PplWare Mobile

Microsoft vendeu mais de 200 milhões de licenças do Windows 8


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

    • Abilio says:

      E argumenta este com um artigo de 4/2013 de um site dedicado a dar notícias de Mac?
      (…)

    • T. Castro says:

      Oh Zé, esse link é do macdailynews. Desde quando isso é viável para qualquer análise de mercado do Windows ou Android? Ai ai, essa cabecinha…

      • Nelson says:

        Apesar da sua origem….

        É uma compilação de várias opiniões dadas por várias publicações não Mac-centricas bem reconhecidas.

      • Jose says:

        Se o teu mal é o sites, escreve no Google “Windows 8 Flop”, tens mais de 8M de links.

        É um facto que o Windows 8 é um Flop, e nunca na vida ade ter o numeros de vendas que o Windows 7 teve.

        As pessoas querem o Windows 9, e não querem a treta da ModernUI no Desktop. Menos de 10% dos PCs não têm touch, usar a ModernUI com um rato é ridiculo, isto para não falar das limitações.

        • Mota says:

          +1

          O metro veio a matar o PC como o conhecemos. Isto sem dizer que imensas pessoas que compram o windows 8 acabam por deixa-lo como o windows 7.

          Gosto do 8 mas volto a dizer o metro, para o pc pelo menos, veio matar a confiança dos utilizadores.

    • Malic x says:

      Jovem, deve ser devido a esse flop que o teu querido osx os deu no mesmo espaço temporal cerca de … Vamos ser generosos, 10 milhões de cópias.

      Troll

    • Fernando Jorge says:

      De facto… não sei como é que se consegue dizer que o 8 é um flop maior que o Vista.

      Que algumas pessoas não se consigam adaptar, muito bem… alargar esse consenso a toda a gente… vou ali e já volto. Esta conversa já cansa.

      Eu tenho o 8… e sinceramente… não estou com vontade nenhuma de voltar para trás. Se alguém quer fazê-lo/mudar/converter-se a alguma força superior… força, está na sua liberdade.

    • Manuel says:

      O que você não diz é que aponta um link que é notoriamente anti Microsoft. São todos pró Mac, eu nada tenho contra os Mac. Leia os comentários e veja como são de bradar aos céus! Há um que se diz profissional aproveita para fazer publicidade àquele programa péssimo que réplica o menu iniciar antigo e inútil no W8 e diz ter como cliente uma professora não sabe onde abrir o word!!! Dhaaa! Haja pachorra! Não entendo como podem ter telemóveis. Inteligentes, TV etc se nem sequer sabem usar um S.O. por sinal super-intuitivo (vamos a ver sou um génio e não sabia)! Há outro ainda que diz ser preciso ter um curso para usar o S.O., nota-se claramente, que nunca pôs as unhas num computador com o W8! Mas admite que é lerdo. Este é sem dúvidas o melhor S.O. Da Microsoft, que soube fazer bem uma simples coisa integrou o sistema em vários dispositivos, algo que falta ao Windows! Que hoje se vendam menos PC como se confirma diariamente é uma coisa, agora inventar, só porque o coitado não gosta dos ” tijolos”, que lhe dão cabo da tola porque para carregar numa tecla preciso para alguns ter um diploma, ou outra treta qualquer é demais! A minha mulher que é um desastre, mesmo desastre com equipamentos qualquer um dá cabo de um aparelho só com o olhar, habituou-se perfeitamente e trabalha diariamente com o W8, e só sabe usar pouco mais que os programas do Office e vêm-me agora para aqui os experts da treta, alguns “técnicos” de informática ou dizem-se, devem ser daqueles que para mudar uma gráfica, reinstala o S.O. ou muda a placa-mãe, vê-se muito disso e têm coragem para dizer que não sabem usar o W8, nem como piada! Que os sistema pode melhorar, pode, pode sempre, mas que este está efectivamente muito bom está! E note-se ou vista não era nada mau, era sim demasiado completo pois tudo o que veio a seguir são réplicas do Vista simplificadas, portanto se não sabem disso não sabem de nada, desculpem-me a franqueza mas é o que me parece! Com esta má vontade contra a Microsoft e vendo o mercado como está não será um 9 nem um 10 que irá dar aos S.O. para P.C. os velhos tempos de glória.

      • Meu caro, eu sou técnico de informática mas não técnico de Windows 8. Eu sempre consegui trabalhar com todos os Windows desde o Win95 até ao Win7 sem fazer o menor esforço.

        Hoje com esse Win8, eu fico imensamente triste e não percebo a razão de ser.

        Eu penso que o Windows 8 poderia até ter alguma razão de ser se durante a primeira configuração o utilizador pudesse escolher entre a utilização desktop ou a utilização tablet.

        Acho interessante a ideia da Microsoft de trazer os tiles porá acredito que isso poderia ter sido implementado sobre o Windows 7 e o seu ambiente de trabalho permitindo que o Ambiente de Trabalho assumisse duas áreas (a da pasta normal que aparecem as pastas e ficheiros e uma outra em que surgiria uma área mais web onde surgiriam os tiles em execução.

        Para que é que um computador de trabalho (processamento de texto, contabilidade e essas coisas) precisa dos tiles? Não precisa.

        Esse Windows 8 é bastante confuso. Porém eu como nunca comprei software Windows, apenas comprei equipamentos que já o traziam instalado, então não posso dizer que vou deixar de comprar Windows.

        Eu sou é muito capaz de deixar de comprar PCs com Windows pois odeio esse Win8.

      • Marco says:

        Espero que a tua mulher não tenho visto esse comentário Manuel.
        Eu estou de acordo contigo. O windows 8 parece-me bom e rápido. Uma diferença visivel que tem em relação á versão anterior é ter um menu iniciar diferente. De resto continua com o desktop tradicional tal qual como o windows 7. Não percebo tanta irritação e maldizer de tanta gente por causa do windows 8.
        Sobre as 200 milhões de licenças vendidas parece-me um bom resultado. São capazes de existir outras tantas ou mais licenças piratas por aí por isso concluo que as pessoas gostam dos windows 8.

    • Nuno Armando says:

      O Vista não teve a concorrência de uma mudança de paradigma! A Mobilidade! A Microsoft precisava de ter ido buscar os milhões em falta ao mercado Móvel. Ai acordaram tarde… Não se trata efectivamente de um flop do SO per si. Analisar cotas de mercado para justificar o flop do windows 8 é um disparate e uma falácia!

  1. Fábio says:

    “Este números agora apresentados atestam da aceitação que este sistema operativo tem tido”.
    Não acho que seja uma questão de aceitação e sim de imposição. Não tenho nada contra o Windows 8, muito pelo contrário, mas se você hoje for comprar um computador da Sony, Dell, HP, dentre outras, certamente estará adquirindo o Windows 8 queira ou não.
    Saberíamos se se trata de aceitação se houvesse liberdade por usar o Windows 7 ou o 8, mas como não há essa possibilidade o Windows 8 crescerá por “livre e espontânea pressão” tal qual seus anteriores.

    • Concordo em quase tudo menos a ideia de que o os anteriores cresceram por imposição. Isso não é verdade, ou melhor, não é uma verdade completa.

      Eu passei a usar o Windows 7 por vontade própria. Adquiri um Eee PC com WinXP e logo o formatei e instalei o Windows 7.

      Eu tive um PC com vista durante uns meses. Eu não sei se foi do SO mas o que sei é que ele me queimou duas fontes de alimentação e devolvi à marca e foi por ter ficado sem PC que acabei comprando o Eee PC. Foi um arremediar que acabou por ser uma substituição.

      Nunca tive um computador que corresse o Windows ME apesar de ter conhecido esse SO, bem como o Windows 2000, ou seja, nunca fui nem me senti pressionado.

  2. Nelson says:

    Ot: pplware, quando é que vem a app para iOS, tipo, uma decente?

  3. hahahahaha says:

    Pois, o WIndows 8 é um “sucesso”. Pena que todos o odeiem e que tem menos utilizadores que o XP. Nem o número do utilizadores do Vista o Windows 8 conseguiu passar. É um verdadeiro fiasco da Microsoft. Pior que o fiasco do Vista.

    • Manuel says:

      Todos o odeiam? Si. Aquele que nunca usaram Windows e muito menos este! E muito giro ver falar gente que sempre andou em “campanha” contra Microsoft! Que não tem que ser defendida, nem me paga, mas que vejo uma “militância” descabida por parte dos seus detractores vejo! Dê lá um PC a uma pessoa, qualquer uma e veja com qual sistema se habitua a trabalhar e que melhor se adapta! Eu gosto de Linux de Mac, uso-os muito, mas quando se fala em Sistemas Operativos, o utilizador comum prefere o Windows, porque será? E este o W8, é impossível ser mais simples, a habituação dura 5 minutos para a maior parte das pessoas que conheço, se um especialista não o sabe usar que mude de profissão, está na errada.

  4. Asdrubal says:

    Parece-me justo! Se houverem perto de dois biliões de máquinas em rede, e no netmarketshare dá acima dos 10% os 8 e 8.1 em conjunto.

  5. César Augusto says:

    Mesmo que uma grande parte possa estar em stock, em vez de na casa dos utilizadores, o que interessa e que a Microsoft… Já os vendeu 😉

  6. pebh says:

    Bem analisado, é mais: “MS impingiu mais de 200 milhões de licenças do Windows 8”

    O monopólio é tal, que se quiser ir a qualquer lado comprar um computador sou obrigado a comprar também a licença do Windows…
    Mesmo que queira apenas usar Linux, sou obrigado a aumentar o num. de vendas do windows…

    As opções, num portátil por exemplo, de comprar com linux ou sem SO são escassíssimas!

    • Manuel says:

      Reveja lá o que disse e pense um pouco! Já viu o preço dos pc’s sem S.O.? Acha-os mais baratos? Sabe que PODE sempre instalar outro S.O., não sabe? Ponha Linux a quem não sabe usar a consola deste e depois diga algo! Já viu o IOS para venda sem ser nos computadores da Apple? Para alguns o melhor era ficar calado

      • pebh says:

        Penso não ter sido claro…
        Não referi preços, nem referi conhecimentos de linux, nem referi nada da Apple.
        Apenas chamo a atenção que mesmo quem adquiriu um PC e instalou outro sistema operativo, muito ou pouco, encheu mais um pouco os bolsos da MS!!!

        • Alexandre Pinto says:

          E isso acontece porque? Um pc sem windows não é viável em termos de vendas. e Isso tem-se demonstrado.
          Qualquer cadeia de lojas de artigos electrónicos quer exibir os produtos que os clientes querem. Se os clientes quisessem massivamente PCs sem SO ou com linux, eles existiriam de certeza.
          Eu sei que há quem preferisse sem SO ou com outro SO, mas em termos de números, é um valor irrisório.
          Daí o windows ser sem duvida a melhor aposta dos vendedores/marcas.

    • Rui says:

      Pebh?
      E tu consegues por exemplo comprar um Mac sem o OSX?

      A Microsoft não está sozinha na criação de sistemas quase sem escolha. Mas também me parece que as marcas podem optar por venderem equipamentos com Linux e não o fazem, porquê?

      Tens dúvidas que a esmagadora maioria não queria linux?

      • Daniel says:

        Eu comprei uma “frota” de Windows 8 para casa e não foi por obrigação, na altura ainda havia Win7 Ultimate à venda.

        Só faz upgrades quem quer, se há pessoas a ficarem presas ao XP é porque não tem capacidade sequer de utilizar o Win7, porque se tivessem, mudavam.
        Nem toda a gente é obrigada a comprar o topo de gama de 3 em 3 meses para andar na crista da onda…

      • Nelson says:

        Quem é que falou de Mac?

        Quem compra um Mac, é porque quer OSX, se não quiser, não compre um computador da marca “Apple”, há muitas por escolher…

        • Rui says:

          A questão não é essa. Alguém pode comprar um MAC sem vir com o OSX? Independentemente de posteriormente instalar outro SO.

          Conheço quem faça isso, aliás tenho aqui ao lado um macbook a correr windows 7 pro (em dual-boot).

          A questão que deveria ser colocada é a de que os consumidores deveriam ter a possibilidade de escolherem o SO para o primeiro arranque.

          • Nunes says:

            Não seria por teres um Macbook sem OS X instalado de fábrica que te ía ficar mais barato, por isso não vejo qual é a vantagem que podes retirar disso!
            Para além disso sendo um produto integrado de alto a baixo pela mesma empresa, não faz qualquer sentido vir sem o sistema, seria muito mais confuso para o consumidor!
            Se quiseres o computador e instalar outro sistema, nada te impede!

          • Rui says:

            Então Nunes, pegando na tua justificação, nada impede a Microsoft de chegar a acordo com as marcas, que concerteza certificam as máquinas para correrem o windows versão x, sem depois correrem o risco de verem utilizadores reclamarem porque têem de levar com um computador com o windows pré-instalado…… porque queriam Ubuntu, o mandrake, etc, etc…..

          • Nunes says:

            @ Rui
            Não comentei o que acontece no mundo dos PCs,
            mas não é preciso puxar muito pela cabeça para ver que essa situação é diferente, pois tens companhias diferentes a fornecer hardware e software. Isso significa que há um custo fixo para a licença do Sistema fornecida com um PC, logo um computador sem essa licença é mais barato.
            Não quero com isto dizer que o consumidor tem direito a pedir o computador sem o sistema, mas é óbvio para qualquer um que há uma diferença monetária associada! Coisa que não podes ver no Mac pois software e hardware são desenvolvidos em conjunto pela mesma empresa!

          • Nelson says:

            Não precisas de arrancar sequer uma vez em OSX.

            Metes o cd/pen do SO que queres por a correr, apagas aparição do Mac, e instalas o SO que queres.

  7. larterpt says:

    É pena as pessoas pensarem que o sistema operativo é um flop, quando na realidade este sistema tem o melhor dos dois mundos junta o touch com o antigo desktop. E a nivel de desempenho é muito mais rápido que o próprio windows 7 sendo esse já muito bom.

    • kekes says:

      Concordo absulutamente!!!

    • Rui says:

      Sim, concordo em parte.

      Relativamente a rapidez concordo se estiveres a referir-te ao windows 8. Aí de facto é mais rápido que o windows 7.

      Já o windows 8.1 é um guloso em recursos!!!!!

    • Emanuel Alves says:

      Concordo completamente com a parte do desempenho. É sem dúvida o sistema mais rápido que a Microsoft criou. Infelizmente, com o passar do tempo, tenho chegado à conclusão que simplesmente não utilizo qualquer elemento da interface Touch do Windows – e agora com o 8.1, ainda menos.

      No entanto, a interface Touch (Modern) no Windows 8.1 é completamente ignorável… não chateia, não aparece, o que acaba por deitar por água o argumento daquelas pessoas fundamentalistas relativamente “à dificuldade” de adaptação do Windows 8.

  8. Carlos S says:

    “Windows 8 está no mercado desde Outubro de 2012, o que significa que em 16 meses não conseguiu chegar aos valores do Windows 7.”
    “os problemas de adaptação dos utilizadores à nova interface, mas a verdade é que o Windows 8 está longe do que seria esperado.”

    – Talvez a Microsoft faça agora com o “O Windows 8.1 e o futuro Update 1 do Windows 8 ” que parece finalmente estar a ouvir os utilizadores uma campanha relâmpago baixando os preços para ir buscar os muitos utilizadores do XP.
    É uma ideia…

  9. Bovidino says:

    Calma gente. O Windows 9 vai chegar logo.

  10. Ricardo says:

    Devem estar ai as licenças dos milhoes de WindowsRT que ficaram por vender e estão a apodrecer no armazem…

  11. Gerardo says:

    Os números não podem ser altos, porque simplesmente o windows 7 ainda está ai para as curvas. No mercado doméstico quase ninguém compra licenças, a mudança de sistema é feita com a mudança de máquinas. As máquinas com windows 7 ainda não são lixo e por isso a mudança é feita sempre de forma gradual e continuada com a sisbsituição das máquinas que vão caido em desuso e avariando.

    No mercado empresarial, não se muda de sistema sempre aque a Microsoft inventa um novo. Repara-se que ainda muitas empresas usam o XP !!?? Agora que o windows 7 entrou em velocidade de cruzeiro, com quase todas as Apps (comerciais ou feitas à medida) a funcionarem nele, só um responsável de TI louco é que vai fazer uma migração de 7 para 8.
    Nos próximos 10 anos (mais coisa menos coisa) o Windows 7 será rei e senhor.

    A Microsoft podia inventar o melhor sistema operativo do mundo, a correr nativamente e melhor aplicações de Mac e Linux, que mesmo assim os números andariam nas mesmas casas.

    A Microsoft sabe que estes são os ritmos da “vida real” e por isso faz estes sistemas de transição.

    • Gerardo says:

      E acrescento, que o windows 8 é, pelo menos, tão bom como o windows 7. Estou a usar praticamente desde que saiu, e não me lembro sequer do 7. O Metro não me aquece nem me arrefece. É quase como o paint, estar ou não estar é-me indiferente 😀

  12. Nelson says:

    Eu que sou fã de OSX, não vejo problema nenhum no W8.

    Se me perguntarem, é mais um caso de bitching generalizado a quem não quer mudança e não…

  13. moedinha says:

    Espero é que quando vier o 9 façam mais um plano de upgrade a 14.90 € …

  14. Rui says:

    Eu utilizo o W8 (não gosto do 8.1) e sou crítico da Modern UI, mas não vejo motivos para dizer que é um fiasco, só diz isso …… quem nunca utilizou.

    O defeito que tem é no fundo serem 2 SO num só. Através do ambiente de trabalho é muito parecido ao W7 e com a modern UI (pensado nos aparelhos touch) é um novo SO pensado para esses terminais.

    Quem como eu não gosta da modern UI, utiliza em modo de ambiente de trabalho, não vejo nenhum bicho papão!!!! E além disso o windows 8.0 é mais rápido que o 7 (já não digo o mesmo do 8.1).

    Para os críticos deixo um conselho, utilizem mais do que 1 hora o W8 e depois se ainda tiverem algo a criticar, escrevam à Microsoft……….

    • Antonio says:

      Eu também não vejo motivos para dizer que é fiasco, aliás estou super contente com o Windows 8, e fiz uma migração da minha vontade vindo do Win7, e não por oposição. É verdade que inicialmente fiquei imensamente frustrado com o facto da maioria dos ficheiros estarem a abrir em aplicações metro quando todos tinham o seu análogo disponíveis no “ambiente de trabalho”, tanto que fiquei com o tique de agora abrir todos os ficheiros com o clique do botão direito do rato e fazer “Abrir com…”. Outra questão que me frustrou foi onde andava o botão de encerrar a máquina. O restante foi uma questão de adaptar às novas mudanças.

      Também não sou um fã do Metro num desktop, mas também não passo lá quase tempo nenhum, só quando quero experimentar alguma aplicação ou alguma configuração tem de ser feita por lá. Mas dou uso à interface Metro iniciar aplicações, que não quero ou precise na barra de tarefas.

  15. Mota says:

    O pplware já tinha um artigo aqui parecido, grande parte destas vendas passou por campanhas que diga-se de passagem a MS tem todo o mérito.

    Upgrades a 15€ , o impacto que a novidade do windows 8 foi, a expansão aos tablets.

    Goste-se ou não, a verdade é que é um SO que não foi indeferente, eu tenho clientes que simplesmente adoram o windows 8 e outros simplesmente detestam o metro..

    Conclusão, ponho um menu iniciar e o problema resolvido. Agora acho um absurdo dizerem que 8 é um flop maior que o Vista, eu não conheço ninguém que goste do Vista..

    https://www.youtube.com/watch?v=UC4vz6IbdtY <— recomendo verem isto 😉 haha

  16. Otávio says:

    Acho que a Ms quis criar um Windows universal que serve tanto para touch como para desk.Mas não o fizeram perfeitamente e resultou nessa coisa meio desorganizada.

  17. Aparecido Antonio Alves says:

    O comentado volume de licenças do win 8 vendidos pela MS não é totalmente verdadeiro. Ele foi enfiado guéla a baixo dos consumidores que foram obrigados a adquirir máquinas que já vem com este sistema instalado. Como foi meu caso. Depois de uma experiência desgastante, formatei minha máquina e instalei o windows 7. Conheço várias pessoas que fizeram o mesmo. Será que alguém tem alguma estatística sobre isto ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.