PplWare Mobile

Jelly Bean é ainda a versão mais usada nos dispositivos Android


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. João says:

    E porque?
    Porque as marcas/operadoras não atualizam o SO.
    Lançam os tlms e logo se seguida deixam de dar suporte

    • José Fonseca says:

      Agora é que disseste tudo xD

    • Raquel says:

      Nos lumias ou iphones isso nao acontece..android se n for um nexus n vale a pena.

    • Jorge Rodrigues says:

      +1

      A pura, nua e crua realidade dos factos…
      Depois operadoras e fabricantes admiram-se de ser gozados e de perderem utilizadores.

    • José says:

      Infelizmente é assim. E se falarmos de smartphones de operadoras existem 2 esperas:
      1ª a marca lançar a atualização;
      2ª a operadora “aprovar” a mesma atualização, colocar todo o seu bloatware, e lançar

      Por isso é que pessoalmente deixei de adquirir estes equipamentos nas operadoras… Simplesmente não compensa.

      Quanto ao tema em si, esta fragmentação de valores será sempre descontrolada, dada a imensidade de marcas e modelos que existem com Android.
      A única forma de evitar a fragmentação seria a Google obrigar todos os fabricantes a atualizar os seus equipamentos (o que no mundo “real” vejo como extremamente improvável, senão mesmo impossível).

    • Mota says:

      Por isso é que opto por escolher telemóveis onde o cyanogenmod seja suportado. Infelizmente este é e sempre será o calcanhar de aquiles do Android.

  2. mama kinagrande says:

    e kais é o prob? hãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa? xupa-ma maçã!!!

  3. Raquel says:

    Vergonhoso quase em 2015 ainda usar jellybean. kitkat e lollipop? E por isso que nc comprarei android.

  4. luislelis says:

    Da que pensar e levanta algumas questoes.

    O sistema operativo e assim tao bom q nem precisa de actualizacoes pq tudo funciona, independentemnente da versao?

    Estara a Google refem do seu modelo de negocio, nos telephones, e perdeu o control?
    Estara a CyanogenMod a preparar-se para preencher essa falha?

    Nao devera a Google interferir no mercado e obrigar os fabricantes a fornecer o codigo dos drivers?

    Nao deveria existir uma ferramenta de actualizacao universal?
    Aquele abraco

  5. João Terra says:

    existe muita coisa a ter em conta nos lançamentos de novas atualizações. Será que o telemoveltem o hardware suficiente para rodar aquela versão nova?
    Será que os fabricantes dos telefones têm tudo licenciado e verbas para essa actualização?
    será que a operdara tem algo haver com essas atualizações?
    Mesmo que as atualizações sejam feitas para modelos suportados, o que deixa a desejar é que os fabricantes aplicam o kernel mais antigo e o que faz com que o telemovel ande a 30%.
    Por isso quem souber fazer root e por uma room nova e estavel, tem o seu equipamento a rodar a 100%, tudo isso graças à cyanogen.

    • Raquel says:

      “Será que o telemoveltem o hardware suficiente para rodar aquela versão nova?” essa questao e ridiculo pois o android fica mais leve a cada versao, o lollipop foi optimizado para 512gb ram…isso no android ate deveria ser um trunfo e nao uma desculpa para nao atualizar

  6. Vitor says:

    E porque não assume a google a tarefa de atualizar os dispositivos diretamente através da google play?

  7. Carlos says:

    O que faz isto é a google deixar as marcas mudarem o Android, (mas tbm foi isto que fez o sucesso do Android), logo ao dar a liberdade para fazer isso deixa também de ser responsável pelo suporte dessa versão alterada.

    Para o comum dos utilizadores jelly bean e kit kat são a mesma coisa, por isso as marcas não se esforçam para actualizar os dispositivos. Com o lollipop as coisas mudaram um pouco, as marcas estão mais “vaidosas” ao anunciarem que estão a trabalhar na próxima versão, e até estão a usar isso para fazer marketing.

    No entanto o Android continua a ser o caminho a seguir para quem quer um tlm realmente inteligente, apenas as pessoas não devem ir na conversa dos vendedores das lojas e comprarem um tlm obsoleto e desactualizado.
    Por exemplo os motorola tem um relação preço/qualidade/utilidade imbatíveis, e são este tipo de equipamentos que fazem o Android superior.

    • ARG says:

      Caro Carlos, admiro o que escreveste, e digo-te que hoje em dia os vendedores só olham para o que eles têm. Se eles têm Android,” Android é o que eu tenho que vender, porque esse é que é bom… ” Mas não deveria ser assim, os vendedores deveriam ver o que realmente importa, aplicações que o cliente utiliza, informar corretamente o cliente, e não vender um SO, deixando para trás a questão do suporte, muita gente não liga a isso na hora de comprar, mas o certo é que daqui a seis meses estão a querer trocar de equipamento por já estar obsoleto… É a dura realidade tenho um familiar do sexo feminino que está cismado num IPhone porque quer uma capinha com bonecos … :-/ de tal forma que como não quer gastar uma pequena fortuna quer um IPhone 4…. :-o. Assustador para mim mas ok, hoje sou utilizador de Windows Phone e não me arrependo… Tem as aplicações que mais utilizo, fluidez acima de tudo e não me sinto abandonando ou dependente de uma comunidade para ter o equipamento a 100%… Mas os vendedores estavam sempre a empurrar para o Android e para a Samsung… :-/ e que o Windows Phone era muito complicado exigia muito conhecimento….. :-/

  8. Joao says:

    Isto faz lembrar um pouco o mercado dos pcs, com diferencas claro, o windows mantem se bem na mesma versao 4-5 anos, ja no mobile nao faz qualquer sentido manter o jellybean por ex durante 4anos. Tanto os lumias como o iphone tem grande vantagem aqui e serao os unicos que compraria

  9. Faz sentido? says:

    Encarar a versão do so de um telemóvel como a de um pc faz sentido?

    Realmente falar-se em manter a mm versao de um so num telemovel durante 4 anos é de gritos.
    O melhor e comparar um Lumia ou um iPhone para conseguir actualizações durante 5 anos de facto. LOL

  10. irlm says:

    lumia e ios mais suporte, menos lixo por parte do fabricante/operadora.

  11. Ana Amaro says:

    Isso acontece só porque não há actualizações. Eu tenho um tablet Denver que comprei o ano passado e estagnou no tempo, não há qualquer tipo de actualizações nem consigo actualizar de outra forma.

  12. Armando says:

    Sortudos! Eu ainda vou no Gingerbread. E o smartphone só tem 2 anos…

  13. Paulo says:

    Não esquecer as raízes do Android. O Linux faz actualizaçôes de kernel sem mexer em mais nada e é possível actualizar tudo o resto sem mexer no kernel. Portanto a desculpa da falta de drivers ou de adaptação do “trampaware” que fabricantes e operadoras metem nos telemóveis não é credível.
    O negócio é vender telemóveis com a nova versão de Android. Logo, actualizar é mau para o negócio. Fim.
    Pessoalmente, vou “esticar” o meu Android até ver como a Microsoft trata a actualização do WP8 para a próxima versão. Depois decido se é outro Android, desta vez low-cost (tenho um S3) ou um WP de gama média.
    Topos de gama é que nunca mais, seja de que marca forem.

  14. João Terra says:

    já sei o porque de o meu tele com a rom 4,4.4. o que fiz fui ir ás definiçoes e desempenho e colocar a transparecia 16 bits. em execusão. ou seja. o deaempenho aumenta. e tambem aumentei o valor minimo da cpu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.