PplWare Mobile

Google lançou o primeiro guia oficial do Google Glass


Autor: Pedro Simões


  1. fornost says:

    dica nº1 – não seja atropelado

    alguém já viu esse vídeo? (é piada). Mas ilustra bem o que penso

    https://www.youtube.com/watch?v=4_X6EyqXa2s

  2. Toni Almeida says:

    E quem não conseguir focar os olhos ao perto?
    O ecrã parece estar mesmo perto dos olhos, eu estava aqui a experimentar focar um dedo a essa distancia e não tive muito sucesso…

    • JJ says:

      Boa questão… por acaso tentei o mesmo e o dedo não fica lá muito focado. Mas temos de ver que o nosso dedo é opaco, não deixa passar luz, no caso daquele ecrã é meio transparente, deixando passar luz, isso deverá ajudar no foco do olho.

      Qualquer das formas, acredito que isso deverá ser um problema mais que resolvido por parte da Google. A nível ergonómico, deve estar mais que testado e os problemas deste equipamento de certeza não serão nesse sentido. Logicamente certamente existira espaço para melhor nesse campo, mas acho que as questões ergonómicas estarão bem resolvidas. Pois, essa foi a parte mais trabalhada pela Google.

    • Gerardo says:

      Nunca usei nenhum, mas supostamente aquilo não é para focar ao perto, senão vias um ecrã minúsculo. De certeza que está feito de maneira a que foques “lá ao fundo” e pareça claro.

  3. Jorge says:

    Sinceramente não vejo qual a utilidade que isto possa ter.
    Uma pessoa para usar isto, nao pode estar em movimento porque não dá jeito para o touch.
    Pode sempre ser daqueles “maluquinhos” a falar sozinho na rua (como há hoje por causa dos auriculares).

    Acho isto mais hype e “eu é que sou fix” do que outra coisa.

    O menu dos oculos é tudo muito bonito e tal, mas é um video em que põe aquilo em maior escala, provavelmente muitas pessoas não se irão adaptar a ter aquela coisa pequena sempre à frente do olho

  4. Carlos says:

    Isto não faz mal aos olhos?

  5. miguel L. says:

    LINDO!

    Faz mal é à carteira Carlos.

  6. Marco Fontes says:

    Penso que esta tecnologia funcionará, e de forma brilhante, como visualizador de realidade aumentada, em movimento. E não para partilhar fotos no FB ou G+. Para isso uso o tlm ou tablet!!

  7. Gerardo says:

    Para GPS no carro é excelente e aumenta em muito a segurança. Claro que se for apenas para isso a relação utilidade/preço é mázinha. Para ver SMS, mails e FB também é útil. E se estivermos a trabalhar no pc com os óculos postos evita distracções a abrir FB mails e afins.

    Enfim é esperar para ver

  8. Benchmark do iPhone 5 says:

    “O Google Glass está para ficar e para ser um sucesso”

    Descontando o “hype” não vejo como possa ser um sucesso de vendas. Para algumas actividades pontuais talvez. Parece-me uma “desnecessidade” como o Chromebook.

    A lógica é a mesma: usar apenas web app (e mais os clics nas hastes dos óculos).

  9. Fernando Andrade says:

    o cepticismo que vejo em relação a isto é mais ou menos o mesmo que via em 2010 antes d’”o pisa papeis do iPad” 🙂

  10. Mendes says:

    Penso que seja para usar com um olho biónico, pois com os
    problemas actuais existentes com os olhos, só poderá contribuir para cada vez mais piorar a visão.
    Isto digo eu que não sou oftalmologista !

  11. Tiago Rodrigues says:

    Boas… e já alguém viu quanto é que este pequeno “brinquedo” irá custar? é que para fazer tanta coisa a malta vai ter de abrir os cordões à bolsa e não vai ser pouco…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.