Quantcast
PplWare Mobile

Chrome é já mais usado que os restantes grandes browsers juntos

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Nelson says:

    Wow!

    O Safari já é o segundo browser (não venham com tretas, Safari in App é Safari)…

    Nada mau, para um browser que só há para plataformas Apple…

  2. Nelson says:

    Btw, segundo os dados de acesso á Wikipédia: http://stats.wikimedia.org/archive/squid_reports/2013-06/SquidReportClients.htm

    Pode-se concluir que, para mercado móvel, os utilizadores iOS e Windows Phone são pessoas que procuram mais conhecimento.

    Em tablets, 85% do tráfego vem de iPad’s.

    Em telemóveis e outros dispositivos, o iPhone ganha tudo.

    Mesmo em aplicações “dedicadas” á Wikipédia, o iOS consegue mais de metade dos clicks.

    Isto considerando que se vendem mais tablets Android, e muitos mais telemóveis iPhone…………………. quer dizer o quê?

    • Nelson says:

      Mais fácil de ver:

      http://stats.wikimedia.org/archive/squid_reports/2013-06/SquidReportOperatingSystems.htm

      Aliás, nem mesmo a ajuda dos utilizadores de Linux Desktop, os utilizadores de Android chegam para os utilizadores iPad.

    • Nuno Vieira says:

      Pronto já faltavas cá tu. Ainda antes de alguém sequer postar qualquer comentário lá estas tu para aqui a disparar com o teu ódio. Algum colega teu da faculdade com um Android maltratou-te para reagires desta maneira? Roubou-te o lanche que a mamã fez? Roubou-te a namorada?

      Se só sabes vir para aqui comportares-te como um troll, faz a toda a gente um favor, vai para um site de noticias só da Apple. Em principio lá darão-te ouvidos. Assim as pessoas que realmente gostam da tecnologia, independente da marca, podem continuar a ler e a comentar notícias sem estar constantemente a ler comentários de alguém a tentar começar guerras.

      Se fosse a ti consultava um psicólogo, pois o teu comportamento não é normal.

    • benxemarke do aifone faive says:

      Apple fanboy detected!
      Get a life.

    • Paulo Santos says:

      eheheh.. desculpa lá mas não consigo evitar qdo encontro pessoas que, de forma cega, acreditam naquelas coisas do tipo “regresso do D Sebastião”.
      “…quer dizer o quê?”.. Bem, levando esses “factos” para o lado “chill out” diria que pertenço a uma imensa minoria que, para procurar conhecimento neste momento, não precisa da Apple para nada…. “e aqui tenho de ressalvar que já tive equipamento Apple, que virei a ter equipamento Apple, e que considero a Apple um pólo de inovação, apesar de as suas estratégias de “Design in USA and Made in China” ser um dos contribuintes líquidos para o descalabro da economia ocidental.. cof cof cof

    • Nelson... says:

      Vamos pela tua lógica.

      Por consultarem mais vezes a wikipédia posso também concluir que são os que menos conhecimentos têm.

  3. Roger Carvalho says:

    Safari esta com mais uso que Internet Explorer ?
    não teria algum equivoco nesta pesquisa ?

    • Rochita says:

      Bastante normal… é raro ver alguém utilizar Internet explorer hoje em dia…

    • not_amused says:

      Concordo.

      Também uso Chrome e consome mais recursos que todos os restantes browsers juntos.

      • Tiago Dias says:

        Exatamente como eu. A verdade é que a Google, com as diversas funcionalidades que foi adicionando ao seu browser, conseguiu tornar muitos utilizadores “dependentes do mesmo, tal como acontece comigo. Ter acesso aos separadores abertos em qualquer dispositivo, sincronização de bookmarks e dados de autenticação, etc..

        Mas começam a ser demasiados os recursos alocados ao Chrome, principalmente se tivermos em conta que é normal estar com o browser sempre aberto. No Mac vou tentar utilizar o Safari assim que actualizar para o Mavericks se se confirmar a optimização de recursos anunciada com este browser.

      • Luis Andrade says:

        Já tive um gasto de 600 MB de memória ram com o google chroome, com 3 separadores abertos, embora tivesse a correr flash, o firefox, comigo já teve dois separadores a correr flash e som 400 megas

  4. Sergio J says:

    Mosaic-Netscape-Internet Explorer-Chrome

    Tirando o Mosaic todos os outros pareciam eternos, o chrome não fugirá à regra. Dominará até um determinado momento, até que as regras do jogos estarão revertidas mais uma vez. Ainda não podemos dizer que a tecnologia/negócio esteja completamente madura. Pelo caminho ainda haverão trambolhões. O problema será no dia em temos tecnologia/negócio completamente maduros e um monopólio. Aí sim estaremos perantte um problema sério. Não que a Google já não o seja, mas ainda haverão trambolhões. O Mercado ainda se estáa ajustar. Aparecerão concorrentes tanto economicos como tecnológicos

  5. BAT says:

    A presença da Troika em Portugal mostra que, cá, não se sabem fazer contas:

    Safari 16,15% + IE 15,62% + Firefox 16,60% = 48,37%

    Chrome = 34,68%

    Realmente, Chrome é “mais” utilizado que os restantes juntos.

    Claro que a notícia soma o Opera e não o Safari…

    Se o Safari tem mais utilizadores que o Opera, será que o Opera é grande browser… e o Safari não?! Enfim… claro que não é grande browser… apenas existem não-sei-quantas pessoas que escolhem usar um mau browser como o Safari. 🙂 😀

    • Nelson says:

      Pois é mau browser…

      Por isso é que a Google o escolheu como base para o Chrome.

      • Nuno Vieira says:

        Desculpa lá mas isso então significa que o Konqueror é obrigatoriamente um browser maravilhoso só por a Apple ter feito um fork do KHTML e KJS para criar o WebKit. A qualidade do ensino na FEUP deve ter decrescido drasticamente. Pelos visto para ti um browser equivale apenas a um motor de renderização HTML…

        É por causa de pessoas como tu que quando digo a alguém que utilizo algum aparelho Apple, sou autenticamente estereotipado como sendo um fanático. Depois tenho que andar a gastar o meu latim a tentar explicar que nem toda a gente que utiliza aparelhos da maçã é cega para tudo que lhe rodeia.

        E antes que venhas para aqui cuspir barbaridades, eu não estou a dizer que o Safari ou o Konqueror sejam maus browsers. Mas que são browsers completamente distintos um do outro, mesmo que um utilize um motor de renderização de HTML derivado do outro.

        • Nelson says:

          Tu tiraste ao menos um curso na FEUP, ou andaste lá a passear?

          É com cada frase mais infundada e com cada balela… o pior de tudo, é que te achas uma autoridade para me julgares.

          Quem és tu, Zé Gato?

          “É por causa de pessoas como tu que quando digo a alguém que utilizo algum aparelho Apple”

          Recomendo-te a dares-te com gente mais inteligente, pode ser que seja isso…

          • Nuno Vieira says:

            Se é assim tão infundado, por favor refuta o que disse.

            Notasse logo a tua imaturidade. Tu ainda estas na faculdade, mas quando saíres para o mercado de trabalho não penses que vais ter assim tanta liberdade para escolheres com quem lidas…

          • Nelson says:

            Ó senhor Nuno Vieira, mas que confianças são essas? Tenha lá calma…

            Onde é que eu lhe enviei o meu currículo, para você estar com pressuposições que eu sou estudante de Mestrado Integrado na FEUP, sem contacto com o mercado?

            Você sabe com quem está a falar? O que anda a fazer na faculdade (ou se ainda anda na faculdade), se tem ou não experiência de trabalho fora ou dentro da faculdade.

            Olhe que isso é “feio” por razões.

            Pois… você é que parece que precisa de ajuda, já que está sempre a se desculpar, já aqui depôs em pouco tempo:

            – desculpar-se de porque é que tem um iPhone
            – desculpar-se do comportamento dos seus colegas da FEUP (ainda por cima, face a pessoas anónimas, maioria trolls)

            O que é que vem a seguir?

            Isto é só uma brincadeira, mas se você tem conhecimentos, faça comentários construtivos, já que é Engenheiro, quais são as suas competências, o que é que você faz no seu trabalho? Montar a barraca, e ficar á espera que os outros atirem pedras, ou é atirar pedras a ver se a barraca dos outros vai abaixo?

            Fica a dica, se quiser pensar nela…

          • Nuno Vieira says:

            Pois, pelos vistos a refutação ficou pelo caminho! Quando não se têm razão, existem sempre os insultos. Típico…

          • Alex Pereira says:

            Metes-te a jeito … com cada comentário mais estupido!

            Vê se aprendes e vai ler a história do KHTML e Webkit.

            A FEUP anda mesmo má … aceita qualquer um para pagar as propinas!

    • int3 says:

      já usei opera durante anos. enquanto usava o antigo Netspace. Se soubesses historia não dizias que o opera é mau, porque até é bastante bom.
      Simplesmente não é muito conhecido e ninguém vai mudar agora. eu deixei o opera desde que a Netscape morreu e se transformou na Mozilla corporation. aí foi adesão 100% ao firefox.

      O opera tinha as mesmas funcionalidades do firefox.
      http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%A5kon_Wium_Lie O Hakon é o autor dos códigos CSS para HTML e do browser Opera. Mau era se o Opera fosse mau em relação ao CSS 😀

  6. irlm says:

    Uso Opera 19, muito bom

    • Asdrubal says:

      Parece um Chrome com speed dial básico. Muito ainda longe das versões antigas do Opera.

    • Li70 says:

      Uso e sempre vou usar opera, o melhor e muitos nao usam, muitos nao conhecem tambem la isso e verdade.
      unico problema e a compatibilidade avec certos sites, mas com esta ultima versao nao tive ainda esse problema.

  7. Shikai says:

    Se bem percebi esta recolha foi a nível de quem usava os serviços da Shareaholic….

    Acho que estes números não reflectem bem a utilização de cada browser.

    O Internet Explorer a nível empresarial ainda é muito mas mesmo muito utilizado

  8. jrk says:

    Muito confuso. Além de misturar desktop e telefones, não está claro se os números são de pessoas ou pageviews.

  9. lipex says:

    é normal ser o mais usado, hoje em dia quando se compra um computador chrome é essa a bosta de browser que vem pré-definida.. Mas ainda bem que assim é. é da maneira que quem sabe, não o usa e não enche o computador de spywares..

  10. Nuno José Almeida says:

    Ainda nenhum me convenceu a sair do FF.

  11. Roberto Ferraz says:

    É pena é que o Chrome tenha vindo a perder qualidade.. Ultimamente têm aparecido alguns bugs irritantes, páginas que não funcionam a 100%, etc. Felizmente, por norma, passadas algumas versões, os problemas são corrigidos.

  12. amigo do li70 says:

    Palemoon

  13. FXX says:

    grande ou grandes browsers?

  14. Nunes says:

    obviamente que estes dados devem ter algum enviesamento demográfico, dado serem tão diferentes da maioria das análises já estabelecidas

  15. Carlos says:

    O “pobrema” é que os senhores do Sharaholic (ou lá como se escreve) e os da Wikipedia estão a contar requests, e o Chrome, toda a gente sabe, faz pre-fetch dos links da página que se está a ver, o que inflaciona o número de requests feitos pelo Chrome.

  16. Miguel says:

    Não sei se acreditar nestes dados… Se virem o netmarketshare, o IE continua a dominar e até a crescer em PC, e o Chrome e Firefox não crescem… Pessoalmente uso no PC de trabalho o IE10, que é rapidíssimo. Infelizmente, é muito pouco personalizável. No meu PC pessoal, deixei à muito de usar o Firefox, é lentissimo. O Chrome está tb cada vez mais lento e pesado, por isso tenho usado o novo Opera – oferece as mesmas extensões que usava no Chrome, é muito mais rápido, e oferece-me mais garantias ao nível da privacidade. Para ver algo rápido, uso o IE10, que como referi oferece uma navegação excelente.

    Já em mobile, acho que depende sobretudo dos dispositivos que usemos – nada bate o Safari em IOS, e em Android, apesar de preferir o Dolphin, o Chrome é bastante razoável. Se a maioria das pessoas usar o Android para navegar, e o Android como sabemos é rei, é natural que o Chrome tenha mais uso, porque vem por default e é dos que funciona melhor nessa plataforma, não por ser necessariamente melhor…

  17. Canelas says:

    O IE tem os dias contados. Continua a ser o browser com mais falhas e bugs por corrigir, e a Microsoft qd sabe da existência delas, demora anos a lançar uma correcção. Não é de esperar que o Chrome, FF e Safari tenham superado o IE. É apenas mérito por parte das empresas que os têm e de td fazem para satisfazer os utilizadores dos seus browsers.

  18. sawlyn says:

    Onde foi feito essa pesquisa na sede da Google?!!
    Aqui onde moro, estudo e trabalho, Chrome é minoria…
    Firefox e Opera reinam Absolutos…

  19. cave says:

    Desculpem mas o titulo induz em erro, dá a entende que detém a maioria absoluta (mais de 50%), o que não o que o estudo diz (34,68%).
    Além disso, como já referiram outros utilizadores, não acredito muito nestes números…. mas não deixam de ser um alerta para o poderio da Google, daqui a pouco não se faz nada sem passar por eles…

    MUITO PERIGOSO….

  20. Malic x says:

    Mas que pesquisa mais enviesada. Então se um utilizador do chrome aceder a 25 páginas e 20 utilizadores do IE acederem a uma página, o Chrome é o mais usado? Está tudo doido ou quê?

    Já é público que a Google faz batota com os resultados do motor de busca, que a Samsung falsifica os “benchmarks” do Galaxy e agora também patrocinam falsificação na utilização dos browsers?

    Esqueçam essa treta. O IE continua a ser o mais utilizado no mundo. O resta são … não vale a pena ..

  21. Rui says:

    Não foi preciso pesquisar muito para duvidar dos números deste estudo. Não duvido da PPLWare, mas da Shareaholic, que vive …… de criar barras de atalhos para browsers…. estou mesmo a ver que mediram a utilização de browsers que instalaram o shareaholic…..

    Onde anda a ficha técnica do estudo feito? É do mesmo género dos anúncios todos que dizem todas as empresas são líderes de mercado?

    Eu pessoalmente não utilizo o IE, excepto quando é necessário (não conheço nenhum mais Universal que o IE), mas eu prefiro o Firefox a qualquer outro. Mas afirmarem que o Safari tem mais utilizadores que o IE….. vejam bem qualquer computador do estado, formulários com java, flash, etc…. não vi em lado nenhum o safari instalado. Que me digam que nos Estados Unidos utilizam mais o Safari que o IE, eu acredito, mas no mundo inteiro nem por sombras, o safari é dos mais limitados que conheço em termos de compatibilidade. Em computadores o safari tem utilização residual, onde de facto têem muito tráfego é nos iphone, aí sim recuperam…..

  22. vitor martins says:

    Só utilizo o ie10 e o seamonkey da mozilla.

    Desintalei definitivamente o chrome da google.
    Consumidor compulsivo de energia e de RAM 600Mb.
    Faz-me lembrar os IEs iniciais da Microsoft “fraquinho no geral que tenta ultrapassar as suas insuficiencias consumindo ferozmente energia”.
    A google só pode ser acionista da EDP.

  23. Pois says:

    É pá, usar o shareaholic como mediação de numeros de utilizador invalida um pouco o preposiro desta noticia. Se é mesmo para ver qual é o mais utilizado há meios melhores e mais fiéis.

  24. pintarola says:

    melhor dos melhores: MAXTHON cloud browser

  25. Opera 12.16 says:

    estes resultados passam-me ao lado.
    O Opera 12.16 é sem duvida melhor que o Chrome.
    Desde que o Opera usa o Webkit, só piorou.

    O Firefox, também é melhor que o Chrome.
    Quanto aos dispositivos moveis, não acredito que o Ios tenha maior cota, visto que existem pelo menos 10x mais Android que Ios

  26. ZiLOG says:

    Aqui o Chromium conta como Google Chrome?

  27. 1 Infinite Loop says:

    Eu cá utilizo o Safari.

    Smooth, sempre smoothzinho… e como é 100% nativo, tenho mais bateria, e tudo parece mais natural, especialmente o texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.