Quantcast
PplWare Mobile

Cartão de Cidadão vai poder ser renovado através de uma simples SMS

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ElectroescadaS says:

    Uma excelente ideia por forma a facilitar as pessoas que necessitam de renovar i dito cartão.

  2. Bimbo says:

    BOA IDEIA! Pode ser k assim consiga renovar o meu CC já k no site é MENTIRA!!!

  3. JM says:

    Convém lembrar que, a renovação do CC é uma boa fonte de rendimentos para o Estado.

    • PMT says:

      Parte do preço vai para para o sistema informático que pertence aos americanos.
      Foi por essa razão que poucas semanas/meses depois de o sistema estar online conseguiram encontrar um negro que tinha fugido para Portugal.

      • Maggie says:

        O SO nos pcs do estado é feito em portugal. Basta abrir o windows e ver na regiao diz portugues.

        • PMT says:

          Refiro-me ao sistema informático de servidores, software, gestão, controlo de dados, cruzamento de base de dados, base de dados, etc.

        • PMT says:

          O sistema e os dados não são guardados em portugal, são todos controlados e geridos na América. A única coisa que nós temos cá é um interface para introdução e consulta dos dados.

    • Serodio says:

      Certo, mas o preço é o mesmo seja por SMS, online ou presencialmente!
      Só reclamam… Se o estado não tiver fontes de rendimento não tem como apoiar os contribuintes.
      Este exemplo que estamos a passar é bem a cara disso. O trabalho do Governo está a ser exemplar e eu até represento outras cores, mas há que reconhecer.

  4. Spoky says:

    E a carta de condução poderia ir pelo mesmo caminho, mas claro é um negocio para eles! Nem SMS enviam, nem emails, nem cartas nada.

  5. Toder says:

    Isto também aplica no estrangeiro? Vivo na Alemanha e o meu também já caducou

  6. luis says:

    Isso é muito bonito e prático (a sério), mas e para as pessoas que o CC caducou antes de 24 de fevereiro (inicio de fevereiro) e que tinham marcação para a renovação (sendo que a data de espera era + de 2 meses) e que com isto do Covid-19, as renovações foram canceladas e os balcões fechados?

    • Serodio says:

      O meu está caducado e tinha marcação para abril. Ligaram-me a informar antes da data em que caducou que seria remarcada mais tarde a renovação e que o mesmo teria validade até Julho (entretante mudou para Outubro). Recebi um mail a meio do mes passado a indicar nova data de marcação e se não me fosse conveniente para ligar e remarcavam.
      Está tudo a funcionar perfeitamente. Um excelente trabalho de organização, até fiquei admirado juro.

  7. Eu says:

    Alguém me explique como é que os custos se mantem? A mesma questão se aplica aos bancos.
    A 10 anos atrás tínhamos um banco (nao confundir com multibancos) em cada esquina, muita coisa era feita presencialmente, nao havia a tecnologia que existe hoje e nao existiam fees de manutenção.
    Hoje em dia, grande parte das pessoas ja faz tudo por home banking, fecham sucursais de bancos pq é despesa e nao ha necessidade de ter 10 funcionários para meia dúzia de pessoas, e temos tecnologia melhor que a de 2010, ainda assim pagamos fees, taxas e taxinhas de que?

    Segue a mesma pergunta para a renovação do CC. 16,90 Euros? O desenvolvimento do sistema que possibilita renovarmos por sms foi pago a ouro certamente.

    • Jorge Carvalho says:

      Na parte bancaria é facil . È uma questão de verificar as taxas de juro de há 10 anos ( pre-crise) e comparar com as taxas actuais.
      Os bancos não cobrava algumas das taxas ou isentavam porque o valor dos juros cobria essas parcelas. Hoje me dia tal não acontece.
      O facto de operações serem realizadas em homebanking não as torna “sem custos” para os bancos.
      Os sistemas que as suportam não vivem do ar e os custos com eles aumentaram por sinal.

      Abc

      • Eu says:

        Esclarecido em relação a parte bancária, faz algum sentido.
        Relativamente ao home banking, discordo. Os sistemas nao vivem do ar, é certo, mas despedirem +100 pessoas, fecharem sucursais, etc, nao estou a ver para onde esta a ser canalizada a poupança no corte de custos.
        Atenção que eu concordo em estes serviços serem pagos, porque como referido, e bem, os serviços nao vivem do ar, existem vários custos a ter em atenção: eletricidade, desenvolvimento, manutenção, segurança, etc.
        A meu ver um custo de 16,90 Euros, não é um valor simbólico por cartão tendo em conta que TODOS os cidadão necessitam deste cartão.
        Se me pedirem 16,90 Euros para emitir um novo cartão no banco, é chato mas vou ter de aceitar, é uma opção minha ter conta neste ou naquele banco. Agora, um cartão que nos é exigido, ter este valor, nao faz sentido para mim.
        Não estou a chorar os 17 Euros, mas fazendo as contas a população que renova o cartão vezes os 17Euros, parece-me a mim que estão a fazer dinheiro com os portugueses.

        • Serodio says:

          O preço é o mesmo, seja SMS, online ou presencialmente.
          Não vejo qual o problema aqui.
          Deixa de ser necessário deslocar-se, ocupar o tempo do funcionário que pode estar a fazer outras coisas e contribui o mesmo valor para o estado pagar a implementação do sistema automatico (e mantê-lo) fornecendo um melhor serviço ao cidadão. Todos saimos a ganhar aqui.

        • Peace says:

          Tal como dizes, os sistemas dos bancos não vivem do ar, mas queres que os serviços do estado vivam. Num caso estás a gerar lucro para uma entidade privada, no outro estás a pagar um serviço que tem custos pagos por todos nós.

      • Nick says:

        Só evitar de ir a uma repartição pública já é muito bom, tanto para o stress como o bolso.

    • Peace says:

      Esse é o custo ao renovar o CC online com uma duração de 10 anos. Se achas muito, podes fazer presencialmente e pagar 23€.

      Isto de dizer mal só porque sim é uma coisa que me tira do sério. Não concordas? Queixa-te a quem de direito, aqui ninguém vai fazer nada.

      Informação tirada de https://eportugal.gov.pt/servicos/renovar-o-cartao-de-cidadao :
      Para pedidos online

      Em caso de perda, destruição, roubo ou furto:

      Se a validade do novo cartão for inferior a 5 anos, tem um custo de 13,50 € (18 € para levantamento no estrangeiro).
      Se a validade do novo cartão for superior a 5 anos, tem um custo de 16,20 € (20,70 € para levantamento no estrangeiro).

      Em caso de fim de validade, o novo cartão terá um custo de 16,20 € (20,70 € para levantamentos no estrangeiro).

      Aos pedidos Urgentes e Extremo Urgentes efetuados através da renovação online, aplicam-se os preços do atendimento presencial.

      Os pagamentos do serviço online são efetuados através de referência multibanco. No caso de cartões para levantamento no estrangeiro também é possível pagar com cartão de crédito (Visa ou Mastercard).
      Para pedidos no atendimento presencial
      Pedidos normais, com levantamento:

      em Portugal – custo de 15 € para cartões com validade de 5 anos, e 18 € para cartões com validade de 10 anos
      no estrangeiro – custo de 18 € para cartões com validade de 5 anos, e 23 € para cartões com validade de 10 anos.

      • Eu says:

        Peace pareces-me nervoso para quem se intitula de “Peace” (just saying..)

        Em relação aos custos do banco sei a quem me devo dirigir. Relativamente ao preço do cartão do cidadão, poderias enviar-me o contacto de quem vai efetivamente analisar a situação? (queria evitar call centers)
        Agradeço desde ja disponibilidade demonstrada por querer ajudar a duvida.

        Btw, nao reclamo porque sim. Argumentos foram apresentados, podes é nao ler e responder logo a pressa sem ler, issoo é outra coisa.
        O utilizador Jorge Carvalho respondeu de forma assertiva a justificar o porque dos bancos, e se reparares na resposta serguinte eu começo com: “Esclarecido em relação a parte bancária, faz algum sentido.”

        Peace.. estamos em pós-covid, alegra-te rapaz! 🙂 Stay safe

  8. João Ramos says:

    Pois é….tudo fácil e limpinho… Em janeiro deixei passar o prazo de renovação por 3 dias. A tão fácil “chave móvel” caducou e não pude aceder a alguns serviços que a exigem. Desde essa altura que tenho andado em contactos com a AMA para a tal facilidade ser resolvida. Hoje ainda não tenho acesso à dita “chave móvel digital ” ! Para o Gov e no papel é tudo facilidades, quando a coisa corre bem, mas quando corre mal há poucos “técnicos” que consigam resolver as charadas !!

    • Zezeca says:

      Se deixou passar o prazo, a está reclamar de quê? O único culpado aqui é você.
      Com tanta tecnologia de ponta e não sabem utilizar lembretes no calendario que ate é sincronizado com telefone computadores relogios, frigorificos, robots aspiradores e sei la o que…

  9. Rodrigo says:

    SMS? E que tal deixarem de começar de implementar novas soluções com tecnologia do passado?

    • Nick says:

      É lógico evoluir na tecnologia, mas a nível do estado existem os contratos faraónicos.

      Imaginem só alguém (funcionário público) contratar um serviço com uma tecnológica por 20 anos??? Isto devia ser crime, porque estamos a condenar uma sociedade a parar de evoluir 20 anos.
      Pior ainda, essa tecnológica vai condicionar os cidadãos a usar tecnologia paga para aceder ao tal serviço do estado que devia ser de uso universal.

      Isto traduz bem o que and(a)ou a Microsoft a fazer em Portugal:
      Há mais de 10 anos que no Portal das Finanças existem aplicações em que só é permitido usar Internet Explorer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.