontecer, vários tipos de vírus irão aparecer em grande escala, porque o Mac OS X começará a ser um alvo apetecível.

        E tu vez isso na actualidade, ataques informáticos às grandes entidades como CIA, NASA, NSA, entre outras. O prazer que estes cyber meliantes obtêm disto é conseguirem passar por grandes seguranças.

        O iOS é usado em grande escala, contudo, pode haver muitas falhas de segurança que não são conhecidas, neste caso esta nova falha foi revelada, mas outras criticas podem não ser conhecidas.

        Por exemplo, já encontrei uma vulnerabilidade que até pode ser bastante critica (depende para que fins a usem) no Firefox 3.6 e actualmente essa falha ainda permanece. Certamente não fui o único a descobrir, mas uma coisa é garantida, que ninguém revelou a falha e se ela ainda não foi corrigida, é porque também os programadores ainda não a descobriram.

        O que quero dizer com isto, que muitas outras falhas no iOS / Mac OS X podem existir, contudo não são do conhecimento da Apple ou da equipa de programadores.

        No Windows é parecido, como esta recente falha descoberta no processador do True Type, que até agora era desconhecida.

        • a friend® says:

          Mas o que o Vitor disse, tem razão.

          É tudo uma questão de arquitecturas. Volto a repetir, o MacOS9 que tinha arquitectura diferente do MacOSX tinha virus e só tinha 3% do marketshare mundial e nem sequer era tão famoso como agora.

          O que acontece é que sistemas operativos baseados em UNIX são muito dificeis de criar epidemias. O Windows é alvo porque após infecção ele conseguem infectar máquinas associadas a essa rede e assim sucessivamente, ou seja, o poder destrutivo funciona em cadeia, coisa que em UNIX é extremamente dificil acontecer.

          As máquinas UNIX para serem atacadas, têm que ser alvos directos. Que é o que acontece aos exemplos que falaste.

          O marketshare tem influencia no volume de ataques, mas nunca impede ataques a ninguém. O MacOSX tem tido tentativas e todas têm morrido na praia. Como vês, há e sempre houve muito interesse atacar a plataforma, até mesmo por questões de provar um conceito ou denegrir a boa imagem da Apple. O que não faltam são empresas de antivirus a querer vender o seu peixe o MacOSX dada a popularidade que tem.

      • J.P. says:

        Caro Vitor,

        Mais uma vez acho que devemos ter em conta os números e não o n/ exemplo pessoal. De facto cada vez mais pessoas usam o MAC OS X mas continuam a não passar dos 10%. Nunca, em situação alguma, o MAC OS X vai ter o numero de utilizadores do WIndows (qd digo nunca tou a falar a longo prazo, 10 30 anos). E convenhamos que a Microsoft não está parada.

        Eu continuo a defender a teoria de que a Apple a médio prazo se vai transformar numa empresa que produz uns produtos engraçados para um nicho de utilizadores com tendencia a diminuir em todos os segmentos. Mesmo o IOS vai (e não demora muito) ser ultrapassado pelo Android.

  18. aver says:

    Mas afinal Charlie Miller, que é um profissional do ramo, descobrir uma vulnerabilidade no iOS em 2009 e outra em 2011 é bom ou é mau ?

    Há menos de um mês ele afirmou que “o iOS é sistema operativo para dispositivos móveis muito mais seguro” do que o Android.

    http://www.zdnet.com/blog/security/charlie-miller-on-android-vs-ios-security/9698

  19. serva says:

    Quem sabe mexer , não apanha vírus , fantástico , então quem toma conta das redes das secretas dos Países mais importantes do mundo são todos uns amadores , desculpem lá , o que faz sentido foi o que já aqui foi dito , a Apple assim como o Linux não são tão atacados como a Microsoft que claramente tem o domínio do mercado ou alguém tem alguma duvida sobre este tema ????….. eu em Linux nem uso anti vírus para quê , nestes anos todos nunca fui atacado e porquê , porque a sua penetração é residual menos de 2% .

    Fiquem bem e não pensem mais nisso , eu gosto sempre é da parte do discurso de alguns folgorosos apoiantes da Apple que até parecem voluntariar-se para a linha da frente para serem fuzilados , que a Apple faz tuuuuuuudddddooooo a pensar no pormenor , essa qualquer dia ainda vai servir de piada no tubo de ensaio , eu falo com o Bruno Nogueira acerca disto e Zap , como ele diz , vá fiquem bem ADEUS até amanhã .

    Cumprimentos

    Serva

  20. Para quê? says:

    Vocês gastam tanto dinheiro nesses telefones que quase matam para se convencerem de que fizeram um bom negócio.

  21. a friend® says:

    Saiu o update 5.0.1 que já corrige esta falha, entre outras.

  22. embrulha says:

    Embrulha iPhone! …. só o Android é que tem falhas deste tipo não é assim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.