PplWare Mobile

Hackers publicam nomes de funcionários de bancos portugueses


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. JOAO says:

    O momento em que a constatação perde a razão chegou.
    Lamentável este comportamento.

  2. Rui says:

    Grande ataque!
    Eu sem grande esforço, vou aos sites dos bancos, pesquiso pelas agências e tenho acesso a mails dos gestores de conta das agências locais de cada um dos bancos mencionados,

    • Jose says:

      Verdade, isto para não falar, que os sites têm pouco ou nada a ver com os E-Mails dos funcionários.

      Através do site, não apanham grande coisa que tenha a ver com o banco, como é obvio os sites não são hospedados nos servidores dos bancos.

      O que mostra mais uma vez, que são apenas putos de 14 anos a querer atenção, e que pouco ou nada percebem do assunto.

  3. ana silva lopes says:

    parabéns, sim, senhor. ir aos sites copiar informação publica e auto-proclamar-se “hacker” é digno do mais imbecil dos tugas.
    pior, se realmente há dados pessoais, estes canalhas devem ser apanhados e apanhar pela medida grossa.
    nada justifica a divulgação de dados pessoais das pessoas que trabalham na empresa. ainda por cima, os grupos de “amigos” desta gente gosta de ameaçar a vida das pessoas, são os mesmos lunáticos dos “chemtrails” e outros xaropadas do género.

    é esta gente que dá mau nome aos “hackers” e a quem se bate por ideias e ideais, por uma sociedade mais justa.
    são mais que ridiculos, são perigosos.

  4. navyseal says:

    Por favor atualizem o título, vá lá, é um blog especializado em informática, vamos tentar não ser tão tacanhos como a imprensa e chamar os nomes aos bois: script kiddies – é este o termo correto a aplicar.

  5. Lm says:

    Uma demonstracao de “poder do povo” ‘e sempre bem-vinda, seja feita by kids, dads, or whatever 🙂

    • João says:

      Qual povo?
      Se fossem os teus expostos haverias de gostar.

    • José Maria Oliveira Simões says:

      É caricato essa do “poder do povo”. Em nome do povo se faz muita “coisa” nociva para o povo e para “tramar” o povo. Será que precisarei dizer mais alguma coisa ? Justificar o mal como sendo um bem e ainda vangloriar-se disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.