PplWare Mobile

Edward Snowden: As criptomoedas vieram para ficar mas a Bitcoin vai desaparecer


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Filipe says:

    Não sei como ainda dão atenção a um gajo que acha que sabe tudo… Vem apresentar factos, mas exagera-os para fazer causar movimentações de mercado.

    Deixem o homem desaparecer de uma vez

    • Carimbo Tochas says:

      Um “gajo” que sacrificou parte da sua vida e liberdade para dar a conhecer aquilo que se sabe. Além disso, muito bom tecnicamente e com toda a razão naquilo que disse. O Bitcoin será obviamente ultrapassado. O Netscape também foi o primeiro browser, revolucionário, mas… onde está hoje?

      A mim parece-me que quem precisa de atenção és tu.

    • rui says:

      Entrevistaram-no o ele e não a ti.
      Não li a entrevista mas pelo que está nesta notícia não vejo nada de exagerado, o resto é isso factos = verdade não há exagero nenhum pois nem sequer fala em nenhuma timeline para o fim da BTC pode ser 2 dias como 2000 anos e ainda será visto um Nostradamus 🙂

    • Luís Carlos Oliveira Santos says:

      Bem que vamos precisar muita mais gente como ele no futuro, se estivesses calado estavas muito melhor.

  2. Teo says:

    Tem que acabar com , biticoin o dinheiro tem ser aplicado e algo concreto para economia girar estavam no mundo virtual eagora, quem vai pagar o pato.

  3. Tiago Mota says:

    Um “gajo” que sacrificou , também, a vida de muitas pessoas porque foi irresponsável, tendo posto em risco a vida até de civis. Podia ter alcançado o mesmo, sem libertar nomes e muradas, mas…

  4. Hermes Machado says:

    Em se tratando de tecnologia onde tudo ocorre de maneira veloz, nada dura por muito tempo, sempre abrindo espaço para o novo. Com o bitcoin não será diferente. A reflexão de Edward e convincente e bastante sensata.

  5. paulo says:

    Eu vou assistir de camarote só esperando a próxima queda!

  6. José Pedro says:

    Acho que a Bitcoin vai continuar como reserva de valor. Tipo ouro digital. Já os outros blockchains sim, a maioria desaparecerão a menos que resolvam problemas grandes (ex. ethereum).

    Acerca do proof-of-work/proof-of-stake, já existem algoritmos de consenso mais “justos” e descentralizados. Exemplo do Stellar Consensus Algorithm, que é extremamente rápido, seguro e resiliente, ainda que tenha os seus problemas como é óbvio.

    Estamos a falar de uma tecnologia com 10 anos. A cada dois ou três anos sai um projecto que promete arrasar com os restantes. Ainda está tudo muito no início.

  7. Pintor says:

    Para mim foi uma agradável surpresa o que aconteceu com a Bitcoin. No inicio por brincadeira tive uns anos a minar a coisa, pelo facto de poder ter o sistema a funcionar sem pagar a eletricidade a empresa onde trabalhava na altura permitiu.
    Sai da empresa vendi o material a alguém que por lá ficou, fiquei com todo o que minei (no inicio dava bastante) nunca mais pensei no assunto passados alguns anos qual não é a minha surpresa ao saber que cada uma tinha ultrapassado os 14000 mil euros, esperei mais um tempo e vendo por mais de 18000 todas as que tinha assim do nada ganhei bastante dinheiro livre de impostos:)

    • dajosova says:

      O preço máximo a que chegou foram quase 17.000€.
      De certezinha que não foste tu o melhor alpinista.
      E para te gabares dessa maneira, o mais provável é não pescares um boi do assunto e/ou estares REKT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.