PplWare Mobile

Google Pixel 4: o estranho caso do smartphone que copiou o iPhone 2019


Imagem: SlashLeaks

Fonte: 9to5Google

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. rgj says:

    “Google Pixel 4: o estranho caso do smartphone que copiou o iPhone 2019”
    Já saiu o iPhone de 2019 por acaso?
    De todas as fotos que se viram do suposto iPhone 2019, por acaso alguma delas já foi confirmada pela Apple?
    Acho que te fez mal mudares de ares Bacelar…. Parece que ficaste com a tendência aqui do sítio…. Vender maçãs ao KG!!

    • Filipe F. says:

      Concordo, aqui faz um artigo em que é a propria Google a mostrar o design, e algumas fotos do modelo já nas maos de pessoas certamente da empresa…

      Da Apple existe algum artigo ou imagem oficial do design?
      Então porque é que a Google copiou a Apple? Quem escreveu isto certamente já percebeu que errou mas não de muda titulos. Artigo digno de fake news so pelo titulo. Andava tão isenta a pplware e o Rui decide fazer uma destas já que a sua querida Huawei anda como anda…

      E não venham falar em renders. Há para todos os gostos, e como diz o artigo, neste caso foi a propria google, não foi um youtuber qualquer a fazer renders.

      Se o Pixel for apresentado primeiro que o iPhone, espero que haja aqui artigo a dizer que o iPhone literalmente copiou o design traseiro do Pixel. Vale o que vale porque hoje em dia há tanto design parecido mas, Rui, podias ou devias justificar aos leitores porque é que uma imagem oficial da marca é para ti copiar renders de youtube sem nada confirmado da outra marca, e não consideras o inverso. A não ser que consigas confirmar por fonte da Apple o design do iPhone, a unica certeza QUE se tem agora é o design do Pixel 4 pela própria marca e quando outra marca aparecer oficialmente assim será inspiração no Pixel.

      Não esquecer que em ambos os casos, todos se inspiraram no Huawei Mate 20 Pro

    • Tx2 says:

      Também não percebo, pelos renders a parte traseira é realmente parecida mas daí a dizer que copiaram, o design já deveria ter sido decidido a meses, mas pronto, estes títulos chamam mais a atenção

  2. rgj says:

    “Google Pixel 4: o estranho caso do smartphone que copiou o iPhone 2019”
    Já saiu o iPhone de 2019 por acaso?
    De todas as fotos que se viram do suposto iPhone 2019, por acaso alguma delas já foi confirmada pela Apple?
    Acho que te fez mal mudares de ares Bacelar…. Parece que ficaste com a tendência aqui do sítio…. Vender maçãs ao KG!!

  3. ivan says:

    Começo a achar ridiculo os titulos para aqui usados

  4. Ricardo Soares says:

    Belo titulo. Sim sanhor… #not

  5. Pedro says:

    Bom era o iPhone não ser assim! Com um tiro matava dois coelhos, não era feio, e era um castigo para os designers da Google!

  6. Grabiel Allon says:

    Se for por causa do “quadrado”, entao o iphone copiou ou huawei mate 20 primeiro…

  7. Aequilibrium says:

    O estranho caso do título que se baseia em nada. Então mas que provas temos que a Apple fez este design primeiro? Até porque o release date é quase o mesmo.

    Ai ai Pplware. Assim não…

  8. Rui says:

    Completamente absurdo este título

  9. Jorge says:

    Por acaso pensei que fosse o estranho caso do iPhone que copiou o Huawei…

    Ah já sei… Fizeram depois, mas melhor! Esqueço dessa parte da malta da maçã roída

  10. Pedro Pereira says:

    Este artigo é na muito tempo a cara do autor e, semelhante à cara do dono deste blog. Fico completamente espantado quando encontro pessoas que ainda não percebem o Rui e porque é que ele faz parte da equipa do Pplware.

  11. RR says:

    “7 novidades do iOS 13 que a Apple conseguiu ir buscar ao Android”. Aqui não há cópia, foi só “buscar”. Mas um smartphone que está confirmado pela Google que será lançado é a cópia de um leak não confirmado. Continuem no bom caminho e a elucidar as pessoas

  12. Danilo_RSC says:

    Que artigo absurdo… Mas o título, esse bate recordes. A qualidade anda a decair muito.

  13. Emanuel Cabral says:

    Independentemente do titulo do artigo, o importante para mim é que acabou os notchs mais os gajos que os inventaram…
    Gostaria sim era de ver um telefone com simetria ou seja, 2 colunas frontais, queixo e “testa” iguais, cantos de ecran a 90°, cameras traseiras centradas, etc.
    Posso ser designado de conservador mas…
    Duas palavras só para as câmeras… Vão arrasar a concorrência.

  14. V.T. says:

    Quanto pior o estado da marca da Maçã mordida, mais acérrimos se tornam os seus seguidores/defendores e pior fica para disfarçarem a sua falta de isenção.

  15. Diogo says:

    Copiou o iphone mas o iphone ainda não saiu.
    quem copiou quem afinal?

  16. Toni da Adega says:

    O carregador wireless da Samsung (que está à venda) também foi considerado cópia do airpower

  17. Ze says:

    Como colocar os haters em rage mode…. hahahah grande título.

  18. Bruno says:

    Que título ridículo.

  19. Raul says:

    O Rui não percebe nada disto.

    Este geek do site the verge conta tudo sobre o Pixel 4.

    Qual cópia qual carapuça.

    https://youtu.be/-bGc4uHxK2g

  20. LG says:

    Obviamente ninguém percebeu a ironia do título…

  21. Atao says:

    lixo de artigo.

  22. Tiago E. says:

    Viva a PIDE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.