Quantcast
PplWare Mobile

mytaxi dá formação em condução defensiva aos seus motoristas

Download

Homepage: mytaxi
Preço: Gratuito

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Licatorne says:

    Deviam era dar formação para aprenderem a conduzir e respeitar os outros na estrada…

  2. Edgar Gomes says:

    Jamais vou usar táxis, respeito os bons profissionais, mas não se tolera as manifestações animalescas, vergonhosas, enquanto não reduzirem ou tirarem a licença a “pessoas/taxistas” mal formadas como existe em maioria, só utilizarei Uber, Cabify, BlaBlaCar e outras alternativas.

  3. fla says:

    Condução defensiva? Então os tacos de baseball que alguns deles levam no carro não são defensivos o suficiente?

  4. Nuno Flores says:

    Pensava que seria condução defensiva contra uberes enraivecidos.

  5. Paula says:

    Sempre que se ve comentários em notícias sobre taxistas e uber o que se lê é… que os taxistas sao isto e àquilo ! Mas eu nunca vejo um taxista entre os comentários a ofender seja quem for ! Na realidade a conclusão que eu consigo chegar é que os mal educados, analfabetos etc , estao na maioria das pessoas que fazem os comentários e nao na classe dos taxis !

    • Alvega says:

      Isso é porque nao tens espelhos em caso.
      Se olha-se o espelho veria ….talvez um taxista.
      Entao nao é que sao todos loucos e mal educados neste pais, exceptuando claro os meninos do coro (taxistas), pois eu NUNCA andei de TAXI na vida, mas toda a vida lidei quer com táxis, quer com taxistas, e deixe que lhe diga que quer uns , quer outros nao sao flor que se cheire.
      Eu passo a explicar, os carros, cheiram mal por norma, e os taxistas, de bem cheiroso, tem pouco, e como profissionais e pessoas pior ficamos, posso contar N historias pouco ou nada abonatórias para eles como classe profissional, e como pessoas, nao passam de um bando CORPORATIVISTA de fulanos sem educação e com uma GANANCIA desmedida, com pouco respeito pelo seu semelhante, julgando-se em grande parte acima da lei; o que demonstram no palavreado utilizado, no temas de conversa e na atitude ao volante.
      Tenho MUITOS AMIGOS taxistas, e falo nao com inveja mas com conhecimento de causa.

    • ruca says:

      Deves ter estado a hibernar até à altura desse comentário idiota e o que julgaste ver e ouvir na realidade sonhaste……..

    • ruca says:

      Deves ter estado a hibernar até à altura desse comentário idiota e o que julgaste ver e ouvir na realidade sonhaste……..

    • ruca says:

      Deves ter estado a hibernar até à altura desse comentário idiota e o que julgaste ver e/ou ouvir na realidade não passou de um sonho.
      P.S. Das três uma ou namoras/conheces taxistas ou és casada com um ou melhor ainda e pressinto que seja esta, és uma taxista. Mas olha nas últimas notícias que tenho visto não vi nenhuma barbaridade perpetuada por mulheres taxistas apenas pelos teus compatriotas taxistas (homens) caso não tenhas percebido

  6. Alvega says:

    Com papas e bolos, se enganam os tolos.
    Nao querem ver que se os ditos cujos cumprissem os limites de velocidade precisavam de saber condução defensiva; embora a segurança nunca seja demais.
    E quanto há regra instituída de prioridade ser do lado onde me apresento (taxistas)
    Sobre sinalização vertical e soma-foros estamos falados..
    O tipo deveria sim promover um cursos de:
    – preenchimento de facturas OBRIGATÓRIAS , pois muitos nao as sabem preencher….ou nao querem.
    – manipulação de taxímetros , de modo a escolher a tarifa certa e devida ao cliente, pois muitos enganam-se….constantemente.
    – orientação, pois muitos enganam-se nas ruas e no trajecto de destino, o que leva a demoras no percursos e aumento de custos para o cliente.
    _ boa educação e comportamento ao volante, nao sendo preciso muito mais do que manter a BOCA CALADA.
    – atavio e limpeza, quer do próprio quer do local de trabalho.
    ~Espero que eu tenha servido de inspiração para algum empreendedor, e futuro formador de taxistas.
    PS: já quanto a manipulação de taxímetros, odometros, matriculas duplicadas e por vezes triplicadas e fuga aos impostos, nao precisam de cursos, podem isso sim ser eles os formadores, sabem-na toda.
    .

  7. NT says:

    Acho é que deveria ser obrigatório terem esse tipo de formação, mesmo para os condutores “normais” e deveria ser tipo inspeção, de X em X de anos, fazer o teste ver se ainda sabem conduzir!

    Digo isto e não me julgo o melhor condutor que outros e aliás tenho carta de mota sem qualquer limite de cilindrada, porém já são vários anos que não conduzo. Agora acho um tanto ou quanto “injusto” dizer que alguém que tem carta de moto à ‘pouco tempo’ mas que já conduz esse tipo de veículos desde os 16 ser mais “perigoso”(e estar limitado na cilindrada) que eu, que no papel não tenho limitações mas na realidade não tenho (ou perdi por não conduzir uma mota) muita experiência.

  8. ruca says:

    Os taxistas deviam ter era formação comportamental em sociedade

  9. Passageiro says:

    Acho bem, uma pessoa não paga serviços a esses indivíduos para eles depois andarem por aí a cometer infracções ao código da estrada, como já várias vezes me aconteceu.

  10. Ze says:

    Ainda no fim-de-semana fui de uber para o bairro alto, uma viagem que de taxi pagava cerca de 40 euros, ida e volta, de uber paguei cerca de 21 euros e ainda recebei um código de 5 euros oferta na próxima viagem para mim e para um amigo.
    Uma viagem que era feita a abrir e sem o mínimo de modos ou conversa de interesse, passou a ser uma viagem calma, com condução relaxada e com boa conversa e música a meu gosto.

    O myTaxi pelo que falam está bem melhor que o serviço de taxi vulgar, taxistas novos e mais ajustados à realidade de hoje e com possibilidade de rating, ainda assim, há um longo caminho a percorrer.
    Próximo fim-de-semana experimento Cabify.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.