PplWare Mobile

Microsoft mostra mesa sensível ao toque


Destaques PPLWARE

  1. Gerardo says:

    Fantástico…. Simplesmente fantástico. Abre um mundo de possibilidades… Com um teclado virtual um ecrã daqueles faz tudo … sem precisar de um rato + teclado.

  2. Gerardo says:

    ” Melhor maneira de prever o futuro é inventá-lo”

    Digam o que disserem a Microsoft inventa o futuro, os outros simplesmente correm atrás…….

  3. Rui Couto says:

    Genial… Embora não concorde com a monopolização do mercado informático por parte da Microsoft, confesso que o Bill Gates fez um bom trabalho. O único erro do Bill é não me oferecer um… lol

  4. Alex Ribeiro says:

    @Gerardo

    A microsoft não inventou nada, ela só está comercializando primeiro (Ops… 2º , pois primeiro foi a Apple, coincidência…), se fores ao YouTube verás que há vídeos muito mais incríveis que estes da Microsoft envolvendo a mesma tecnologia, claro que a Microsoft deu os seus toques, como por exemplo a questão de identificação de objetos sobre a superfície e a conectividade Wi-Fi, ela não inventou, apenas implementou recursos. Também vale lembrar que a tela do iPhone, a ser lançado na mesma época creio eu, contará com o mesmo recurso, com características próprias, em breve certamente teremos (ou melhor, veremos, por que até tê-los em mãos, haja…) vários produtos com essa tecnologia. Digamos que isso é a primeira cópia melhorada.

  5. Snatch says:

    e então o BumpTop 3D Desktop???
    mais o multi-touch interface da adobe???

    já foram apresentados a muito tempo.

    uma pequena pesquisa pelo google/youtube e dão com a coisa.

  6. Paulo Carvalho says:

    Também sou da opinião que não se pode chamar a isto invensão. Existindo os ecrãs sensíveis ao toque, bastou aumentar o seu tamanho e embuti-lo numa mesa e está feita a “invensão”.

  7. SkySkull says:

    A microsoft não inventou nada, ela só está comercializando primeiro (Ops… 2º , pois primeiro foi a Apple, coincidência…), se fores ao YouTube verás que há vídeos muito mais incríveis que estes da Microsoft envolvendo a mesma tecnologia, claro que a Microsoft deu os seus toques, como por exemplo a questão de identificação de objetos sobre a superfície e a conectividade Wi-Fi, ela não inventou, apenas implementou recursos. Também vale lembrar que a tela do iPhone, a ser lançado na mesma época creio eu, contará com o mesmo recurso, com características próprias, em breve certamente teremos (ou melhor, veremos, por que até tê-los em mãos, haja…) vários produtos com essa tecnologia. Digamos que isso é a primeira cópia melhorada.

    E porque tem que ser a Microsoft a copiar e não a Apple ou outra qualquer? …

  8. Marcelo Ribeiro says:

    @ Alex Ribeiro (familiar afastado… talvez?)

    A tecnologia que é apresentada e que funciona como base desta mesa não é nem de perto nem de longe nova. E não, não foi a Microsoft que a inventou. Mas também não foi a Apple. Mas não vamos comparar o iPhone com a Surface. A unica coisa que têm em comum é o facto de funcionarem ambas pelo tacto. Agora não tou a ver o que é que vou por em cima do iPhone para ele reconhecer. A Microsoft pode não ter inventado nada. Mas teve inteligência suficiente para reunir tudo num único produto. E realçar o facto de o produto estar em desenvolvimento à 6 anos… por isso a Apple não pode lançar a história do “Redmond… comecem as fotocopiadoras!”

    Acho que a Microsoft teve capacidade de criar aquilo que a Apple não conseguiu com o iPhone (que ainda nem saiu já se adivinha um desastre) que foi ampliar as capacidades de um computador recorrendo ao tacto e à voz humana, de uma maneira muito mais funcional que o iPhone. Se a mesa precisa de ser melhorada… o iPhone precisa de ser re-inventado.

  9. green says:

    invensão invenção

  10. LMF says:

    é um iphone em ponto grande?

  11. aver says:

    Isto não é um computador, é um tocador, que vai mudar a “maneira como as pessoas compram, jantam e vivem, segundo a” Microsoft.

    O exemplo é para um restaurante, onde a colocação de um copo de vinho na mesa pode ser acompanhada com informação sobre o mesmo e até qual a melhor escolha de refeição para o acompanhar

    .

    A Micosoft pensa por si seu estúpido, ponha só o copo em cima da mesa e pague a conta. Acho a publicidade um bocado fraquita.

  12. CrV13 says:

    De mais mesmo….

  13. knozer says:

    bem digam o que disserem a microsoft entrou bem no mercado.

    tao a dizer que nao inventou nada limitou-se a implementar o inventado mas porque sera que ninguem fez isso????

    pois a tecnologia e ver e aprender com os outro de modo a melhorar
    É que se por fulano e baltrano ja terem feito isto eu nao ia o fazer…por amor de deus

    o progresso nao seria assim tao grande, e secalhar nao estavamos agora coma tecnologia que temos

    anyway quero uma daquelas XD

  14. Anibal Ferreira says:

    @Paulo Carvalho
    Não inventes 😀 é invenção, não invensão.
    Por vezes isto é como o ovo de Colombo, todos sabem depois de alguém mostrar o caminho.

  15. Alex Ribeiro says:

    @Marcelo Ribeiro

    Então, era isto que eu queria dizer, a MS não inventou, muito menos a Apple, e cada empresa vai acrescentar funções ao seu modo, eu não queria de forma alguma apontar quem copiou o que, por que o princípio de ambas é o mesmo. É o desenrolar natural de cada tecnologia que vai surgindo. Só isso, nada mais que isso… Mas é que, quando a MS lança alguma coisa, mesmo já sendo coisa antiga, há uma massificação “da grande novidade” atingindo diversas camadas, principalmente aquelas que não tem grande familiaridade com as inovações que já foram apresentadas a mais de um ano, e muita gente reage, por ignorância, como se aquilo fosse algo totalmente único, inovador e tivesse sido criado pela empresa, o que não é como nós bem sabemos que não é… Só isso que queria expressar.

  16. peopleware says:

    Apenas sei que quero um. Depois logo podemos discutir quem foi que inventou, se depois tiver tempo claro 🙂

  17. Gerardo says:

    Por essa ordem de ideias a Porshe faz carros fraquitos só porque um homem das cavernas qualquer já tinha inventado a roda 🙂 …. Pelo amor de deus…

    Um comboio é uma junção de ideias, a roda, o motor a vapor, bancos, cadeiras, casas de banho, etc, etc. No entanto não deixa de ser um “invento” magnifico que modificou a história dos transportes…..

    Tudo o que apareceu no Surface são tecnologias que já conhecia, mas a Microsoft juntou-as de uma forma que nunca tinha imaginado. e por isso é que quando vi o vídeo exclamei :UUUAAAAUUUU….
    Não por ver um ecran que se pode tocar com os dedos 🙂

  18. Israel Demetrios says:

    Achei legal a idéia, tudo ótimo, lindo e maravilhoso, mas ao ver esse vídeo eu tive uma lembrança de quando eu estava testando o Windows Vista, pensem comigo, como essa mesa vai identificar um objeto? Eu pensei em 2 exemplos:
    1º Por leitura de algum chip via bluetooth ou outro meio de comunicação.
    2º Por coloração-textura-e-formato.
    Em todos os casos temos problemas:
    no 1º já pensaram se tudo que a gente for colocar na mesa tiver que ter um chip qualquer? Fica inviável(ex como um chip de um copo vai saber o que tem dentro?
    e no 2º o usuário da mesa vai ter que ficar cadastrando as “coisas” que quiser que a mesa identifique(foi aqui que lembrei do Win-Vista). já pensaram nisso?

  19. Pena_Leve says:

    Caro DC…
    Obrigado pela dica… Desde que vi este post e outros noutros locais sobre esta tecnologia da Micro, que me lembrei que já tinha visto algo parecido.
    Et voilá, tinha sido aqui no pplware…
    Eu sabia que esta coisa não era nova, aliás, como referiu também o Snatch.
    Quanto a ser deste ou daquele, só espero que quem tenha inventado a tecnologia receba os lucros dela… e não qualquer gigante da informática.

  20. 5uCk says:

    “A Micosoft pensa por si seu estúpido, ponha só o copo em cima da mesa e pague a conta. Acho a publicidade um bocado fraquita.”

    Se vires os parceiros aparece la o Sheraton, ai deve ser possivel pagar como mostram na publicidade. Eu nao me xeira k meta la os pes tao cedo.

    Mas correndo o windows vista, deixa ver.,..Virus bugs estupidos e claro vai ser cracadode certeza.
    Num futuro medio talvez tenha mercado.

  21. Guerreiro says:

    Muito bom, tenha sido inventado alterado, ou o quer que seja , muito bom. Poderá facilitar muitas empresas, e criar mobilidades interessantes.

  22. Paulo Carvalho says:

    @OFF-topic
    Peço desculpa pelo erro ortográfico!!! No momento que estava a escrever o meu comentário apercebi-me que não estava a gostar da construção da referida palavra mas, pelos vistos, tinha mesmo erro. Agradeço a quem emendou, já que, sou um dos maiores defensores de que se escreva correctamente o português. E não fico ofendido por me fazerem ver que errei, muito pelo contrário.
    Cumps.

  23. noID says:

    Não entendi muito bem o que realmente é isto 🙁 :$

  24. Carlos says:

    Pois é muita gente podia estar em vias de comercializar algo do género, mas a pioneira foi a Microsoft como quase sempre, por isso tem e mereçe todos os créditos que lhe são atibuidos por tão fantástico salto informático a nivel do utilizador . Não basta pensar é preciso agir se não fosse assim ainda viviamos na Grécia antiga a filosofar .

    Bem Haja
    Carlos

  25. green says:

    Off Topic
    @ Paulo Carvalho

    Eu emendei assim, sem referência ao “nick”: invensão invenção
    O @ Anibal Ferreira emedou: @ “nick” “Não inventes 🙂 é invenção, não invensão” , que também é uma forma simpática

    Eu proponho a minha a todos os participantes – se e só se valer a pena fazer a correcção . É uma forma neutra e evita guerras. Uma vez passei-me quando num comentário importante de alguém o comentário seguinte não acrecentava ponta de corno e apenas vociferava contra um erro ortográfico. Se querem a minha opinião, a escrita melhorou bastante (mais k menos k) e os “vociferantes ortográficos” estão mais comedidos.
    Cumps

  26. Jonblue says:

    Esta notícia está errada, esta é a nova geração de computadores…
    Vai é começar por este segmento e cobrir um mercado gigantesco k é o dos restaurantes e afins…:-)

  27. Snatch says:

    a MS não inventou nada…
    nem a Apple com a banhada do iphone…

    existem muitos projectos de pequenas empresas muito antes destas duas se pronunciarem sobre esta tecnologia e essas mesmas já foram apresentadas aqui no pplware.

    como por exemplo a mesa de um bar ou mesmo as que já enumerei a cima…

    BumpTop 3D Desktop
    multi-touch interface from adobe

    estes mesmos já foram apresentados a publico a muito mas muito tempo mesmo…

    Claro que com uma empresa como a micro ou Apple tem muito mais impacto…

    mas que não é inovação não é…

    até a sony já tem algo do género que consegue reconhecer peças de acrílico com desenho. etc etc etc….

  28. Anibal Ferreira says:

    off topic
    @green
    Na altura não vi o teu post caso contrário não teria feito o meu, mas tens razão a tua forma é mais simpática 😀
    @Paulo Carvalho
    Peço desculpa pela correcção, por vezes damos erros sistemáticos pensando que está correcto, só porque nunca nos chamaram à atenção mas pelo menos eu não me importo de ser corrigido, sempre se aprende qualquer coisa mais, isto também são efeitos de ter uma professora de Português (e não só) como patroa, fica-se muito sensível 😀
    Abraços

  29. Leandro says:

    @Alex Ribeiro

    Meu amigo, é uma pena, mas a grande sacada ma MS e essa saber utilizar recursos e retornar isso aos usuarios!
    E diga-se de passagem que a tela do IPod não e coisa do Steve, ja existia uma modelo de cel com tela da mesma forma…

  30. Pedro Santa says:

    Coloquei um comentário anteriormente mas ele não apareceu. :/

  31. o patrão fala o empregado obedece cumpra ha ordem ja

  32. joana da LOURdes says:

    eu so amu u cristianu Ronaldu!
    agr se a microsoft é boa ou nao .. hihi
    lol claru que nao importa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.