Quantcast
PplWare Mobile

CTT: Atenção aos emails fraudulentos para pagar despesas alfandegárias

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Algo says:

    Despesas alfandegárias não pagas? Huh? Isso existe?
    Lol, como se uma pessoa levantasse o objeto para pagar mais tarde.

    Os e-mails da CTT vêm com o logotipo e outros contactos, mas eu não aponto o dedo a quem se deixar enganar por eles.

  2. Hugo Tavares says:

    confirmo, já recebi um.

  3. mc says:

    Eu é mais bitcoins

  4. Wrecker says:

    Não é só e-mails mas também SMS’s normalmente não aparece o numero do remetente mas sim o nome, a que eu recebi o remetente era Sandra

  5. Miguel Costa says:

    Despesas alfandegárias são pagas no levantamento do objecto… Como é que alguém iria ser enganado desta forma????
    Infelizmente estes esquemas levam milhares a acreditar que há comida grátis…

    • RM says:

      Se não funcionasse, estes esquemas seriam inúteis.

      • Redin says:

        Existe uma proposta de fazer com que esses esquemas não funcionem.
        Eles ficam bloqueados no servidor do remetente até que o destinatário sinta interesse em os receber.
        Consequências: O rácio de sucesso não è atingido e no pressuposto contrário, o remetente fica exposto por potenciais interesses forenses se existir fraude ou intenções de crime.
        #P2T

  6. Pirata das cabernas says:

    Também recebi email.as sempre qtinha alguma coisa na alfandega sujeita6a pagar taxas, recebia por carta lol

  7. falcaobranco says:

    Correos? Isso são os espanhois… grande salganhada…

  8. Joao Ptt says:

    Bem que os CTT poderiam ter configurado o parâmetro DMARC para p=reject de forma a que os servidores recusassem os e-mails falsos.
    Também ajudava se utilizassem apenas uma gama de IP’s própria e não as de 5 diferentes serviços onde se inclui o Outlook.

    • Redin says:

      Esse parâmetro além de ser propenso a falhas e com falsos positivos, difícil de configurar e com muita pouca adesão, (em Portugal somente 30% dos servidores aplica) para poder funcionar, os destinatários desta mensagem teriam de ser os utilizadores dos próprios CTT, o que não é o caso.
      O DMARC e SPF tem alguns resultados somente dentro das empresas que usam o seu próprio servidor para proteger internamente de fontes externas que se querem fazer passar por elas.
      Não funciona para quem tenha emails gratuitos tipo yahoo, gmail, etc.

  9. José Maria Oliveira Simões says:

    Os criminosos estão ultimamente a trabalhar a todo o vapor para enganar o “caramelo” que está entre o teclado e a cadeira. Trabalham afanosamente e com brio, para poder endrominar o pobre do “marmelo” que aterrorizado vai logo pagar , sem primeiro ter parado um bocadinho para pensar. O problema aqui, é mesmo o nível de conhecimentos ser muito baixo e permitir que haja uns patos prontos a ser depenados. Pena é que «em vez de trabalharem que nem uns escravos» para enganar o nabo que caí na teia, mais valia trabalharem para meter a comida em cima da mesa. «Mas, trabalhar é bom para o preto e faz calos nas mãos», por isso, esses mongoloides não trabalham porque debaixo do capachinho, só tem merda.
    Recomendo, vivamente, que não cliquem nos links que vem nos mesmos. Nada como ler calmanente, e reler os mails que recebem. Em caso de desconfiança, nada como ler os cabeçalhos dos mails. Na maioria das vezes, o mau português é gritante. Noutras, um ou outra expressão, não está correcta e por isso consegue-se caçar o pelintra que quer catar à traição a moedinha que está no fundo bolso. Esses crackers da tanga, deviam mas era ir trabalhar e vergar a mola. Eles não são hackers, são criminosos. Esses trambolhos tem uma preguiça no lombo que até faz corar qualquer um. Vão mas é trabalhar malandros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.