PplWare Mobile

Mistério desvendado! A culpa era do micro-ondas


Autor: Pedro Pinto


  1. Benchmark do iPhone 6 says:

    O micro-ondas está a trabalhar. Abre-se a porta para ver – e aí é que surge a interferência.

    Pensava que se tinha que desligar primeiro e a seguir abrir a porta. Graças a Santa Maria nem o micro-ondas sei usar lá muito bem 🙂

    • Pedro Pinto says:

      Durante “uns segundos”, ainda há interferência.

    • Filipe says:

      O microondas quando esta com o programa iniciado e é aberto por alguns segundos continua a libertar ondas radio.

    • Nunes says:

      Em muitos microondas pode se abrir a porta ao mesmo tempo que desliga! Não é inconcebível que nesse momento o magnetrão do microondas produza radiação residual por carga ainda no circuito.

      • Nunes says:

        O mais provável até é que seja uma consequência do desfasamento entre a abertura de porta e o desligar do aparelho. É o suficiente para que no espaço de alguns micro-segundos haja radiação a passar por deixar de haver isolamento completo da radiação no interior.

  2. Benchmark do iPhone 6 says:

    Nã, nã. “The decisive test occurred on 17 March, 2015 when the tests were repeated with the same microwave setup but instead of waiting for the microwave cycle to finish the microwave was stopped by opening the door. This test produced 3 bright perytons .”

    Se não se abrir a porta do micro-ondas com ele a trabalhar não há perytons para ninguém.

  3. JJ says:

    Temos de dar os parabéns aos cientistas por dois motivos:
    – Conseguirem descobrir o motivo das interferências.
    – E serem bastante cuidadosos, por usarem o mesmo microondas durante 17 anos, isto é que é cuidar bem de um electrodoméstico.

  4. int3 says:

    pensei que 1.4GHz fosse o inicio do SHF e nem micro-ondas eram.

  5. Luís Lemos says:

    Fantástico… E o microondas durou 17 anos, ou qualquer um fazia a mesma interferência?

  6. Dude says:

    Estou mais impressionado com o micro-ondas ter durado tanto tempo.

    • Megabyte says:

      Tenho um de 89 e outro do final dos anos 90 sem reparações a não ser a substituição da lâmpada, portanto não sei qual o drama. Acerca do fato de o microondas ser ou não o mesmo, penso que não tinha de ser o mesmo aparelho durante este tempo. Bastava que todos os que passaram por lá tivessem o mesmo tipo de funcionamento, isto é, que permitisse a abertura da porta sem ter de carregar antes no stop ou rodar o temporizador até zero. Muitos destes aparelhos mais baratos sem mostrador digital ou funções mais avançadas permitem isto.

  7. NT says:

    Caso fosse perto de alguns ‘departamentos’ da função pública, descobriam mais cedo. Porque têm o pequeno almoço, a refeição a meio da manhã, a pausa antes do almoço, o almoço, pausa para o café depois de almoço, lanche e pausa para o cafezinho antes de sair. A probabilidade de utilização do micro ondas seria muito grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.