Quantcast
PplWare Mobile

iOS 6 rastreia a actividade do utilizador do iPhone… novamente

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Marisa Pinto


  1. pikax says:

    So’ me supreendo como ha’ pessoas fanaticas pela App|e…

  2. Daniel Gomes says:

    Mas isto no fundo é o mesmo que o google faz!

    Quantas vezes não visitaram já X site e depois noutro site com publicidade do google aparece pub do site X?

    Fazem um filme onde ele não existe.. Mantenho desactivado

  3. Pelo que dizem não dá para desactivar o rastreio feito pela Apple, dá é para limitar as informações recolhidas recorrendo à solução apresentada no artigo.

    Porque pelo testes realizados, mesmo com essa opção desactivada, continua a haver tráfego, menos, mas continua a haver.

  4. Ricardo says:

    Fui agora ver isso no meu e já estava OFF…

  5. Leandro says:

    Quem mandou comprar iphone? :p

  6. golias17 says:

    Afinl não é só a google que cria perfis dos consumidores. O problema disto é se a informação vai parar as mãos erradas.

  7. Pedro says:

    E qual é o escândalo?
    Mais informações dão das pessoas de borla no Facebook!
    E a google sabe mais sobe cada um de nós do que talvez até nós próprios.
    Qualquer click feito hoje na internet é registado e todos temos um perfil de utilizador, não sejam ingénuos, não digam que a Apple é um bicho papão, têm casos muito mais gritantes e escandalosos por aí.

    • Mrs. PeaceXDA says:

      Deverias por de lado a tua afinidade pela apple e ver o que está á tua frente. Só porque hoje em dia o fluxo de informação é gigante e a privacidade torna-se quase impossível, não quer dizer que não a possas reduzir. Cada um tem direito á privacidade. Eu luto pela minha, mas cada um sabe de si.

      • Pedro says:

        A minha afinidade pela Apple é 0, não tenho nem nunca tive algum produto deles.

        O que a Apple faz, segundo este artigo, está 1000 anos atrás do que a Google ou Facebook fazem. Esses até sabem como é a tua cara, onde moras e muito mais…

        Não queres que a Apple saiba se gostas mais de carros ou de bonecas tudo bem, mas não penses que a Apple é o bicho papão, as outras fazem MUITO pior.

        Ah e aí não diz que a Apple lê os teus mails e afins… isso sim é quebra de privacidade, agora saber se gostas deste anúncio ou daquele, isso é simplesmente analisar dados.

    • Serva says:

      Pedro ,

      Boa tarde , todos sabemos disto , mas recorda-te de um post desta semana acerca dos programas gratuitos da Google e dos dados que recolhem pois é … eu tinha dito que todos faziam o mesmo com a diferença que nuns pagávamos o software e que na Google não pagávamos nada .

      De qualquer das formas tal como as coisas são colocadas isto no Android não se passa assim .

      Cumprimentos

      Serva

    • Mário says:

      (…)E a google sabe mais sobe cada um de nós do que talvez até nós próprios(…)
      Explica lá isso.

  8. Mrs. PeaceXDA says:

    Ora ai está o tráfego a mais que foi falado num artigo anterior… Também concordo que este tipo de situações deveria ser controlado. No meu android nunca tive este tipo de problemas. Qualquer das formas deve ser evitado.

  9. Leandro says:

    É interessante ver como as pessoas compram um produto sem ele ao menos estar no mercado na tal pré venda simplesmente confiando que a empresa vai lançar no mercado um produto melhor que o anterior. Depois ficam todos com caras de tontos com uma bomba na mão. Hoje estão lançando produtos sem ao menos testar. Não me venham com papo furado de que testam por que é tudo balela. Está uma doença essa briga no mercado pra ver quem lança as coisas primeiro para não perder mercado.
    Desde a estrutura externa que se risca quase que sozinha até problemas ridículos com antenas. Quanto aos mapas eu entendo a posição da Apple, tem que chutar a bunda da Google mesmo, mas a parte de hardware, não está dando pra engolir mesmo.
    Quem disse que um aparelho tem que usar um padrão de cabo que ninguém mais usa? Ou SIM card, ou uma proporção de tela estranha? A bendita mancha rocha nas fotos(e dizem que é normal) Um sistema operacional que tem 5 anos(ou perto disso) que tem a mesma cara desde sempre. Inovação é somente hardware? Já tive iphones e macbooks, mas deixei de usar por completo desinteresse nos produtos da Apple e sua política de se isolar do mundo querendo ditar o avanço tecnológico. Não que ela não tenha feito isso muitas vezes, o problema é como fez.
    A Nokia pra mim é a que está lançando smartphones inovadores. Espero que eles entrem no mercado de tablet também.

  10. Benchmark do iPhone 5 says:

    “Saiba como desactivar”, envolve duas coisas.

    – Porquê ? Qual é a vantagem e a desvantagem. Não vejo resposta no post. Parte do princípio que se deve desactivar mas não diz porquê.

    – Como desactivar ? A imagem do post, na posição “off”, sugere que é assim que quem faz publicidade já não nos pode seguir. É ao contrário. Assim pode seguir. Em “on” é que não.

    • Mrs. PeaceXDA says:

      – Porquê ? Qual é a vantagem e a desvantagem. Não vejo resposta no post. Parte do princípio que se deve desactivar mas não diz porquê.

      resposta: Vantagem: maior privacidade e tal como o post indica limitar o rastreamento pela parte da apple.

      Desvantagem: Nenhuma

      – Como desactivar ? A imagem do post, na posição “off”, sugere que é assim que quem faz publicidade já não nos pode seguir. É ao contrário. Assim pode seguir. Em “on” é que não.

      “Nessa secção, ACTIVE a opção ‘Limitar Seguimento’, e irá previnir que o rastreio aos seus dados.”

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        “Assim, onde está OFF, coloque ON” foi acrescentado. Como estava induzia em erro.

        Mas qual rastreio pela Apple ?

        Desculpem lá a repetição, tinha escrito isto quando o tema apareceu no post “iPhone 5/ Samsung S3 quem usa mais a web”, quando tema apareceu:

        A questão é: o site a que acedes vai-te sempre apresentar publicidade.
        – Se não souber que usas iPhone, vai-te apresentar publicidade aleatória para mobile.
        – Se souberes que usas iPhone vai-te apresentar publicidade dirigida.
        É só isso. Eu cá permito que saibam que uso iPhone – sempre me livro de publicidade ao Android 😀

      • Pedro Pinto says:

        O Benchmark anda a dormir…e mesmo assim é chato!!!

  11. Mrs. PeaceXDA says:

    Ora aqui está o tráfego que foi referido num artigo anterior, este tipo de situações deve ser levado em conta. Posso estar errado mas o Galaxy S3 nem o Android tem este tipo de actividades. Qualquer das formas concordo que deve ser desactivado. Acho é inadmissível que tal como o Hélder Ferreira referiu “Pelo que dizem não dá para desactivar o rastreio feito pela Apple, dá é para limitar as informações recolhidas recorrendo à solução apresentada no artigo.”

    A privacidade é acima de tudo um bem precioso e hoje em dia mais que nunca.

    Sem querer incentivar nenhuma guerra, mas é por estas coisas que adoro o android, pois é possível saber o que se passa e o que está a acontecer durante a sua actividade. Está lá e não há nada a esconder.

    Para além disto, agradeço e dou os parabéns pelo profissionalismo com que este artigo foi escrito.

      • Mrs. PeaceXDA says:

        Fabio Cardoso o teu comentário não adicionou nada, o que disse no meu comentário esta correcto, quer eu goste de android quer eu goste de IOS, se não tens olhos para ver, repara entao que secalhar tu é que és o fanboy e não eu 🙂

        Adoro o sistema android e uso, mas aprecio tanto o IOS como o iphone em alguns aspectos.

        Evita esse tipo de comentários para não criar guerras desnecessárias.

        • eduardo says:

          Estás correcto?
          baseias-te nas más informações aqui prestadas, que confunde um identificador com rastreio de actividade!
          No Android há tb identificadores!
          No Android tb tens publicidade dirigida. etc

  12. Mrs. PeaceXDA says:

    A privacidade é acima de tudo um bem precioso e hoje em dia mais que nunca.

    Ora aqui está o tráfego que foi referido num artigo anterior, este tipo de situações deve ser levado em conta. Posso estar errado mas o Galaxy S3 nem o Android tem este tipo de actividades. Qualquer das formas concordo que deve ser desactivado. Acho é inadmissível que tal como o Hélder Ferreira referiu “Pelo que dizem não dá para desactivar o rastreio feito pela Apple, dá é para limitar as informações recolhidas recorrendo à solução apresentada no artigo.”

    Sem querer incentivar nenhuma guerra, mas é por estas coisas que adoro o android, pois é possível saber o que se passa e o que está a acontecer durante a sua actividade. Está lá e não há nada a esconder.

    Para além disto, agradeço e dou os parabéns pelo profissionalismo com que este artigo foi escrito.

  13. DeuX says:

    Está explicado o maior consumo de tráfego em comparação com o sgs3 😛

    Isto também se aplica ao new iPad e iPod 4G? Ainda não actualizei os meus por falta de jailbreak unthetered, mas gostava de saber para futuramente desativar.

    • Mrs. PeaceXDA says:

      A questão do tráfego falado nesse artigo é realmente evidente, gostava que algumas pessoas pudessem realmente ver estas situações…

    • Eduardo says:

      nada disto tem implicações no tráfego! quem disser o contrário não sabe do que fala

      • Mrs. PeaceXDA says:

        lol. nada mesmo….

        • Eduardo says:

          Meu caro, um identificador não implica nada no tráfego porque ao contrário do que é dito no artigo, isto não é um rastreio! É um identificador para cada aplicação, e é cada aplicação que define a sua actividade da rede.
          A ausência de identificador só poderá implicar que não sabem o nada do utilizador, mas a quantidade de dados a trocar continua praticamente a mesma, pois continuas a receber publicidade e continuas com a aplicação activa.

  14. Bruno says:

    Não sei como a Apple impõe este tipo de “funcionalidade” aos seus clientes. Se ha coisa que valorizo(e penso que toda a gente tambem) é a segurança dos meus dados e actividades, pois em nada dizem respeito a terceiros e especialmente a marca do equipamento, ja para não falar no aumento de dados que especialmente ca que os planos de dados ilimitados não são tão utilizados.
    Pode ser que a Apple modifique isso numa proxima actualização

    • Pedro says:

      Se vais a uma loja o dono da loja não pode registar quem dizes que és ou que dizes que foste lá fazer?
      Devíamos todos exigir que eles fechassem os olhos, tapassem os ouvidos e se esquecerem que alguma vez fomos lá depois de irmos embora?

      Mas que ideia mais ridícula. Quando muito fazes um contrato com o dono da loja para não dar os teus dados a mais ninguém… Agora impedi-lo de te “catalogar” é impossível.

      As tuas actividades não têm privacidade quando são feitas em público, e as pessoas esquecem-se disto, a Internet é PÚBLICA! E isso tem prós e contras.

      • Bruno says:

        Isso é o extremo do que eu quis dizer e não era essa a ideia que queria transmitir. Claro que muitas das nossas actividades são controladas e esse é um bom exemplo, mas o que eu quis dizer é que não vês outras marcas/OS a fazer isto ( pelo menos eu não tenho conhecimento de tal) e usando o exemplo que deste, ai sabemos que estamos a fornecer os dados e aqui nem tanto pois apesar de esta funcionalidade não estar escondida do utilizador, tambem é não é muito divulgada.
        O grande problema que eu teria com esta funcionalidade do iOS6 é o facto de consumir mais trefego e tendo eu trafego limitado seria um problema.

        • Pedro says:

          Todas as marcas fazem isso, ou pelo menos aquelas que estão no topo.

          Google, Facebook, Apple, Microsoft, Yahoo!, etc, etc, etc, McDonalds, Pepsi, enfim todas!

          Tu não forneces dados para além de dizer, “eu visitei esta página”, os CRMs e algoritmos de data mining fazem o resto 😉

          Empresa que não faça isso (não sabe o que os clientes usam, gostam e não gostam de usar, ou querem usar) inevitavelmente fecha.

          Sabes que qualquer site visitado no google é registado? E tens um perfil de utilizador associado. E quem diz google diz bing, yahoo!, amazon e tantos outros.
          Provavelmente até sabes disso, então porque raio que com a Apple tem que ser diferente?

  15. Diogo says:

    Apenas por curiosidade carreguei no “saiba mais”, que aparece no fundo do ecrã. Li o texto e já no fim diz :”Em breve todas as aplicações serão obrigadas a utilizar o identificador de publicidade.
    Eu desconhecia este “rastreio” e é caso para dizer que nem valia a pena saber, uma vez que pelos vistos em breve não ha escolhas. parece-me um pouco abusivo…

    • Marisa Pinto says:

      Mas talvez tu possas continuar a limitar o seguimento. Digo eu 🙂 Pelo menos espero bem que sim

      • Diogo says:

        Pois talvez… haver vamos, de qualquer das maneiras falam em “serão obrigadas…” ou seja, podendo limitar o seguimento ou não vai ser “quase” a mesma coisa. Mas esperemos que não :p

    • Eduardo says:

      Há que desmitificar este assunto. Isto não é um rastreio mas um identificador. Não implica que haja alguém que saiba o que andas a fazer…
      Até agora as aplicações podiam usar o identificador do telemóvel e isso em casos extremos poderia levar a cruzamento de dados – não dos teus dados pessoais mas da forma como cada aplicação era usada.
      Agora tal cruzamento será impossível, e é isso que querem dizer com “em breve todas as aplicações serão obrigadas a utilizar o identificador de publicidade.” As aplicações deixarão de poder usar o UDID e só podem usar este identificador.
      Não há nenhum abuso, a haver poderia ser antes com algumas aplicações.

      • Diogo says:

        Ja vi que estas um pouco exaltado com este assunto :p calma la, apenas expus as minhas duvidas e que, alias, parecem ser as de varias pessoas. Se um pouco mais sereno e lê o texto como a Marisa te disse…
        Mas obrigado pela breve explicação camarada 😉

  16. Eduardo says:

    incrível a desinformação que é prestada aqui!
    Em primeiro lugar nada disto permite o acesso a dados pessoais do utilizador, nem ao que está armazenado no telemóvel, etc, nem sequer é responsável por tráfego quando não se está a usar o telemóvel!
    A possível partilha de certas informações está definida noutro sítio, na Privacidade – que por sinal foi bastante reforçada e por defeito nenhuma aplicação poderá aceder!
    O que é aqui apresentado nada mais é do que dar a possibilidade de uma aplicação usar um identificador para que possa construir um perfil que permita ou publicidade mais personalizada ou acesso a algum serviço online. Aliás esse identificador até pode ter um prazo de validade. Cada aplicação tem o seu identificador e não permite o cruzamento com dados de outras aplicações, como tal, não há o suposto rastreio de toda a actividade. Não faz sequer sentido dizer uma coisa dessas pois implicaria que todas as aplicações teriam de alguma forma capacidade para estar a monitorizar a utilização e enviá-la.

    Antes as aplicações tinham acesso ao UDID, e isso permitia o cruzamento de dados, um facto que a Apple publicamente condenava. Agora não só isso é impossível como é possível desligar por completo qualquer forma de perfil no telemóvel.
    Agora o utilizador tem o controlo completo! Não sei onde é que está o escândalo

    • Pedro says:

      Ainda há pessoas inteligentes neste mundo, Aleluia!

    • Marisa Pinto says:

      @Eduardo

      Quando dizes “Em primeiro lugar nada disto permite o acesso a dados pessoais do utilizador”

      No artigo dizemos “mas tudo de forma anónima, sem que tenham acesso aos nossos dados pessoais, o que não acontecia com o código anterior.”

      Quando dizes “A possível partilha de certas informações está definida noutro sítio, na Privacidade – que por sinal foi bastante reforçada e por defeito nenhuma aplicação poderá aceder!”

      Por defeito não está limitado o acesso a essa informação, e é isso que está em causa

      Quando dizes “O que é aqui apresentado nada mais é do que dar a possibilidade de uma aplicação usar um identificador para que possa construir um perfil que permita ou publicidade mais personalizada ou acesso a algum serviço online.”

      Certo, e essa informação foi dada a conhecer? As pessoas concordaram? Então porque vem por omissão? E esse o cerne da informação.

      Quando dizes “Antes as aplicações tinham acesso ao UDID, e isso permitia o cruzamento de dados, um facto que a Apple publicamente condenava. Agora não só isso é impossível como é possível desligar por completo qualquer forma de perfil no telemóvel.”

      No artigo vem bem explicado “Após ter posto fim aos códigos UDID que identificavam como único cada aparelho, a Apple adoptou um novo código, AIP, que possibilita que os developers das aplicações tenham acesso aos nossos dados, saibam os motivos pelos quais fizemos download de determinada aplicação, quando visualizamos um anúncio, quando realizámos uma compra, etc, mas tudo de forma anónima, sem que tenham acesso aos nossos dados pessoais, o que não acontecia com o código anterior.”

      Portanto, lê as coisas.

      MPinto

      • Pedro says:

        “Certo, e essa informação foi dada a conhecer? As pessoas concordaram? Então porque vem por omissão? E esse o cerne da informação”

        Mas as pessoas têm que concordar se quem vende um produto sabe quem elas são? Mas onde é que isto já se viu?

        Então tu vais ao talho de cara tapada, abafas a voz só para o comerciante não saber quem és? Na Internet porque não pode ser igual? Porque estás atrás de um qualquer ecrã? Não faz sentido esse tipo de anonimato, a não ser que estejas a praticar algo ilegal (e aí é bom que não seja anónimo para poderes ser apanhado)

        Os utilizadores não percebem que sabendo quem são os comerciantes têm a possibilidade de oferecer melhores serviços?

        • Marisa Pinto says:

          Ok, então se gostam, quem sou eu para discordar..
          Mas isso é como, e pegando na tua analogia, ir ao talho e ele vender frango com metade já fora da validade. 😉

          • Pedro says:

            Vender frango com metade sem validade?

            Então mas isso já é culpa do talhante e nunca mais lá metes os pés! Registas o ID do talho para não ires lá mais! Ou não podes fazer isso porque é quebrar a privacidade do talhante?

          • Marisa Pinto says:

            Percebeste que te contrariaste?

          • Pedro says:

            Nop…

            Então posso quando vou ao talho e o talhante me regista não posso também eu registar o talhante?

            Ou estás a falar da possibilidade de fornecer melhor serviços? Isso é uma possibilidade, mas aí está a linha que separa os bons talhos dos maus talhos…

          • Marisa Pinto says:

            Mas repara e, continuando no talho (…), depois de teres comprado a carne, a teres comido, e tudo o resto.., o talhante, continua a saber todas as vezes que, em casa, dizes “epá aquele frango estava um espetaculo”.

            Fiz-me entender?

            Acho que há coisas que TU, a pessoa que paga um serviço, e no caso da Apple é bem pago, deveria ser notificada para ter a decisão se quer, ou não, que estas informações passem para esses developers, publicitários, talhantes, seja para que fins for. Talvez a finalidade não seja má, e o objectivo ate acredito que seja o desenvolvimento de melhores serviços, mas… há que ter respeito pelos dados das pessoas que dão o dinheiro a ganhar e contra isso não há argumentos.

          • Pedro says:

            A Internet é PUBLICA,
            O teu “ai este frango está óptimo” é PUBLICO, e o talhante tem todo o direito de o ouvir!

            Na Internet nunca estás em “casa” e as pessoas esquecem-se disso, por ignorância talvez, julgam que a na Internet só falam para os amigos e pouco mais.

            A Apple, como a Google,Facebook ou Amazon, tem CRMs avançadíssimos! Eles estão a escutar tudo o que as pessoas dizem/escrevem.

            Será ético? Bem o talhante também escuta tudo o que dizes no talho… O problema é que o talho neste caso é TUDO. Isso traz grandes benefícios para todos, mas também grandes responsabilidades (toda a gente se esquece desta parte). Se podes ler tudo o que as outras pessoas escrevem, elas também podem ler o que escreves, LOGO deve-se ter 1000x mais cuidado com o que se diz/escreve, mas claro que ninguém faz esta última parte…

            E as Apples e Googles aproveitam-se, mas não sei até que ponto a culpa é delas porque as pessoas querem continuar a viver no mundo da Internet sem perceber que é diferente do “nosso” mundo, por muito mais que se lhes diga são ignorantes para esse facto.

            Essas passagens de informação (quem compra o quê e o que diz dele) são tão implícitas no “nosso” mundo porque não podem ser na Internet?

            Temos que fazer um acordo de privacidade de 50 páginas para simplesmente clickar num anúncio?

          • Marisa Pinto says:

            São perspectivas totalmente diferentes do mundo.

          • Mrs. PeaceXDA says:

            Muita carne se passar aqui lol

          • Mrs. PeaceXDA says:

            Muita carne se passa aqui lol

      • Mrs. PeaceXDA says:

        Ainda há quem saiba ler e analisar um pedaço de texto!

        Subscrevo Marisa

        • Vítor M. says:

          HiroNakamura é verdade… estás a comentar muito bem. Caso as regras sejam quebradas…. volto-te a “referenciar” 😉

          • Mrs. PeaceXDA says:

            Sim Vitor a Marisa consegue e tem a capacidade de ser imparcial. 🙂

            Gosto de ler noticias com esta qualidade.

          • Vítor M. says:

            Mrs. PeaceXDA mas ficas avisado, e nunca saberás se o que ela ou eu apresento é só de um ou de uma equipa.

            O que tens é de respeitar as regras… e não está esquecido o que disseste e escreveste. Fica atento.

          • Mrs. PeaceXDA says:

            Acho que isso é muito óbvio Vitor 🙂

            Em relação ás regras grande parte do que foi dito não foi contra as regras e mesmo assim… Mas pelos vistos como CEO podes “referenciar”. Se achas essa atitude correcta… Apenas tenho uma opinião diferente que deverias aprender a respeitar. A remoção e alteração de comentários que vai aqui no pplware em certas situações torna-se exagerado. Como vez é possível teres um artigo sem guerras, o que responde á tua primeira parte do comentário 🙂

          • Vítor M. says:

            Voltas a dizer isso e não terás mais lugar aqui. Já disse que não foi alterado qualquer comentário teu, vi sim tu a queixares-te que alguém usou o mesmo nick que tu até lhe respondeste. Depois lembro-te que os teus 5 ou 6 nicks que usaste, mais o perfil falso no fórum e Facebook não caíram em saco roto. Além dos insultos que deixaste.

            Não és de todo um visitante que nos interessa, pois fazemos questão em que exista respeito pelo nosso trabalho e que exista compreensão pelas regras, regras essas que extrapolaste em todo o plano e, refiro, não caíram em saco roto os teus insultos. Logo, além disso, não te permitirei qualquer veleidade nos teus próximos comentários e ao mínimo desrespeito pelas normas, este teu novo nick será também referenciado como “Persona non grata”. Fica o aviso.

          • Vítor M. says:

            Mrs. PeaceXDA pronto. Se queres assim, assim será.

      • Eduardo says:

        Marisa,
        sabes muito bem que ao longo do teu artigo fazes afirmações como
        “iOS6 tem a funcionalidade de rastrear toda a actividade que o utilizador faz”
        FALSO – o identificador não implica qualquer rastreamento, cada aplicação tem o seu comportamento e função e a maioria não tem qualquer rastreamento porque não faz qualquer sentido ter

        “O rastreio da actividade dos utilizadores acontece devido a uma funcionalidade designada IFA ”
        FALSO – em continuação do anterior

        “pemite que os anúncios publicitários recebam os dados de navegação e download das pessoas”
        FALSO – só tem acesso a certos dados da aplicação activa

        “que possibilita que os developers das aplicações tenham acesso aos nossos dados,”
        FALSO, aliás é contraditório com dizer “mas tudo de forma anónima, sem que tenham acesso aos nossos dados pessoais,”

        “saibam os motivos pelos quais fizemos download de determinada aplicação”
        FALSO, o download da aplicação é controlado pela AppStore não faz sequer sentido uma afirmação destas

        e na tua resposta:
        “Certo, e essa informação foi dada a conhecer? As pessoas concordaram? Então porque vem por omissão? E esse o cerne da informação.”
        Por uma razão muito simples, muitas das aplicações usam identificadores para funcionar normalmente com certos serviços. Para além de que o efeito sobre privacidade é muito reduzido por não haver qualquer cruzamento de dados.

        “A possível partilha de certas informações está definida noutro sítio, na Privacidade – que por sinal foi bastante reforçada e por defeito nenhuma aplicação poderá aceder!”
        “Por defeito não está limitado o acesso a essa informação, e é isso que está em causa”
        Se usasses o sistema saberias que cada aplicação tem que pedir autorização expressa do utilizador para poder aceder aos dados do utilizador.

  17. DJLinux says:

    Não adianta tentar explicar as coisas a quem só vê Maças a frente.

    Agora estou curioso para ver o que a Apple vai dizer … Sera que vai dizer mais uma vez que o cliente é que tem a culpa por mau uso do Iphone? Lol … Brincadeiras a parte, estou mesmo curioso para ver este assunto mais debatido pelos especialistas.

    • Pedro says:

      A Google sabe mais (mas muito muito mais) sobre ti do que a Apple…
      Então o Facebook nem se fala!

      Chama-se marketing, CRM e data mining nada que todas as empresas de topo não façam, mas como é a Apple há logo haters. Se fosse o título igual mas com Google até te levantavas e batías palmas de pé.

      Não possuo nada da Apple e até gosto bastante da Google, mas palas nos olhos dispenso.

      • DJLinux says:

        “A Google sabe mais (mas muito muito mais) sobre ti do que a Apple…
        Então o Facebook nem se fala!”
        “Se fosse o título igual mas com Google até te levantavas e batías palmas de pé.”

        Eu falei em algo de contrario? O teu bla bla não me emprisiona nada por isso dispenso essa “mania” de “eu é que sei” …

        Estou curioso de qual vai ser a desculpa, como todas as vezes que alguém aponta o dedo a Apple a culpa nunca é deles…

        Também não tenho nada da Aplle, nem Android. E felizmente também não tenho palas nos olhos … Ao contrario de muitos, prefiro esperar uns meses para ver o que se diz sobre tal produto e tirar as minhas próprias conclusões.

        Sem mais.

  18. popy says:

    acalmem-se, vão ver que esta história acabou por ser “um lapso” da Apple, tal como foi aquela história do GPS que “por lapso” guardava os registos GPS sabe-se lá para quê. Que tal como nessa história tava bem escondidinho para ninguém saber, omitindo informação, este também está, mas “por lapso” claro.

    A seguir a Apple desculpa-se, e tudo “fica bem”, mudam as coisas, alertam os utilizadores, mas numa próxima versão do software inventam uma qualquer “merdice” para continuar bem escondidinho, e depois voltamos outra vez à mesma história do “por lapso isto foi omitido”…

    Não acho mal que se recolha informação anónima sobre o uso dos productos, o que acho mal é que recolha essa informação sem aprovação prévia do utilizador.

  19. Sergio says:

    Querem aplicações free baseadas em ads, mas ao mesmo tempo não querem contribuir para isso

  20. Benchmark do iPhone 5 says:

    Não há nenhum lapso. O IFA é elogiado por todos. Os únicos reparos são:

    – se devia vir desactivado de origem (posição “on” em vez de “off”;

    – se devia estar no separador Privacidade (está em Geral > Informações > Publicidade).

    O que aqui está em causa é apenas receber publicidade aleatória ou dirigida. Como escrevem os entendidos “A Apple resolveu isso de uma maneira elegante”. Claro que os publicitários querem que se mantenha o IFA activado. Claro que a publicidade vale dinheiro.

    Agora, uma pergunta hipotética: quem fica a perder se a Apple, ao que tudo indica, tiver resolvido a questão da publicidade dirigida de uma forma elegante ?

  21. Jorge Carvalho says:

    Curioso , o meu está On e não fui eu …
    E é obvio que está no sitio errado.

    Abc

  22. Bi says:

    Pedro desculpa la..mas tas a falar por orgulho, não queres perder a razão, exemplo drástico
    Se for a Holanda e quiser ir as meninas , não quero que ela venha pa rua dizer o que fiz com ela para depois as outras saberem do que gosto.
    Se eu for a Hugo boss comprar um fato eles ate podem nao vender nem deixar entrar na loja porque nao aparento ser rico, tou mal vestido, se for a Ferrari e quiser comprar um Ferrari Enzo eles simplesmente nao vendem porque dizem que tens de ser um.cliente da Ferrari ja algum tempo, o que se passa antes da venda ok eles tem direito de te estudar, mal compro meu fato, eu posso dormir com e a Hugo boss nao tem de saber que durmo para fazer fatos pijama, se eu comprar o Ferrari, a Ferrari nao tem de saber que uso o Ferrari nas montanhas para eles fazerem um jipe..
    Tu se compras algo e teu e so teu, deixa te de tretas la com as coisas publicas , porque acho que liberdade e algo bom, e acredita para teres liberdade e preciso privacidade, e a grande vantagem da internet e essa parece muito pública mas no entanto nao e ..uma prova concreta?
    Não fazes ideia de quem sou, onde.moro etc…nem.eu de ti..nem me interessa..foi apenas um exemplo..
    Subscrevo a imparcialidade da escritora deste artigo.
    Cumprimentos

  23. Tiago C says:

    Bom dia a todos pessoal,

    Ora bem, relativamente ao artigo, ja tinha visto essa informação através de alguns sites da especialidade e tenho a dizer o seguinte:

    (nem sei por onde começar:P) – isto da publicidade tem a ver com uma das caracteristicas, cada vez mais empregnadas na nossa sociedade. (in)felzimente, sempre que navegamos na internet estamos a ser bombardeados constantemente com publicidade, mesmo aqui no pplware nas barras laterais. Pois bem, essas barras laterais, em muitos sites, são “mudadas” de acordo com o país de origem do utilizador (onde o mesmo acede à internet) e serve para render algum dinheiro ao site bem como a quem comercializa por esta via. É injusto? Não. É chato? Muito.
    Se formos a ver relativamente aos dados que são retirados pela apple para direccionarem a sua publicidade, até nem vejo mal nisso. Ao menos é adaptada a mim.
    Podem sempre desactivar estes dados através dessa opção. Num PC/MAC podem desactivar através de navegação privada……porque até la, acreditem, estão a ser “monitorizados”. Não conheco muitos sites que não tenham associado o Google Analytics, para quem não sabe, uma ferramente que diz exactamente de onde é que as pessoas acedem, quem são, qual o brower que usam, qual o sistema operativo, etc etc etc etc……..Não é só a Apple que o faz, todos o fazem – diferença? Nenhuma para o que já existe, mas como é Apple, la vêem alguns falar mal. Deixem-se disso. O Android tb o faz. Tentem entrar num site qualquer, e vejam se a publicidade que vos aparece não é Portuguesa (ou espécie de…)…..tentem fazr navegação privada, e vao ver que a publicidade poderá não corresponder à vossa lingua de origem.

    Cumps…..

  24. KaPutnixZ says:

    Vamos simplificar as coisas para todos perceberem..

    E que tal verem isto como as cookies no vosso browser ?!

    Genius..

    • eduardo says:

      é uma comparação credível, pois os cookies são usados como identificador para publicidade ou para coisas úteis nos serviços de internet!
      Neste caso tem a vantagem de não permitir que sites diferentes (aplicações) saibam que estiveste noutro site (aplicação), ao contrário dum browser.

    • Mikeypinhas says:

      Foi preciso vir até ao fundo da página para ver um comentário inteligente e que diz a verdade!

  25. Mouxy says:

    Esta na alínea b) do ponto 4 do EULA…

  26. Mouxy says:

    Está na alínea b) do ponto 4 do EULA do ios6

  27. Jorge Carvalho says:

    Só um aparte para a Marisa neste caso :

    A palavra rastreia seguida no fim com “novamente” indica que teria voltado a guardar dados de localização física a todo o momento , bem como o que se fez com o telemovel e a ser possível identificar univocamente quem o fez.

    Neste caso nada disso acontece…

    Apenas acho que foi uma escolha de palavras infeliz ou uma tradução que não correu bem.

    Abc

  28. vitor soares says:

    quero lá saber… não tenho nada a esconder.

  29. João Marques says:

    Boa tarde gostaria que me ajudassem a esclarecer uma dúvida.

    Adquiri um iphone 5 estava a ouvir uma musica, quando eu sem crer coloco o dedo na coluna de som direita(no picotado do lado direito do Conector Lightning) e reparei que não saia som do lado esquerdo é normal ou é uma avaria?

    Obrigado.

    Cumprimentos,

    João Marques

    • jotabrito says:

      O picotado da esquerda é o microfone.

    • Mouxy says:

      Olá! O lado esquerdo é o microfone 😉 é so ver aqueles livrinhos que nos nunca Lemos 😉
      Abraço

    • Sergio says:

      Essa é uma duvida típica para quem compra um iPhone. Nos outros iPhones ( no 5 deve ser igual) de um lado é uma coluna e do outro o microfone.

      Passei pelo mesmo dilema. E pelas pesquisas que fiz é uma divida comum

    • João Marques says:

      Obrigado pela “ajuda”. 🙂

      Eu tinha o iPhone 3G antes do 5.

      Sou sincero nunca reparei nisto antes e só a pouco é que deparei-me com essa dúvida.

      Fiquei mais descansado!

      Isso é verdade, mas sou o típico português nunca lê os manuais.

      Cumps

  30. João Ramiro says:

    Qual é o problema disto? E como é que alguém sabe o motivo pela qual eu faço download de uma aplicação de forma anónima?

    Já agora, também andam sempre com o safari ou chrome em navegação privada?

    • Nelson Ferreira says:

      Tal e qual! Eu ao ler o artigo só pensava… mas qual é o problema disto?
      Sabem o motivo pelo qual eu faço download? Não exageremos.

      Percebo que talvez devesse ser bem mais notificado, mas na realidade são noções essenciais para o estudo de produto e de mercado.

      Possivelmente se notificassem que seria possível permitir esse rastreio, ninguém o possibilitaria exactamente por isto, as pessoas têm medo do inofensivo. Ou estarei eu a ver mal?

      Não sou fanático da App|e, mas isto não me parece, de todo, um problema.

  31. Este artigo, numa mente menos informada, só podia dar nisto… É uma pratica comum em quase toda internet, em que a google uma das pioneiras e sinceramente não vejo mal nenhum nisso, aliás ainda agora tenho aqui um anuncio do Sapo à Bmcar de Braga, e certamente não vou acusar o Vitor espionagem… Aliás existem coisas que não consigo perceber… Abro o FB, Google +, pinterest, instagram, etc, tudo fenómenos de popularidade, em que as pessoas se limitam a partilhar gostos, experiências, por vezes bem mais do que aquilo que realmente o pessoal quer saber e isso é visto como perfeitamente normal, mas ir a um site de carros e a apple ou a google usar essa informação, para te colocar o banner mais assertivo possível é o fim do mundo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.