PplWare Mobile

Exército dos EUA tem dispositivo a laser que aterroriza o inimigo

Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

25 Respostas

  1. César Oliveira says:

    O problema dos criminosos é a sua incapacidade de se colocar no lugar dos outros.

  2. Jorge Costa says:

    Esse valor mencionado é o orçamento total para todo o tipo de despesas e não só para compra ou desenvolvimento de armamento.
    Por exemplo uma grande parte será para pagar as despesas de pessoal, manutenção etc.

  3. ervilhoid says:

    Um país que gasta mais em exército do que saúde e educação não deveria ter nenhum valor aos olhos do resto do mundo

  4. JulioDuarte says:

    Um dos quais a Russia! A Russia gasta o dobro mas aos olhos de alguns não se passa nada! Russia cancro da Europa!!

  5. int3 says:

    Isto é totalmente proibido pela conveção de Genebra…

    • pintor says:

      O Trampa sai dessa convenção como saiu da de Kioto.

    • José says:

      Armas não letais? Explique lá em que convenção e artigo que proíbe tais armas? O curioso é que não têm a mesma destreza mental quando se fala de armas russas, e para quem não existem “danos colaterais” violando todos os protocolos da dita convenção!

  6. Zeze says:

    Os EUA já possuem esta tecnologia à mais de uma década…

  7. Manuel Vaz says:

    As crianças, que os Russos, matam nao contam? Só as que matam os Americanos. Com este sectarismo, nunca resolveremos nada.

    • mlopes says:

      todas importam.
      o problema é que o europeu comum apenas conhece um dos lados da verdade e é sistematicamente manipulado para considerar uns como os maus e outros como os bons.
      se tens dúvidas que assim é podes comprovar isso com facilidade, faz uma ou duas perguntas simples e abertas a pessoas tuas conhecidas e anota as respostas.
      aliás nem precisas de ir tão longe basta veres e/ou ouvires os meios de comunicação social europeus. morrem pessoas em frança passa-se dias a falar nisso. morrem pessoas no congo, na república centro africana, no ruanda, no afeganistão, na síria, nas minas no chile, na bolívia, no perú, etc e só se houve falar disso se for para dizer mal dos russos ou de não católicos.
      aliás, desde há muitos séculos que assim é. só numa única mina que agora é na bolívia já dizimou mais de 8 milhões de vidas ao serviço da europa e ninguém sequer sabe disso, quanto mais…

  8. António Campos Leal says:

    Mais um elemento a usar na repressão pública. Onde se lê “rebelião urbana” deverá ler-se, manifestação pública.

    • Vítor M. says:

      Não, chapadas não são carinhos em alta velocidade meu caro. Uma coisa são manifestações públicas, que não precisam de força policial, não se vandalizam lojas, não se recorre à “intifada” para se fazer notar. Vamos lá saber separar as águas. 😉

      • Nuno says:

        Vou-me lembrar desta tua definição de manifestação quando falares das “manifestações”, como por exemplo, na Venezuela, entre outros países onde o grande capital têm interesse que haja mudança de regime.

  9. jorge says:

    Bah essa tech ja deve existir a anos e só agora é que mostraram ao publico

  10. Rafael says:

    Se estão divulgado isso só agora, imagina o que os exércitos têm de verdade, guardados a 7 chaves para o momento certo.

  11. AlbertoSilva says:

    (o som poderá incomodar os seus animais domésticos).
    Se alguém nos states maltrata um animal tem logo problemas com a justiça.
    Com isto sempre quero ver. Então agora não se vão preocupar? A ver vamos no que isso dá. Deveriam-se era preocupar em acabar com a venda e uso de armas.

    • Hugo Gonçalves says:

      As armas SEMPRE vão existir. (“como desde o inicio da humanidade”)
      Existem é diferentes tipos de armas.
      Acabar com as armas é simplesmente uma Utopia.
      E para um mau com uma arma tem que existir sempre um bom com outra.
      Vai ser sempre uma ideia Vs outra.

  12. 77 says:

    Para esta “gente”, inimigo é qualquer um que não concorde com o seu ponto de vista imperialista…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.