Quantcast
PplWare Mobile

Google investe em ondas aéreas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. m4n_in_bl4ck says:

    Para quando em Portugal? :p

  2. Bruno says:

    Mais uma pa juntar ás mts iniciativas do google. Esta empresa n tem limites grande negocio que isto se tornou. E pensar que alguns anos atras era mais um motor de busca…

  3. dc says:

    Ainda bem que é só nos USA, ainda não está provado que as Onda de Radio Wi-Fi prejudicam a saúde, assim os americanos servem de cobaias…

    Se começarem a nascer bebes com 3 olhos ou umas mutações muito estranhas… já se sabe…

    LOL

  4. Carlos says:

    Muito me ria quando davam a google como exemplo a seguir contra a politica da Microsoft, da Google sim tenhak medo muito medo…

    Bem Haja
    Carlos

  5. sonoro says:

    Qualquer dia e mundial hehe..

    basta investir.. em frança ja existe este tipo de cenas e é gratis hih

  6. Kodiak says:

    @offtopic

    Oi pessoal.
    Tenho o windows p e o windows vista instalado no computador e a placa de som é onboard.
    Sempre que tento instalar o driver da realtek, chego à seguinte imagem e carrego para instalar na mesma e não passo daí. A magem está sempre a aparecer e os drivers não

    Alguém sabe como posso resolver o meu problema??

    Obrigada

    M

  7. Em portugal ja existe um projecto parecido nao sei o nome mas ja foi anunciado aqui. o problema é que implica a compra de um modem ou router wireless ou la o que aquilo é que trabalha numas frequencias maradas, penso eu diferentes das normas utilizadas pelas placas “normais” wireless vendidas por ai. O problema é um pouco GRAVE porque quem quer aderir nao faz a minima ideia se a sua area esta coberta, é impossivel de saber visto aquilo nao ser detectado pelas placas normais e entao ninguem arrisca. pelo menos foi isto que fiquei a perceber. França penso eu foi o primeiro pais a ter esta iniciativa.

  8. jeremix says:

    @dc, se wi-fi é mau pra saude a esta hora ja tava eu (e muito mais gente) enterrado.

    Quanto aos 4 bilhoes que kerem gastar…coisa pouca..para quem acabou de lucrar num unico semestre mais de 900 milhoes.

  9. Iv@n says:

    Os ingleses ainda têm dúvidas……

    “Até o momento, no país 80% das escolas de segundo grau já possuem redes Wi-Fi instaladas, número que cai para 50% nas escolas primárias.

    O medo das redes sem fio é semelhante ao temor pelo uso prolongado de celulares. Um relatório em 2000 declarou que não havia evidências de risco à saúde causado pelas radiações do aparelho mas, como precaução, foi recomendado que as crianças celulares apenas em caso de necessidade, já que seus cérebros ainda estão em desenvolvimento.

    Ao contrário dos celulares, redes Wi-Fi produzem menos radiação, pelo fato de que seus dispositivos consomem menos energia. A Health Protection Agency afirmou que uma pessoa recebendo emissões de um ponto de acesso Wi-Fi durante um ano inteiro recebe a mesma dose de ondas de rádio que uma pessoa usando um celular por 20 minutos.

    Ainda assim, a preocupação existe entre os professores, que já associam o aumento nos problemas de comportamento dos alunos às ondas de rádio emitidas pelas redes. ……..”

    Ainda nada senti!!rsrsrs!

    Abraço

    Iv@n

  10. Iv@n says:

    @Kodiak

    Ou não é o driver correto ou não serve para o Vista. Tem que atualizar.

    Abraço

    Iv@n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.