PplWare Mobile

Microscópio de Força Atómica num chip? Sim é possível


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

11 Respostas

  1. Antonino says:

    Eita ganda confuzam

  2. Jose Neves says:

    Espectacular … estes saltos tecnológicos são fabulosos 😉

  3. duarte silva says:

    Lamento. Mas nunca na vida um microscópio AFM custa 500 mil dolares.

    • Vítor M. says:

      Quanto custa então? Temos de informar os senhores dessa universidade.

      • Rui S. says:

        tem varios preços mas pode-se comprar tao barato quanto 30.000 USD.
        Mas tem piada a arrogância dessa resposta quando nem se dão ao trabalho de pesquisar o conteudo da noticia que publicam. Bravo!

        • Vítor M. says:

          Arrogância? Só estava a dizer que o que informaram no relatório da universidade é que custava meio milhão de dólares. A informação, não sendo correcta, deveria ser corrigida, mas por eles, que estão a prestar um mau serviço. Foi só isso que quis referir, o resto é a sua interpretação.

          Se estão agora a produzir algo muito mais barato mas com referência a algo tão caro como meio milhão de dólares, é um erro deles… ou então há alguma informação que o Rui poderia colocar aqui, para podermos perceber de onde vem o valor dos 500 mil versus o valor de 30 mil dólares que o Rui disse.

          Esta é boa, então está tudo na notícia fonte e tudo, o Rui não mete qualquer fonte e nós é que não pesquisamos? Caro Rui, não percebi essa sua deturpação da realidade.

          • Rui S. says:

            Não sou eu a publicar uma noticia que pode chegar e, informar em erro, centenas ou milhares de pessoas. Parece-me que o Vitor tem uma ideia errada de quem tem o ónus da pesquisa. Eu é que tenho de colocar fonte em um comentário ou é o Vitor que tem de certificar que a noticia é correcta e factual? Afinal, quem é o jornalista?

          • Vítor M. says:

            Mas a que demos está correctíssima, nem se coloca a dúvida e tem fonte 😉 sim foi certificado tudo o que foi dito. O Rui é que agora já parece não ter certezas no que disse. Já está a tentar dizer o dito pelo não dito. Qualquer informação extra, consulte o relatório citado e ficará a saber exactamente o que se trata. Mas que enganar os outros, não se engane a si, penso que é um pouco isso.

            Cumprimentos.

  4. Alvega says:

    Enquanto uns empreendedores da treta (existem muitas e boas excepções, felizmente), andam a fazer APPs por atacado e que na sua grande maioria nao serve para nada, outros existem que verdadeiramente se preocupam em evoluir, esté um exemplo, e muitos outros existem.
    Faz-me lembrar os 1ºs computadores, e telemóveis, isto quanto há dimensão e desproporção de preços.
    Piada: Se Deus nosso senhor está em todo o lado, eu nunca o consegui ver, será que com um microscópio de força atómica vou finalmente ENXERGAR ?

    • Vítor M. says:

      Parece-me que a ideia é mesmo fazer baixar o preço de forma considerável. Esta tecnologia poderá um dia estar ao dispor de mais pessoas, como as câmaras térmicas hoje em dia, e servir vários segmentos que com isto podem ser mais produtivos.

  5. Goncalo says:

    Consultem aqui:
    http://www.afmworkshop.com/atomic-force-microscope-prices.html

    Acho que ou os precos sao ja muito desatualizados ou houve para ai um engano qualquer, ou os sites que encontrei estao todos enganados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.