Quantcast
PplWare Mobile

Express2ME: Para comprar em lojas que não vendem para Portugal

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Dioguinho says:

    Uma excelente ideia, que vem alargar e modernizar o leque de ofertas dos CTT. O único contra que encontro é o facto de a passagem na alfandega ser obrigatória, de qualquer maneira irá permitir um bypass á restrição de envio a que algumas companhias estavam sujeitas. Os preços tendo em conta o serviço prestado penso que se encontram adequados.

  2. Coisinho says:

    Interessante mas os preços parecem-me algo altos mas claro que depende do preço do bem a adquirir claro.
    Agora na parte onde explicam o que é o CIF e dizem “Neste caso o Custo abrange o valor comercial do objeto pago ao retalhista, o valor do transporte doméstico (dentro dos EUA)…” percebo o custo base de 11.70 + 0.53€ x cada 100 gramas mas os exemplos que dão parece que além de pagar os portes (e eventual seguro) aplicado pela loja onde compro o artigo ainda tenho de pagar outros portes a eles ? Por fazerem o quê ?
    Não sei se os exemplos são muito claros…Além disso ainda pagar custos alfandegários cá em Portugal…No final deve ser mais barato comprar cá (desde que se encontre claro!)

    • N'uno says:

      São 17,11€ e não 11,70, mais os 0,53€. A acrescentar a estes estarão os da entrega na morada internacional que o serviço nos garante, mais o custo e tempo da alfândega.
      Dificilmente utilizarei este serviço!…

    • Paulo says:

      Os exemplos são péssimos porque não falam dos custos da alfandega, uma pessoa compra uma coisa a um preço e depois sabe lá quanto mais é que têm que pagar à alfandega mais uma vez, e com este serviço têm a garantia que vai ter que pagar extra na alfandega todas as vezes.

    • JP says:

      Mas o que interessa a Alfandega para o caso? Já acontece comprando pelo modo actual não?
      Este serviço serve para se poder comprar em lojas que até agora não se conseguia comprar, por não enviarem para Portugal.
      Nunca aconteceu quererem muito uma coisa e simplesmente não poderem ter? Pois agora, já podem. Têm é que pagar mais um pouco.

  3. Luís says:

    “Este método, ao contrário de outros que se conhecem, não consegue evitar este pagamento.”
    Quais métodos? São seguros?

  4. piter says:

    está caro.. lol
    quase 20€ de portes…

  5. JockSport says:

    É de louvar pela inovação e a intenção é boa, mas tendo em conta os valores (min 20€ + alfandega), só serve mesmo caso se queira mandar vir algo no desespero total sem qualquer alternativa na europa\UE.

  6. Catarino says:

    A ideia parece-me bem mas partindo do principio que um dos maiores entraves à compra de produtos fora do nosso país é mesmo o pagamento das taxas de alfândega, acho que ainda tem muito para mudar.

  7. rui pinheiro says:

    Interessante, mas com tantas taxas deixa de ser válido comprar fora da UE

  8. João Filipe says:

    O problema são as taxas alfandegárias. O serviço é bom mas estes portes que são no mínimo 17 € e pouco contam para o valor pago pelo produto que é o valor que interessa às Finanças. Um produto que custe 5 € arrisca logo a levar taxas e pior que isso é o tempo que fica na alfândega.

  9. Diogo says:

    Estava a começar a gostar, mas quando vi que paga alfandega deixei de gostar

  10. N'uno says:

    O mais curioso é que só os portes passam o limite de valor que não é taxado na alfândega, o que significa que garantidamente haverá sempre IVA a pagar, para além dos custos do desalfandegamento e eventuais taxas de importação…

  11. ze says:

    Será que posso encomendar produtos directamente da Xiaomi?
    Para não cair na alfandega o valor não pode passar dos 22€ (valor + custo transporte)

  12. Ze says:

    Excelente iniciativa, uso um serviço similar que cria uma PO Box em solo EUA e os custos são quase o dobro já a contar com o aluguer da PO Box (de reduzidas dimensões) e os portes, irei ser cliente deste serviço, não têm ideia da quantidade de produtos que uma pessoa quer mandar vir e que só existem nos EUA.

    P.S.: Vindo de fora da UE, é perfeitamente natural passar pela alfandega e pagar as devidas taxas caso assim o entendam, da minha experiência por norma produtos de reduzidas dimensões e leves e não superiores a 50 euros nunca tive de pagar alfandega.

  13. Ze says:

    Excelente iniciativa a excelente preço, para quem já usa PO Box, fica a metade do preço da maioria dos serviços.

  14. RuiZ says:

    Claro que paga IVA e taxas da alfândega!

    Queriam já comprar iPhones sem pagar IVA!

    É para coisas que não se podem comprar na UE, e o preço está muito bom para o que é!

  15. Sargas says:

    Um dos maiores entraves que existe no nosso país é a alfandega que é gerida pelos CTT. Isto porque as encomendas ficam muito tempo retidas sem justificação. O portal da queixa fals por si.

  16. Miguel says:

    Convem referir que acabando por ter uma morada internacional vai permitir compras no eBay ou Amazon, que mesmo na Europa muitas vezes não enviam para Portugal. Será eventualmente uma forma de contornar esse tipo de situações.

  17. YaBa says:

    A ideia é boa, mas dispenso porque continua sujeita à boa(má) vontade da alfândega. Tentar explicar a tecno-ignorantes o que é um SDR e porque raio custa $420 é uma dor de cabeça que dispenso.
    Mais vale usar um serviço P2P, há vários, basicamente as pessoas que viajam entre países publicam as datas da viagem e disponibilizam-se para entregar uma encomenda por uma quantia mínima. Infelizmente não vem muita gente para Portugal, quando muito, apanham-se alguns a fazer escala.

  18. Paulo says:

    É um bom serviço sim senhor para produtos que só se encontram no mercado americano. A nivel de serviço de transporte parece-me ser uma boa alternativa aos tradicionais courriers.
    Nao vou falar em tempos em alfandegas pk isso é mt subjetivo. Quanto às taxas, não ha forma de fugir, a lei é clara

  19. Antonio Jose Gomes Almeida says:

    simplesmente bla bla bla , tudo do mesmo, grande bosta, mais um tacho para os executivos da empresa, mais nada………

  20. Cristiano says:

    MAs eu ja fazia compras na amazon e na Crucial… não vejo qual era a dificuldade…

  21. Alvega says:

    “um serviço que garante a oportunidade de fazer compras em lojas online em todo o mundo e receber as encomendas em sua casa.”
    “os artigos têm de ter origem nos EUA.”
    Como é ?
    Todo o mundo é somente os EUA ?
    Ao que chegamos.
    DISPENSO.

    • Caro, a descrição do serviço é bem clara. Podem ser feitas compras em todas as lojas online da Internet, estejam elas sediadas em que país for, mas têm de fazer entregas nos EUA, que é onde a morada vai estar. Para simplificar o processo o serviço impõe ainda a condição de as encomendas terem como origem os EUA. Isto provavelmente será para evitar a dupla taxação.

      Este é um serviço criado para nos dar acesso a todas as lojas que estão acessíveis nos EUA e onde não podemos comprar.

  22. Knight says:

    Comprei um hd de ultima geração, e veio tudo certinho, lá de Paris.

  23. Paulo says:

    17€ mais os tais 53cent /100gramas?! Das vão roubar a outro. Moro num país da EU onde este serviço custa 5€ por encomenda e posso escolher dois países onde a recomenda será entregue, depois os serviços postais de cá entregam-me em casa.

  24. DoubleM says:

    Dava jeito era que funcionasse dentro da Europa.

    Quantas vezes é que não precisei já de um artigo da Amazon espanhola ou inglesa e quando fui para finalizar a compra, dizia que não podia ser enviado para aquela morada…

    • AX says:

      Concordo!

      Este serviço já é um bom começo, mas acabaria por utilizar muito mais se funcionasse para a Europa.

    • N'uno says:

      Pois eu tenho um exemplo prático da Amazon americana, a única a ter as lâminas para o cortador que lá adquiri há cerca de dois anos. Na altura não tive qualquer problema com a entrega em Portugal, e cheguei a encomendar lâminas adicionais, mas agora não enviam para cá, logo estou “entalado”. Este serviço seria uma possibilidade para contornar esta situação, mas o custo é proibitivo…

      • PL says:

        Já me deparei com vários problemas assim, o ultimo foram filtros para o frigorífico.
        Estupidamente em Inglaterra são menos metade do preço que em Espanha e Portugal na MediaMarket em Espanha onde comprei o frigorífico custa 93 euros, na wortem do Colombo em Lisboa 87, em inglaterra 27 GBP.

        Não entregam fora de UK, mas através da opção contactar o comerciante enviei um e-mail e disse que assumia todas as desapesas e trabalho de envio, só tinham que fechar a caixa e dar me as medidas.
        Elas aceitaram, fiz o pagamento por PayPal e eles enviaram as medidas da caixa.
        Contactei a FedEx para recolher, via internet fiz o AWB e pronto
        Encomendei 3 filtros para um frigorífico e 2 para o que tenho em Portugal, paguei 29 euros de envio, recebi no dia seguinte e poupei 200 EUR em filtros.

        Nem sempre funciona mas na maioria das vezes os comerciantes acedem a está opção porque querem vender.
        Por exemplo comprar productos dreambox é mais barato em Portugal que em Espanha, uso o mesmo sistema com eles, pago e trato do envio.

        A FedEx também faz gestão de alfândegas por isso já fiz este sistema com lojas do Estados Unidos e recentemente da china.
        O importante quando fora de Europa é garantir que a factura ou factura comercial acompanha o envio e se possível ter uma cópia de enviada por correio electrónico porque muitas vezes se perde e as alfândegas nos voltam a pedir (sempre ao receptor)

        • N'uno says:

          Obrigado pela informação. De facto é uma possibilidade que não me tinha ocorrido. A experiência mais próxima desta que vivi foi uma importação da China, mas foi o fabricante lá a tratar da UPS, que por sinal é como a FedEx e faz a gestão do transporte end-to-end, incluindo a alfândega. O serviço é que não é propriamente barato, pois uma boa parte do custo total foi para a UPS. Só o desalfandegamento rondou os 30€. Ainda assim compensou largamente, e depois pude reaver o IVA (sou sujeito passivo de IVA) normalmente.
          Neste caso falamos de lâminas, algo que é muito leve e pouco volumoso, por isso dificilmente conseguirei custos de transporte e alfândega mais baixos do que os 20+€ deste serviço. Imagino que a FedEx cobre algo semelhante pelo serviço…
          Neste caso que referi, a alfândega contactou-me e tive que enviar não só a factura que o fabricante me tinha enviado inicialmente, como também o comprovativo do pagamento efectuado por PayPal.

          • PL says:

            Este tipo de serviço só compensa com as coisas mais caras onde a diferença é superior a 100 eur.
            A FedEx leva 25 eur por serviços de gestão de alfândega (em Espanha) e no meu caso pago menos de 40% do custo de envio pelos descontos, facto de ser um cliente acima dos 10,000 eur por semana.
            O importante saber é qual a documentação

  25. Luna Pacheco says:

    Já há anos que tenho feito isto com o shipito e bem mais barato! https://www.shipito.com/en/
    Só custa 2€ por embalagem mais o envio. Dão a opção de airmail economy, que apesar de durar mais tempo, tem opção de seguro e é mais barato. Por vezes até fica mais barato do que o que muitas lojas pedem para enviar direto para cá. Mantenham as coisas abaixo dos 25$ e não deverão ter problemas com a alfândega. (Dica: Podem pedir a eles para tirarem a caixa original e depois marcarem na declaração que o produto é usado, de forma a baixar o valor)

  26. João Fonseca says:

    Há algum serviço semelhante a este para dentro da Europa?

  27. Ana says:

    Não se enganem!
    A notícia é excelente e na hora de fazer uma encomenda senti-me mais à vontade em recorrer a uma instituição portuguesa e com lojas físicas perto de mim do que optar por um contacto apenas online.
    Mas fui completamente enganada, fiz uma encomenda que foi entregue em dois dias na morada que este serviço criou para a minha conta e apenas passados 9 dias é que fizeram o processamento dessa encomenda, alterando os meus planos de trabalho por causa da entrega da encomenda.
    O apoio ao cliente é péssimo, para além de ser um serviço recente e não saberem os procedimentos, é o atendimento típico enervante e sem adiantar muito, dos apoios aos clientes comuns.
    Depois de muitos telefonemas (pagos) e muitas reclamações, o supervisor do apoio ao cliente diz-me que os CTT não se responsabilizam pela demora pois uma das condições gerais é que são alheios a condições climatéricas segundo o ponto 16 alínea h) das condições gerais:
    “h) Cataclismos naturais, tais como terramotos, tornados, trombas de água, enxurradas ou erupções vulcânicas;”
    O motivo da demora, foi um nevão!!
    Não aconselho este serviço por má experiência própria e não acredito que eu seja caso único.

  28. Ana says:

    Não se enganem!
    A notícia é excelente e na hora de fazer uma encomenda senti-me mais à vontade em recorrer a uma instituição portuguesa e com lojas físicas perto de mim do que optar por um contacto apenas online.
    Mas fui completamente enganada, fiz uma encomenda que foi entregue em dois dias na morada que este serviço criou para a minha conta e apenas passados 9 dias é que fizeram o processamento dessa encomenda, alterando os meus planos de trabalho por causa da entrega da encomenda.
    O apoio ao cliente é péssimo, para além de ser um serviço recente e não saberem os procedimentos, é o atendimento típico enervante e sem adiantar muito, dos apoios aos clientes comuns.
    Depois de muitos telefonemas (pagos) e muitas reclamações, o supervisor do apoio ao cliente diz-me que os CTT não se responsabilizam pela demora pois uma das condições gerais é que são alheios a condições climatéricas segundo o ponto 16 alínea h) das condições gerais:
    “h) Cataclismos naturais, tais como terramotos, tornados, trombas de água, enxurradas ou erupções vulcânicas;”
    O motivo da demora, foi um nevão!!
    Não aconselho este serviço por má experiência própria e não acredito que eu seja caso único.

    • N'uno says:

      Embora concorde que o atendimento ao cliente deva ser da pior espécie, semelhante ao que existe nas várias estações de correios (filas intermináveis, por vezes com dezenas de clientes à frente, para levantar uma encomenda que falha sempre uma entrega a meio da manhã ou meio da tarde), sei também que nos Estados Unidos há nevões. E se essa informação é verídica, diria que o atraso está de alguma forma justificado.
      Por outras palavras, perante bloqueios decorrentes de nevões severos, poucas ou nenhumas transportadoras conseguirão evitar atrasos, particularmente se cobrarem pouco pelo transporte.

  29. BRUNO CERQUEIRA says:

    Devo dizer que foi a primeira e última vez que utilizei este serviço do Express2Me, efetuei uma compra no Wallmart, foi parar direitinha aos armazens de portland, fui notificado do envio para portugal e efetuei o respetivo pagamento do transporte EUA-PT… depois… nada …. passado um mês contactei os CTT e a resposta que obtive foi que não encontravam a encomenda em lado nenhum e tinhamos de considerar como extraviada. Como é possível ? Faço encomendas online praticamente todas as semanas por diversos meios, nunca… mas nunca uma foi perdida… parabéns CTT, que jóia de serviço. PS: Ainda aguardo para saber como vou ser ressarcido deste prejuízo, eles pediram-me comprovativo das despesas incorridas, mas até agora ainda não me disseram mais nada.

  30. JS says:

    Nunca mais utilizarei o express2me! Encomendas perdidas, idas a duas estações dos correios diferentes, contactos telefónicos infrutíferos onde dizem que as encomendas estão à espera na estação e devolvem-nas. Neste momento ninguém as localiza…
    Em suma:
    * Serviço de péssima qualidade, muito demorado e extremamente caro.
    * Colaboradores (via call center) muito arrogantes, sem educação e sem conhecimento das regras de funcionamento do serviço, dando explicações deficientes aos clientes. No meu caso, tive a experiência de uma das colaboradores nem me deixar falar dizendo que as explicações estavam nas condições gerais de serviço.
    * Site com poucas funcionalidades (face à concorrência), ausência de notificações por e-mail/sms, etc.

  31. Miguel Nascimento says:

    Em alternativa existe a viabox, tem taxas mais em conta e aceita bitcoins para quem estiver interessado!

  32. Nuno Ribeiro says:

    Eu fiz uma encomenda com o serviço. Mas questiono-me se vale a pensa comprar seguro ou não.
    Alguém me pode ajudar.

  33. Celso says:

    Alguém conhece algum serviço deste género para encomenda em Espanha?

    Quero encomendar um Pixel 2 XL na Google Store espanhola, mas eles não entregam em Portugal.

    Sei que depois deverá estar disponível através do ebay.es ou amazon.es, mas isso já é revenda, o que encarece bastante o preço.

  34. A. Abreu says:

    …bom, lá fiz o registo no site Express2me, mas já começo a ficar “amarela” com tanta reclamação… comprei um artigo no Ebay, o vendedor infelizmente não utilizava o serviço GlobalShipping do Ebay, pelo que precisava de uma solução de entrega nos EUA, daí ter recorrido ao Express2Me. A encomenda já aparece como entregue há 3 dias no ebay e no site da USPS, mas na minha conta do Express2Me ainda não aparece nada… 🙁 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.