Quantcast
PplWare Mobile

China: Administração Pública obrigada a substituir PCs e software estrangeiro

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. eu says:

    Foi nisto que deu a pancada do periquito amarelo.
    Não sei do que estavam à espera mas é muito bem feito.

    • Rui says:

      Não está a ver bem as consequências, não estão a proibir só produtos e software americano, apesar de ser este o principal visado.

      Agora imagine o resto do mundo fazer o mesmo com os produtos made in china!!!!!

      • Ruy Acquaviva says:

        Eles estão protegendo seus dados públicos e reduzindo sua dependência externa. Podem fazer isso com o hardware porque tem indústria e tecnologia para isso.
        Nem todo país tem essas condições (na verdade bem poucos) em relação ao Hardware, mas em relação ao software todos os países tem condições e deveriam fazer, passando a usar somente software livre e padrões abertos na administração pública e mantendo uma equipe de servidores com capacitação técnica para analisar e validar os softwares utilizados.
        Não é concebível que as nações fiquem à mercê de softwares e padrões propietários de empresas de outros países.

        • Joselito says:

          É por causa de tipos como tu que estamos no esgoto econômico/social a décadas… Defensor de genocida, esse ser anencéfalo preferia o muro…

        • ze says:

          Percebes pouco disto Ruy, não deves compreender o que está em causa para mudares o software.
          Mais rapidamente conseguirias mudar o hardware, mesmo não sendo um país produtor de hardware, é um caminho mais facil de trilhar e com menos gastos e menor impacto.

          • Ruy Acquaviva says:

            Tem Razão. Construir uma fábrica de micro processadores é muito mais fácil que pegar os fontes do Linux, verificar o código, compilar… Sim, o hardware é mais fácil. Afinal de contas qualquer país tem uma infraestrutura industrial de ponta. Estudar programação é um investimento muito maior.

          • ze says:

            Ruy, nesse teu país aí de faz de conta pode ser complicado montar uma fábrica, cá não é, apenas é necessário investimento.
            Já quanto à tua visão redutora do que seria necessário para mudar um país para trabalhar com algo open source, posso-te dizer que neste momento nem num país tão pequeno como Portugal tens recursos suficientes para o fazer, com o que existe actualmente no mercado de TI precisaríamos de cerca de 15/20 anos para o conseguir fazer, e sempre com uma despesa bem superior.

        • Woot! says:

          Tu claramente não tens noção nenhuma de como funcionam as empresas por isso é que mandas bitaites de mudar para software livre.

          • Andre says:

            Neste momento tens empresas que algum software livre não compensa (ou não existe ou ainda está muito verde comparado com soluções comerciais).
            Mas …..
            A verdade é que para a maior parte das necessidades de uma empresa já tens soluções open source para as resolver .

            Agora só é necessario vontade para aprender a utiliza-las. Eu por exemplo à 20 anos que só uso Linux numa empresa em que 99 % usa Microsoft e não vejo necessidade nenhuma para usar Windows.

          • ze says:

            André, convido-te a sair da micro empresa onde estás e dar uma vista de olhos no mundo real.
            Ia ser giro ver sistemas hospitalares com open source, ou então mesmo a segurança social, acabam-se as reformas.

          • Andre says:

            1- Neste momento muitas aplicações são web (nem sabes o que está por baixo, se calhar até usas Opensource por baixo e não sabes).
            2- Neste momento, 90 % do pessoal só precisa de aceder a paginas web, editar docs, folhas de calculo etc… e nestes casos não precisas de um software para nada.
            3- Se dizes que é muito é dificil devido Às pessoas terem sido completamente “formatadas” para um software e terem que se adaptar a outra.
            4- Quanto à Microempresa (se trocares o “i” por “a” talvez estejas mais proximo 🙂 ).

          • ze says:

            Andre, nessa tua macroempresa não existem ISOs nem auditorias?
            A questão não é usar-se software open source, o que está debaixo não importa, importam sim validações de software, suporte, APIs de integração com outros softwares principalmente orquestração, BPMs e afins, já para não falar de metolodias de resilência e de DR que consigam garantir continuidade de negócio.
            Existe um motivo pelo qual as empresas gastam milhões em software, e não é certamente pelos motivos que pessoas como tu que julgam que têm mentalidade macro na realidade têm mentalidade micro.
            Por isso digo, para trocarmos tudo por open source não iriamos ter mãos suficientes para o fazer e iríamos demorar mais de 20 anos, isto numa escala pequena como a nossa, agora imaginem outros países.
            A visão redutora do open source como trocar windows por linux não passa disso, uma visão redutora, muitas das grandes empresas até têm mais de 50% dos servidores com linux, queres ver quanto custa o licenciamento de Red Hat e o que seria preciso para migrar para CentOS e o que perderias com isso?

          • Andre says:

            Obviamente que existem Auditorias tem certificações em todos os ISOs e mais alguns (necessários ou não) e DRs em sistemas criticos.
            Se tiveres conhecimentos nas areas certas consegues implementar alguns destes softwares que custam milhões por soluções bem mais economicas (por exemplo instalar CentOS em vez de RedHat – obviamente que o suporte fica a teu cargo).
            Se não precisares de funcionalidade Oracle podes usar Postgresql . MariaDB (se for uma BD relacional) ou mongo se o teu serviço estiver preparado para isso.
            Sistemas de Backups podes não ter as integrações com as aplicações (Exemplo VMware, Oracle, SQL Server) mas se tiveres conhecimento consegues com criar scripts para o fazer.
            Sistemas de Monitorização/Alarmisticas (zabbix,Nagios etc..) podes pagar milhões ou criares o teu próprio script para fazer esta monitorização.

            Obviamente que nem sempre é possivel usar ferramentas OpenSource, mas se ganhares competencias em certas areas provavelmente chegas à conclusão que nem tudo precisa de custar milhões.

        • Cortano says:

          ” passando a usar somente software livre e padrões abertos na administração pública ”

          Estamos a falar da China?! Software livre e aberto?! LOL

          • Pérolas says:

            Claro!!! Até é melhor, não há nada escondido, oculto e, por baixo dos panos, a fazer sabe-se lá o quê… Podem vigiar melhor 😀

      • RPG says:

        É precisamente isso que a propaganda americana anda a vender.. Que os departamentos públicos de cada país não usem produtos da China “por motivos de segurança”. Se todos os países conseguissem tal proeza de apenas usarem material feito nesse país, de certeza absoluta que muitos departamentos públicos só usariam esse mesmo material.. qual o espanto? lol

  2. Eduardo says:

    Periquito amarelo com manchas laranjas ahahahahah
    Adorei o seu comentário.

  3. Jorge Gomes says:

    A Europa e a America deixaram andar os chineses a se programarem e a copiar agora vao receber os trocos, e vem aí a rota da seda, isto ainda esta no principio, a Europa que abra os olhos.

    • Rui says:

      O problema não é esse, muito mais grave foi o ocidente deslocalizar quase toda a indústria, porque é muito poluente e nós ocidentais somos ambientalistas……. ficamos só com agricultura e serviços, como o Turismo que são conhecidos por pagarem salários mínimos e a China está a enriquecer sem parar, porque é a indústria que pode gerar fortunas e pagar altos salários aos seus quadros!!!!!!

      No fundo o ocidente sofreu na pele a desindustrialização ou deslocalização da indústria para a ásia com consequências nefastas, o nosso próprio empobrecimento e a China a colocar aqui os seus produtos quase sem pagarem impostos, a somar aos trabalhadores que têem que o fazem por quase uma tigela de arroz e com muito menos exigências dos trabalhadores!!!!!!

      Agora admirem-se por termos à disposição salários de 600€ para licenciados……….

    • Nelson says:

      100% de acordo, Europa e EUA a dar informações aos chinocas em troca de mão de obra, agora é vamos ver as consequências.

  4. Jorge Gomes says:

    A china ja deveria ter sido bloqueada pelos USA e pela Europa ha mais de 30 anos, agora ja é tarde.

    • Ruy Acquaviva says:

      É interessante observar as expressões xenofóbicas eurocentristas expressas nesse blog. Para mim, que sou da América Latina, é curioso ver essa reação desesperada ao surgimento de um polo econômico independente no oriente.
      Como somos nações periféricas, com outros (muitos) problemas e submetidos ao neocolonialismo do século XXI, é interessante observar esse fenômeno, do qual também somos vítimas, mas como explorados pelo capitalismo ocidental e não como potências decadentes como ocorre nos EUA e Europa Ocidental.
      Pessoalmente prefiro um mundo multipolar a um unipolar que, desde a queda do Muro de Berlin até agora, só tem aprofundado a concentração de renda e a explorações das nações perifércas. Não acho a China e a Rússia fundamentalmente diferentes das potências ocidentais, mas acho interessante ter um polo econômico a mais competindo e embolando o meio de campo da crise astronômica que toma conta do capitalismo mundial. No contexto da hecatombe econômica que se aproxima, esse é um dado positivo pois a unipolaridade só tornou mais agudos os problemas gerados pelo neoliberalismo nas últimas décadas..

      • paulo.j says:

        Obrigado bro mas Fica pela America Latina.

      • Joselito says:

        É porque tu gostas da América latrina, com Cuba, Venezuela, Haiti, México e agora Argentina e Chile, economias pujantes com liberdade para todos… piada…. Potências decadentes…. piada…. É por causa de tipos como tu que estamos no esgoto econômico/social a décadas… Defensor de genocida, esse ser anencéfalo preferia o muro…

        • Ruy Acquaviva says:

          Esse desqualificado parte para agressões, acusações e xingamentos, mas é incapaz de articular uma argumentação. Rosna e ladra como um cão hidrófobo (os cães que me desculpem a comparação que lhes é ofensiva). Uma atitude típica dos fascistas.

      • Jorge says:

        Sr. Ruy, nao ligue a tugolandia, a europa esta falida, e depois a única coisa que sabem fazer é aplicar multas as multinacionais americanas porque eles nunca tiveram competência para desenvolver certas coisas e depois dizem que é anticoncorrencia, a Europa os USA e a chinocada são os mais protetores, os europeus é so inveja, so eles é que queriam viver e queriam e querem explorar todo o mundo como foi o caso da colonisaçao, os tugas no estrangeiro nem português falam para os filhos, ao contrario dos brasileiros que se exprimem logo em PT, os tugas nao falam PT para se exibirem e por vergonha.

    • RPG says:

      Caro Jorge, USA e Europa não bloquearam porque não havia nada para bloquear LOL.. O que havia para fazer era Explorar.. e foi o que se fez de certa forma. Se não fosse a China, seria outro país qualquer como a Índia por exemplo. Capitalismo ocidental precisava de mão de obra ao desbarato, foi apenas isso que aconteceu. Eles como viviam na miséria, fizeram o que qualquer um faria nessa situação e receberam as fábricas e tudo mais de braços abertos, que lhes trouxeram a riqueza que têm hoje.. tiraram 800 milhóes de pessoas da pobreza, de fome pior da que se vê hoje em África, em apenas 20 anos, e catapultaram para a potência Nº1. Até logo.

      • Joselito says:

        No meu país, o Lula (ladrão/corrupto/salafrário/condenado) fala igual a você! tirei milhões da pobreza… Só você para a acreditar em ladrão/corrupto e genocida chinês! Até logo!

        • João das Couves says:

          +1

        • Ruy Acquaviva says:

          Que boçalidade ridícula! Eu não falei nada em tirar ninguém da miséria. Sua incapacidade de pelo menos adaptar esse discurso fascista decorado faz suas vociferações boçais além de mentirosas e grosseiras, serem desconexas.

        • RPG says:

          Quem é que tirou da pobreza?! haha.. País tão pobre esse que é o Brasil do qual metade da população quer fugir à procura de uma vida melhor. Tanto potencial que tinha, e foi tudo por água abaixo graças ao Lula. A diferença é que o Lula diz que fez, mas não fez nada lol, pura ilusão. A china em 20 anos passou de um dos mais pobres do mundo, para um dos mais ricos, a diferença é só essa.

          • Joao Ptt says:

            O problema do Brasil não é a falta de recursos! Têm para aí recursos com os quais outros países só podem sonhar! Esses recursos estão é escondidos porque do contrário comportar-se-iam como os mal formados, selvagens e ignorantes que ainda são e iriam desperdiçar os mesmos. O tempo para os mesmos serem descobertos e utilizados correctamente ainda virá e já está mais perto do que muitos gostariam dadas as alterações de população e de forma de ser associadas contra as quais quase todos lutam pelo planeta inteiro e o Brasil não é nenhuma excepção.
            Dias melhores virão para o Brasil, mas não será certamente por vontade própria das pessoas no geral, apenas por que uma vontade mais forte do que todos os seres humanos juntos o exige.

          • Ruy Acquaviva says:

            Nos governos progressistas a porcentagem de pobres e miseráveis caiu enquanto a classe média aumentou. Em 2014 o Brasil saiu pela primeira vez do mapa da fome da ONU. Depois do golpe de Estado que tirou o governo legitimamente eleito do poder a miséria e a pobreza aumentaram e o País voltou ao mapa da fome.
            São fatos concretos, estampados em números oficiais e não vociferação de ignorantes preconceituosos.

  5. Jorge Gomes says:

    O que a china esta a fazer sempre esteve previsto nas mentes chinesas, eles esperaram sentados, deveriam fazer o mesmo a europa para eles abrirem os olhos, produtos mesmos chineses de origem ha poucos, temos é muitos produtos fabricados na china mas sao de origem seja USA ou seja Europa, eu produtos de marcas chinesas nao compro.

    • ze says:

      Na verdade temos muitos países de origem chinesa, cópias exactas de outro de outra origem, esse é o verdadeiro problema da china e foi assim que eles cresceram ao que são hoje, a roubar e abusar.
      Se o Mundo fosse só UE as coisas andavam de forma diferente.

    • Mapril says:

      Caro Jorge, você está mal informado. Em 2018 a China tem cerca de metade das patentes registadas em todo o mundo. Os USA ainda têm o maior número de patentes registadas internacionalmente, mas a China vem logo a seguir. Pensa que só usa produtos de origem ocidental? Pense duas vezes. A não ser que você viva despojado de todos os artefactos modernos…

  6. Mestre em direito says:

    A Europa compra o lixo chinês, leva com vigilância chinesa e exporta o que há de bom. No final a China fica com o dinheiro e o europeu … com lixo e com as empresas sob domínio chinês (clubes de futebol, grandes empresas, eletricidade, casas e hotéis, em algumas cidades quarteirões inteiros…). Parabéns Europa. Pois nos EUA independentemente se gostam ou não do senhor, este está a bater pé à China (E Rússia, e Coreia do Norte etc) e a defender a sua indústria.

    Eles pelo menos não são tapados, enquanto isso a Europa leva com motos, patins, telemóveis, TV e PC chineses e até a Philips TV já nem é holandesa, assim como milhares de outras empresas. Um dia recebem a carta de despedimento em mandarim e que (após tradução) vão ser substituídos por robôs chineses. Boa sorte.

    • Carlos Braga says:

      100% de acordo. Se a Europa/Portugal impedir os produtos chineses & made in China, isso iria criar milhões de postos de Trabalho na Europa, mesmo com a robotização a vista. Permitindo um melhoramento das condições de vida dos Europeus.

      • Ruy Acquaviva says:

        É muito curioso ver os europeus falarem assim em relação à China e depois, quando nós da América Latina falamos da mesma forma em relação aos produtos europeus, inverterem totalmente o discurso nos acusando de sermos protecionistas.
        Um espetáculo de hipocrisia.

        • Rui says:

          Presumo que seja brasileiro. Diga-me uma coisa, como é que por exemplo um bom vinho português aqui custa 2 a 5€ (Casal Garcia, Gazela, ……..) e aí no Brasil o mesmo vinho exportado daqui é vendido aí na casa dos 50 reais ou mais?

          Isto passa-se porque o Brasil aplica taxas elevadíssimas a tudo o que é importado, portanto, não pode acusar a Europa de aplicar taxas de 10 ou 20% quando o próprio país aplica 50% ou mais de taxas alfandegárias!!!!!

          Você sabia que os professores universitários brasileiros que vêem a Portugal, vêem com uma lista de vinhos portugueses e levam em malas térmicas (cada 1 só pode levar 6 garrafas), e chegam a quase pagar a viagem de avião só com o lucro que fazem a venderem mais barato do que fazem aí os importadores???!?!?!?!?!

          • Joselito says:

            Rui, esse defensor de genocida, ser anencéfalo preferia o muro… É por causa de jumentos falantes como esses que o Brasil ficou assim, foi roubado, dilapidado, e esse animal vem falar isso aqui…

          • Ruy Acquaviva says:

            Você tem ideia do tamanho do subsídio europeu aos produtos agropecuários?
            Claramente não tem. Seria interessante você se informar antes de falar bobagens em cima de um único produto.
            Sabe quanto custa realmente um quilo de carne ou de açúcar, ou qualquer outro produto agropecuário produzido na Europa? É óbvio que não.
            Se os países europeus derrubarem seus subsídios agrícolas, países como o Brasil podem retirar todos os impostos de importação e ainda sim sair no lucro.
            Mas a relação comercial entre as potências ocidentais e suas colônias nunca foi justa.
            Garanto que toda a exportação de vinho portuguesa para o Brasil não seria uma pequena fração da exportação de carne brasileira para Portugal se realmente não houvesse nenhum protecionismo de lado algum.

          • boemio says:

            desculpa la, mas bom vinho portugues… Casal Garcia, Gazela?
            nao sabes o que e bom vinho Portugues!!!!

            Quanto ao resto….+1

          • ze says:

            Ruy, Portugal não precisa de carne de lugar nenhum do mundo, temos das produções de carne mais sustentáveis do planeta ao contrário de vocês que precisam queimar floresta para fazer vacas anormais.

          • RPG says:

            O mais irônico disto tudo é que essa queima de florestas que referes, se deve em grande parte à China. Ou melhor, é devido à vontade ou necessidade de fazer dinheiro e vender para a China, que os brasileiros andam a queimar floresta para ter mais espaço onde plantar. Já vi brasileiro a condenar a China por se ter “vendido” ao ocidente para produzir de tudo ao desbarato, pois é, hoje o brasil é um dos agricultores da China, graças ao Trump claro lol. Exemplo: https://www.youtube.com/watch?v=eM5BFnpyiFk

        • ze says:

          Por isso vocês são o escroto que quer vir para todo o custo para Portugal em busca de melhores condições, e para Portugal apenas porque não sabem falar mais nenhuma língua.

          • Joselito says:

            É verdade Ze, mas nem todos os brasileiros são assim!

          • Ruy Acquaviva says:

            Eu não quero ir a lugar algum. Que está correndo para Portugal é uma parte da pequena burguesia brasileira, em sua maioria fascistas que elegeram uma imitação caricata do Mussolini aqui e ao verem a asneira que fizeram tentam sair à francesa. O povo brasileiro mesmo gosta de Portugal como país amigo, mas não tem plano nenhum de se mudar. Até porque se chegassem 200 milhões de imigrantes em Portugal o pessoal teria que dormir de pé, devido à falta de espaço. Mas, para além de sua grosseria, saiba que as várias levas de imigração portuguesa que chegaram só Brasil sempre foram muito bem recebidas, sem a xenofobia que você está externando.

          • Atento says:

            Ruy Acquaviva, primeiro que tudo seja muito bem vindo a este espaço.
            Concordo com muito do que escreve, mas também discordo de outro tanto. E é normal, concordar e discordar, o que não é normal é recorrer ao insulto, e ao insulto generalizado é ainda pior. E sim, reconheço que você tem razões de sobra para se queixar disso, mas tente não generalizar só porque está sendo atacado por alguns trolls portugueses, afinal de contas os brasileiros também os têm! Não é exclusivo de Portugal 😉 Portanto, o melhor que tem a fazer é ignorá-los e não deixar que isso influencie o seu pensamento e se reflicta nos seus comentários.
            Relativamente à parte em que poderemos discordar, deduzindo por alguns dos seus comentários, poucos, é o facto desse vasto território conhecido como Brasil ter sido reclamado pelos portugueses e de se ter tornado numa colónia e de ter sido defendido por Portugal. Pois bem, se o Brasil tem hoje território para poder albergar 209 milhões de cidadãos brasileiros, pode agradecer apenas e unicamente a Portugal. Se Portugal não o tivesse reclamado, outro País o teria feito certamente, e se assim tivesse acontecido, é muito provável que esse território tivesse sido, também ele, reclamado pela Espanha, e hoje vocês estariam a falar espanhol, em vez do português, e muito possivelmente não estariam usufruindo desse vasto território, o maior da América do Sul! E mais, muitos brasileiros ficam indignados por causa de terem sido uma colónia, mas esquecem-se que, se não tivessem sido colonizados por Portugal ou por outro País europeu, hoje o Brasil não existiria sequer, existiria um outro País com uma população nativa constituída apenas (ou maioritarimante) por indígenas ameríndios. Da mesma forma que se o território conhecido hoje como Portugal, não tivesse sido reconquistado aos Mouros, hoje seríamos todos ou quase todos muçulmanos.
            Relativamente a uma das partes em que estaremos de acordo, é a constatação de que Portugal está repleto de fascistas, é evidente, e o que é triste é que muitos nem dão conta que o são, mas não é exclusivo de Portugal, o Brasil e o resto do mundo também está repleto de fascistas. Não estou a criticar os fascistas por ser de esquerda, pois eu detesto quer os fanáticos da direita, quer os fanáticos da esquerda. Na minha opinião este tipo de divisões entre esquerda e direita serve apenas alguns interesses, que se servem desses estereótipos para mais facilmente controlar a plebe, e decididamente não serve os interesses dos povos. Mas é o que temos…
            Quanto ao tema em questão, a China, penso estar mais próximo da sua opinião, opinião que dá para ver, não é muito popular aqui neste espaço, vai-se lá saber porquê…
            A China está a fazer o que qualquer País soberano deveria fazer, proteger os dados das suas entidades governamentais e instituições públicas, e reduzindo assim também a sua dependência externa. Acho aliás que ainda é pouco, deveriam proteger também os dados das suas universidades e centros de actividade e núcleos tecnológicos.

          • Atento says:

            Em relação ao comentário do ze, faço minhas as palavras do Joselito, muitos brasileiros decidem vir para Portugal em busca de melhores condições e porque falar português é definitivamente uma vantagem. Os portugueses também emigram para o Brasil…

          • ze says:

            A diferença dos Portugueses que emigraram para o Brasil (passado) é que esses fizeram-no para trabalhar, tal como fazem quando emigram para qualquer país e são reconhecidos por isso.
            O brasileiro que emigra é que nem o sirio, vem refugiado com esquemas e só quer direitos, quando não os tem faz o que eles fazem melhor, criminalidade..

    • Rui says:

      Eu já escrevi em cima que tudo não passa da deslocalização da indústria (que ganha muito mais dinheiro que a agricultura e serviços) do ocidente para a ásia e em particular para a China.

      Já escrevi aqui muitas vezes e volto a repetir, os europeus são “mansos” e gostam de ser mandados por toda a gente. Já à muito tempo que devíamos de ser independentes na defesa (para não dependermos de lunáticos com o Trump) e defendermos a nossa economia!

      Como não fazemos nada disso, não se admirem por verem licenciados a terem ofertas de 600€ de salário e se quiserem…….

      • Carlos Fernandes says:

        repara que os chineses deslocalizaram a agricultura (com cereais na ukrania e até porcos em portugal)… Mas continuo a gostar mais de uma globalização que uma pequena manta de retalhos, opiniões.

    • boemio says:

      Tas por acaso recordado do que fez em “surdina” Portugal e Espanha na epoca dos Descobrimentos, em que eram potencias hegemonicas?

      Vai ler a historia desse tempo e aplica no presente!!!!

  7. Jorge Gomes says:

    Quanto a defesa a Europa nunca se pode passar da NATO, ela sozinha nao consegue fazer frente a Russia.

    • Rui says:

      Também não defendo saírmos da NATO (até porque o Trump algum dia tem de abandonar o posto, ao contrário do seu homólogo Russo Putin que tem cargos de chefia vitalícios), mas cada país deve fazer muito mais pela sua defesa individual e também em conjunto e no ceio da UE.

  8. Jorge says:

    O Brasil é obrigado a aplicar taxas elevadíssimas nos produtos exportados, para compensar o trafico de produtos falsificados que vao do Paraguai para o Brasil, como é o caso de produtos químicos para a agricultura, e muitas outras coisas.

  9. Samuel MG says:

    Já se via que isto ia acontecer!!

  10. Jorge says:

    O unico povo de um país irmão que é bem recebido na tugolandia é o povo brasileiro, porque sempre bem receberam os tuas, e aquando da independência puderam ficar, caso que nao aconteceu em Africa, vieram todos mais pobres do que quando foram para la, agora que muitos tugas nao gostem dos brasileiros isso é verdade, mas tudo por inveja, o tuga é igoista e invejo, por mim todo brasuca é bem vindo na tugolandia.

  11. Jorge says:

    O tuga no estrangeiro tem vergonha de falar português, enquanto que o brasileiro tem orgulho na língua que lhe foi imposta quando foram colonizados e saqueados, viva o povo brasileiro.

  12. Jorge says:

    Mais de 80% dos filhos dos portugueses no estrangeiro nao conseguem ter uma conversa em PT, e 15% nao o fala e nem o entende, vejam o caso da Lucy Bronze inglesa e filha de pai tuga, so sabem falar inglês, as maioria dos tugas no estrangeiro são a vergonha do povo tuga.

  13. Jorge says:

    Deixem o povo brasileiro em paz, nao critiquem porque tentam procurar uma melhor vida, eles ja tiraram milhares de portugueses e outros povos da miséria, é normal o procurarem uma melhor vida, Portugal tem 1 terço da populaçao no estrangeiro, nao seja egoistas e invejosos, deixem governar a vida a quem precisa.

  14. nop90 says:

    não faz mal, desde que o tuga tenha as lojas de chineses com material reles pelo triplo do preço que eles compram. a gente fica com toda a murraça chinesa e eles apostam no nacional, mas os espertos somos nós… 😉

  15. Pedro says:

    É fantástico como os comentários derivam do assunto do artigo… Com isto conseguia fazer uma tese de doutoramento xD

  16. Joao Ptt says:

    Considero estranho é o governo chinês ainda permitir em 2019 hardware/ software estrangeiro na sua infra-estrutura governamental. Os chineses fazem tudo ao seu alcance para espiohar os outros… como podem permitir ainda que lhes possam fazer o mesmo?

    • boemio says:

      vais me dizer que em 2019 nao espiolha quem e a começar pelo Pplware, pode ser?
      em casa es espiolhado, no empregedo tb es, na rua idem, na sanita (deves ser), no carro, cai um pingo de urina no chão alguem grita em casa!

      Espero que nao tenhas xinocas ou israelitas como amigos…se não?!

  17. Abreu says:

    Mas alguém tem noção de que isto além de ser uma resposta aos EUA, serve também para conter os leaks do que o governo chinês faz em relação ao Tibete, e outros povos que foram literalmente engolidos, e que os chineses têm em andamento uma política de exterminação étnica de minorias? Enquanto andam a criticar os tugas e os zukas, há milhões de pessoas a serem torturadas em prisões (campos de concentração), e o presidente chinês tem um mandato vitalício. Porque é os chineses querem o mar do Sul da China cheio de ilhas artificiais, com pistas de aterragem e baterias de mísseis anti-navio? Tirem as palas dos olhos sff

    • RPG says:

      Conter os leaks?? Um leak é feito por alguém interno, não é fruto de hacking. Podem ter o sistema operativo que bem entenderem, se alguém revelar documentos, nada podem fazer LOL. É uma resposta aos EUA, no entanto já faz parte dos planos há 5 anos.. curioso. Tudo o que falas é verdade, no entanto está à vista “de todos”, e o que se sabe não é fruto de alguém lhes ter roubado documentos por “falhas” nos sistemas operativos e afins.

    • Alfie says:

      Acabei de tirar as palas e vejo que os índios da América do Norte foram alvo de extermínio maciço quase completo a bem do desenvolvimento do Far-West, vejo também Puerto Rico, que de uma pobreza “invejável”, a ser administrado pelos EUA a bem do controlo económico da área, vejo o arquipélago do Hawai que era regido por uma monarquia local e que foi, à força, tornado mais um estado dos EUA, a bem da propagação da civilização ocidental. Posso continuar a tirar as palas dos, sem favor nenhum, e perguntar o porquê da continuação do bloqueio a Cuba, da invasão do Iraque e da terrível guerra que por lá ficou (afinal provou-se que não havia nenhuma arma nem química nem de destruição maciça). Continuando a tirar as palas posso olhar para o Vietname para a Coreia nos anos 50/60, e mais palas posso tirar para ver as “maravilhas” da defesa da “liberdade ocidental”, mas acho que já chega.

  18. boemio says:

    gostava de ver os USA, a realizarem toda a sua enorme capacidade de know how e fabrico dentro de suas portas e assim nao necessitarem de mao de obra de “estranhos”.

    Isso é que era uma grande obra.

    • ze says:

      Nada tem a ver com falta de conhecimento, tem exclusivamente a ver com custos, apenas com mão de obra os custos seriam 20x superiores, um trabalhador na china custa cerca de 1100€ por ano a 12h de trabalho..

      • RPG says:

        LOLOL se trabalhares no escritório das fábricas, ganhas isso por mês. Se tiveres nas linhas de produção ronda os 400€/mês. Esses valores q falas.. talvez há 10 anos.

        • ze says:

          Eu falei em valores anuais, o mensal ronda os 110 euros, naqueles que cumprem a lei e não colocam crianças por metade do valor.
          Foxcon ainda é dos que paga melhor, cerca de 140 euros mensais.

  19. Miguel says:

    Não se percebe porque em Portugal e em outros países se continua a pagar rendas milionárias à Microsoft. A maior parte das necessidades passa por um processador de texto, email autenticação e internet.

    Qualquer Linux faz isto sem qualquer problema. Nesse ponto a China só está a ser inteligente mais nada.
    A decisão da distribuição a usar é deles, acho bem que usem distribuições made in china para as potenciar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.